-->

24 de outubro de 2015

Corpo de Bombeiros controla incêndio após 12 dias


Após 12 dias, um incêndio que atingiu a vegetação da Chapada da Ibiapaba, no Parque Nacional de Ubajara, interior do Estado, foi controlado pelo Corpo de Bombeiros. As causas das chamas permanecem desconhecidas, mas existe uma suspeita de que o incêndio tenha sido criminoso. O fogo foi controlado na última quinta-feira (22), segundo informação repassada pelo Ibama a um programa de rádio local.

Segundo o Parque Nacional de Ubajara, as chamas não atingiram as partes usadas para trilhas e visitas guiadas. Além disto, nenhuma área habitada foi afetada. Aproximadamente mil hectares foram atingidos. 

O incêndio foi detectado no último dia 10. Desde então, o Corpo de Bombeiros lutava para apagar o fogo. No último domingo (18), um helicóptero da Ciopaer foi enviado ao local e com um equipamento canadense chamado “bambi-bucekt”, quatro mil litros de água captadas de um açude nas proximidades, foram lançados nas chamas. 

Pelo menos três municípios foram atingidos. Entre eles: Tianguá, Frecheirinha e Ubajara. De acordo com o Corpo de Bombeiros, a principal dificuldade era o acesso aos focos, por causa do acesso complicado. 

CNews

Alto Santo e Floresta vão fazer a final da terceirona do cearense

No dia 25/10/2015, no estádio Coliseu Mateus Aquino, o Alto Santo vai enfrentar o Floresta na final do Campeonato Cearense da Série C de 2015.

Alto Santo por ter feito a melhor campanha do quadrangular final vai ter o mando de campo nessa final de jogo único e o Floresta garantiu vaga ao vencer o Iguatu por 2x0 no Estádio Presidente Vargas.

Blog do Tom

Conta de água ficará mais alta e terá tarifa de contingência

Ainda este ano, a população dos 151 municípios atendidos pela Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece), incluindo Fortaleza, terá aumento de 12,9%, em média, nas tarifas de água e esgoto. A Cagece também irá estabelecer uma tarifa de contingência na Região Metropolitana de Fortaleza para quem não reduzir em 10% o consumo. O usuário que ultrapassar o nível estabelecido com base na média do último ano terá o excedente calculado com sobretaxa 120% mais cara que a regular.  

A medida, divulgada ontem, foi autorizada pela Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados do Estado (Arce) como forma de induzir a economia de água. Para Fortaleza, a Autarquia de Regulação, Fiscalização e controle dos Serviços Públicos de Saneamento Ambiental (Acfor) também confirmou o aumento. “A tarifa deve inibir o consumo indiscriminado de água, auxiliando uma distribuição mais racional diante do cenário de estiagem”, pontua a Acfor.

Desde maio do ano passado não havia reajuste nas tarifas de água e esgoto, segundo o presidente do Conselho Diretor da Arce, Adriano Costa. “Tendo em vista essa questão de os recursos hídricos estarem muito escassos, e a empresa pública necessitar urgentemente desse recurso, a gente fez uma revisão extraordinária para definir a nova tarifa”. De acordo com Mário Monteiro, coordenador econômico-tarifário da Arce, essa é uma medida para que a Cagece se adiante e evite racionamento.

Cobrança
O aumento da tarifa será aplicado de forma escalonada de acordo com o consumo e o tipo de usuário. O menor índice (8,13%) será para os usuários das categorias Residência Social, Residência Popular (nos primeiros 10 m³) e Entidades Filantrópicas. O maior será de 19,5% nas demais categorias. “Considerando a escassez de água, é natural que se cobre mais para o consumo mais ostensivo”, explica o coordenador. Segundo ele, levando em conta o escalonamento e a inflação do período, 75% dos usuários não terão aumento real na tarifa.

A tarifa de contingência, segundo Mário, permanece vigente até que os açudes do Estado restabeleçam um volume adequado. “Se a situação for agravada, pode aumentar o controle”, ressalta Adriano. Conforme O POVO adiantou no último sábado, 17, será estabelecido um nível referência com base na média do consumo medido entre outubro de 2014 e setembro de 2015. O nível será 10% menor que essa média. “Não estamos punindo. Estamos dizendo: ‘se você quer consumir mais, você vai pagar mais porque há uma situação de seca’”.

