-->

29 de agosto de 2019

Estelionatário é preso após aplicar golpes em Morada Nova

A prisão de Francisco Ednardo Maia (38) aconteceu, na cidade de Morada Nova, na manhã dessa quarta-feira (28).
Um homem suspeito de praticar crime de estelionato foi preso pela Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), após diligências realizadas pela Delegacia Municipal de Morada Nova. A prisão de Francisco Ednardo Maia (38) aconteceu, na cidade de Morada Nova, na manhã dessa quarta-feira (28). Na ação, diversos cartões de crédito, aparelhos celulares e máquinas de cartões foram apreendidos.

Após investigações, a Polícia descobriu que o suspeito fazia pesquisas por meio de CPFs e nomes de pessoas pela internet e conseguia solicitar cartões de crédito com os nomes das vítimas, para efetuar compras online. De posse da localização do criminoso, os agentes de segurança abordaram Francisco Ednardo, no Centro da cidade.

No momento da prisão, ele estava em posse de um notebook, um HD externo, três aparelhos celulares, cinco chips de telefone, cinco cartões de crédito, seis máquinas de cartões de crédito, 11 cartões do Banco do Brasil e 44 cartões do Mercado Pago (cartão que tem a função de débito para compras online ou em lojas físicas).
Na ação, diversos cartões de crédito, aparelhos celulares e máquinas de cartões foram apreendidos.
Diante dos fatos, o infrator e todo o material apreendido foram levados para a Delegacia Municipal de Morada Nova, onde os procedimentos cabíveis ao fato foram realizados. Ednardo, que não tinha antecedentes criminais, foi autuado em flagrante pelo crime de estelionato.

Fonte; Revista Central

Blog; Erivando Lima


Gerentes de banco são presos em Pentecoste suspeitos de integrar esquema de desvio de R$ 59 milhões

Além dos dois gerentes do Ceará, outros integrantes do grupo foram presos no Interior de São Paulo

Gerentes são flagrados com integrante mineiro do esquema (camisa de cor rosa)
Polícia Civil/Divulgação

Gerentes do Banco do Brasil foram presos suspeitos de integrar organização criminosa interestadual que desviou cerca de R$ 59 milhões do banco, em Pentecoste, distante 92 Km de Fortaleza, nesta quinta-feira (29). Os dois gerentes alegaram à Polícia Civil que foram sequestrados e obrigados a fazer as transações bancárias. Os golpes foram descobertos pelo setor de inteligência da instituição financeira. 

As prisões dos dois gerentes cearenses e de outros integrantes do grupo, em São Paulo, e General Sampaio, no Interior, ocorreram no âmbito da operação da Polícia Civil com o apoio do Ministério Público no Município de Pentecoste.  

A investigação contou com a participação da Delegacia de Defraudações e Falsificações (DDF) e do Departamento Técnico Operacional (DTO), da Polícia Civil do Ceará, comandadas pelos delegados Jaime de Paula Pessoa Linhares e Eduardo Tomé, respectivamente. 

A reportagem do Diário do Nordeste entrou em contato com o Banco do Brasil e aguarda retorno. 

Como funcionava 

Conforme o diretor do Departamento de Polícia do Interior (DPI), Marcos Aurélio de França, os criminosos criaram um débito na agência de General Sampaio e creditaram integralmente em uma conta poupança no Estado de São Paulo, auxiliados por funcionários do banco. 

Com o crédito na conta, os operadores passaram a fazer a “pulverização dos valores”. Dois homens e uma mulher foram presos, na última sexta-feira (23), na cidade de São José do Rio Preto, interior de São Paulo, enquanto faziam diversas operações financeiras.  

Na conta de um dos presos foi verificada a quantia de R$ 59.998.765,00. O dinheiro, segundo as investigações, foi desviado de contas por meio de aviso de crédito feitos pelos gerentes. 

Participação de gerentes 

Um homem natural de Contagem, em Minas Gerais, identificado como Jefferson Alves, foi preso no interior da agência do Banco do Brasil de General Sampaio, também na última sexta (23).  

Jefferson revelou a participação de Pedro Eugênio Leite e Celso Luiz Grillo de Lucca, gerentes das agências de General Sampaio e Tejuçuoca, no esquema criminoso. 

A defesa dos gerentes não quis se manifestar sobre o assunto. 

