-->

2 de setembro de 2017

Inscrições para concurso da Petrobras seguem até segunda (04)


Foto: Diário do Nordeste

O prazo para inscrição no concurso da Petrobras chega ao fim na próxima segunda-feira (04). O processo seletivo oferta 159 vagas imediatas e abre cadastro reserva com 795 oportunidades. As vagas são para os ensinos médio, técnico e superior, e os salários iniciais variam de R$ 2.179,85 a R$ 5.749,30.

As ofertas disponíveis para o curso técnico e o ensino médio são para as carreiras de técnico de enfermagem do trabalho júnior (1 vaga + 5 reservas), técnico de inspeção de equipamentos e instalações (12 vagas + 60 reservas), técnico de manutenção júnior nas áreas de caldeiraria (1 vaga + 5 reservas), elétrica (15 vagas + 75 reservas), instrumentação (6 vagas + 30 reservas) e mecânica (22 vagas + 110 reservas), técnico de operação júnior (78 vagas + 390 reservas) e técnico de segurança júnior (20 vagas + 100 reservas). A remuneração inicial vai de R$ 2.179,85 a R$ 2.626,73, com garantia mínima entre R$ 3.681,63 a R$ 4.436,38.

Já para o ensino superior, as vagas disponíveis são para o posto de médico do trabalho (4 vagas + 20 reservas). Os profissionais formados em medicina, com pós-graduação em medicina do trabalho e registro no órgão de classe. O salário básico é de R$ 5.749,30, com remuneração mínima de R$ 9.786,14.

Além disso, a Petrobras oferece, aos funcionários, auxílios de saúde (médica, odontológica, psicológica e hospitalar) e farmácia, educacionais e do Programa de Assistência Especial (PAE), para as pessoas com deficiência e para filhos de trabalhadores.

A lotação será distribuída pelos seguintes polos: Alto do Rodrigues (Açu-RN, Alto do Rodrigues-RN ou Guamaré-RN), Alagoas (Maceió, Pilar ou São Miguel dos Campos), Amazonas (Coari ou Manaus), Mossoró-RN, Natal-RN, Rio de Janeiro (Angra dos Reis, Duque de Caxias, Itaboraí, Rio de Janeiro ou Seropédica), São Mateus (Linhares-ES ou São Mateus-ES), Sergipe (Aracaju, Carmópolis, Japaratuba ou Laranjeiras) e Sudeste (Anchieta-ES, Bertioga-SP, Cubatão-SP, Guarujá-SP, Itanhaém-SP, Macaé-RJ, Santos-SP ou Vitória-ES).

As inscrições devem ser realizadas até o dia 4 de setembro, somente por meio do site da Fundação Cesgranrio. O valor é de R$ 47 para os candidatos a cargos dos ensinos técnico e médio e R$ 67 para as vagas de ensino superior.

O concurso será aplicado por meio de uma única fase: prova objetiva, eliminatório e classificatória. A avaliação é de múltipla escolha, com questões de língua portuguesa, inglesa, matemática e conhecimentos específicos. A prova será aplicada no dia 1º de outubro, em locais e horários que ainda serão divulgados, nas cidades de Aracaju-SE, Macaé-RJ, Maceió-AL, Manaus-AM, Natal-RN, Rio de Janeiro-RJ, Santos-SP e Vitória-ES.

O processo seletivo tem validade de 12 meses, podendo ser prorrogado por igual período, de acordo com a Petrobras.

Red; Verdes Mares


Carga é roubada de caminhão dos Correios em Limoeiro do norte



Carga é roubada de caminhão dos Correios em Limoeiro do norte em plena luz do dia.

Conforme informações da Policia Militar, nesta sexta-feira, dia 01, por volta das 08h30min, a altura do Km 210 da BR-116, ocorreu um roubo a dois veículos que faziam transporte de cargas a serviço dos Correios. Os motoristas informaram que foram abordados, por um veiculo com vários indivíduos armados, que após o renderem retornaram cerca de 10 km pela BR-116, até uma localidade conhecida como Café Queimado, zona rural de Limoeiro do Norte-CE, entraram numa estrada carroçável onde havia um outro veiculo esperando pela carga.

Os assaltantes retiraram toda a carga dos dois veículos, e na fuga efetuaram tiros contra os pneus dos dois carros e abandonaram as vitimas (motoristas) na mesma localidade. Após tomar conhecimento do fato, cerca de uma hora depois, a polícia passou a diligenciar na tentativa de identificar e localizar algum suspeito, mas sem êxito até o momento.