Serviço
Notas técnicas estão disponíveis em: www.arce.ce.gov.br

Contribuições e sugestões: tarifas@arce.ce.gov.br

Saiba mais 

A conta
A ideia é que a tarifa de contingência seja especificada separadamente do restante das tarifas. “Tem que ser registrado na conta do usuário a parte referente ao consumo de água, esgotamento e tarifa de contingência”, explica o presidente da Cagece, Neurisangelo Freitas.

A partir de segunda-feira, 26, e até o dia 4 de novembro, a Arce abrirá duas audiências públicas para ouvir a população sobre as duas modificações de tarifas. A Acfor não divulgou o período de consulta pública.

Após as audiências públicas, as duas reguladoras farão última análise e emitirão parecer final. A projeção é de que as contas com vencimento na segunda quinzena de dezembro já tragam o aumento. Confira guia com orientações da Cagece em www.cagece.com.br. Atendimento: 0800 275 0195.

O Povo Online

Funcionário é morto e outro é baleado durante assalto em Caucaia

O funcionário de um mercantil foi morto e outro foi baleado durante um assalto no Centro do município de Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). O caso ocorreu por volta das 9h30min deste sábado, 24.  

De acordo com informações do cabo PM Jodeci, do 12º Batalhão da Polícia Militar (BPM) houve um assalto em uma loja vizinha, que vendia artigos de surfe.  Os quatro assaltantes fugiram atirando.  

Os disparos atingiram os dois funcionários que descarregavam mercadorias no mercantil Barramas. As duas vítimas foram socorridas para o Hospital Municipal de Caucaia, mas uma delas não resistiu aos ferimentos.  De acordo com o soldado Danilo Sales, a vítima que morreu apresentava lesões no tórax, a outra que socorrida estava com um tiro na perna, mas  ainda não há informações sobre o estado de saúde. 

Perseguição 
Policiais do Ronda do Quarteirão, viatura RD 1110, receberam a informação do tiroteio e começaram uma perseguição, conforme informou o sd Sales. 

"A gente ficou sabendo que era um gol quadrado de duas portas, branco e começou a perseguição, quando eles viram que a viatura estava atrás abandonaram o carro e desceram atirando, correram dois para um lado e dois para o outro. Conseguimos deter dois deles, apreender um 38 (revólver) e um simulacro de pistola", relatou.  

Um adolescente de 16 anos foi apreendido  e um jovem de 19 anos foi preso. Dentro do veículo, os policiais encontraram roupas e R$ 225 reais em espécie. Segundo o soldado Sales, a Polícia recebeu a informação de que os suspeitos roubaram o automóvel em São Gonçalo do Amarante. 

Outros dois suspeitos fugiram e a Polícia segue em busca da dupla. Os presos foram conduzidos á Delegacia Metropolitana de Caucaia (DMC), para a realização dos flagrante.

O Povo Online

Homicídio à bala próximo ao Castelo Clube em Russas



Na manhã deste Sábado, 24, por volta das 05h30min, na Rua Agostinho Carlos Santiago, bairro Catumbela, Russas, foi vítima de homicídio à bala DANIEL PAIVA LIMA, conhecido por DANIEL DA DP’, 34 anos, natural de Russas, solteiro, residente no endereço acima. 

A irmã da vítima informou a Polícia que ‘BEBETINHO’, residente no Jardim de São José, dormia com a vítima, e ouviu a campainha tocar, logo ‘DANIEL’ desceu para atender, e em seguida subiu para o quarto com a pessoa conhecida por ‘LEO DA DÉBORA’, e após conversa entre ambos, logo se ouviu quatro disparos de arma de fogo, pistola 380, que atingiu o lado direito da cabeça da vítima, efetuado por ‘BEBETINHO’, que logo após cometer homicídio fugiu. 

Os Policiais Militares se encontram resguardando o local de crime até a chegada do Rabecão e Pericia, enquanto as demais viaturas se encontram em diligencias. Vale salientar que a vítima respondia pelos Art’s: 14, 29, 121, 147 e 288.

