-->

3 de fevereiro de 2016

Secretaria da Segurança Pública omite em seu site registros de assassinatos no Ceará

Ao discursar na Assembleia Legislativa, na última terça-feira (2), o governador Camilo Santana (PT), assegurou que o Ceará é um dos estados brasileiros com maior transparência na divulgação de índices da criminalidade. No entanto, na prática, a situação é outra. De forma constante, a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), omite e retarda em seu site os registros dos casos de homicídios e outros tipos de mortes violentas.


Exemplo disso é que desde o último dia 27 de janeiro, o site da SSPDS não divulga as ocorrências diárias registradas pelos seus órgãos vinculados, entre eles, a Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops) e a Coordenadoria de Medicina Legal (Comel) da Perícia Forense do Ceará (Pefoce).

É a fórmula encontrada pelos gestores da SSPDS com o objetivo de manipular, omitir ou retardar para a Imprensa  a divulgação do quantitativo de assassinatos que ocorrem diariamente em todo o estado.  Esta tática é utilizada, principalmente, nos finais de semana, em feriados prolongados e no fim de cada mês, como ocorre no momento.

Outra estratégia que a SSPDS montou para dificultar a publicação pela Imprensa dos casos de Crimes Violentos Letais e Intencionais, ou CVLIs, que incluem  homicídios, latrocínios (roubos com morte) e lesões corporais seguidas de morte, é não citar na lista de registros de  corpos examinados pela Perícia Forense,  a causa de cada  óbito.

Uma terceira tática para omitir os registros é a alegação de que a SSPDS não recebeu à tempo, no processo de postagem das ocorrências, os registros  dos Comandos de Policiamento do Interior (CPI Norte e CPI Sul).  Esta prática é freqüente, principalmente, nos dias em que acontece uma taxa elevada de homicídios no interior.

A média de assassinatos no Ceará permanece em torno de 12 por dia.

Blog do Fernando Ribeiro

Quadrilha que atuava no Ceará e em Piauí é presa ao tentar roubar armazém em Fortaleza

Em coletiva de imprensa, uma operação conjunta da Divisão de Combate ao Tráfico de Drogas (DCTD) e da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) divulgou nesta quarta-feira (3), um flagrante feito na última quinta-feira de um grupo de cinco pessoas que foi preso ao tentar roubar um armazém no bairro Vila Manoel Sátiro.

Foram apreendidos dois revólveres de calibre 38 municiados. Após as prisões, a DRF descobriu que outra parte do grupo estava no Piauí e se preparava para explodir bancos.

Em Piauí, outros quatro membros da quadrilha foram capturados. Com o grupo, foram apreendidos duas pistolas, um revólver, uma escopera e cerca de 10kg de explosivos.

O Estado CE

Jovens infratores danificam instalações e ateiam fogo em centro provisório de Aquiraz

Na manhã desta quarta-feira (3), jovens infratores do Centro de Internação Provisório de Aquiraz, Região Metropolitana de Fortaleza fizeram um motim. De acordo com a polícia os internos quebraram grades, paredes e vários móveis da unidade e atearam fogo nas salas e móveis para tentar fugir.

Segundo informações da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS), o centro abrigava 54 jovens. Do total, 41 foram transferidos para o Centro Educacional Patativa do Assaré (CEPA) enquanto outros 13, foram encaminhados à Delegacia do Eusébio onde responderão por danos ao patrimônio público, podendo ser encaminhados para o sistema prisional.

O Centro de Internação Provisório de Aquiraz é uma das novas unidades provisórias do sistema socioeducativo, para onde foram levados jovens do centro São Francisco e São Miguel, após motins que danificaram estes centros.

O Estado CE

Casos confirmados de microcefalia em bebês chegam a 404 no País

O Brasil já registra 404 casos confirmados de recém-nascidos com microcefalia, 17 deles com exames positivos para o vírus da zika, segundo boletim atualizado do Ministério da Saúde. Além destes registros, há outros 3.670 casos em investigação de bebês com suspeita da má-formação. O número de casos suspeitos e confirmados representa um aumento de 9,5% em relação ao boletim da última semana, quando havia 3.448 casos suspeitos e 270 confirmados.

Já o total de casos descartados passou de 462 para 709. São casos em que exames não apontaram alterações no cérebro do bebê ou em que o quadro de microcefalia não foi causado por infecções congênitas (transmitidas de mãe para filho), o que já descartaria provável relação dos casos com o zika, transmitido pelo Aedes aegypti e apontado como a principal hipótese para o avanço do problema.

Também houve aumento no número de mortes em investigação. Ao todo, o País já registra 15 casos confirmados de bebês que morreram após o parto ou ainda durante a gestação. Segundo o Ministério da Saúde, os bebês tinham diagnóstico de microcefalia e outras má-formações - destes, cinco tiveram resultado positivo para o vírus zika após exames. Outras 56 mortes ainda são investigadas, e cinco foram descartadas.

Estados

Cerca de 80% dos casos notificados de microcefalia estão no Nordeste. A investigação de possíveis casos, no entanto, já ocorre em 25 Estados - até agora, os únicos a não apresentarem registros foram o Amapá e Amazonas.

