-->

19 de julho de 2016

Presidente da Câmara quer votar projeto que impede bloqueio do WhatsApp


O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), se comprometeu a acelerar a tramitação do projeto do deputado Arthur Maia (PPS-BA), que pode impedir bloqueios no aplicativo de mensagens WhatsApp. Dessa forma, a matéria poderia ser votada na Câmara já nas primeiras semanas de agosto, logo após o recesso parlamentar.

De acordo com Arthur Maia, o projeto proíbe de maneira ampla a punição de empresas que operam concessões públicas por meio da suspensão de serviços. Como alternativa, o texto sugere que as empresas sejam punidas com multa. A proposta valeria para setores como o fornecimento de energia elétrica, transporte e comunicação, que é o caso do WhatsApp. 

"A intenção do projeto é proibir que a penalização seja feita com a suspensão do serviço, a menos que seja um serviço que esteja causando algum risco para o usuário. É descabida a utilização do bloqueio de um serviço tão essencial, usado inclusive para fins profissionais ou comerciais", explicou Arthur Maia.

A ideia é votar a urgência do projeto e levar a matéria, que tramita atualmente na Comissão de Tecnologia e Inovação, direto para o plenário. Segundo o deputado, o presidente da Câmara lhe garantiu que trará a proposta para a primeira reunião de líderes logo após o recesso, que se encerra em 2 de agosto.

Suspensão

O WhatsApp foi suspenso no Brasil pela terceira vez nessa terça-feira (19) por determinação da juíza da 2ª Vara Criminal da Comarca de Duque de Caxias (RJ), Daniela Barbosa Assunção de Souza. A suspensão dos serviços valeria até que o aplicativo, que é do Facebook, cumprisse ordem judicial e repassasse mensagens trocadas por usuários que são alvo do processo criminal que tramita em sigilo. Nesses casos, o WhatsApp tem afirmado que não guarda os conteúdos das mensagens.

"É adequado que a legislação imponha limites aos poderes do magistrado, pois os juízes não têm o poder de cercear a comunicação de milhões de pessoas em todo o País", afirma Arthur Maia. 

Desbloqueio

O partido do deputado, PPS,  entrou com uma liminar no Supremo Tribunal Federal (STF) para que a decisão da Justiça do Rio de Janeiro seja anulada. A decisão coube ao ministro Ricardo Lewandowski, que, ao analisar o recurso, concluiu que a medida da Justiça do Rio foi desproporcional e a derrubou, desbloqueando o aplicativo.

Outros projetos

Além disso, no Senado, outro parlamentar do PPS, José Medeiros (MT) também é autor de um projeto com o objetivo de impedir o bloqueio do WhatsApp. Mais restrita, a proposta de Medeiros se limita a aplicações de internet. Ele sugere que as sanções considerem a gravidade da infração da empresa, os danos que a suspensão dos serviços podem causar aos usuários, além de agravantes e antecedentes do infrator. O projeto tramita na Comissão de Tecnologia e Inovação do Senado e tem como relator o líder do governo, Aloysio Nunes (PSDB-SP).

Ministro da Justiça

Além da movimentação no Congresso, o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, afirmou que o governo elabora um projeto para garantir que a empresa detentora de informações que interessa ao combate ao crime organizado tenha sede no País. Para ele, essa medida pode auxiliar no diálogo com as empresas e impedir que novos bloqueios de serviços de telecomunicações aconteçam.

"Haverá necessidade de regulamentação legislativa no Brasil. Acabamos ficando nos dois opostos: de um lado, o não fornecimento de informações por parte dos que detêm as informações absolutamente necessárias para o combate ao crime organizado e, por outro lado, quando há a necessidade de um bloqueio, é um bloqueio que prejudica milhões de pessoas", defendeu Morares.

O ministro esteve nessa hoje na Câmara dos Deputados em visita ao presidente da Casa, Rodrigo Maia. Ainda de acordo com Moraes, a visita se tratou de uma cortesia e não houve pedido para votação de nenhum projeto específico.

