-->

7 de janeiro de 2017

Chape acerta com ex-atacante do Fla e encaminha zagueiro do Palmeiras

O trabalho em campo já começou, mas nos bastidores a diretoria da Chapecoense não para na busca por reforços. Neste sábado, mais um nome chegou a Chapecó para realizar exames e assinar contrato: Arthur, atacante com passagem pelo Flamengo e que disputou o último Campeonato Brasileiro com a camisa do Santa Cruz.
 Além dele, o zagueiro Nathan, do Palmeiras, também tem sua contratação muito bem encaminhada e a tendência é que tenha a situação definida no início da semana. O lateral-direito João Pedro é outro palmeirense na mira do Verdão do Oeste. 

Arthur tem os direitos econômicos vinculados ao Londrina, onde ampliou o contrato até o fim de 2018 para que pudesse ser emprestado por uma temporada para a Chape. Foi no clube paranaense, por sinal, que o atacante se destacou após passagens apagadas por Paraná, Coritiba e Figueirense. Artilheiro do estadual de 2014, foi contratado pelo Flamengo a pedido de Vanderlei Luxemburgo.   
Na Gávea, porém, os gols secaram. Em 12 partidas, o atacante de 24 anos não balançou as redes e voltou para o Londrina.
 Depois, passou ainda pelo Atlético-GO até ser campeão pernambucano e da Copa do Nordeste com o Santa Cruz, onde marcou oito gols em 54 partidas. 
Já Nathan está próximo de ser o segundo reforço oferecido pelo Palmeiras para Chape - o volante Amaral foi o primeiro. Aos 21 anos, o zagueiro defendeu o Criciúma no primeiro semestre de 2016, mas precisou retornar para São Paulo para tratar de uma lesão no ombro. Apesar de despertar interesse de um clube português, o jovem voltará para Santa Catarina.


Ex-Avaí e Botafogo, Renan assina por três temporadas com o Ludogorets

O goleiro Renan vai defender o Ludogorets no futebol búlgaro. Ele assinou contrato válido por três anos e viaja neste domingo para a pré-temporada do clube na Turquia. Líder do campeonato nacional, a nova equipe do arqueiro revelado pelo Botafogo, que estava no Avaí, disputou a fase de grupos da Liga dos Campeões e, após arrancar um empate com o PSG em Paris, disputará o mata-mata da Liga Europa (disputará vaga nas oitavas diante do Copenhag

-Renan assina contrato com o Ludogorets (Foto: Divulgação / Arquivo pessoal)

- A chance de disputar uma Champions League também pesou.  É um sonho que espero realizar.  E buscar meu crescimento aqui na Europa, evoluindo como profissional e como pessoa também. As garantias fornecidas fizeram com que eu ficasse confortável para trazer minha família - disse o goleiro.
Destaque do Leão da Ilha na campanha que culminou com o acesso à Série A do Campeonato Brasileiro de 2017, o goleiro preferiu não assinar o contrato de renovação e estava livre no mercado desde dezembro. Em Florianópolis ao longo de 2016, Renan atuou em 59 partidas ao longo da temporada e foi uma das principais peças da equipe de Claudinei Oliveira na caminhada até a primeira divisão. 


Bahia anuncia chegadas de Zé Rafael e Wellington Silva e renova goleiro

Lateral-direito de 28 anos chega por empréstimo junto ao Fluminense e meia-atacante defendeu o Londrina na temporada passada. Anderson tem contrato renovado

As laterais e o meio de campo do Bahia começam 2017 reforçados. Nesta sexta-feira, o Tricolor anunciou, por meio de SMS enviado aos sócios, a contratação do lateral-direito Wellington Silva, emprestado pelo Fluminense, e do meia Zé Rafael, contratado por três temporadas. 
Os dois estão no Fazendão integrados ao elenco.
Este foi o segundo SMS enviado aos sócios do Tricolor nesta sexta-feira. No início da tarde, o clube já tinha confirmado as contratações do atacante Gustavo, do lateral-esquerdo Matheus Reis e do meia-atacante Diogo Rosa. Nos próximos dias, o Esquadrão deve anunciar mais um reforço.
O volante Edson realiza exames médicos e vai assinar contrato com o Bahia, emprestado pelo Fluminense. Em dezembro, o Bahia já havia anunciado a contratação do lateral-esquerdo colombiano Pablo Armero. 
Zé Rafael Londrina (Foto: Reprodução/Premiere)
Zé Rafael defendeu o Londrina na temporada passada (Foto: Reprodução/Premiere)
Wellington Silva tem 28 anos e surgiu para o futebol no Grêmio. Também defendeu Resende, Madureira e Flamengo. Desde 2013, atua pelo Fluminense. Na temporada passada, disputou 61 partidas e marcou um gol. Embora seja destro, também pode atuar na lateral esquerda. 
Natural de Ponta Grossa, no Paraná, Zé Rafael foi revelado pelo Coritiba, com quem tem contrato até o fim de 2017. Sem espaço no Coxa, o meia de 23 anos foi emprestado ao Novo Hamburgo em 2014, e ao Londrina em 2015, ano em que conquistou o acesso para a Série B. Em 2016, mais uma vez foi cedido temporariamente ao Alviceleste, e desempenhou bom papel na campanha que deixou o Tubarão na 6ª colocação. Foram 32 jogos disputados e quatro gols marcados, um deles contra o Bahia, na Arena Fonte Nova. 
Bahia renova contrato do goleiro Anderson
Contrato em agosto do ano passado, Anderson teve o contrato com o Bahia renovado. O jogador de 32 anos foi o terceiro goleiro em 2016. 