Blog Erivando Lima / Jornal Vale em destaque

Quatro juízes são alvo de investigação pela Corregedoria no Tribunal de Justiça



Relatórios de Inspeção recebidos pelo desembargador Darival Beserra Primo, corregedor-geral do Tribuna de Justiçal, apontaram “possíveis irregularidades na atividade jurisdicional” dos quatro juízes

Quatro juízes de Direito, com exercício na titularidade de quatro Varas Cíveis de Fortaleza, sediadas no Fórum Clóvis Beviláqua, estão sendo alvo de sindicância por parte do Tribunal de Justiça do Estado do Ceará. A medida já foi publicada no Diário Oficial da Justiça, na edição do dia 30 de agosto último, e as investigações devem estar concluídas no prazo máximo de 60 dias, conforme estabelecido pela Corregedoria do TJCE.

O motivo da apuração, no entanto, não foi revelado na publicação. No entanto, a determinação é do desembargador Francisco Darival Beserra Primo, corregedor-geral da Justiça do Estado do Ceará. Ele assinala em sua decisão, que as sindicâncias têm por objetivo “apurar possível irregularidade na atividade jurisdicional”.

Os quatro juízes investigados são: José Coutinho Tomaz Filho (titular da 10ª Vara), Washington Oliveira Dias (da 11ª Vara), José Barreto de Carvalho Filho (da 23ª Vara) e Cid Peixoto do Amaral Neto (3ª Vara).  O desembargador se baseou em relatórios de Inspeção que ora tramitam na Corregedoria.

Ele assinalou, ainda, que a sua determinação tem como fundamento, “as reiteradas determinações da Corregedoria Nacional de Justiça para a reabertura de procedimentos preliminares de investigação antes arquivados, no âmbito desta Casa Censora, o que recomenda a continuidade e o aprofundamento da análise de fatos que envolvam magistrados”.

Apuração

Nos mesmos despachos ordenando a apuração, o desembargador Darival Beserra Primo designou outros quatro magistrados, juízes corregedores auxiliares, para procederem as investigações como membros  das Comissões Sindicantes. São eles: Roberto Soares Bulcão, Ernani Pires e Paula Pessoa Júnior, Flávio Vinícius Bastos de Sousa e Henrique Lacerda de Vasconcelos.

A apuração deverá ser concluída até o dia 30 de outubro, quando os quatro juízes corregedores-auxiliares entregarão o relatório ao corregedor-geral do TJCE.

Blog Erivando Lima

Preso suspeito de matar sargento em tentativa de assalto em Fortaleza



Um dos suspeitos de matar o sargento da Polícia Militar Edvaldo José Santana Flexa em uma tentativa de assalto no bairro Guararapes, em Fortaleza, foi preso na noite da última sexta-feira (2) no município de Fortim, informou a Polícia Civil, por meio de nota. Ele chegou a ser socorrido para o Instituto Dr. José Frota (IJF), mas morreu no local.

O homem identificado como Francisco Bruno Antunes Scipião, 25, foi capturado por policiais após investigações da 11ª Delegacia da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Na casa do suspeito, localizada no bairro Viçosa, foram encontrados munições de arma de fogo e um celular roubado. 

Segundo suspeito segue sendo procurado

A Polícia também apontou que segue com as apurações para prender o segundo suspeito de participar da ação que vitimou o sargento, mas prefere não divulgar mais detalhes agora com o intuito de não comprometer o andamento das investigações. 

Sargento atuava no Ciopaer e iria representar o Brasil em campeonato mundial de resgate

No dia do crime, em nota de pesar, a Polícia Militar do Estado do Ceará citou que o sargento ingressou na Corporação há 19 anos, era casado e tinha uma filha, e atualmente prestava serviço junto à Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer).

Pelo Ciopaer, sargento Flexa foi campeão brasileiro em um campeonato mundial de resgate de acidente de veículos e este ano consagrou-se campeão brasileiro e estava classificado para a fase internacional, na Romênia, em setembro.

Red; DN

Tribunal de Justiça confirma que concurso público de Quixadá não teve irregularidades


A questão do concurso público realizado pela Prefeitura Municipal de Quixadá se tornou um enredo de uma novela, e com as decisão judiciais, a cada novo capítulo o prefeito Ilário Marques (PT) sofre uma nova derrota. Dessa vez o Tribunal de Justiça reconheceu a legalidade de lei que criou o certame pela Câmara Municipal de Quixadá, mas como todo embate deixa algumas vítimas, desse novo capítulo várias famílias que não participam dessa celeuma poderão sair prejudicadas, isso acontece devido ao fato de que a gestão municipal pediu ao tribunal para rever a lei municipal que criou o concurso, e que contem, também, um artigo que trata da atualização dos vencimentos do atuais servidores públicos municipais, com a decisão do desembargador esses vencimentos poderão ser revistos e anulados, fazendo com que os servidores tenham seus salários achatados.