Pernambuco ainda lidera a lista de notificações, com 1.159 casos de suspeita de microcefalia e outros 153 já confirmados. Em seguida, está a Bahia, com 508 casos ainda em investigação, além de 99 confirmados. O uso de critérios diferentes por Estados para informar dados ao Ministério da Saúde deixa dúvidas sobre o “mapa” real da expansão do problema no país. No balanço nacional, por exemplo, ainda aparecem registros em que o perímetro da cabeça do recém-nascido é maior do que os 32 cm definidos como limite pela OMS (Organização Mundial da Saúde) - caso de Pernambuco, onde apenas cerca de 38% dos casos seguem esse parâmetro.

Outra diferença nos dados ocorria em relação a São Paulo, que informava apenas os casos em que as mães dos bebês tiveram sintomas de zika na gravidez. O novo balanço, porém, já apresenta o número total de registros de microcefalia: 126 desde novembro. Nesta segunda-feira, a OMS declarou emergência mundial em saúde pública devido à suspeita de ligação do vírus zika com os recentes casos de microcefalia e doenças neurológicas.

O Povo Online

Secretaria da Saúde do Ceará vai distribuir 3,8 milhões de camisinhas no carnaval

O reforço no abastecimento de preservativos para o carnaval está sendo garantido em todos os municípios. A Secretaria da Saúde do Estado está concluindo a distribuição de 2 milhões e 800 mil camisinhas, além de 1 milhão que o município de Fortaleza recebe diretamente do Ministério da Saúde. 

No total, são 3 milhões e 800 mil preservativos distribuídas para a população se proteger das Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs) e ter um carnaval com sexo seguro. Empresas públicas e privadas, sindicatos e associações também recebem preservativos, através do 32195539, telefone do Núcleo de Vigilância Epidemiologia da Coordenadoria de Promoção e Proteção à Saúde da Sesa.

PIS/Pasep: 15 milhões podem receber

Mais de 15 milhões de trabalhadores não sabem que têm créditos a receber do Programa de Integração Social e do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PIS/Pasep). Os números foram divulgados pela Controladoria-Geral da União, após uma auditoria que identificou falhas na comunicação a esses trabalhadores.

Quem contribuiu com os programas até o ano de 1988 tem direito ao recebimento anual do rendimento de suas cotas, além de poder sacar todo o crédito em caso de aposentadoria, doença ou se tiver mais de 70 anos. No caso de o trabalhador já ter falecido, seus herdeiros diretos podem requerer o benefício. O benefício do PIS é pago pela CEF e o Pasep, pelo BB.

De acordo com Antônio Carlos Bezerra Leonel, coordenador-geral de auditoria da Área Fazendária da CGU, até o ano de 1988, os programas PIS/Pasep eram geridos por um fundo de participação. A partir de 1988, o fundo parou com a arrecadação para contas individuais e os recursos provenientes das contribuições passaram a ser destinados ao Fundo de Amparo ao Trabalhador, para o custeio do seguro-desemprego, do abono salarial e do financiamento de programas de capacitação.

O Estado CE

Oito presos em flagrante por tentativa de estelionato e associação criminosa

Oito pessoas foram presas e autuadas em flagrante por tentativa de estelionato e associação criminosa no 25° DP (Vila União). A ação ocorreu ontem no bairro Montese após denúncia de uma moradora que suspeitou estar sendo vítima de um golpe. Segundo a Polícia, o grupo estava atuando no Ceará há cerca de 15 dias. Todos os acusados são de Sergipe.

Os suspeitos chegavam na casa das vítimas em uma van e contavam que estavam ali realizando uma pesquisa para a Prefeitura ou para a empresa que eles supostamente prestavam serviços. Apresentavam produtos e convenciam o morador de que eram ex-usuários de drogas, mas estavam mudando de vida e ingressando na universidade.

Para isso, precisavam de ajuda e pediam dinheiro à vítima que era cadastrado como um "padrinho" daquele estudante. Aceitavam pagamentos em cheque, à vista ou cartão, parcelando a quantia em até dez vezes, cerca, de 190 reais.

Quando o morador escolhia pagar no cartão, a Polícia suspeita que a máquina utilizada clonava os dados, de acordo com o delegado titular do 25° DP, Alísio da Justa.

Credibilidade

Para passar credibilidade, o grupo utilizava fardamento, uma blusa com a inscrição de uma suposta papelaria "Livraria Lápis Dourado" e o número de telefone. A Polícia informou que o número é falso.

O chefe da quadrilha, identificado apenas como Edivaldo, está foragido. Segundo Justa, ele ficava com as maquinetas e entregava aos comparsas no momento do golpe. Os suspeitos negaram as acusações.

De acordo com o delegado Alízio Justa, o grupo viajava pelo País efetuando o mesmo golpe em outras cidades, como Campo Grande, Brasília e São Paulo. "A intenção deles era sair por vários estados do Brasil. Uma pessoa que mora em Fortaleza, mas é natural de Sergipe, conseguiu um imóvel para que o grupo se instalar aqui na Capital", afirmou o titular do 25º DP.