O jogador foi formado nas divisões de base do Santa cruz, clube que defendeu por oito anos. Depois teve algumas passagens pelo futebol paulista: atuou pela Portuguesa, Mogi-Mirim, Oeste, Linense e Ituano. Em 2016, foram seis partidas e dez gols sofridos pelo Novorizontino. 
SAIBA MAIS

[Bahia confirma contratação de Gustavo, Matheus Reis e Diego Rosa
Pablo Armero é apresentado e diz: "Quero voltar a ser o Armeration"
Fluminense encaminha empréstimo de volante Edson ao Bahia
Bahia não libera Régis e emperra negociação do meia com o Santos
Fique por dentro das notícias do esporte baiano
Clique aqui e assista a vídeos do Bahia



Candidatos do concurso da Polícia Militar são convocados para inspeção de saúde

Foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) desta sexta-feira (06), a convocação para a 2ª etapa – inspeção de saúde (exames médico, biométrico, odontológico e toxicológico) de caráter eliminatório, referente a 1ª Turma do Concurso Público para ingresso no cargo de soldado da Polícia Militar do Ceará.

De acordo com o Edital, foram convocados os candidatos aprovados na 1ª Etapa – Exame Intelectual (prova objetiva) e classificados entre as posições 1º até 1.615º, se do sexo masculino, e 1º até 85º, se do sexo feminino.

Os candidatos convocados deverão comparecer ao local de realização da Inspeção de Saúde, conforme local, data e horários determinados no subitem 1.1 do edital Nº 07/2016, munido de seus documentos pessoais e dos resultados dos exames e laudos exigidos no Edital de Abertura, os quais deverão conter o nome completo do candidato e número do seu documento de identidade, impresso ou escrito, e ter prazo de validade não superior a 60 (sessenta) dias entre a data de realização e sua apresentação à banca examinadora.

Para mais detalhes sobre a inspeção de saúde, o candidato deverá observar todas as instruções contidas no edital de abertura do concurso público Nº 01/2016 – PMCE, de 11 de julho de 2016, publicado no DOE Nº 130, de 12 de julho de 2016, principalmente as disposições do item 11. 

O resultado preliminar da 2ª Etapa – Inspeção de Saúde da 1ª Turma será publicado no Diário Oficial do Estado do Ceará e divulgado na internet, no endereço eletrônico http://www.institutoaocp.org.br, na data provável de 24 de fevereiro de 2017.

O edital completo está disponível no endereço www.institutoaocp.org.br ou http://imagens.seplag.ce.gov.br/PDF/20170106/do20170106p02.pdf

Sobre o concurso

O concurso para soldado da Polícia Militar foi lançado em julho de 2016 e oferece 4.200 vagas, distribuídas em três turmas, com previsão de convocação até o ano de 2018. A primeira etapa do concurso foi realizada em Fortaleza, no dia 25 de setembro e contou com a participação de 70.133 candidatos. A terceira etapa do certame será o Curso de Formação Profissional, que será realizado pela Academia Estadual de Segurança Pública do Ceará (AESP/CE) e incluirá ainda avaliação psicológica, teste de capacidade física, investigação social e avaliação final do curso, sendo todas de caráter eliminatório.



Após chacinas, Michel Temer reúne-se com presidente do STF para discutir violência em presídios

Temer e Cármen Lúcia conversaram por telefone ontem à noite e acertaram o encontro neste fim de semana.

O presidente Michel Temer (PMDB) está reunido com a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, para discutir o Plano Nacional de Segurança e a crise penitenciária. O encontro, que começou pouco depois das 10h, ocorre na residência da ministra, no Lago Sul, bairro nobre de Brasília.

Segundo o Palácio do Planalto, Temer e Cármen Lúcia conversaram por telefone ontem à noite e acertaram o encontro neste fim de semana.