Atualizado as 11h29min com Informações do 1ºBPM

Governo do CE anuncia dispensa de licitação para perfuração de poços


Iguatu. O agravamento da seca, a escassez de água para o abastecimento humano no Interior e a perspectiva de continuidade do período de estiagem em 2016 contribuíram para que o governo do Estado autorizasse a dispensa de licitação para a construção de poços profundos que irão atender 150 municípios em situação de emergência, segundo decreto publicado ontem no Diário Oficial.

O anúncio da medida foi feito na reunião semanal do Comitê de Monitoramento da Situação do Semiárido Cearense, que acompanha os resultados das ações do governo e determina novas ações para garantir o acesso à água para as comunidades em situação mais crítica.

Representantes do Comitê estiveram ontem na sede do Palácio da Abolição, em Fortaleza, sob a coordenação do secretário-chefe do Gabinete do governador, Élcio Batista. "O decreto assinado pelo governador Camilo declara situação de emergência em 150 municípios cearenses e o governo tem feito o que é possível para atender à população neste momento em que vidas humanas estão em risco", frisou Batista. "Por isso, estamos buscando a dispensa de licitação para atender com urgência às comunidades que mais sofrem com a escassez hídrica".

Os técnicos e gestores que compõem o grupo fazem o monitoramento diário do trabalho das equipes do governo e de empresas contratadas que estão em campo no Interior perfurando poços, construindo adutoras, distribuindo água com carros-pipa, para atender às necessidade das sedes urbanas e zonas rurais.

O presidente da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ematerce), Antonio Amorim, assegurou a ampliação do programa de poços profundos em um novo modelo que determina que uma mesma empresa vencedora da licitação faça a perfuração e instalação do equipamento, entregando à comunidade em funcionamento. "Antes uma firma fazia a perfuração e outra instalava. Agora, se o poço for seco ou não apresentar vazão suficiente, será perfurado outro. Com isso, vamos atender as demandas de forma mais rápida e evitar que o serviço fique pela metade", completou.

Uma vez por mês o Comitê Gestor apresenta os dados para o próprio governador Camilo Santana, que acompanha de perto a situação no Semiárido cearense. A Defesa Civil do Estado também anunciou que incluirá em seu cronograma, na próxima semana, o atendimento a mais três centros urbanos com a Operação Carro-Pipa: Palmácia, Morada Nova e Acopiara.

Outras três cidades receberam atenção especial no encontro de ontem: Parambu, Alto Santo e Apuiarés. Parambu, no Sertão dos Inhamuns, que já conta com 21 poços perfurados pelo governo, terá mais 16 interligados à rede. Mais 14 serão feitos no município. A Operação Carro-Pipa já foi solicitada pela Prefeitura e, em breve, deve ser atendida pela Defesa Civil.

No município de Alto Santo, no Baixo Jaguaribe, a adutora com flutuante que já distribui água do açude local está sendo desviada para melhorar a captação. A Cagece vai iniciar a construção de uma subestação na área para ampliar o volume de água retirada. Em Apuiarés, zona norte do Estado, seis locações estão contratadas e as perfurações dos poços devem iniciar até a próxima semana.

Pela modalidade de leilão reverso, na Assembleia Legislativa, em março passado, o governo do Estado economizou R$ 4,4 milhões, ao contratar seis empresas que estão construindo sistemas simplificados de abastecimento de água. Em julho, o governador comandou outro leilão reverso, em Quixeramobim, em que foi contratada a construção dos equipamentos para garantir o abastecimento das sedes municipais de Quixeramobim, Ibicuitinga, Independência e Arneiroz, beneficiando cerca de 104 mil pessoas. Os recursos para essas obras vieram do pacote de R$ 164 milhões anunciados pelo ministro da Integração Nacional, Gilberto Occhi, em junho.

Mais informações:
Secretaria de Recursos Hídricos (SRH)
Fone: (85) 3101-4004
Sohidra
Fone: (85) 3101-4705

Diário do Nordeste

Michel Temer poderá processar Cid Gomes por injúria, difamação e calúnia


O ex-governador Cid Gomes terá que provar na Justiça por que chamou o vice-presidente da República, Michel Temer (PMDB), de 'chefe de quadrilha', durante evento do PDT realizado no últimos sábado (17) em Fortaleza. 

