-->

20 de fevereiro de 2018

Autor de agressão a gandula pede perdão: "Me arrependo muito e vou pagar por isso"


Agora desempregado, Jeferson Reis dá sua versão para cena que chocou o futebol brasileiro no último fim de semana: "O que eu fiz com a minha vida?"

A imagem forte rodou o mundo. No gramado em que o futebol deveria ser jogado para famílias e crianças se divertirem, socos, tapas e pontapés chamaram atenção mais do que qualquer lance no jogo entre Operário-MS e Comercial. Jeferson Reis espancou um dos gandulas no fim do clássico do Morenão. O gol do Comercial, que decretou a vitória do time por 1 a 0, havia sido nos minutos finais.

O gandula Tadeu Francisco quebrou o nariz e fez queixa na delegacia logo após o jogo. Dois dias depois de uma das cenas que manchou o futebol brasileiro no fim de semana, Jeferson quis falar.

Aos 22 anos, ele teve seu contrato com o Operário rescindido no dia seguinte. Ao GloboEsporte.com, Jeferson assumiu o erro e, com a voz embargada, pediu desculpas algumas vezes. Segundo sua versão, sua atitude injustificável foi fruto de uma tentativa de defender o massagista, que também foi afastado pelo clube.


Fonte; G1.com


Wagner acusa deputados governistas de usarem CPI do Narcotráfico para proteger Cid




Segundo o deputado, a CPI foi proposta pela base do governo para barrar a instalação da CPI do Acquario, obra polêmica do ex-governador. Matéria está há três anos na gaveta da Mesa Diretora

Dep Capitão Wagner

O deputado estadual Capitão Wagner (PR) acusou, nesta terça-feira (20), a base do Governo do Ceará na Assembleia de usar a CPI do Narcotráfico para barrar a abertura da CPI do Acquário do Ceará, obra imposta pelo ex-governador Cid Gomes (PDT) e alvo de investigações no Ministério Público Federal (MPF). Os deputados da base foram convocados pelo Abolição para alinhar o discurso sobre a crise na segurança.

“Estamos com três anos que a CPI [do Narcotráfico] foi protocolada pelo Governo, a deputada que propôs foi a deputada Raquel Marques (PT) – eu a parabenizo por isso – mas, infelizmente, a Mesa Diretora até hoje não teve a coragem de instalar a CPI nem tampouco de arquivá-la, porque, se arquivar, tem que abrir a CPI do Acquario. Infelizmente, foi uma ferramenta utilizada pela gestão, pelo Governo do Estado e pela Assembleia para manobrar e enganar o povo cearense”.

Reforço federal

Apesar de concordar com o pedido de reforço ao governo federal para auxiliar na segurança no Ceará, Wagner voltou a criticar a falta de investimento na Polícia Civil do Estado.

“É um reforço, a gente tem que agradecer, tem que parabenizar, mas o investimento na Polícia Civil cearense também é uma grande ferramenta. Concordo que a gente tem e pedir, para dar uma resposta imediata, reforço do governo federal, mas simplesmente trazer 36 homens sem investir – aí, a responsabilidade é do Governo do Estado – sem investir na Polícia Civil cearense, a gente não vai ter o resultado adequado”.

 Foto: Edson Júnior Pio


Mais 4 suspeitos da 'Chacina das Cajazeiras' são presos; um dos mandantes está entre os detidos


dhpp chacina

Um dos presos estava em um apartamento de luxo, no bairro Cocó e, segundo a Polícia Civil, seria um dos mandantes da matança

 Prestes a completar um mês da maior chacina já registrada no Estado do Ceará, a Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) divulgou, na tarde desta terça-feira (20), que mais quatro suspeitos pelo crime foram capturados. Conforme a Especializada, agora, há 10 suspeitos detidos por participação direta ou indiretamente da matança nas Cajazeiras.

Segundo a Polícia Civil, as quatro últimas prisões vinham sendo realizadas desde o último dia 5. A mais recente captura aconteceu nessa segunda-feira (19), em um apartamento de luxo, no bairro Cocó. Por meio do cumprimento de mandados de prisão, busca e apreensão, os policiais localizaram Dejair de Souza Silva,19.

O homem, conhecido como 'De Deus', é considerado pela Polícia Civil como um dos mandantes da chacina. Segundo a DHPP, com Dejair de Souza foram encontradas uma pistola calibre 45, carregadores e munições. O jovem já responde pelos crimes de roubo, porte ilegal de arma de fogo e tráfico de drogas.

