-->

11 de novembro de 2016

Empresa de formatura dá golpe milionário em universitários

Dezenas de estudantes universitários que firmaram contrato com a 'Realize Assessoria em Eventos' registraram queixa na Delegacia de Defraudações e Falsificações (DDF) contra a empresa dizendo que foram enganados. Pelo menos 28 turmas sinalizaram estar na mesma situação. A Polícia estima que o golpe dado pela firma seja de cerca de um milhão de reais.

Conforme os estudantes, a empresa estava contratada para realizar bailes de formatura e ensaios fotográficos, mas na última terça-feira (8) enviou um e-mail comunicando aos formandos que não cumpriria os contratos. "Infelizmente e tristemente viemos aqui para informar a todos os nossos clientes que a partir desta data a empresa Realize Assessoria finaliza suas atividades e as nossas portas serão fechadas. Lamentavelmente não temos mais como honrar com a execução de eventos em curso. Pedimos humildes desculpas a todos os formandos", diz o texto.

Ainda incrédulo com a notícia, o formando em Ciências Contábeis Davi Maia afirmou que a festa de sua turma estava orçada em mais de R$ 80 mil e metade do dinheiro já havia sido repassado à empresa. "É uma situação muito difícil. Todo mundo estava pagando à Realize com sacrifício. Não dá para acreditar que não vai ter a festa", lamentou.

Culpa

Já a estudante de Publicidade e Propaganda Taynara Pessoa afirmou que o baile de sua turma estava orçado em R$ 60 mil, dos quais R$ 53 foram pagos. "Já vínhamos tendo problemas. Para que eles pagassem a reserva da data no bufê já foi preciso cobrar muito, mas nunca achamos que fosse terminar assim. Colocaram a culpa na situação financeira do País e comprometeram o momento mais importante da vida de tanta gente".

O delegado Jaime Paula Pessoa Linhares, titular da DDF, disse que a Polícia tentará remeter o inquérito à Justiça, antes do prazo legal de 30 dias. Segundo Linhares, os sócios Juliana Rodrigues Queiroz e Deoclézio Carvalho Costa serão investigados pelo crime de estelionato.

"A DDF trata a situação como um golpe. Para mim não interessa qualquer especulação sobre falência, até porque eu não tenho nenhum documento que comprove isso. Todos os indícios que temos são de estelionato".

Jaime Paula Pessoa ressaltou que é preciso ficar atento com esse tipo de contrato. "São contratos de risco, porque são realizados para serem cumpridos quatro, cinco anos depois. No momento em que são feitos não há como avaliar se a empresa terá lastro financeiro para cumpri-lo se houver um percalço no caminho. Neste caso, os estudantes estavam depositando o dinheiro em uma conta pessoal, na cidade de Ouro Preto, em Minas Gerais. Se a empresa não tem, sequer, uma conta bancária, desconfiem", alertou.

O delegado afirma que além do prejuízo financeiro, fica também o emocional. "Pode até ser que consigam o ressarcimento do dinheiro se moverem uma ação cível, mas há um prejuízo impagável que é o afetivo. Um sonho se perdeu e ninguém pode compensar isso. Os sócios não são só suspeitos de estelionato, são ladrões de sonhos", declarou o delegado. Os sócios da empresa não foram localizados.

Diário do Nordeste

Sargento da Reserva da PM é assassinado dentro de veículo em Caucaia

Um sargento da Reserva Remunerada da Polícia Militar foi executado a tiros na noite desta sexta-feira (11) no Parque Leblon, município de Caucaia, Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). Os acusados do crime ainda não foram localizados.

De acordo com o coronel Francisco Souto, comandante do Policiamento da Capital e RMF, o sargento Carlos Alberto Ribeiro Gomes trafegava em uma caminhonete Hilux pela Rua Antônio Gonçalves quando teve o veículo interceptado por bandidos armados em outro carro. Conforme o oficial, os criminosos estavam em Chevrolet Celta e dispararam várias vezes contra o militar, que morreu no local. 

Patrulhas da Polícia Militar realizaram buscas aos atiradores, mas ninguém foi preso. Sobre a motivação do crime, o comandante do CPC disse que nada foi levado do policial, descartando inicialmente a hipótese de roubo. Equipes da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) e da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) iniciaram as investigações sobre a execução. 