Ao longo da primeira semana do ano, uma série de confrontos em penitenciárias da Região Norte resultou na morte de 87 presidiários. No Amazonas, 56 detentos morreram numa rebelião no Complexo Penitenciário Anísio Jobim, que começou na noite de domingo (1º) e se estendeu pela madrugada de segunda-feira (2).

Ontem (6), uma chacina deixou 31 mortos na Penitenciária Agrícola de Monte Cristo (Pamc), na zona Rural de Boa Vista, capital de Roraima. Os dois presídios abrigam facções criminosas rivais.

A situação nos presídios da Região Norte levou o governador do Acre, Jorge Viana, a se reunir ontem com a ministra Cármem Lúcia. O governador se queixou a Cármen Lúcia, que também preside o Conselho Nacional de Justiça (CNJ), da dificuldade em conseguir a transferência de detentos acusados de narcotráfico para presídios federais. Uma das atribuições do CNJ é fiscalizar o estado do sistema carcerário brasileiro.


Secretário da Juventude pede demissão após defender 'uma chacina por semana' nos presídios brasileiros

'Tinha que matar era mais. Tinha que fazer uma chacina por semana'. A declaração foi reiterada em redes sociais.

O secretário nacional de Juventude, Bruno Júlio, pediu demissão, ainda na noite da sexta-feira (6), após declaração desastrosa sobre as chacinas nos presídios de Roraima e do Amazonas. O pedido foi aceito pelo presidente Michel Temer (PMDB).

Bruno Júlio, filiado ao PMDB, afirmou: "Tinha era que matar mais. Tinha que fazer uma chacina por semana". O agora ex-secretário explicou que era "filho de policial" e "meio coxinha".

Diante da repercussão negativa, Bruno divulgou nota através de redes sociais na qual defende que "quis dizer foi que, embora o presidiário também mereça respeito e consideração, temos que valorizar mais o combate à violência com mecanismos que o Estado não tem conseguido colocar a disposição da população plenamente".

A Secretaria da Juventude é vinculada à Secretaria de Governo, e o cargo conta com salário de R$ 13.974,20. Bruno Júlio está licenciado da Juventude do PMDB, é filho do ex-deputado federal Cabo Júlio (PMDB), e é investigado por lesão corporal contra ex-mulher e por assédio sexual contra uma funcionária em outras duas investigações.

Confira, na íntegra, a nota de esclarecimento de Bruno Júlio:


288 raios atingiram Ceará em 4 dias

Banabuiú. De 1º a 4 de janeiro, foram registrados 288 raios no Ceará, um número cerca de 20% maior se comparado a igual período do ano passado. De acordo com dados da Enel Distribuição Ceará (antiga Coelce), o município de Granja, na região Norte segue, desde o ano passado, como líder na incidência do fenômeno, já tendo registrado 89 descargas elétricas neste ano.

Em 2016 foram registrados 22.596 raios no Estado. No ano anterior foram contabilizados mais de 140 mil raios em todo o Ceará. Em 2016, o Município de Granja já era o que contabilizava o maior número, 1.291, seguido de Santa Quitéria (946) e Sobral (941).

Redução

Segundo o gerente de operações da Enel, Eduardo Gomes, embora possa parecer uma quantidade alta, o número de descargas atmosféricas tem diminuído ao longo dos últimos tempos.

"A gente tem percebido que, nos últimos anos ele tem se mantido estável e diminuído um pouco, em relação aos anos anteriores, porque está associado à quadra chuvosa. Estamos passando por um período de seca, que faz com quê as incidências de raios diminuam", afirmou. Neste período de pré-estação chuvosa, ele explicou que, curiosamente, o número de raios está aumentando no Estado.

"A curto prazo, eles têm se intensificado. Daí não podemos dizer que neste ano vai cair mais raios. Vai depender do período chuvoso, se ele vai se configurar realmente", explica o gerente.

Na maior parte das vezes os raios são originados das nuvens do tipo cúmulo nimbus. No sertão, elas são conhecidas pela sua cor mais forte e escura. É aquela que aparece no céu e impressiona quem a vê. Essas nuvens são maiores do que as de outros tipos, o que contribui para provocarem as descargas.

Conforme o meteorologista da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), Raul Fritz, a incidência de raios é ocasionada por um tipo de formação de nuvem chuvosa que se origina a partir de dois fenômenos meteorológicos.

"Isso pode ser devido a uma proximidade da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT), que mesmo estando sobre o oceano, influencia a parte norte do Ceará, do Piauí e do Maranhão. Ao mesmo tempo tem outro fenômeno, que são os Vórtices Ciclônicos de Altos Níveis (VCAN), que atuam no Nordeste", detalhou Fritz.