Acontece que o prefeito Ilário Marques (PT) ingressou com a Ação Direta de Inconstitucionalidade nº 0624663-29.2017.8.06.0000 com o objetivo de suspender a eficácia e declarar a inconstitucionalidade da Lei Municipal de Quixadá n.º 2.765/2015 que criou o concurso público regido pelo edital 001/2016. Na referida ação, a Câmara Municipal deste município apresentou manifestação às fls. 931/939 do processo e se posicionou a favor do prefeito de Quixadá e contra os aprovados no concurso. Já o Procurador Geral de Justiça também se manifestou na ação às fls. 1.079/1.113, mas, ao contrário da Câmara, apresentou parecer favorável aos concursados. Conforme o Procurador Geral, “a realização do concurso público visou a redução dos gastos com pessoal do Município, eis que este encontrava-se com excessivo número de contratados por tempo determinado, em número bem superior a todas as vagas ofertadas no citado concurso”.

Entretanto, nesta quinta-feira (31), o Tribunal de Justiça do Estado do Ceará, através do Desembargador Relator Mário Parente Teófilo Neto decidiu que: “cuida se assentar que não há vício de iniciativa a macular o processo legislativo do projeto de lei que ensejou a edição do diploma legal sob análise, eis que o mesmo foi submetido à deliberação da Câmara Municipal de Vereadores de Quixadá pelo Prefeito Municipal de Quixadá (vide Projeto de Lei às fls. 43/55), o que se mostra pertinente haja vista que através deste cria-se cargos no âmbito do Poder Executivo do Município de Quixadá-CE e estende os vencimentos destes aos demais cargos já existentes no quadro deste Poder que àqueles se assemelhem.”

Além disso, o Tribunal de Justiça não acatou o inconformismo do prefeito Ilário Marques em insistir que a lei do concurso descumpriu a Lei de Responsabilidade Fiscal e de Diretrizes Orçamentárias do Município, tendo em vista que o Desembargador Relator decidiu que: “haja vista a manifestação ministerial de fls. 1.079/1.113 e a documentação por si anexada às fls. 1.114/2.857, dentre as quais menciono, a guisa de exemplo, a de que o referido projeto de lei que culminou na edição da lei ora questionada foi acompanhado de estudo de impacto financeiro, tendo o Parquet juntado o mencionado estudo às fls. 2.477/2.499, e a de que havia previsão na Lei Orçamentária Anual de 2015 de recursos para realização de concurso público, circunstâncias que reforçam a impossibilidade de deferimento da medida cautelar”.

Entretanto, em sua decisão o Desembargador Relator Mário Parente Teófilo Neto suspendeu apenas o parágrafo único, do art. 1º, da Lei Municipal de Quixadá nº 2.765/2015, até o julgamento da referida ação direta de inconstitucionalidade. Alerte-se que tal suspensão não acarreta nenhum prejuízo para os concursados, porém os atuais servidores da Prefeitura Municipal de Quixadá poderão sofrer prejuízos financeiros tendo em vista que o parágrafo único do art. 1º, da lei nº 2.765/2015 trata da atualização dos vencimentos de todos os atuais ocupantes dos cargos dos quadros do Poder Executivo Municipal.

Com essa decisão, cada vez mais se comprova que os aprovados no concurso são perseguidos pela atual Administração Pública de Quixadá. E o que é pior, dessa vez até os atuais servidores poderão ser penalizados com as atitudes do prefeito. Tal cenário é a fotografia perfeita da gestão de Ilário Marques: muita perseguição, administração precária e muito desafio ao Ministério Público e à Justiça.

Blog  Erivando Lima

Ex-secretário é executado a tiros no município de Ibicuitinga 02 . set . 2017



A polícia registrou um homicídio a bala na tarde desta sexta-feira (01) no município de Ibicuitinga, a vítima era ex-secretário de educação da prefeitura local.

Por volta das 12h:50min na Rua José Damasceno, o funcionário público Francisco Arnaldo Lima Alves foi executado com pelo menos 04 disparos de arma de fogo. Populares informaram aos policiais que dois elementos chegaram a pé e assassinaram a vítima em frente a sua residência, fugindo logo após o crime e tomaram rumo ignorado.