A reportagem apurou que o PM respondeu a processos por homicídio quando ainda era da ativa e o crime pode ser algum tipo de vingança. Outra hipótese seria uma desavença dele com um traficante de drogas da região, que ameaçava moradores e teria se desentendido com o sargento da Reserva. 

Diário do Nordeste

Quase 100 mil benefícios do Bolsa Família no Ceará têm suspeitas de irregularidades, diz MPF

Diagnóstico divulgado pelo Ministério Público Federal (MPF) aponta que 5,51% dos recursos do Bolsa Família destinados ao Ceará podem estar beneficiando pessoas que não cumprem os requisitos do programa. São 99.729 beneficiários considerados suspeitos no Estado, de acordo com o levantamento divulgado nesta sexta-feira (11).

O número que equivale a 6,38% das pessoas que recebem a verba. A análise do MPF considerou os valores pagos entre 2013 e maio de 2016. O resultado coloca o Ceará na quarta colocação do País. O montante sob suspeita chega a somar R$ 368,8 milhões do total de R$ 6,7 bilhões que chegaram a 1,5 milhão de cearenses no período investigado. 

Aurora (22,16%), Solonópole (18,02%), Altaneira (16,71%), Granjeiro (16,49%) e Aiuaba (15,99%) aparecem como os municípios com maiores percentuais de recursos pagos a perfis considerados suspeitos no Ceará. Aurora e Solonópole também ocupam, respectivamente, a 3ª e a 9ª colocações no ranking nacional. Fortaleza aparece na 15ª posição entre as capitais, com percentual de 4,04% de recursos destinados a perfis suspeitos.


O ranking é um dos resultados do Projeto Raio-X Bolsa Família, realizado pelas Câmaras Criminal e de Combate à Corrupção do MPF. 

Diário do Nordeste

Advogada é sequestrada e estuprada por flanelinha em Fortaleza

Homem, identificado como Dalvan Nojosa da Silva, de 23 anos, foi preso na noite desta quinta-feira (10), suspeito de estuprar uma advogada no município de Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza. Após ser preso, o suspeito foi encaminhado para a Delegacia Metropolitana de Caucaia, onde confessou a ação.

De acordo com a polícia, a advogada estava estacionando o seu veículo na Avenida Beira Mar, principal região turística de Fortaleza, quando foi abordada pelo suspeito do crime com uma faca. Ele forçou que ela entrasse no veículo e a obrigou a dirigir até uma comunidade conhecida como “Lagoa do Barro”, situada em Caucaia. Esse local foi onde teria acontecido o estupro.

Depois de cometer o crime, Dalvan contou em depoimento que utilizou o veículo da vítima para fugir do local. Segundo o sargento Luiz da Polícia Militar, o homem estava sob efeito de drogas. 

“O Ciops entrou em contato conosco dizendo que havia acontecido esse sequestro e que a vítima teria sido liberado na Lagoa do Banana. E como estávamos próximos, nós conseguimos identificar o veículo. Ele tentou fugir, mas nós conseguimos capturá-lo. Quando nós o prendemos, ele nos afirmou que cometeu o crime e alegou que estava sob efeito de entorpecentes”, destacou.

A advogada, que não teve o nome revelado, foi encaminhada para o Instituto Médico Legal (IML) para realizar exames. O suspeito ficou detido no Distrito Policial.

Tribuna do Ceará

Governo Federal libera R$ 36,7 mi obras hídricas. Eunício destaca medida

O Governo Federal, por meio do Ministério da Integração Nacional, anunciou, nesta quinta-feira, R$ 36,7 milhões para construção de adutoras de engate rápido no estado do Ceará. As verbas serão administradas pelo Departamento Nacional de Obras Contra a Seca (Dnocs). O senador Eunício Oliveira, que acompanhou, em Brasília, a reunião do Ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, com prefeitos cearenses, destacou a importância dessas ações para reforçar o abastecimento de água em muitas comunidades.