Os outros suspeitos presos foram identificados pelas autoridades como Ayalla Duarte Cavalcante, 21; Ana Karine da Silva Aquino, 23; e Rennan Gabriel da Silva, 19. Segundo investigações da Polícia Civil, Rennan Gabriel teria participado diretamente das execuções no 'Forró do Gago'.

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informou que outros quatro suspeitos já foram identificados e seguem foragidos. A Pasta garante que as diligências das Polícias Civil e Militar continuam na tentativa de capturar os demais envolvidos.

Secretário de Segurança diz saber quem são os chefes

Em entrevista nesta terça-feira (20), o secretário de Segurança Pública, André Costa, afirmou que sabe quem são os chefes das facções que estão no Estado e reafirma a relação com a criminalidade em outras regiões do Brasil.

"Quando nós dizemos que parte do problema demanda uma atuação nacional, é porque realmente parte dele vem de São Paulo, do Rio de Janeiro, da Região Norte, ou seja, dos estados onde estão sediadas as matrizes dessas organizações. Então, a gente precisa da Polícia Federal e de uma Força Nacional de Polícia Judiciária para trazermos dados para podermos transformar em informações de Inteligência tudo o que acontece fora do Estado e que vem interferir na segurança do Ceará”, declarou.

“O principal diferencial é nós já sabemos quem são os chefes das facções que estão no Estado, onde estão situadas cada uma das células (de tráfico), os locais, os grupos criminosos que estão em conflito e as pessoas envolvidas. Diversas ações que são realizadas no Ceará vêm com participação ou com comandamento que vem de outros estados", garantiu o secretário.
   

Red; DN


Polícia Federal prende, em São Paulo, um dos líderes do PCC que estava em Fortaleza

Conhecido como 'Cláudio Boy', acusado tinha pelo menos sete mandados de prisão em aberto e foi capturado em Guarulhos, quando chegava da Capital cearense

Após dois integrantes da cúpula do Primeiro Comando da Capital (PCC) terem sido assassinados em uma reseva indígena em Aquiraz, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), a Polícia Federal (PF) prendeu, nessa segunda-feira (19), um homem que desembarcava no Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo, e que teria envolvimento com a execução dos líderes da facção criminosa, na última sexta-feira (16).

Claudiney Rodrigues de Souza, conhecido como 'Cláudio Boy', de 36 anos, é natural de Belo Horizonte e estava foragido da Justiça mineira, integrando, inclusive, a lista de procurados da Interpol. Segundo a PF, ele foi preso ainda no avião, que tinha acabado de chegar de Fortaleza.

Contra ele há, pelo menos, sete mandados de prisão em aberto, expedidos pelas 1ª e 3ª Varas de Tóxicos e pelos I e II Tribunais do Júri, todos da Comarca de Belo Horizonte.

Leia ainda:

> Líderes do PCC moravam há um ano em condomínio de luxo no Ceará

> Atentado cinematográfico: o que a cúpula do PCC fazia no Ceará?

> Promotor diz que mortes devem enfraquecer PCC

Ainda de acordo com a PF, o envolvido responde pelos crimes de homicídio e tráfico internacional de drogas e, segundo informações da Polícia Civil, seria um dos braços do PCC em Minas Gerais. Há suspeitas de que, mesmo procurado, ele seguiria atuando em operações relacionadas ao tráfico internacional de drogas.

Identidade falsa em Fortaleza

A prisão de 'Cláudio Boy' foi resultado de uma investigação realizada pela PF – como Representação da Interpol no Brasil –, que propiciou descobrir a identidade falsa da qual o procurado se utilizava para realizar inúmeras viagens pelo Brasil e para o exterior. Ele também teria aberto uma empresa para estabelecer-se como empresário e adquirir bens em Fortaleza.

Em posse de certidão de nascimento fraudulenta, o preso também obteve diversos documentos com a nova identidade, o que facilitou as viagens que fazia.

A investigação da PF, que contou com o apoio da Agência de Imigração Americana Immigration and Customs Enforcement – ICE – e da Inteligência da Polícia Civil de Minas Gerais, porém, conseguiu descobrir a indentidade verdadeira do suspeito.

   
13:16 · 20.02.2018 / atualizado às 14:15 por Agência PF / Redação Diário do Nordeste


Homicídio em Jaguaruana CE


O fato aconteceu por volta das 19 h de hoje terça feira 20 na comunidade de Lagoa Vermelha zona rural de de Jaguaruana, foi vitima a pessoa identificado por Vandinho.