Os advogados de Temer consideram que Cid Gomes cometeu crimes de injúria, difamação e calúnia e podem apresentar abertura de processo judicial.

Ainda segundo a publicação, integrantes do PMDB estudam possibilidade de moverem processo contra o ex-governador.

Em setembro deste ano, Cid Gomes foi condenado pelo Tribunal de Justiça do Distrito Federal a pagar R$ 50 mil a título de indenização por danos morais ao presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha. Em evento na Universidade Federal do Pará, o então ministro da Educação acusou a Câmara dos Deputados de ter entre 300 e 400 achacadores.

Ceará News

Ivo afirma que não há justificativa para manter hospital em Quixeramobim fechado


O deputado estadual Ivo Gomes declarou na manhã desta quinta-feira (22) na Assembleia Legislativa, que não há justificativa para manter fechado o Hospital Regional do Sertão Central em Quixeramobim.

"Eu não engulo a desculpa que o Governo não tem dinheiro para custeio. Tem que se virar. Tem dinheiro sim. Eu sei que tem e o Ceará sabe", afirmou Ivo.

O parlamentar defendeu que o Governo do Estado priorize a saúde da atenção secundária e terciária de alta complexidade. "Não me venha nenhum líder do governo me explicar que não tem dinheiro, porque eu sei que tem. Enquanto tá lá o hospital fechado, equipado e com gente selecionada. Só falta vontade de abrir", exaltou.

A unidade hospitalar foi inaugurada em 2014 pelo ex-governador Cid Gomes e até hoje não tem data para começar a funcionar.

Durante visita no mês de agosto ao Ceará, o então ministro da Saúde, Arthur Chiro afirmou: “ele foi construído com recursos do Estado, mas, para seu funcionamento, precisa do ministério. Nossas equipes estão trabalhando para analisar o processo de implantação, o quanto ele vai custar em cada uma das etapas - um hospital não inaugura 100%, ele tem fases de implantação.

Ceará News

Justiça condena Ciro a pagar multa por não conceder direito de resposta a Eunício


O ex-governador Ciro Gomes terá de pagar uma multa ao senador Eunício Oliveira (PMDB), equivalente a dez mil UFIR’S (Unidade Fiscal de Referência). A decisão é baseada na sentença do desembargador Antônio Abelardo Benevides Moraes em favor do peemedebista. Eunício Oliveira entrou com uma ação contra Ciro Gomes, que usou sua conta pessoa na rede social Facebook para ofender o senador.

De acordo com o desembargador, Ciro Gomes descumpriu determinação judicial que previa direito de resposta a Eunício Oliveira. Em não publicar a resposta do senador à ofensa feita, Ciro Gomes então revela a conduta de não respeitar mais uma decisão judicial.

Não é a primeira vez que o ex-governador procede dessa forma perante o Judiciário. Quando secretário de Saúde do Estado, Ciro Gomes, por exemplo, se recusou a conceder medicamentos raros a pacientes do Ceará, mesmo com determinação da Justiça.

Ceará news

Deputado Ariosto Holanda consegue emenda para o IFCE de Tabuleiro do Norte


Ao chegar no IFCE em Tabuleiro do Norte, o deputado federal Ariosto Holanda anunciou que foram liberados os recursos de emenda para aquisição de equipamentos para o campus. Os recursos - R$ 1.000.050,00 já estão em caixa - serão aplicados na conclusão do APL Automotivo e compra de equipamentos para o laboratório, disse o diretor do campus, Cícero de Alencar Leite.

Recebido pelo diretor e os professores Marcelo Anderson, Roberto Alexandrino e João Tavares Júnior, do IFCE Fortaleza, Ariosto Holanda deu palestra para os alunos sobre o tema "A expansão e valorização da profissionalização técnica no Brasil". 

O evento faz parte da programação da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia. Em seguida, João Tavares abordou o tema Inovação e Pesquisa no Brasil.