Diário do Nordeste

Tiroteio ao lado do Quartel do 9ª Batalhão de Polícia Militar de Quixadá deixa três mortos


Quixadá. A Polícia registrou um triplo homicídio no final da tarde desta terça-feira (19), neste Município da região central cearense. As vítimas estavam dentro de um veículo modelo Corolla e foram abordados por outro veículo no momento em que passavam ao lado do 9º Batalhão da Polícia Militar (BPM).

De acordo com a Polícia, duas das vítimas seriam pai e filho, identificados até o momento por Veridiano Cabral e Sadoque. De acordo com o tenente coronel Edinardo Calixto, o outro homem, que dirigia o veículo, seria um advogado da família. “Os três foram abordados por outro veículo quando passavam ao lado do quartel. Mas ninguém tem mais informações de como isso aconteceu”, disse o tenente.

Vários tiros foram disparados. Num primeiro momento a população chegou a pensar que se tratava de um ataque contra a sede do BPM. Moradores do entorno se assustaram e houve correria. Logo após a ação, os acusados fugiram.

Equipes da Polícia Militar (PM), Polícia Civil (PC) e do Comando Tático Rural (Cotar) fazem diligências na região para tentar prender os acusados. Os corpos foram levados por rabecão da Perícia Forense do Ceará (Pefoce).

Crimes

Há mais de uma semana a cidade de Quixadá não registrava nenhum homicídio. Um dos últimos casos registrados pela Polícia foi no dia oito deste mês, e envolveu o empresário do ramo de motos e autopeças Cristiano da Silva, 42 anos. A vítima era popularmente conhecida por Cristiano Motos e foi morto em uma situação parecida: dentro de seu carro, no momento em que passava pelo Bairro Alto São Francisco.

Um dia antes, uma tentativa de homicídio terminou em tiroteio com a Polícia e duas pessoas mortas. Um tenente da Polícia Militar que havia chegado na cidade há dois dias, foi alvejado com um disparo no braço e socorrido ao Instituto Doutor José Frota (IJF), na Capital, sendo liberado no dia seguinte.


A violência na cidade chamou a atenção das autoridades e a chegada do Batalhão de Rondas de Ações Intesivas e Ostensivas (BPRaio) é a atual promessa de tranquilidade. A cerimônia da chegada do BPRaio no Município ocorre neste sábado, 23.

Homem é executado após sair de delegacia em Fortaleza


Um homem foi morto a tiros depois de sair do 7°DP (Distrito Policial),  na tarde desta terça-feira (19), no bairro Pirambu. De acordo com a Polícia, ele foi levado ao distrito por policiais após ter sido visto com drogas. A vítima possuía antecedentes criminais.

Segundo o tenente-coronel, Lourival Lima, uma viatura fazia o patrulhamento no bairro e viu José Lúcio de Santos, 21, caminhando com uma tornozeleira eletrônica. Após a abordagem e vistoria, os policiais constataram que o José Lúcio estava com maconha. Ele foi levado ao 7°DP. Conforme a delegacia, José possuía três ‘balinhas’ de maconha que foram apreendidas. Foi registrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e ele foi liberado.

Após sair da delegacia com a irmã, José Lúcio foi surpreendido na Rua Francisco Cordeiro, próximo ao cruzamento com a Avenida Presidente Castelo Branco, a Leste-Oeste. Dois homens em uma moto aproximaram-se de José Lúcio e efetuaram disparos. Conforme a Polícia, a vítima tentou correr.

José Lúcio respondia por tráfico de drogas. A Polícia informou que ele era envolvido com drogas no bairro Álvaro Weyne e residia no Reino Encantado, Pirambu.

Diário do Nordeste

Detenta foge da cadeia de Quixadá com trajes de presidiário, é reconhecida e novamente presa


Quixadá. Uma detenta foi recapturada minutos após conseguir fugir da cadeia pública deste Município da região central cearense, onde cumpria pena. Áquila Vitória Américo Lima estava ainda com o estilo de roupa padrão usada  pelos detentos da unidade, o que facilitou seu reconhecimento e levantou a suspeita de que ela havia fugido.