Quase 60% do Ceará está no pior nível de seca, aponta relatório

O baixo volume de chuvas no Ceará em 2016 contribuiu para o agravamento dos níveis mais críticos da estiagem no Estado. Conforme o Monitor de Secas da Agência Nacional das Águas (ANA), 58% do Ceará está em seca excepcional, que é o pior nível que uma região pode chegar segundo a escala da ANA.

O mapa de intensidade mostra que as regiões do Cariri e Sertão dos Inhamuns são as mais críticas. Além disso, as poucas chuvas que ocorreram no último ano contribuíram para intensificar a seca na maior parte do Estado, com destaque para ampliação da parte norte das áreas de seca extrema e seca excepcional.

Com o agravamento da estiagem, a Agência Nacional das Águas aponta que os impactos devem ser no curto prazo, principalmente para agricultura e pastagem.

Chuvas em 2016

Em 2016, o volume de chuvas no Sertão dos Inhamuns, onde estão localizada as cidades de Aiuaba, Arneiroz, Catarina, Parambu, Saboeiro e Tauá, foi de 478,7 milímetros, o que representa uma queda de 29,2% em relação à média histórica que é de 676,2 mm.

Já no Cariri, o desvio negativo foi um pouco maior: 30,2%. O volume observado naquela região no ano passado, que compreende os municípios de Abaiara, Araripe, Aurora, Barro, Brejo Santo, Campos Sales, Caririaçu, Crato, Juazeiro do Norte, Milagres, Tarrafas, Altaneira, Antonina do Norte, Assaré, Barbalha, Farias Brito, Granjeiro, Jardim, Jati, Mauriti, Missão Velha, Nova Olinda, Penaforte, Porteiras, Potengi, Salitre e Santana do Cariri, foi de 630,7 mm contra os 904 mm da média histórica.

De acordo com a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), com cinco anos de precipitações acumuladas abaixo da média, os efeitos da estiagem são mais graves nas áreas onde é normal chover menos.


Volume necessário

Para atenuar os efeitos da seca, não existe um percentual exato, conforme a Funceme. No ano passado, mesmo com um período chuvoso abaixo da média, os mapas do Monitor de Secas mostraram uma melhora no quadro de fevereiro a maio. Porém, como as chuvas foram menores que a média histórica, a situação voltou a se agravar rapidamente na estação seca.

O órgão acredita que para uma recarga satisfatória, que evitaria o risco de colapso, seria necessário um volume de precipitações acumuladas de 450 mm divididos em dois meses consecutivos nas regiões onde estão localizados os maiores açudes. Atualmente, o Ceará possui apenas 6,6% da capacidade de suas reservas hídricas. 

Pré-estação chuvosa

Neste ano, a Funceme já contabiliza registros de precipitações em várias regiões do Estado, mas adverte que essas chuvas não têm relação com a quadra chuvosa. 

chuva

Dezembro de 2016 registrou maior volume de chuvas para o mês dos últimos seis anos (FOTO: Arquivo/Diário do Nordeste)

Conforme o órgão, as chuvas de pré-estação são causadas pela atuação e posicionamento favorável dos Vórtices Ciclônicos de Altos Níveis (VCAN), Cavados de Altos Níveis e influência de sistemas frontais. Esses sistemas meteorológicos são difíceis de prever em longo prazo.
Prognóstico

A divulgação do prognóstico da quadra chuvosa de 2017 no Ceará será no dia 18 de janeiro. A previsão para o acumulado de chuvas no trimestre fevereiro-março-abril será elaborada durante o XIX Workshop Internacional de Avaliação Climática para o Semiárido Nordestino, a ser realizado nos dias 16 e 17 de janeiro de 2017, na sede da Funceme.

>> Cidade de Graça, na região de Ibiapaba, registra forte chuva nesta sexta (6)

Os meteorologistas do órgão adiantam que há uma forte tendência de neutralidade nas temperaturas do Oceano Pacífico Equatorial (nem El Niño, nem La Niña) durante a quadra chuvosa de 2017.

Essa indefinição no Pacífico aumenta a relevância da análise das diferenças de temperaturas entre o norte e o sul do Oceano Atlântico Tropical. Se a parte sul estiver mais aquecida, a Zona de Convergência Intertropical (ZCIT) tende a se posicionar também ao sul da Linha do Equador, atuando de forma mais favorável às chuvas no Ceará. Essa análise, explicam os meteorologistas, deve ser feita bem próximo ao início do período chuvoso, dando mais confiabilidade à previsão.

Cenário nordestino

Conforme o relatório mais atualizada do Monitor de Secas, historicamente, no mês de novembro, o comportamento médio da precipitação no Nordeste brasileiro mostra que os maiores volumes de chuvas se concentram na faixa centrosul e oeste dos estados do Maranhão, Piauí e Bahia, onde os acumulados variam entre 75 mm e 200 mm.