Postado Por Ariosto Holanda

Região do Pecém terá duas cidades planejadas

Conforme o diretor da LC Imóveis, além da área industrial, aprincipal diferença entre os dois empreendimentos lançados (aCidade Cauype e o Croatá Laguna Ecopark) é a localização




Será lançado na próxima segunda-feira (26) mais um empreendimento no conceito de cidade planejada no Complexo Industrial e Portuário do Pecém (Cipp), entre Caucaia e São Gonçalo do Amarante. Em uma área de 437 hectares, a Cidade Cauype irá contemplar unidades residenciais e comerciais, sendo projetado para receber também shoppings centers, escolas, hotéis, supermercados, hospitais, dentre outros equipamentos.

Para a primeira das cinco etapas do empreendimento é esperado um Volume Geral de Vendas (VGV) no valor de R$ 100 milhões. O complexo, idealizado pela Luciano Cavalcante Imóveis, tem a assinatura do arquiteto e urbanista Jaime Lerner, ex-prefeito de Curitiba.

O outro empreendimento, Croatá Laguna Ecopark, já está sendo construído no município de São Gonçalo do Amarante, em uma área de 330 hectares. Diferentemente da Cidade Cauype, o Croatá contempla ainda uma área para instalação de indústrias (80 hectares).

O investimento, feito pela empresa italiana SG Desenvolvimento, é de R$ 100 milhões. A entrega, da primeira fase (90 hectares com infraestrutura), está prevista para o final de 2016. Segundo os responsáveis, já foram vendidos 500 lotes.

Projeto para 30 anos As vendas dos lotes da Cidade Cauype terão início nesta segunda feira. As obras começarão no início de 2016, com previsão de entrega em 30 meses. Segundo Luciano Cavalcante, diretor da LC Imóveis, a previsão é de que as cinco etapas da Cidade Cauype sejam concluídas em cerca de 30 anos.


"No projeto, como um todo, é uma cidade para 32 mil habitantes. Para se ter uma ideia do tamanho, o município de São Gonçalo do Amarante tem hoje 47 mil habitantes", diz Cavalcante. O empreendimento está localizado a 30 quilômetros do Centro de Fortaleza, entre o Porto do Pecém e a praia do Cumbuco, às margens da lagoa do Cauípe.

Primeira fase
Inicialmente, a LC Imóveis irá comercializar 838 lotes, com áreas que vão de 200 metros quadrados até 30 mil metros quadrados. "Vamos começar a vender lotes urbanizados para pessoas físicas, construtoras e empresas. E já há uma empresa de hotelaria, de São Paulo, interessada", revela Cavalcante.

De acordo com ele, o público alvo são as pessoas que hoje trabalham no Complexo, mas que precisam voltar diariamente para Fortaleza ou Cumbuco, onde moram. "Hoje, não há nada planejado naquela região para essas pessoas. Geralmente, o que há naquela região são loteamentos. A Cidade Cauype é um empreendimento pensado, estudado, feito por um dos maiores urbanistas do Brasil", reforça.

Tudo à disposição
Diferente de outros empreendimentos residenciais, a ideia da Cidade Cauype é concentrar toda as demandas dos moradores, residência, trabalho, lazer e serviços, no mesmo espaço, para evitar grandes deslocamentos.

As unidades serão comercializadas com preços a partir de R$ 50 mil, com prestação a partir de R$ 290 por mês, para pagamento em até 180 meses, com financiamento próprio e taxas abaixo do mercado, segundo contou.

Conforme o diretor da LC Imóveis, além da área industrial, a principal diferença entre os dois empreendimentos lançados por ele é a localização.

A Cidade Cauype fica a seis minutos do Porto do Pecém e a 10 minutos da praia do Cumbuco. A intenção, diz Cavalcante, é oferecer no Estado um formato imobiliário que já é tendência no mercado mundial e que ainda não existe no Ceará.

O projeto, foi idealizado em 1995, quando foi projetado o Porto do Pecém. "Pensamos isso em 95, e agora estamos na contramão da crise, porque o Complexo Portuário está maduro. Então, chegou a hora de fazer", avalia Cavalcante.