Áquila deu azar ao cruzar com um policial militar enquanto andava pelas ruas do entorno da cadeia, minutos depois da fuga. De acordo com informações da Polícia, o PM estava de folga mas reconheceu os trajes usados pela detenta e ligou para o presídio informando do fato curioso. A direção teria confirmado a fuga e acionou a polícia, que prendeu novamente Áquila.

A detenta foi levada para a Delegacia Regional de Polícia Civil (DRPC) e em seguida encaminhada para a cadeia de Quixadá.

Diário do Nordeste

STF suspende decisão da Justiça que bloqueou WhatsApp no Brasil

O presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Ricardo Lewandowski, derrubou, no fim da tarde desta terça-feira (19), a determinação da Justiça do Rio de Janeiro de suspender o WhatsApp em todo o Brasil. A expectativa é de que o serviço volte a operar normalmente para todos os usuários brasileiros nas próximas horas. 

Na decisão, o presidente do STF analisou ação impetrada pelo PPS (Partido Popular Socialista), que protocolou nesta terça uma Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) para tentar reativar o WhatsApp. 

A determinação da juíza de fiscalização da Vara de Execuções Penais do Rio, Daniela Barbosa Assunção de Souza, durou cerca de três horas e meia. 

Esta é a terceira vez que o WhatsApp é interrompido no Brasil. Em todos os casos, a suspensão foi uma retaliação da Justiça pelo fato de a empresa ter se recusado a quebrar o sigilo de dados trocados entre investigados criminais.

O primeiro bloqueio foi em dezembro do ano passado e ocorreu a pedido da 1ª Vara Criminal de São Bernardo do Campo, que determinou a suspensão do serviço por 48 horas. A decisão foi derrubada 12 horas depois, quando o próprio WhatsApp impetrou um mandado de segurança pedindo o restabelecimento do serviço.

A segunda paralisação do serviço ocorreu em maio, por determinação da Justiça de Lagarto, no Sergipe. Na época, o bate­papo foi bloqueado por 72 horas.

Diário do Nordeste

Catadores de material reciclável realizam manifestação em Russas



Um grupo de catadores de materiais reutilizáveis e recicláveis, ateou fogo em pneus na via de acesso ao local de descarte do lixo, na localidade do Alto São João, por volta das 15h desta terça-feira (19) bloqueando a estrada de acesso ao aterro. 




O motivo? Os garis estarem juntando os materiais recicláveis durante as coletas de lixo e vendendo antes de chegar ao aterro. Eles explicaram que os garis já recebem suas remunerações pelos serviços prestados, enquanto os catadores retiram o sustento das suas famílias através das coletas que fazem no lixão. 

Muitos caminhões de coleta de lixo chegavam para descarregar, mas eram impedidos pelo grupo de prosseguir. Um dos responsáveis pela coleta chegou ao local e propôs dialogar e negociar um acordo entre os catadores e coletores para que a situação fosse o mais rápido resolvida. Até o fechamento dessa matéria não tivemos informações de como ocorreu as negociações e onde se deu desfecho do caso.

Ex-prefeito de Santa Quitéria é condenado por abuso de poder político e se torna inelegível por oito anos


O Tribunal Regional Eleitoral do Ceará condenou nesta segunda-feira (18) o ex-prefeito de Santa Quitéria, Francisco das Chagas Magalhaes Mesquita, por abuso de poder político e conduta velada, durante a campanha das Eleições de 2012, quando concorreu à reeleição e ficou em terceiro lugar na votação.

Por unanimidade, a Corte do TRE-CE, manteve a sentença de 1º grau, na Ação de Investigação Eleitoral nº 298-33, cuja relatora foi a desembargadora Nailde Pinheiro Nogueira, que condenou o ex-prefeito a 8 anos de inelegibilidade, a contar da data da eleição de 2012, e multa de 6 mil UFIRs.

Ceará News 7

Mototaxista amarra assaltante e o deixa na delegacia em Iguatu

Momento em que o assaltante chega na delegacia (Foto: Alex Santana/ Iguatu.net)

Um mototaxista conseguiu render um assaltante e o conduziu até a polícia, na tarde do último domingo (17), em Iguatu, no Centro-Sul do Ceará. Se passando por passageiro, o homem tentou roubar a motocicleta do mototaxista nas proximidades da Chapada do Moura na CE 282. 