Já os menores volumes, com acumulados inferiores a 25 mm, são esperados em praticamente toda a área dos estados do Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe e no extremo norte dos estados do Maranhão e Piauí. Nas demais áreas da região, os volumes de precipitação variam entre 25 mm e 75 mm.

Fonte DN


  

Mais de 4 mil detentos foram transferidos entre presídios cearenses

A informação é do Conselho Penitenciário do Estado. Medida busca separar presos por facções e evitar conflitos, como massacres registrados em Manaus e Boa Vista. Na madrugada de ontem, um óbito foi registrado em Itaitinga


Mais de quatro mil presos foram transferidos entre os presídios cearenses desde a terça-feira, 3, segundo informações do Conselho Penitenciário do Estado do Ceará (Copen). A medida foi iniciada 48 horas após rebeliões e mortes ocorridas no maior presídio de Amazonas, o Complexo Penitenciário Anísio Jobim. Em Manaus, foram 56 mortes. Na madrugada de ontem, novo massacre deixou 33 mortos na Penitenciária Agrícola de Monte Cristo, em Boa Vista, conforme a Secretaria da Justiça e Cidadania (Sejuc) em Roraima. 

No Ceará, líderes e presos vinculados às facções criminosas são transferidos como medida de prevenção. A identificação de pertença a um dos grupos segue a declaração dos presos. “Não estamos fora de risco, estamos em alerta, com todo o efetivo de prontidão. Pode haver quem não tenha declarado a que facção pertence”, explica Ruth Vieira Leite, membro do Copen e especialista em Criminologia e Direito Penitenciário. Ela detalha também que é forte a ligação entre os líderes de facções dos presídios do Ceará com os de Amazonas.

Durante esta semana, as atividades de educação, saúde e assistência jurídica no sistema penal do Estado ficaram paradas enquanto as transferências estiveram em primeiro plano.

Em nota, a Secretaria da Justiça do Ceará (Sejus) informou que a contagem “das movimentações realizadas” entre as unidades prisionais nesta semana está sendo finalizada e um número “concreto” deve ser divulgado somente nesta segunda-feira, 9.

Fonte O Povo .com



Corte de luz por falta de pagamento na conta é proibido em todo território Brasileiro


O consumidor que não pagou uma conta de luz há mais de 90 dias não pode mais ter a eletricidade cortada – desde que as faturas posteriores à conta atrasada estejam quitadas. Essa é a nova determinação da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para proteger o fiel pagador que, eventualmente, esqueceu de pagar uma fatura – que é antiga demais ou pode não ter sido enviada pela concessionária.

A regra está prevista na Resolução 414/2010 (que foi publicada no último dia 15 de março, editada para evitar confusões. Isso porque, às vezes, um morador tinha a luz cortada por causa do atraso no pagamento de um boleto em atraso há anos – em muitos casos quem deixou de pagar nem é mais o morador do imóvel.

“Não se pode penalizar o consumidor que por acaso esqueceu ou falhou no pagamento – e a concessionária teve 90 dias para lembrá-lo e não o fez. A distribuidora não pode cortar com base numa conta que ficou esquecida lá atrás, sendo que o consumidor fez os pagamentos posteriores. É para evitar esse tipo de situação”, diz Romeu Donizete Rufino, diretor da Aneel.

A mesma norma ainda prevê que a suspensão de fornecimento por falta de pagamento da conta de energia só poderá ser feita em dias úteis da semana e durante o horário comercial (8h às 18h), e não mais a qualquer momento como era possível antes. Isso porque, segundo Rufino, não é o corte que interessa ao consumidor e à concessionária, mas sim um serviço de boa qualidade e o pagamento em dia da fatura.

“Se houver um corte de energia no final do dia da sexta-feira, por exemplo, o consumidor poderia eventualmente pagar, quitar e só teria a energia de volta na segunda-feira. O propósito não é esse, não é deixá-lo sem energia. Essa medida vem para protegê-lo e não deixá-lo sem o serviço essencial no final de semana”, completa Rufino.

Postado por Portal Vargemgrandense às 13:21 



Depois de muito tempo volta a correr água na ilhota em Russas

   Rio da ilhota

Ilhota, o principal ponto turístico de Russas, á vários meses sem água, voltou a transbordar neste fim de semana, para a alegria da banhistas e moradores do município.

   Rio da ilhota

Quem parece se alegrar são os proprietários de barracas, que com a vinda da água, volta também sua principal fonte de renda, o turismo local. Para os banhistas que buscam lazer e tranquilidade, além do banho de rio, tem um chuveirão, e a venda do tradicional peixe e comidas diversas.