Aguardando mais detalhes;

Blog Erivando Lima


Homicídio a bala em Quixeré CE

O fato aconteceu  na tarde de hoje terça feira 20, na localidade de ilha zona rural de Quixeré, foi vitima de homicídio a bala, a pessoa identificada por Anderson,  o mesmo foi atingido por varios disparos de arma de fogo.                                                             
Aguardando mais detalhes;
A imagem pode conter: 1 pessoa, close-up
Noticias de Silvio Leão



Violência: professores de Icó são recebidos com armas e spray de pimenta



Educadores manifestavam-se contra redução de salários quando foram agredidos em frente à Câmara de Vereadores.
A noite dessa segunda-feira (19) foi marcada por ações violentas contra os professores do município de Icó, na microrregião de Iguatu. Um grupo reuniu-se em frente à Câmara dos Vereadores para protestar contra o Decreto Nº 02/2018, no qual a prefeita Laís Nunes reduz o salário de 362 professores pela metade. Além de serem impedidos de acompanhar a sessão, os educadores ficaram sob a mira de armas e foram agredidos com spray de pimenta. Algumas pessoas passaram mal e foram levadas ao hospital para atendimento médico.
A Presidenta da Fetamce, Enedina Soares, está ao lado dos servidores em Icó, representando a Federação. Ela relata os momentos de tensão vividos pelos manifestantes:

“Chegamos à Câmara e nos assustamos com o clima de guerra. Ficamos sob a mira de armas e recebemos spray de pimenta na cara por lutar pelos nossos direitos. É uma vergonha cortar o salário dos professores pela metade e ainda ferir aqueles que educam as nossas crianças. Pedimos a ajuda de todos para denunciar essa violência!”

Canetada
Em apenas um decreto, a prefeita Laís Nunes, esposa de Neto Nunes, tornou “nulas todas as ampliações de carga horária, concedidas aos profissionais do Magistério do Municipal de Icó, efetivadas em função do Decreto Municipal n. 018/2014”.

O desespero dos professores é total. “Quem tinha consignado, prestação de carro ou de uma casa, de uma hora para outra, ficará com a metade do dinheiro. Isso vai bagunçar a vida de muita gente”, disse um professor que não quis se identificar.


Blog Erivando Lima


Funcionários públicos fazem manifestação em frente o prédio da prefeitura em Russas CE


A imagem pode conter: 5 pessoas, pessoas em pé

Funcionários públicos do município de Russas, fizeram uma manifestação em frente ao poder publico do município de Russas, a manifestação contrariando a reforma da previdência social do município da forma que foi encaminhada pelo prefeito a câmara municipal, no qual os trabalhadores não estão aceitando o percentual de 14 por cento que o gestor estar tentando aplicar em cima dos salários dos funcionários.
O projeto não entrou em pauta, ficou para ser discutido em uma audiência publica a se realizar apos a realização do senso junto ao INSS.
A imagem pode conter: 10 pessoas, pessoas em pé e multidão
Blog Erivando Lima


Chuva intensa atinge a região do Cariri nas últimas 24 horas; Milagres registra 148 mm


quixada

O município de Barro também apresentou volume significativo, com 122.4 mm até a manhã desta terça-feira (20)

   Após chover em mais de 120 municípios cearenses nesta segunda-feira (19), a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) voltou a registrar precipitações em diversas regiões do Ceará nas últimas 24 horas, especialmente no Sul do Estado. No Cariri, por exemplo, duas cidades tiveram volume de chuva acima de 120 mm no período das 7h de segunda às 7h desta terça-feira (20).

A maior chuva das últimas 24 horas foi registrada no município de Milagres, onde a Funceme constatou um volume de 148 mm. Outra cidade do Cariri que apresentou forte precipitação no período foi Barro, com 122.4 mm. Ao todo, até às 9h40 desta terça-feira, pelo menos 96 municípios cearenses já haviam registrado chuvas no período analisado pela Funceme.

Envie fotos de chuva na sua cidade através do VC Repórter/WhatsApp do Diário do Nordeste: (85) 98948-8712

Além de Milagres e Barro, o Cariri também apresentou chuvas acima de 50 mm em outros dois municípios da região: Brejo Santo (58 mm) e Barbalha (51 mm). Outra precipitação significativa registrada no Estado nas últimas 24 horas aconteceu em Pentecoste, no Litoral do Pecém, onde o volume atingiu 70 mm.

Leia ainda:

> Camocim registra maior precipitação em 24h

> Maior chuva do ano em Fortaleza causa transtornos a comerciários e moradores

Na Capital cearense, a Funceme não registrou precipitações no período analisado. Ainda na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), Maracanaú e Caucaia foram os município que concentraram o maior volume de chuva no período, com 24.4 mm e 24 mm, respectivamente.