Em entrevista à Rádio Liberdade, o mototaxista dá detalhes do caso. Segundo ele, o passageiro anunciou o assalto, colocando uma possível arma em suas costas e disse que desejava levar apenas a moto.

Percebendo o nervosismo do assaltante, o motoqueiro disse que jogaria a moto contra um caminhão e os dois morreriam. Numa ação ousada e perigosa, o mototaxista colocou uma das mãos nas costas e pegou a arma, que na verdade era apenas a carteira com os documentos do assaltante.

Na entrevista, ele conta que os dois entraram em luta corporal. Um carroceiro passava na via presenciou a cena e ajudou o mototaxista a amarrar as mãos do assaltante. Rendido, ele foi conduzido para a Delegacia Regional de Iguatu.

Segundo o inspetor de Polícia Civil, Aurelislandio, a reação do mototaxista foi perigosa. “Foi muito corajoso, mas não aconselhamos a ninguém fazer isto, ele correu um grande risco e algo poderia ter acontecido”, declarou em entrevista à Rádio Liberdade.

Segundo a polícia, o acusado foi identificado como Leandro Cândido de Oliveira, de 23 anos. Ele é natural de Cacoal, Rondônia. Para justificar a ação, Leandro disse que estava precisando de dinheiro e não tinha como pagar pela viagem que pretendia fazer.

Site Miséria

Justiça do Rio manda bloquear WhatsApp em todo o Brasil


A Justiça do Rio de Janeiro decidiu que o WhatsApp seja bloqueado em todo o Brasil, informou a GloboNews nesta terça-feira (19). As empresas de telefonia foram notificadas após o Facebook se recusar a cumprir uma decisão judicial para fornecer informações para uma investigação policial.

Não é a primeira vez que um tribunal decide pela suspensão do acesso ao aplicativo no Brasil. O bloqueio anterior ocorreu em dezembro de 2015, quando a Justiça de São Paulo ordenou que as empresas impedissem a conexão por 48 horas em represália ao WhatsApp ter se recusado a colaborar com uma investigação criminal. O aplicativo ficou inacessível por 12 horas e voltou a funcionar por decisão do Tribunal de Justiça de SP.

Do G1

Lei da Ficha limpa pode barrar mais de 4.500 políticos no Ceará


Gestores públicos e ordenadores de despesas que pretendem se candidatar nas eleições municipais de 2016, aguardam,com expectativa a divulgação das listas de inelegíveis que estão sendo preparadas pelos Tribunais de Contas do Estado (TCE) e dos Municípios (TCM), e que devem ser publicadas em agosto.

Nas últimas listas do TCM, constavam nomes de ex-gestores, secretários e alguns integrantes das administrações municipais ligados a gestões anteriores. A expectativa para a nova listagem é de que o número de “inelegíveis” chegue a 4.500 políticos. A relação apresenta 23% a mais que a lista divulgada antes do pleito municipal de 2012, quando o número chegou a 3.656 gestores e ex-gestores incluídos entre os chamados “ficha-suja”.

“As recentes mudanças na legislação eleitoral alteraram, de 5 de julho para 15 de agosto, o prazo para disponibilização à Justiça Eleitoral da relação dos que tiveram suas contas rejeitadas. O TCM está elaborando a lista e entregará a mesma ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) próximo a essa data, para que ela seja o mais atual possível”, disse o presidente da Corte de Contas, conselheiro Francisco Aguiar.

A lista do TCE, por sua vez, já foi concluída e encaminhada à presidência da Corte na última sexta-feira (15). Porém, ainda não será apresentada à Justiça Eleitoral, conforme divulgou assessoria de imprensa do órgão. Os dados serão atualizados constantemente pelos tribunais de contas até o dia 15 de agosto, acompanhando qualquer avanço nos processos julgados pela Corte. Além das decisões judiciais que podem incluir, ou excluir, nomes da relação.