   Rio da ilhota




















Da redação


Petrobras reajusta o preço do diesel e mantém o da gasolina


Petrobras anunciou nesta quinta-feira (5) que reajustará o preço do diesel nas refinarias em 6,1%. Já o preço da gasolina será mantido inalterado.

Segundo a estatal, os novos valores passam a valer a partir desta sexta-feira (6). Se o reajuste for repassado integralmente pelos postos de gasolina para o consumidor, a Petrobras estima que o preço do diesel pode subir 3,8% ou cerca de R$ 0,12 por litro, em média.

Este é o segundo mês consecutivo que o preço do diesel é reajustado pela Petrobras. Em dezembro, contudo, o preço da gasolina também subiu. No dia 5 de dezembro, após duas quedas de preços seguidas, a Petrobras anunciou reajuste de 9,5% no diesel e aumento de 8,1% no preço da gasolina.

Em comunicado, a Petrobras justificou o novo aumento do diesel ao "efeito da continuada, embora mais discreta, elevação dos preços do petróleo nos mercados internacionais, pela valorização do real desde a última revisão de preços e por ajustes na competitividade da Petrobras no mercado interno de gasolina e diesel". 

Confira a íntegra do comunicado da Petrobras: "De acordo com a política de preços anunciada pela Petrobras em outubro de 2016, o Grupo Executivo de Mercado e Preços (GEMP) decidiu elevar o preço do diesel nas refinarias em 6,1%, em média. Os novos valores começam a ser aplicados a partir de 06/01/2017. O preço da gasolina nas refinarias ficou inalterado.

A decisão é explicada principalmente pelo efeito da continuada, embora mais discreta, elevação dos preços do petróleo nos mercados internacionais, pela valorização do real desde a última revisão de preços e por ajustes na competitividade da Petrobras no mercado interno de gasolina e diesel. As revisões anunciadas hoje refletem também movimentos sazonais nas cotações globais dos derivados, com os preços do diesel respondendo a uma maior demanda em função de inverno no hemisfério norte. 


A Petrobras reafirma sua política de revisão de preços pelos menos uma vez a cada 30 dias, o que lhe dá a flexibilidade necessária para lidar com variáveis com alta volatilidade. 

Como a lei brasileira garante liberdade de preços no mercado de combustíveis e derivados, as revisões feitas pela Petrobras nas refinarias podem ou não se refletir no preço final ao consumidor. Isso dependerá de repasses feitos por outros integrantes da cadeia de combustíveis, especialmente distribuidoras e postos revendedores. Se o ajuste feito hoje for integralmente repassado e não houver alterações nas demais parcelas que compõem o preço ao consumidor final, o diesel pode subir 3,8% ou cerca de R$ 0,12 por litro em média. 

Fonte: site G1.


Fatos Policiais

Ontem no  bairro nova Brasília, Jaguaribe-CE, havia uma pessoa do sexo feminino sendo agredida. Os PPMM , atenderam a ocorrência e conduziram à delegacia local a Sra. MARIA LUCIA FEIRE DE ALMEIDA, natural de Jaguaribe-CE, doméstica,  residente na rua acima, e o Sr. RENATO LISBOA FELISMINO, , natural de Jaguaribe-CE, residente na Rua Carminda Duarte, 26, mesmo bairro, por haver agredido a vítima citado acima, sendo feito um T.C.O n° 472-2/2017 art. 129 CPB em desfavor de RENATO.

Ontem 06/01/2017(sexta-feira), por volta das 17;00 min, a Unidade Policial Militar de Limoeiro do Norte/CE – 4ª Cia / 1º BPM, recebeu informações que 02 (dois) homens não identificados, armados com arma de fogo, em uma motocicleta de cor AZUL, adentraram no Estabelecimento Comercial PLANTÃO DAS BATERIAS, situado na Av. Dom Aureliano Matos, centro de Limoeiro do Norte/CE e subtraíram 01 bateria de carro MOURA 48 A, 01 bateria de motocicleta MOURA 5 A e  01 celular LG K8 , em seguida fugiram rumo ignorado.

Ontem 06/01/2017 (Sexta-feira), por volta das 17;30 min, na Cadeia Pública de Tabuleiro do Norte-CE, foi apreendido na cela 03, um Celular alcateá com 02 chips, uma trouxinha de maconha, um cachimbo artesanal, todos em posse do detento ROBÉRIO DA ASSUNÇÃO DE ARAÚJO, natural de Tabuleiro do Norte-CE, porém, preso por tráfico. 
Os policiais da RP 1104 composta pelos  PMs que  foram solicitados até a cadeia e conduziram o mesmo para os devidos procedimentos legais.

Blog Erivando Lima 

Camilo demite Lúcio Gomes das Cidades por suspeita de receber R$ 5 milhões em propina

Demissão do secretário pode significar o rompimento do governador com o clã Ferreira Gomes.