A polícia esteve no local e resguardou a cena do crime até a chegada da Perícia Forense. O corpo da vítima foi encaminhado ao Instituto Médico Legal de Quixeramobim para realização dos devidos procedimentos.

Blog Erivando Lima / Monolitos post


Loteria: cearense leva R$ 9,4 milhões e hoje Mega paga R$ 50 mi



Na história da Mega, o Ceará acumula 17 vencedores, que juntos ganharam mais de R$ 207 milhões. ( Arquivo )

A Mega-Sena irá sortear às 20h deste sábado (2) o prêmio de R$ 50 milhões referente ao concurso 1.964 das loterias da Caixa Econômica.

Na história da Mega, o Ceará acumula 17 vencedores, que juntos ganharam mais de R$ 207 milhões. Quem deseja ser o 18º, tem que correr com as apostas, que só podem ser feitas até às 19h de hoje, em qualquer lotéria do país, a partir de R$ 3,50 o cartão simples com seis números marcados.

Red; DN


LIMOEIRO DO NORTE-CE HOMICÍDIO À BALA


Ontem dia 01/09/2017(Sexta-feira), por volta das 03;00 hs foi vítima de Homicídio à bala a pessoa de JOSÉ IVANILDO ASSIS MAIA,30 anos, natural de Limoeiro do Norte-CE, Comerciante, residente na rua João Lopes de Assis, bairro Luiz Alves de Freitas, Limoeiro do Norte-CE, o mesmo encontrava-se em seu comércio, um quiosque na praça da rodoviária, quando dois indivíduos em uma motocicleta de características não anotadas, ambos de capacete, chegaram e efetuaram vários disparos contra o mesmo, a RP-1164, composta pelos PMs, compareceu ao local e adotou todas as providências cabíveis, Após a perícia chegar ao local, o mesmo afirmou que teria sido aproximadamente 09 disparos de PT 380’, bem como foram encontrados no local 09 cartuchos de cal.380’. A vitima era ex-presidiário e respondia pelo crime de trafico de drogas nesta comarca.

Erivando Lima

MPF pede absolvição de Lula e perda de benefícios de Delcídio no caso Cerveró



Investigadores concluíram que Delcídio tentou esconder de R$ 4 milhões em propina com silêncio de Cerveró

O Ministério Público Federal no Distrito Federal (MPF-DF) pediu, nesta sexta-feira (1º), a absolvição do ex-presidente Lula (PT) e do banqueiro André Esteves, dono do BTG, no caso da suposta tentativa de comprar o silêncio do ex-diretor de Internacional da Petrobras Nestor Cerveró. O órgão pediu ainda a perda dos benefícios da delação premiada do ex-senador Delcídio do Amaral, responsável pela denúncia em sua delação premiada.

Os investigadores concluíram que não há provas de que o banqueiro e o ex-presidente participaram do esquema criminoso e, ainda segundo os agentes, Delcídio mentiu sobre fatos que levaram à abertura da ação penal contra sete pessoas. O MPF pediu a condenação do advogado Edson Ribeiro, que defendia Cerveró, do pecuarista José Carlos Bumlai e seu filho Maurício, além de Diogo Ferreira, ex-assessor de Delcídio.

“Para o procurador, ao contrário do que afirmou Delcídio do Amaral – tanto na colaboração quanto no depoimento dado à Justiça -, o pretendido silêncio de Cerveró, que à época cumpria prisão preventiva, não foi encomendado ou interessava a Lula, mas sim ao próprio senador”, aponta o MPF-DF.

Para os investigadores, as provas coletadas indicam que o próprio Delcídio queria o silêncio de Cerveró. O principal interesse do ex-senador era impedir que o ex-diretor da Petrobras revelasse que “Delcídio recebeu R$ 4 milhões da construtora UTC como propina e que o dinheiro foi usado em caixa dois em sua campanha ao governo do estado do Mato Grosso”.

Por fim, o MPF defende que, para evitar a revelação do pagamento de propina, o então advogado de Cerveró, Edson Ribeiro – também preso pela Lava Jato – orientou seu cliente a afirmar “falsamente que os valores foram destinados à campanha presidencial de Lula” em 2006.


Com informações da Folha de S.Paulo

Paulo Quezado se diz impressionado com a popularidade de Lula no Cariri



Do advogado Paulo Quezado, caririense de Aurora, que esteve, nesta semana, a serviço na região:

“Fiquei impressionado com tanta gente postada à beira das estradas para ver o Lula. O homem é um fenômeno!”

(Foto – O POVO)