Sequestro 

À polícia, os bancários afirmaram que teriam sido sequestrados, durante três dias, e estavam agindo sob ameaça para realizar a liberação dos valores. Conforme os investigadores, entretanto, “os fatos não sustentam tal versão”. 

A prisão temporária dos bancários foi decretada pelo juiz Caio Lima Barroso e cumprida nesta quarta, “tendo em vista as inúmeras contradições apresentadas em suas alegações, pois afirmaram terem sido sequestrados”.  

Ainda de acordo com as informações da Polícia Civil, para movimentar a alta quantia o grupo necessitava da assinatura digital dos dois gerentes. A pedido do Ministério Público, por meio do promotor Jairo Pequeno, a Justiça bloqueou todas as contas que receberam os valores desviados, com base na lei de lavagem de dinheiro. 

Red; DN 

Blog; Erivando Lima


Programa Trovão de notícias na TV TROVÃO do Vale de 13hs às 15hs com Rozil Bezerra, Erivando Lima, Genilson Marque e Jota Damasceno na Técnica. - 29 de agosto 2

Vereador Julierme Senna afirma que policiais são tratados como bandidos pela Controladoria de Disciplina. "É um tribunal de exceção"

“Temos uma Controladoria de Disciplina nefasta, ditatorial, perseguidora e abusiva. Quando o policial chega lá é tratado como bandido, e o bandido como vítima. É um verdadeiro tribunal de exceção”.
As palavras são do policial civil e vereador de Fortaleza, Julierme Senna. Ele repetiu, ontem, as palavras ditas durante um discurso na tribuna da Câmara Municipal de Fortaleza em fevereiro do ano passado, quando pediu providências ao governador Camilo Santana (PT) diante dos relatos de vários casos de abusos praticados pela Controladoria.

Nesta quinta-feira (29), Julierme voltou a abordar o assunto, ao afirmar que está acompanhando novas denúncias contra as atividades da CGD, a partir da ação desastrosa ocorrida na semana passada em que um policial militar foi baleado numa abordagem feita por agentes daquela instituição. O fato trouxe novamente à tona os questionamentos sobre as atividades abusivas e ilegais praticadas pelas equipes da CGD.

“Quem é que fiscaliza as ações abusivas da Controladoria? O policial que chega ali é tratado como um bandido, e o bandido como vítima, veja que inversão de valores. O que queremos é uma Polícia Judiciária valorizada e não seus profissionais humilhados. Lá fazem isso porque não conhecem o nosso trabalho de rua”, disparou.

A polêmica em torno desses abusos levou várias autoridades a questionar as atividades da CGD e nas mãos do governador Camilo Santana (PT) já existe um pedido protocolado de extinção do órgão.

Fonte: Blog do Jornalista Fernando Ribeiro


Blog; Erivando Lima


Programa Trovão de notícias na TV TROVÃO do Vale de 13hs às 15hs com Rozil Bezerra, Erivando Lima, Genilson Marque e Jota Damasceno na Técnica. - 29 de agosto 1

Programa Trovão de notícias na TV TROVÃO do Vale de 13hs às 15hs com Rozil Bezerra, Erivando Lima, Genilson Marque e Jota Damasceno na Técnica. - 29 de agosto

Diário oficial do Ceará publica demissão de oito policiais civis, um delegado, dois agentes penitenciários e um perito


Um agente penitenciário foi demitido após ser flagrado por um promotor de Justiça trancado com uma detenta em um alojamento. O agente tinha um relacionamento amoroso com a presa
Por
REDAÇÃO O POVO ONLINE
23:24 | 28/08/2019

O Diário Oficial do Ceará (Doe) desta quarta-feira, 28, publicou a demissão de um delegado de Polícia Civil, dois agentes penitenciários e oito policiais civis, entre escrivães e inspetores. As publicações são referentes aos processos da Controladoria Geral de Disciplina (CGD).

Os casos de demissão investigados pela CGD são de extorsão, envolvimento com roubo de gado, flagrante de relações sexuais com detentas, abuso sexual em unidade de trabalho, abandono de função e apropriação de material apreendido.

No caso do delegado da Polícia Civil, ele foi investigado por conduta funcional após uma prisão no dia 18 de dezembro de 2010. Na ocasião, o delegado teria arbitrado uma fiança de R$ 530 e ,oficialmente, o dinheiro recolhido foi de R$ 180. A CGD entendeu, por meio das provas testemunhais, que o delegado teria utilizado o restante do dinheiro em benefício próprio.