De acordo com os tribunais, entre os motivos que levaram à rejeição das contas dos citados estão a não prestação de informações, a gestão ilegal de recursos públicos e o descumprimento dos limites constitucionais referentes à educação, saúde e folha de pessoal – além de dano ao erário. Ou seja, figuram na lista chamada de “ficha suja” pessoas que tiveram contas relativas ao exercício do cargo ou função pública rejeitadas por irregularidades insanáveis ou por decisão irrecorrível. Exceção, porém, só se o Poder Judiciário suspender ou anular a decisão da Corte de Contas.

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) recebe a lista como uma formalidade da lei. De posse desses nomes, a Justiça Eleitoral declara a inelegibilidade dos candidatos com base na Lei da FichaLimpa. Quando um gestor se torna inelegível, não pode concorrer às eleições pelo período de oito anos, contados a partir da data da decisão.

TCU

O Tribunal de Contas da União (TCU) saiu na frente e já entregou ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a lista dos inelegíveis para as eleições deste ano. Cerca de 260 cearenses figuram na relação. Eles estão envolvidos em 416 ocorrências. De acordo com o tribunal, a análise do órgão verifica a gestão de recursos públicos federais realizada nos últimos oito anos. A lista completa do TCU, com os 26 estados e o Distrito Federal, tem 6.738 nomes. O órgão disse ainda que o documento será atualizado diariamente e poderá crescer até a data final estabelecida pelo calendário eleitoral.

As contas podem ser reprovadas pelo TCU por mera omissão na prestação de contas, em que não há necessariamente um dano ao erário, ou por casos mais graves, como corrupção e gestão ilegal dos bens públicos. Envolvem pessoas com ou sem cargo público que administraram recursos de vários tipos, como os destinados a bolsas de estudo ou até para realização de obras federais.

A sanção de torná-las inelegíveis tem como base a Lei da Inelegibilidade e, portanto, “o fato de ressarcimento do dano ou pagamento da multa não resolve a irregularidade”.

“O pagamento evita apenas as ações de cobrança da dívida e não torna a irregularidade sanada”, explicou o TCU por meio de nota, acrescentando que “o objetivo da lista é informar à Justiça Eleitoral quais gestores públicos tiveram as contas rejeitadas pelo TCU devido a irregularidades insanáveis. Caberá à Justiça Eleitoral, com base em critérios definidos em lei, declarar a inelegibilidade de tais pessoas, se assim entender cabível”.

TSE vai acatar decisões do Tribunais de Contas 
O TSE firmou o entendimento de que, nos casos de reprovação de contas de gestão ou ordenação de despesas, as decisões ou pareceres prévios dos Tribunais de Contas dos Municípios são suficientes para determinar a inelegibilidade prevista pela Lei Complementar nº 135/2010 (Lei da Ficha-Limpa).

Com esse entendimento, os gestores com contas rejeitadas por irregularidade insanável “que configure ato doloso de improbidade administrativa e por decisão irrecorrível do órgão competente” estão inelegíveis. E essa inelegibilidade atinge as eleições que se realizarem nos oito anos seguintes, contados a partir da data da decisão que julgou as contas.

Antes, o entendimento era de que, para tornar um político inelegível, os casos precisavam ser apreciados e as contas rejeitadas também pela Câmara de Vereadores dos respectivos municípios. Agora, para o TSE, o que vale é o parecer do TCM, já que a votação na Câmara de Vereadores é considerada um ato “político”. Com isso, na prática, quem teve as contas rejeitadas pelo TCM já poderá ser considerado inelegível. 

O Estado CE

Ordens para ataques partiram do presídio; SSPDS identifica mandantes


Pelo menos oito pessoas, algumas custodiadas em penitenciárias da Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), estariam ordenando os recentes ataques às forças de Segurança do Estado, a prédios públicos e transporte coletivo. A afirmação é do secretário da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), delegado federal Delci Teixeira, em entrevista à reportagem na tarde de ontem. Os principais líderes por trás das ações criminosas já foram identificados pelos setores de Inteligência da SSPDS.