Para esta quarta-feira (21), a expectativa é de nebulosidade variável ao longo do dia, com eventos de chuva em todas as regiões do Estado. A mesma projeção é feita para a próxima quinta-feira (22).

Red; DN


ARACATI-CE CAPTURA DE FUGITIVO DA CADEIA PUBLICA


 Ontem dia (19/02/2018), por volta das 12 h 50 min, durante patrulhamento de rotina, a equipe do Moto patrulhamento composta pela  PM, avistou no Campo São Francisco, próximo ao Dique de Proteção nesta cidade, um individuo que se encontrava foragido da Cadeia Pública de Aracati desde o dia 02 de maio de 2017; que o mesmo foi abordado e identificado como PAULO SÉRGIO ALVES BRAGA vulgo PAULINHO,  natural de Aracati/CE o mesmo responde pelo artigo 157 CPB. O foragido recebeu voz de prisão, foi conduzido até a delegacia Regional de Aracati e apresentado a Autoridade Policial.

Blog Erivando Lima


TABULEIRO DO NORTE/CE ROUBO DE VEÍCULO (MOTOCICLETA)


Ontem dia 19/02/2018 (segunda-feira), por volta das 19 h 30 min, na CE-377, localidade de Taperinha, zona rural de Tabuleiro do Norte-CE, o Sr. Miquéias Rodrigues, natural de Limoeiro do Norte-CE, entregador de mercadorias e residente na Rua Acelino Maia, centro desta urbe, teve tomada de assalto sua motocicleta HONDA/CG 160 FAN ESDI, cor prata, ano/modelo 2016 e placa PNA-4502, por 02 (dois) elementos não identificados, armados, que transitavam numa motocicleta 150 azul e demais características não identificadas, tendo em seguida tomado rumo ignorado. A RP 1104 composta pelos PM’S, encontram-se realizando diligências com o intuito de identificar e prender os autores do citado delito.

Blog Erivando Lima

Câmara aprova decreto de intervenção no RJ


Câmara

Depois de mais de 6 horas de discussão, a Câmara dos Deputados confirmou, na madrugada desta terça-feira (20), a intervenção federal na segurança pública do estado do Rio de Janeiro. O decreto assinado pelo presidente Michel Temer teve 340 votos favoráveis, 72 votos contrários e 1 abstenção. O texto segue agora para o Senado Federal na forma do Projeto de Decreto Legislativo (PDC) 886/18.

A relatora da proposta, deputada Laura Carneiro (PMDB-RJ), incluiu duas sugestões ao Poder Executivo em seu parecer. Ela pediu que o governo federal apresente recursos federais em caráter continuado, a serem usados na segurança pública e nas áreas de assistência social.

A deputada também sugere que o Poder Executivo regulamente o poder de polícia das Forças Armadas e estabeleça diálogos com o Ministério Público e com o Judiciário para o controle externo da operação. Os dois pedidos foram feitos na forma de indicação, que são opinativos e não vinculam a atuação do Executivo federal, já que não é possível apresentar emendas ao decreto de intervenção.

A questão do financiamento foi ressaltada por Laura Carneiro. Ela afirmou que o governo do estado do Rio de Janeiro não tem recursos para custear a intervenção. “Durante dez meses, seriam necessários cerca de R$ 250 milhões adicionais para custeio e investimento das ações de intervenção, recursos de que o estado do Rio de Janeiro não dispõe”, esclareceu a deputada.

Interventor

O decreto assinado pelo presidente Michel Temer estabelece intervenção federal até o dia 31 de dezembro de 2018 com o objetivo de acabar com o grave comprometimento da ordem pública do estado do Rio de Janeiro. Para comandar a operação, foi designado como interventor o general Walter Souza Braga Netto.

O interventor será subordinado ao presidente da República e não estará sujeito às normas estaduais que conflitarem com as medidas necessárias à execução da intervenção, podendo requisitar os recursos financeiros, tecnológicos, estruturais e humanos do estado necessários ao objetivo.

O general comandará todas as polícias do estado (civil, militar e Corpo de Bombeiros) e poderá requisitar ainda os bens, serviços e servidores dos órgãos estaduais, como a Secretaria de Segurança e a Secretaria de Administração Penitenciária para emprego nas ações determinadas pelo interventor.

As demais atribuições do estado continuam sob o poder do governador Luiz Fernando Pezão. Segundo o decreto, a intervenção tem o objetivo de acabar com o “grave comprometimento da ordem pública no estado”.