Além do Montese, segundo Alísio Justa, a quadrilha agia em outros bairros. "Já tinham ido ao bairro Sapiranga e estavam se espalhando pela cidade toda".

A maioria dos presos não tinha passagem pela Polícia. São eles: Fernanda Mascarenhas da Silva, Flávia Camila da Silva, Roniere de Jesus Melo Alves de Rodrigues, Gilvan Oliveira da Costa e Edileuson Santos da Silva (motorista da van).

Antecedentes

Já Douglas Santos da Costa responde por receptação de produtos roubados, Danilo Batista dos Santos por roubo e José Paulo da Silva Santos por estelionato. A Polícia declarou que nem todos forneceram documento de identidade. Na van, havia formulários utilizados para o falso cadastro dos 'padrinhos', livros e uma máquina de cartões.

Diário do Nordeste

Baleia cachalote encalha morta em Aquiraz

Uma baleia da espécie cachalote foi encontrada morta na praia da Prainha, em Aquiraz, Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), por volta das 16h30 desta terça-feira, 2. Os profissionais do projeto Manatí, com apoio da Prefeitura do município, vão realizar o enterro do animal, que já está em estado de decomposição, na Praia do Japão, nesta quarta-feira, 3, pela manhã, quando a maré estiver baixa. O órgão municipal disponibilizou duas máquinas escavadeiras para a operação

A equipe do Manatí só irá ao local do encalhe nesta quarta. Os profissionais do projeto ainda não tiveram a oportunidade de fazer uma investigação para identificar a causa do encalhe do animal. Segundo o biólogo e coordenador de resgate do Manatí, Antônio Carlos Amâncio, que viu as imagens da baleia encalhada, o bicho pode ser um sub-adulto e ter aproximadamente entre 8 a 9 metros de comprimento. 

"Não fomos ver o bicho ainda. A princípio não tem como saber o que aconteceu, identificar a causa do encalhe. Amanhã (3), vamos fazer uma investigação. Aparentemente é um bicho intermediário, não é filhote, nem adulto", comentou o biólogo.

Conforme o especialista, a baleia cachalote é a espécie dos grandes cetáceos que mais encalha no Ceará. Nos últimos três meses, foram três encalhes no Estado, todos no município de Aquiraz, afirma o biólogo. Amâncio explica que esta espécie vive distante da costa e não possui registro de ataques a humanos.

O Povo Online

Agente da Abin é baleado em tentativa de roubo

O agente da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), José Valnir da Silva Silveira, 57 anos, foi baleado durante uma tentativa de roubo no cruzamento da Rua Silva Paulet com Rua Júlio Ventura, bairro Aldeota. O crime aconteceu na noite desta terça-feira. 

O sargento Cícero Mourão, da equipe de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio) informou que apreendeu um suspeito. A equipe do Raio 24 se deparou uma dupla armada próximo ao local do crime. Os dois trocavam de roupa quando foram abordados. Um dos suspeitos fugiu e o adolescente foi apreendido e encaminhado à Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA). 

Conforme o sargento, a dupla suspeita é do Campo do América. O jovem que fugiu foi identificado. Os PMs foram até a casa dele, mas não o encontraram. "O adolescente estava negando, mas depois apontou o outro comparsa como o autor do crime", relatou.

 A ação

Conforme o sargento que participou das ações, a vítima estava no veículo com familiares quando foi abordada pelos dois adolescentes que estava em uma bicicleta. O agente Silveira reagiu ao assalto e levou um tiro no rosto.

Silveira foi socorrido por uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) até o hospital da Unimed, localizado na Rua Monsenhor Salazar. Testemunhas disseram que a esposa dele o acompanhou na ambulância. No momento do tiroteio houve corre-corre. 

O local onde aconteceu a tentativa de roubo fica nas proximidades de um supermercado e várias pessoas correram para o interior do estabelecimento na intenção de se proteger.

A informação de que o Silveira é lotado na Abin foi confirmada por um policial civil que preferiu não se identificar.

Secretário de Esportes de Ibicuitinga é executado

O secretário de Esportes da Prefeitura de Ibicuitinga (distante 187Km de Fortaleza), no Sertão Central, foi executado a tiros, na noite desta terça-feira(2), por volta das 20 horas, dentro do seu estabelecimento comercial, no centro do município. Pedro da Silva Lopes era dono de uma sorveteria, local onde foi baleado e morto com, pelo menos, cinco tiros na cabeça. A vítima morreu no local.

Testemunhas informaram que a mulher do gestor teria presenciado a execução. Conforme a Polícia, dois homens chegaram ao local em uma moto fingindo serem clientes, pediram sorvete e, em seguida, sacaram as armas e atiraram em Pedro.

O gestor morreu no local. Os acusados fugiram na moto. Patrulhas da Polícia Militar fizeram buscas, mas os dois homens ainda não foram localizados.

Equipes da Polícia Civil e da Perícia Forense do Ceará (Pefoce) iniciaram as investigações no local do crime. Testemunhas foram ouvidas pelos policiais.

Diário do Nordeste