O estopim para a atual onda de atentados a delegacias, viaturas e o mais grave, a policiais militares fardados ou não, seria a apreensão de 500 aparelhos celulares e mais de mil chips na Unidade Prisional Agente Luciano Andrade Lima, a antiga CPPL I. A penitenciária e a CPPL do 'Carrapicho', em Caucaia, abrigam os principais e mais perigosos detentos custodiados no claudicante Sistema Penitenciário do Estado do Ceará.

"A apreensão dos celulares (na última quinta-feira) desencadeou uma reação em que a nossa Inteligência aponta que as ordens para esses ataques estão partindo realmente de dentro do presídio. Já identificamos as lideranças. Não só identificamos as lá de dentro como as de fora, que são as pessoas que têm a responsabilidade, a missão de contratar os executores das ações, que são menores (adolescentes), praticando", disse.

A Secretaria de Segurança Pública afirmou que os setores de Inteligência vêm monitorando os suspeitos. Já na noite de ontem, cinco deles foram capturados, na Praia de Iracema, em um Chevrolet Celta, com drogas. Nos celulares deles foram encontradas mensagens relacionadas a mortes de policiais. Haveria, ainda, indicativos de que eles seriam membros de uma facção criminosa. O grupo foi levado para o 2º DP (Aldeota) e autuado por desobediência e associação criminosa.

Além da apreensão dos celulares, Delci Teixeira apontou que as ações do aparato da Segurança em um ano e meio incomodaram o crime. Segundo Teixeira, de 1º de janeiro de 2015 a 31 de julho deste ano, foram realizadas mais de 39 mil prisões, cerca de 13 mil apreensões de adolescentes e aproximadamente 9,5 mil armas tiradas das ruas.

O elevado número de prisões realizadas, por sua vez, deu início ao problema da superlotação nos presídios cearenses. "Essa crise obrigou a Polícia a deslocar suas tropas especiais e aí colocamos o BPChoque, o BPRaio, FTA (nos presídios). Tivemos de deslocá-los para dar apoio aos agentes penitenciários da Sejus. Nós temos uma situação em que estamos procurando retomar o controle dos presídios. E isso está incomodando a criminalidade", ponderou o secretário.

Crime organizado

Inicialmente, o Estado negava a atuação do crime organizado no Ceará. Ontem, no entanto, Delci Teixeira disse que nos presídios eles estão organizados em facções e, quando saem, continuam trabalhando para esses grupos. Teixeira definiu o que considera crime organizado, tomando como exemplo experiências que teve enquanto delegado da Polícia Federal. O secretário de Segurança indicou que, no Ceará, ainda não há organizações criminosas como se vê em atuação em outras regiões do País.

"Aqui (no Ceará) se criou uma sopa de letrinhas de facções. No Rio de Janeiro, temos as facções. Lá é o crime organizado pois dominam determinada área, um morro, favela. Quando me refiro que não há o crime organizado aqui é que não há um bairro em que a Polícia não possa entrar. Essas facções dentro de presídios têm em todo o Brasil. Você só vai se organizar no crime para ganhar dinheiro. Só para praticar violência é idiotice. Pegar meia dúzia de maluco, sair dando tiro pra tudo quanto é lado, não é crime organizado", explicou Teixeira.

Apesar da negativa, o secretário de Segurança admitiu que as facções existentes dentro das unidades penitenciárias cearenses controlam parte dos bandidos que estão agindo nas ruas. "Como temos muita gente sendo presa, vamos raciocinar que de 39 mil presos, pelo menos 21 mil passaram um período e tiveram contato com as facções e estando aqui fora vão prestar serviço, vão realizar algumas tarefas. Aí se pode dizer que lá de dentro eles determinam o crime aqui". O secretário afirmou, ainda, que as investigações continuam e os líderes dos atentados devem ser presos nos próximos dias.

Diário do Nordeste

Polícia Civil começa a montar Delegacia Especializada de Combate ao Crime Organizado


A Polícia Civil do Ceará iniciou a montagem da Delegacia Especializada de Combate ao Crime Organizado, que vai intensificar as ações contra grupos que articulam crimes dentro do Estado. A estrutura vai contar com o apoio de todos os órgãos de inteligência do Estado e dos municípios; além da União e de outros estados do país.