 A reunião de Helder Barbalho com os prefeitos foi realizada 24 horas após encontro com o Governador do Ceará, Camilo Santana, em que foi discutida a retomada das obras de transposição de águas do Rio São Francisco no trecho entre Salgueiro (PE) e Jati (CE). A obra é fundamental para o Ceará não sofrer um colapso no abastecimento em caso de mais um ano de seca. Camilo sugeriu a contratação de uma das empresas responsáveis pela transposição para assumir o trecho da obra.

Sobre a transposição, segundo Eunício Oliveira, os  recursos já estão garantidos. ‘’Nós estamos buscando junto ao Tribunal de Contas da União a liberação para uma contratação emergencial, que só será feita se o TCU liberar. Assim, de imediato, essas obras seriam retomadas e, no máximo em 120 dias, teríamos água passando pelo canal e chegando ao açude Castanhão, para o abastecimento de água de Fortaleza e da Região Metropolitana”, explicou Eunício Oliveira, referindo-se a proposta defendida pelo Governador Camilo Santana e pelo deputado federal Danilo Forte (PSB) em audiência com o presidente Michel Temer e o Ministro Helder Barbalho.

Sobre os recursos para adutoras de engate rápido, o ministro  disse que serão diversas parcerias com os municípios e com o estado, ‘’ofertando diariamente benefícios e repassando os recursos para que ações assistenciais e emergenciais possam levar água para a população’’. Eunício Oliveira e o ministro Helder Barbalho destacaram que o Governo Federal tem se esforçado para garantir a melhoria na qualidade de vida da população do Nordeste.

 “O fato é que, nos últimos dez anos, cinco dos quais com forte seca, o Governo do Estado não fez um planejamento hídrico. É por isso que nós estamos com essa preocupação de emergência, com o presidente Michel Temer e o ministro Helder Barbalho destinando recursos da Defesa Civil para ações imediatas nos municípios em situação de emergência, que não precisam de processo licitatório”, declarou Eunício. Com informações da assessoria de imprensa do senador Eunício Oliveira (PMDB).

Ceará Agora

Corregedoria Geral de Justiça inspeciona as comarcas de Palhano, Quixeré e Russas

A Corregedoria Geral da Justiça do Ceará está fiscalizando, nesta quinta-feira (10/11), as Varas Únicas das Comarca de Palhano e Quixeré. Os trabalhos seguirão, nesta sexta, dia 11, nas 1ª e 2ª Varas de Russas.

As atividades fazem parte do último Ciclo de Inspeções Judiciais do segundo semestre de 2016. O objetivo é verificar o andamento dos serviços prestados pela Justiça.

As atividades estão sendo conduzidas pelos juízes auxiliares da Corregedoria, Rômulo Veras Holanda e Ricardo Bruno Fontenelle. São inspecionados os processos que envolvem réus presos, infância e juventude, mandado de segurança, execução penal, ação civil pública e improbidade administrativa.

O magistrado também confere armas, munições e substâncias apreendidas, o andamento de projetos estabelecidos pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e a situação física de estabelecimentos penais existentes na comarca.

São fiscalizados, ainda, os cumprimentos dos mandados de prisão e alvarás de soltura, além da residência do magistrado. Em caso de irregularidades, as informações são registradas em relatório, que é verificado pelo corregedor-geral de Justiça, desembargador Francisco Lincoln Araújo e Silva, e depois apresentado ao Conselho da Magistratura.

TJCE

Dupla é presa por tráfico de drogas e porte ilegal de armas em Jaguaruana

Dois homens foram presos por tráfico de drogas e porte ilegal de armas, nesta quinta-feira, 10, na rua Antonio Gerardo Filho, no bairro Tabuleiro, em Jaguaruana/CE. Os homens foram presos em flagrante por policiais do destacamento do município.

Com eles foram apreendidos dois revolveres calibres 38, e onze cartuchos calibre 38 intactos. Também foram encontradas 57 gramas de maconha, 02 gramas de crack, 02 balanças de precisão, e dois aparelhos celulares.


Os homens foram conduzidos a Delegacia de Polícia Civil, onde foram autuados em flagrante delito por porte ilegal de arma de fogo e tráfico de drogas.

Com Informações do 1ºBPM