Acabou o sonho de Ciro Gomes ser presidente do Brasil. O PDT deve procurar outro candidato ao Palácio do Planalto após estourar o escândalo envolvendo o secretário das Cidades, Lucio Gomes, do Governo Camilo Santana e homem de confiança de Ciro, cujo verdadeiro papel só agora com a Operação Lava Jato está sendo desvendado.

Lucio Gomes foi demitido, nesta sexta-feira (06), pelo governador Camilo Santana numa decisão que provocou a maior crise desde o início de seu governo com seus padrinhos, os irmãos Cid e Ciro Gomes. Os FGs não aceitavam e continuam rejeitando a demissão imposta pelo Governador a um dos membros do clã.

A razão para Camilo se livrar de Lucio é a delação do presidente afastado da OAS, Leo Pinheiro, ao procurador geral da República, Rodrigo Janot, ainda não homologadas, mas já do conhecimento do Palácio da Abolição. O depoimento de Léo Pinheiro é devastador para o projeto político de Ciro.

Léo confessou, em sua delação, que a OAS teria pago R$ 5 milhões a Lucio Gomes, como representante do então Ministro da Integração Nacional, Ciro Gomes, para conseguir a obra da transposição do rio São Francisco. O responsável por receber essa propina teria sido Lucio Gomes, dai sua demissão.

O ex-reitor da Universidade Federal do Ceará (UFC), Jesualdo Farias, será o substituto de Lucio Gomes na secretaria das Cidades. Essa mudança imposta pelo governador Camilo não foi absorvida nem por Ciro, muito menos por Cid Gomes, que exigem a permanência de Lucio no cargo.

A demissão de Lucio Gomes pode significar o princípio do rompimento político do governador Camilo com a ditadura dos Ferreira Gomes. Mas só o tempo dirá o que efetivamente ocorrerá na relação entre o Governador e os FGs.

Fonte Ceara News


Quatro cidades poderão realizar novas eleições

Em quatro municípios do Ceará, os eleitores poderão ter que voltar às urnas para escolher novos prefeitos. Isso porque quatro dos postulantes mais votados para as prefeituras do Estado ainda aguardam decisões sobre os recursos que impetraram na Justiça Eleitoral para afastar a inelegibilidade. Na maioria dos casos, o motivo é a desaprovação de prestações de contas de governo ou de gestão por órgãos colegiados.

Dentre os argumentos dos postulantes para insistir na candidatura, estão questionamentos relacionados à retroabilidade da Lei da Ficha Limpa ou mesmo referentes a decisões divergentes entre o julgamento da Câmara Municipal e o parecer do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) sobre as contas do gestor. A situação, que já se arrasta por meses e não tem previsão para decisão final, vem causando insegurança e traz prejuízos à sociedade, que pode ter à frente da prefeitura um gestor que não elegeu diretamente.

É o caso, por exemplo, dos municípios de Barro e Saboeiro. Com as candidaturas dos prefeituráveis mais votados (José Marquinélio Tavares e José Gotardo dos Santos Martins, respectivamente) sub judice, coube aos presidentes das câmaras municipais assumir interinamente o Poder Executivo. As decisões em última instância sobre o caso dos gestores é que vão definir a posse dos candidatos ou a realização de novas eleições num prazo de até 60 dias.

Outras duas cidades cearenses estão em situação semelhante. Sem a definição sobre a elegibilidade dos prefeitos Luiz Menezes de Lima e Tomas Antônio Albuquerque de Paula Pessoa, os respectivos municípios de Tianguá e Santa Quitéria correm risco de precisar realizar eleições suplementares. Os gestores, porém, foram empossados no último dia 1º de janeiro, após conseguir decisão liminar do presidente do Tribunal Superior Eleitoral, Gilmar Mendes.

Desaprovação

Com os 6.065 sufrágios que conseguiu no pleito de outubro, José Marquinélio Tavares poderia ter tomado posse em Barro se não fossem os problemas para deferir sua candidatura. Ele teve suas contas de governo desaprovadas e o mandato de prefeito cassado pela Câmara Municipal no ano de 2012 por improbidade administrativa. Na época, o Tribunal de Justiça do Ceará referendou a decisão da Câmara e deixou o político inelegível.

Marquinélio entrou, então, com recurso junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em Brasília, e, como não houve decisão até o dia da votação, disputou o pleito sub judice. Caso a decisão do TSE - que ainda não tem previsão de julgamento - mantenha o indeferimento da candidatura dele, o município deverá realizar eleições para a escolha do novo gestor. Enquanto isso, o presidente da Câmara de Barro segue à frente do Executivo.