Crime organizado

A relatora destacou que, apesar de o Rio de Janeiro não ser a unidade federativa com maiores índices de violência, é a cidade com maior número de tiroteios – que impedem a circulação da população. Laura Carneiro ressaltou que a existência de zonas com a ausência do Estado também é fator determinante para o apoio à intervenção.

“Ao contrário do que acontece em outros estados, nos quais grande parte dos crimes violentos é pulverizada, no Rio de Janeiro estabeleceu-se zonas de controle bem delimitadas, onde o Estado não entra e que chegam a dar lugar a disputas territoriais entre quadrilhas rivais”, disse a deputada.

Laura Carneiro também chamou a atenção para os tiroteios que ocorrem à luz do dia no Rio de Janeiro. “Chegamos à triste marca de 450 tiroteios em 50 dias. Existe algum outro estado do Brasil que possuiu aplicativos de celular para saber onde há tiroteio? ”, questionou.

Emendas à Constituição
Como determina a Constituição Federal, o Congresso não poderá emendar o texto constitucional durante o período da intervenção. Com isso, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, já confirmou que não será possível votar a PEC da Reforma da Previdência ou qualquer outra PEC durante a vigência da intervenção.

Quanto à tramitação, embora o presidente do Senado, Eunício Oliveira, tenha suspendido naquela Casa qualquer andamento de propostas de emenda à Constituição, Maia ficou de dar uma resposta em breve a questões de ordem formuladas nesse sentido.

Blog Erivando Lima / Diario do Nordeste


Juiz envolvido em venda de sentenças no RN é condenado a aposentadoria

Fórum de Ceará-Mirim (Foto: Divulgação/TJRN)
Conselho Nacional de Justiça decidiu pela aposentadoria compulsória do juiz José Dantas de Lira nesta terça-feira (29).
O juiz José Dantas de Lira foi condenado à aposentadoria compulsória depois de ser comprovada a participação dele em um esquema criminoso de venda de decisões judiciais. Segundo o Ministério Público do Rio Grande do Norte, os crimes possibilitavam a liberação de empréstimos consignados junto a instituições financeiras, mesmo com margens comprometidas.

O salário base do juiz José Dantas é R$ 28.947,56. O TJRN não informou a idade dele, mas confirmou que ele já tem idade para se aposentar.

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) decidiu, nesta terça-feira (29), por unanimidade, pela aposentadoria compulsória do magistrado, que atuava na 1ª Vara Cível da comarca de Ceará-Mirim, na Grande Natal.

A decisão é outro desdobramento da operação Sem Limites, deflagrada em julho de 2014, que já havia provocado o afastamento do magistrado no curso de ação penal, bem como no bloqueio de bens nos autos de ação de responsabilização por ato de improbidade administrativa.

Segundo o Ministério Público do RN, os servidores eram procurados por operadores do esquema, que ofereciam a liberação da margem consignável (então limitada até 30%) e cobravam por essa facilitação um percentual do valor do empréstimo. As liberações eram conquistadas a partir da concessão de liminares em ações na Justiça.

Pelos mesmos fatos da representação julgada nesta terça-feira pelo CNJ, o juiz José Lira já estava afastado do cargo por decisão do TJRN, em ação penal que tramitava naquela Corte e que foi remetida ao Supremo Tribunal Federal (STF). Isso porque alegaram suspeição mais de dois terços dos membros do TJ. No STF, a decisão de afastamento do magistrado foi ratificada pelo ministro relator Luís Roberto Barroso.

O esquema descortinado com a operação Sem Limites envolveu advogados e corretor de imóveis que foram, de acordo com o MP, agenciadores do grupo. O Ministério Público aponta que as comissões pagas por escritórios de advogados eram repartidas com o juiz e diretores da secretaria da comarca de Ceará-Mirim. Oito pessoas foram denunciadas no caso, além do magistrado. O MP do RN denunciou os envolvidos com imputações da prática de crimes de corrupção passiva, corrupção ativa e associação criminosa.

Fonte G1.com


Russas CE


AUXILIAR ADMINISTRATIVO

GERENTE COMERCIAL
MOTORISTA DE AMBULÂNCIA

MOTORISTA DE ÔNIBUS

TÉCNICO DE MANUTENÇÃO DE IMPRESSORAS

SINE/IDT de Russas  localizado à Av. Cel. Araújo Lima, 1458-A – Centro.   Atendimento - 07:30 às 16:30


Blog Erivando Lima