Fique por dentro

Infraestrutura para crescer ordenadamente
As cidades planejadas proporcionam a possibilidade de construir um ambiente adequado às demandas específicas de uma determinada região. Essas cidades oferecem toda infraestrutura necessária para abrigar áreas residenciais, comerciais, empresariais e industriais. Dentro desse modelo, o conceito de cidade inteligente abrange sistemas interconectado que envolvem planejamento, gerenciamento, infraestrutura e o elemento humano. Tudo isso com o apoio de moderna tecnologia para gerenciar, por exemplo, programas sociais, serviços de assistência médica e de segurança pública.

Diário do Nordeste

Moradores de Russas têm que pagar caro para conseguir água

Russas. Com abastecimento irregular há mais de um mês, moradores da sede deste Município têm elevado os gastos para sanar as necessidades básicas de água, isso porque a fonte de captação da Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece), no leito do Rio Jaguaribe, baixou e tornou-se insuficiente para o abastecimento. A Companhia informou que o problema deverá ser normalizado gradativamente a partir de hoje.

Á água para os russanos ficou cara, pelo menos na última semana onde todo o centro da cidade reclamou da sua falta. Quem transpõe a passagem molhada sobre o Rio Jaguaribe, na comunidade de Pedro Ribeiro, consegue entender o motivo de tantas reclamações. É que o trecho que era perenizado principalmente pelo Rio Banabuiú baixou, a ponto de a captação da Cagece não conseguir água para o abastecimento da cidade. "O rio tá seco, seco. Se não tem água pra levar pra cidade, imagina pra nós que moramos na zona rural", reclamou o agricultor Nelson da Costa, que tem presenciado as reclamações dos moradores da sede do Município.

Para tentar atender à demanda doméstica e de consumo humano, o jeito encontrado pelos moradores foi comprar, o que impactou no bolso. A secretária Consuela de Souza conta que, desde a última quinta-feira (15), começou a faltar água na rua onde mora, no bairro Catumbela, e que já no sábado, a caixa d'água já estava seca.

"Não pensávamos que essa falta fosse demorar e, no sábado, não tínhamos água pra nada. jeito foi nos socorrermos comprando água e é com ela que estamos fazendo tudo", reclama a secretária.

Ela conta que, nos últimos oito dias, teve que comprar seis galões de água, 20 litros cada, para o consumo dela, do esposo e da filha. "Cada galão custou R$ 4,50, o que já dá R$ 27. É um gasto extra e que, mesmo assim, não atende a toda nossa necessidade", complementa.

Segundo a gerente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Russas (CDL), Maria das Graças dos Santos Teles, o comércio também vem sendo afetado. "Já temos o conhecimento de lojas que estão há dias sem água. Hoje por exemplo, o funcionário de uma loja de construção informou que não há água sequer para lavar as mãos. Outra, que foi ampliada, ainda não realizou a mudança porque não tem água para lavar a nova ala. Infelizmente isso está acontecendo e não sabemos o porquê", afirmou.

Ajuste
Em Nota, a Cagece informou que a Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh), responsável pela distribuição de água bruta para a Cagece, ajustou a metodologia de abastecimento de Russas para preservar o volume do Castanhão. Acrescentou que essa mudança ocasionou alguns pontos de desabastecimento, citando que o problema não afeta todo o Município. Finalizou informando que a regularização da captação de água bruta deverá ocorrer até hoje e o abastecimento será normalizado gradativamente.

Enquete
Como é viver sem água?

"Ficar sem água em casa é pior do que ficar sem comida. Temos que comprar todos os dias
para atender nossas necessidades básicas e não sabemos quando esse tormento vai acabar
de uma vez por todas"

Consuela de Souza
Secretária

"A falta de água está afetando nossos trabalhos. O comércio já enfrenta muitos problemas.
Também afeta nossa família, porque não temos água em casa. Precisamos de uma resposta o mais rápido possível"

Maria das Graças Teles
Gerente da CDL

Mais informações:
Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece)
Av. Dr. Lauro Vieira Chaves, 1030
Vila União, Fortaleza (CE)
0800 275 019

Colaboradora: Ellen Freitas
Diário do Nordeste