Já o caso que envolve o perito criminal, que trabalhou em Brejo Santo, no ano de 2012, envolve um processo de abuso sexual contra mulheres que buscavam o atendimento dele, que atuava no posto de identificação da Cidade. De acordo com o documento publicado no Diário Oficial, quatro jovens foram vítimas do homem, que utilizava a função para alisar os cabelos e os seios das vítimas afirmando que iria arrumá-los para uma melhor imagens da fotografia da identidade, além de esfregar as partes genitais nas vítimas.

Já o caso envolvendo um policial civil apurava a responsabilidade de um escrivão, que teria se apropriado de um valor de R$ 2.700 apreendido em um auto de inquérito policial e de R$ 105 de um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO). O dinheiro sumiu e o profissional da segurança era o chefe do cartório. Em depoimento dos colegas foi relatado que ele afirmou que o dinheiro estaria própria conta bancária.

No caso dos agentes penitenciários um foi demitido por abandono de função depois de não comparecer ao serviço em unidades prisionais e não ofertar a licença médica ao órgão da Secretaria da Justiça. A publicação se refere ao parecer que foi emitido em agosto de 2014.

O outro agente penitenciário foi flagrado por um promotor de Justiça trancado com uma detenta em um alojamento. O agente tinha um relacionamento amoroso com a presa. Além disso, ele era investigado pela suposta promoção de festas, facilitação de fugas, entradas de bebidas alcoólicas e desvio de alimentação dos presos para a venda de comércio local na Cadeia Municipal de Uruburetama.

"Saliente-se, que a referida detenta, perante a Comissão Processante, descreveu com detalhes a dinâmica dos fatos que culminaram nas relações sexuais com o AGP como também foi clara ao atribuir as relações sexuais ao medo que tinha em ser transferida de unidade prisional. Devendo-se ressaltar que nos crimes contra a liberdade sexual a palavra da vítima, especialmente corroborada por outros elementos de convicção, como no caso concreto em tela, tem grande validade como meio de prova; considerando que a configuração da falta disciplinar tipificada na Lei 9.826/1974 é aplicável aos agentes públicos que, por ação ou omissão, violem os deveres de honestidade, imparcialidade, legalidade", divulgou.

Outros quatro inspetores da Polícia Civil foram demitidos acusados de exigir R$ 10 mil de familiares de um detido para libertá-lo, pois simulariam um flagrante. A vítima alega ter sido vítima de agressões e que sofreu coronhada na cabeça. O exame de corpo de delito comprovou lesão no couro da cabeça. Esse caso teria acontecido no dia 3 de dezembro de 2015 e os policiais foram detidos pela Delegacia de Assuntos Internos (Dai), da CGD. Com os policiais civis foi apreendido o valor de R$ 7.500,00 dividido em quatro envelopes da Caixa Econômica Federal.

Outro demitido é um inspetor que foi investigado por ter repassado dados sigilosos de operações aos integrantes de uma associação criminosa voltada a furtos de gado, em Santana do Acaraú.

Ainda mais dois inspetores do 35º DP foram demitidos em razão de uma investigação sobre uma abordagem em uma residência em que teriam subtraído dinheiro e confecções. Além de solicitar R$ 20 mil pela soltura da vítima.

Fonte; Opovo.com

Blog; Erivando Lima

Preço do gás de cozinha pode cair com o fim da diferenciação de preços

Decisão seve ser aprovada nesta quinta-feira pelo governo.
O Conselho Nacional de Política Energética (CNPE) deve aprovar nesta quinta-feira (29) o fim da diferenciação de preços de gás de cozinha (GLP), com validade daqui a seis meses. A mudança revoga uma resolução de 2005, que tentava privilegiar os consumidores de baixa renda, mas que, segundo o governo, não gerou os resultados pretendidos. Além disso, inibiu a entrada de novas empresas na atividade de produção, importação e distribuição.

Entenda

Atualmente o botijão residencial de 13 kg tem subsídio, mas todos os demais envasadores não contam com o mesmo benefício, o que encarece outros produtos e envases para compensar perdas.

Os preços

R$ 70,00 – Preço médio do botijão:
R$ 26,00 – Custo do produto
R$ 10,00 – Tributos estaduais
R$ 2,00 – Tributos federais

Ao acabar com a diferenciação, o governo espera atrair novos agentes para o setor. A ideia é que a possibilidade de obter lucro aumente a competição e, consequentemente, reduza os preços finais ao consumidor.