Em Saboeiro, o candidato José Gotardo dos Santos Martins (PSD) obteve 5.178 votos na última eleição, sendo o prefeiturável mais votado. O postulante, porém, teve sua candidatura indeferida e, por isso, não assumiu o mandato. Até que a situação dele seja analisada pelo TSE, o presidente da Câmara fica na Prefeitura de Saboeiro.

Gotardo teve contas de quando presidiu a Câmara Municipal de Saboeiro desaprovadas pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM). Como não recorreu, a decisão do colegiado transitou em julgado - ou seja, a ela não caberia mais recurso. No entanto, o TCM depois reconheceu a prescrição para a análise das contas do gestor. O problema é que o acórdão da Corte foi anulado pela Justiça, mantendo a rejeição das contas do candidato.

O TCM ainda impetrou mandado de segurança no TJ-CE e depois no Superior Tribunal de Justiça para validar a decisão que entendeu pela prescrição da análise das contas do gestor, mas o pedido foi negado. Em novembro, o TRE-CE também apreciou a questão e chegou a deferir o registro de candidatura de Gotardo por considerar a prescrição. Todavia, foi impetrado recurso junto ao TSE, que ainda decidirá a questão.

Lei da Ficha Limpa

Em Tianguá, o prefeito Luiz Menezes de Lima venceu o pleito com 20.932 votos, mas só foi diplomado e empossado porque conseguiu uma decisão liminar do presidente do TSE, ministro Gilmar Mendes. Ele foi condenado por abuso de poder político em 2008, data anterior à Lei Complementar nº 135/2010, a chamada Lei da Ficha Limpa, e reclama do fato de ter tido a chapa impugnada com base na retroabilidade da legislação.

É que, quando foi condenado, a punição era a inelegibilidade por três anos, prazo que foi ampliado para oito pela Lei da Ficha Limpa. O argumento vai de encontro à jurisprudência da Justiça Eleitoral, cujo entendimento nas eleições do ano passado era no sentido de aplicar os oito anos de inelegibilidade. O candidato ainda argumentou que mesmo o prazo da Lei da Ficha Limpa teria expirado antes da data da diplomação. O caso aguarda decisão do STF.

Em Santa Quitéria, o prefeito Tomas Antônio Albuquerque de Paula Pessoa também foi empossado por conta de decisão liminar do presidente do TSE, Gilmar Mendes. Ele foi o candidato mais votado, com 13.594 sufrágios, mas ainda aguarda decisão do pleno do TSE para confirmar se permanece no mandato. O gestor teve suas contas de governo referentes ao exercício de 2008 aprovadas pelo TCM, mas as mesmas contas foram desaprovadas pela Câmara de Vereadores, o que motivou o indeferimento do registro de candidatura pela Justiça Eleitoral.

Ao recorrer, o gestor alegou que o TCM deu parecer favorável às suas contas e afastou algumas irregularidades consideradas pelos vereadores durante o julgamento. Quando analisou o caso, o TRE indeferiu o registro de candidatura com base na desaprovação da Câmara. Em contrapartida, o prefeito alega a ausência de irregularidade insanável e diz que falta fundamentação na decisão dos vereadores.

O caso foi encaminhado para apreciação no TSE. O presidente da Corte, Gilmar Mendes, concedeu liminar para que Tomas Antônio Albuquerque fosse empossado. Segundo ele, nem toda desaprovação de contas enseja a causa de inelegibilidade. Além disso, o magistrado entendeu que, se a Câmara não julgou improbidade, cabe à Justiça Eleitoral verificar conduta que caracterize ato ímprobo e dolo no processo de registro do candidato. Com a liminar, o prefeito de Santa Quitéria segue no exercício do mandato enquanto aguarda decisão do pleno do TSE.

Em todo o Brasil, pelo menos 145 candidatos concorreram às eleições sem saber se poderiam de fato assumir o mandato. Pouco mais de 60 ainda aguardam decisões judiciais. Em caso de confirmação de indeferimento, o prazo para o novo pleito é de 60 dias.

SAIBA MAIS

1) Datas: O Tribunal Superior Eleitoral estabeleceu, por meio de portaria de outubro último, as datas para eventuais pleitos suplementares, que poderão ocorrer em 15/01, 05/02, 12/03, 02/04, 07/05, 04/06, 02/07, 06/08, 03/09, 01/10, 12/11 ou 03/12. Cabe ao TRE aprovar resolução com as instruções para a realização dessas eleições.

2) Normas: O Código Eleitoral, que sofreu algumas alterações na reforma eleitoral de 2015, estabelece a realização de novas eleições sempre que houver - independentemente do número de votos anulados e após o trânsito em julgado - "decisão da Justiça Eleitoral que importe o indeferimento do registro, a cassação do diploma ou a perda do mandato de candidato eleito em pleito majoritário".

Fonte DN