O governador Camilo Santana destacou que essa é mais uma medida efetiva que o Ceará toma no sentido de enfrentar os criminosos que tentam afrontar o Estado. “As ações criminosas dos últimos dias contra prédios públicos e agentes de segurança são uma clara reação do crime às ações rigorosas realizadas pela nossa polícia. Como sempre tenho dito, não recuaremos um milímetro. Muito pelo contrário, fortaleceremos ainda mais nossa estrutura de segurança para enfrentar e vencer esses criminosos”, salientou.

O delegado geral da Polícia Civil, Andrade Júnior, disse que a delegacia vai atuar de forma mais focada no combate às organizações criminosas. “A delegacia vai centralizar todas as ações em cima dos grupos que estão se organizando dentro do crime. Hoje, já trabalhamos com a centralização de informações de duas delegacias (Divisão de Combate ao Tráfico de Drogas e Roubos e Furtos). A nova delegacia vai atuar da mesma forma, a fim de combater o crime organizado”, enfatizou.

De acordo com Andrade Júnior, a nova delegacia vai contar com o trabalho de profissionais já especializados. “O concurso da Polícia Civil já finalizou e novos policiais vão dar condições de substituirmos o efetivo que está em posições estratégicas, preparados e trabalhando com todos os órgãos de inteligência. Serão delegados, escrivães e inspetores, trabalhando em integração com todas as forças do Ceará, a fim de coibir o crime organizado no Ceará”, pontuou

Camilo Santana reafirmou a confiança no trabalho dos órgãos de segurança pública do Estado. “Por que será que os criminosos cearenses estão tentando ameaçar as tropas da segurança pública? A resposta é simples: é porque nós estamos incomodando o crime no Ceará. Confio na minha tropa. Confio nos homens e mulheres da Secretaria da Segurança Pública. Homens destemidos, corajosos e trabalhadores. E é por isso que conseguimos o resultado que alcançamos no ano passado e conseguimos resultados positivos dos seis primeiros meses deste ano”, destacou.

Ceará Agora

Cinco pessoas são presas quando se preparavam para realizar ataques contra a Polícia


Cinco pessoas foram presas suspeitas de preparar ataques contra as forças de segurança do Ceará. Segundo a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), o grupo vinha sendo monitorado pela Polícia Civil e foi enquadrado por desobediência e associação criminosa. O caso foi levado para o 2º Distrito Policial.

O grupo foi abordado enquanto trafegava em um veículo Celta preto e, com eles, foi encontrado uma pequena quantidade de droga. De acordo com a SSPDS, foi observado nos celulares dos suspeitos mensagens relacionadas a mortes de policiais. Um carro modelo Voyage branco, que dava apoio aos cinco, conseguiu fugir. 

Os bandidos foram identificados como Lucas Bruno dos Santos Marques, Victor Alcântara Martins, Lucas Santana Braga, Leoncio Marques do Nascimento e Yuri do Nascimento Souza. Os quatro primeiros residem no Quintinho Cunha e o último no bairro Antônio Bezerra. 

Diário do Nordeste

Colisão entre moto e bicicleta mata duas pessoas em Tabuleiro do Norte


Nesta segunda, dia 18, por volta das 19h30min, populares ligaram para o 190 informando que na CE 377 que liga Tabuleiro do Norte a BR 116, tinha acontecido um acidente de trânsito e que de imediato a PM ao chegar ao local constatou que se tratava de duas vítimas fatais.

Segundo informações, uma moto vinha no sentido BR 116 a Tabuleiro do Norte colidiu com uma bicicleta que trafegava no sentido oposto. 

A 1ª vítima identificada por FRANCISCO RODRIGO NOGUEIRA DE OLIVEIRA, 24 anos, natural de Tabuleiro do Norte, residente no Sitio Tapera, conduzia a motocicleta HONDA\CG 150 TITAM MIX EX. A outra vitima que conduzia a bicicleta trata-se de  JESUS GILDOMARCOS NOGUEIRA AVES, 40 anos, natural de Tabuleiro do Norte, residente no Sitio  Taperinha, ambos tiveram morte imediata devido à gravidade do acidente.

Com Informações do 1ºBPM