Atualmente, o fornecimento de GLP é dominado pela Petrobrás, que produz e importa 99% do insumo consumido no País, e o revende para as distribuidoras. Esse segmento também é concentrado em quatro empresas – Liquigás (que pertence à Petrobras), Copagaz, Ultragaz e Supergasbrás. (CN7)

Fonte; Sobral 24 hiras

Blog; Erivando Lima;


Quixadá CE plantão policial


SENADOR POMPEU. PRISÃO POR TRÁFICO DE DROGAS E PORTE ILEGAL DE ARMA DE FOGO.

Dia 28/08/2019, por volta de 01h40min, a composição de Policiamento fazia patrulhamento na CE 166 que liga a cidade de Senador Pompeu-CE ao distrito de Encantado Quixeramobim, quando próximo a fábrica de calçados, passou pela viatura um veículo corsa de cor branca. Ao passar pela viatura aumentou a velocidade, e coma já havia denúncias, que existia um veículo corsa de cor branca usado no tráfico de drogas, nas cidades de Senador Pompeu-CE, Milha-CE e Dep. Irapuan Pinheiro-CE, a composição resolveu fazer a abordagem, fazendo o retorno e conseguiu abordá-los na BR 226, após a entrada da CE 166 que liga Senador Pompeu-CE a Cidade Piquet Carneiro-CE. Apos a abordagem foi identificado como motorista o Sr. R. B. P., que conduzia o veículo GM Corsa WIND placa HUN 5127, ano/modelo 1994, de cor branca, como passageira vinha a Sra. M. L. R. S. C., após passarem por uma revista geral e uma busca no veículo nada foi encontrado. Foi perguntado de onde vinham e para onde estavam indo, informaram que vinham de Quixeramobim-CE,  e estavam indo para o Distrito de Carnaubinha – Milhã-CE., foi realizada uma busca pessoal próximo ao veículo, mais nada foi encontrado. Após vinte minutos de abordagem foram liberados.  Após a liberação a composição saiu percorrendo o acostamento da via, sendo encontrado a aproximadamente 400m uma sacola branca contendo bastante drogas. De imediato foi feito uma nova perseguição e pedido o apoio da composição do Policiamento da cidade de Milhã, que conseguiu abordá-los em frente ao Bar Faroeste 2 na BR 226, Após a abordagem as duas juntamente com os acusados,  retornaram para o local onde foi encontrado a droga, para procurar por uma ou mais armas, que tenha sido jogado também. Foi encontrado 16 munições calibre 38 CBC Gold. Mais como ainda era noite (03h20min) dificultava encontrar a arma., foi encontrado o revolver Taurus Calibre 38, oxidado, cano longo, com capacidade para 6 cartuchos, cabo de madeira. Em seguida as composições PM’s apresentaram os acusados e o material apreendido na Delegacia Regional de Polícia Civil de Senador Pompeu-CE. Na Delegacia Regional foi contabilizado 2732 Und. (Dois mil setecentos e trinta e dois) pinos cheios de um pó de cor branca, aparentemente cocaína pesando 1,7kg (um quilo e setecentas gramas). 18 Und. (dezoito) pinos vazios. 01 (um) tablete de uma erva prensada aparentemente maconha pesando 998kg (novecentos e noventa e oito quilogramas) ainda foram apreendido R$ 92,85 (noventa e dois reais e oitenta e cinco centavos). Três celulares sendo dois de marca Motorola e um LG. Foi confeccionado na Delegacia Regional  em desfavor dos acusados um inquérito Policial por tráfico de drogas.

Blog; Erivando Lima

Vereador Nathizael apresenta moção de aplauso para o presidente do TJCE


A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sorrindo, ternoO vereador Nathizael Gonçalves (PSD), na sessão da Câmara Municipal de Russas da última terça-feira (27), apresentou moção de Aplauso ao Sr. Juiz Francisco Gladyson Pontes, pela postura de homem íntegro, agindo sempre com humildade grandeza imensa de caráter, decência e honradez à frente do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) na Gestão 2017/2019.


Blog; Erivando Lima


Russas CE plantão policial


JAGUARUANA PRISÃO POR FURTO

Por volta das 10h, na rua São José em Jaguaruana, a polícia prendeu FRANCISCO WELTON SILVA MARQUES, 36 anos, o mesmo furtou uma quantia em dinheiro de um senhor de 59 anos, onde veio a confessar o crime, sendo conduzido para DPC local e autuado por crime de furto (Art. 155 do CPB). 


ARACATI PRISÃO POR LEI MARIA DA PENHA

Por volta das 23h, na localidade de Cacimba Funda em Aracati, JOÃO EUDES MESQUITA CAMPOS, foi conduzido para DPC local por estar agredindo sua esposa, onde lá foi submetido aos procedimentos legais.


TABULEIRO DO NORTE ROUBO Á PESSOA
Por volta das 07h, no Sítio Malhadinha, zona rural de Tabuleiro do Norte, 03 (três) indivíduos armados e encapuzados roubaram uma Moto CG 125, FAN, vermelha, placa OCT-3812, uma quantia em dinheiro e o aparelho celular da vítima, em seguida fugiram.

LIMOEIRO DO NORTE PRISÃO POR TRÁFICO DE DROGAS

Por volta das 10h30min, no Bairro Cidade Alta em Limoeiro do Norte, FRANCISCO MAYCON CARNEIRO DE OLIVEIRA, 26 anos, foi abordado pela polícia e encontrado com ele, crack, cocaína e maconha, além de uma balança de precisão, de pronto foi conduzido com o material apreendido até a Delegacia de Polícia Civil para os procedimentos legais.

Blog; Erivando Lima

Os melhores PNEUS e BATERIAS de Russas
Rua; 25 de Agosto
Fale com Ricardo Amaral

Cadela é esfaqueada na cabeça dentro de faculdade no Maranhão

Nemeria era muito querida e cuidada pelos estudantes. Após o caso, a faculdade afastou um vigilante suspeito de cometer o crime.
Uma cadela chamada Nemeria foi esfaqueada na cabeça dentro da Faculdade Kroton/Pitágoras, em São Luís. A dona de uma lanchonete encontrou a cachorra ensanguentada na terça (27) e a levou para uma veterinária. "Ninguém havia feito nada. Quando ela viu, ficou desesperada, colocou em carro próprio e levou para a veterinária", relatou Jhessica Mendes, dona de uma ong de proteção aos animais. 

Jhessica Mendes, que coordena a Instituição Social de Apoio ao Próximo em São Luís , informou ainda que a cadela é dócil, muito querida pelos estudantes e que nunca fez nada a ninguém.

"Era muito dócil. Inclusive, um aluno já tinha entrado em contato com algumas ONGs para levá-la a adoção. Infelizmente, antes que pudesse ser feito, aconteceu essa barbaridade. Acreditamos que foi feito por pura maldade", disse Jhessica.

Estudantes acreditam que o crime deve ter ocorrido durante a madrugada. Após o resgate, a cadela chegou muito mal na veterinária. O estado de saúde é estável, mas ela pode ficar cega.

"Como está com muita infecção e inflamação na cabeça, a gente deve fazer alguns exames de sangue e tratar com analgésico e antibiótico. Mas quanto aos exames de imagem, vamos esperar desinflamar porque o estado atual pode afetar o diagnóstico. O que a gente já fez? Fizemos a limpeza da área, alguns suturas dos ferimentos de facada. Em relação aos olhos, pode ser que perca a visão, mas quanto a isso, vamos fazer alguns exames e ver direitinho. Os gastos do atendimento estão sendo arcados pelas pessoas que resgataram e a faculdade", informou a veterinária que cuida de Nemeria.

Após o caso, a Faculdade afastou um vigilante suspeito de cometer o crime e disse que registou um Boletim de Ocorrência da Delegacia do Meio Ambiente. Em nota, disse ainda que está apurando o caso internamente.

"A faculdade Pitágoras de São Luís – Campus Turu I - MA esclarece que repudia veementemente qualquer ato de violência contra animais. A faculdade esclarece que, preventivamente, afastou o vigilante terceirizado, responsável pela segurança do local, procurou a Delegacia de Meio Ambiente para registro da ocorrência e está apurando internamente o fato para tomar todas as medidas cabíveis junto aos responsáveis. A instituição reitera que permanece à disposição para sanar quaisquer dúvidas adicionais", diz a nota da instituição.

A delegada do Meio Ambiente informou que está em viagem e não pode falar sobre o caso.

(G1)

Blog; Erivando Lima