-->

26 de agosto de 2017

Bretas decreta nova prisão de Rogério Onofre; ex-presidente do Detro é considerado foragido

Onofre havia sido solto após decisão de Gilmar Mendes, mas MPF alegou ameaças a outros presos e pediu nova prisão. Ele é réu em ação da Lava Jato que apura corrupção nos transportes.

O juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal do Rio, decretou novamente, nesta sexta-feira (25), a prisão do ex-presidente do Departamento de Transportes do Rio (Detro) Rogério Onofre. À noite, ele ainda não tinha sido encontrado e já era considerado foragido.
A polícia procurou e não encontrou Onofre na casa dele, em Paraíba do Sul, no sul do estado do Rio de Janeiro. Ele já foi prefeito da cidade e depois que ganhou o direito de responder ao processo fora da cadeia cumpria lá o recolhimento domiciliar. Tinha que passar as noites, os fins de semana e os feriados dentro de casa.
O advogado disse que Rogério Onofre não estava em casa porque se sente ameaçado. O advogado não explicou por que o réu ainda não se entregou, mas afirmou que Onofre vai procurar a polícia no sábado (26).
Onofre foi preso em julho na Operação Ponto Final, acusado pelo Ministério Público Federal (MPF) de receber R$ 44 milhões em propina no esquema de corrupção no setor de transporte do estado do Rio. Onofre se tornou réu junto com outras 23 pessoas, incluindo o ex-governador Sérgio Cabral, em desdobramento da Operação Lava Jato no Rio (veja todas as 14 denúncias contra Cabral).
A mulher de Onofre também foi presa depois da operação, deflagrada em julho. Dayse Déborah Alexandra Neves estava indo de ônibus para Florianópolis e foi acusada de tentar movimentar US$ 1,8 milhão de um fundo no exterior depois da prisão do marido. O MPF diz que ela chegou a ter US$ 10 milhões em apenas uma conta no exterior.
A defesa de Dayse Neves disse que ela não vai se manifestar.
O casal recebeu habeas corpus na noite de terça-feira (22), concedido pelo ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal. Na quarta, o MPF pediu novamente a prisão. Entre os argumentos estava a acusação de que Onofre vinha ameaçando outros detidos na operação.

Ameaças
Entre as provas apresentadas pelos procuradores sobre as ameças está um áudio gravado no momento em que a operação Ponto Final ocorria. Na conversa, Onofre cobra dinheiro e faz ameaças aos empresários Nuno Coelho, conhecido como "Batman", e Guilherme Neves Vialle, o "Robin". Eles foram presos este mês, em Curitiba, acusados de lavar dinheiro na venda de imóveis para o casal.
Guilherme Vialle disse em depoimento à Polícia Federal que foi ameçado pessoalmente por Onofre, que teria dito que mandou pessoas acompanharem a rotina dele e da família e que antes de matar Guilherme, iria torturá-lo.
Nuno Coelho disse à polícia que Onofre avisou que sabia onde a família dele e a de Guilherme moravam e que "já investigava os dois". As ameaças também chegavam por mensagens de áudio.
"O negócio aqui tá feio pro meu lado, cara. Eu não tenho dinheiro nem pra viajar se você quer saber. Vê se você me arruma o meu dinheiro aí, dá um jeito, vocês não estão dando solução de nada, vocês não estão conversando, vocês têm imóveis aí não dão nada. Vocês não estão acreditando, rapaz, na sorte. Vocês ainda não morreram porque eu quero receber, mermão. Agora eu tô percebendo que vocês não vão pagar mesmo, aí então..."
Na decisão desta sexta, o juiz Marcelo Bretas diz que as ameaças também representam uma obstrução à justiça. Para o juiz, Onofre em liberdade poderia atrapalhar a investigaçao sobre a máfia nos transportes do Rio, que movimentou pelo menos R$ 250 milhões em propina – dinheiro das empresas que faziam uma espécie caixinha da corrupção.
O Ministério Público Federal quer saber se o sistema do Bilhete Único e do vale transporte também foi usado pra pagar agentes públicos. Juntos, eles movimentam R$ 6 bilhões por ano.
Em operação nesta sexta, um diretor da federação das empresas de ônibus (Fetranpor) foi preso em flagrante por obstrução da Justiça. Ele mandou um funcionário esconder um computador dos policiais.

Fonte G1

Idosa de 90 anos em busca do sexto diploma universitário



Ela já cursou uma faculdade, um mestrado em Filosofia e dois outros mestrados em Artes e mais um em Literatura. A idosa Joy Gibson, de Stratford-upon-Avon, no interior da Inglaterra, está em busca do sexto diploma. O curioso é o fato dela não ter entrado em uma sala de universidade até os 59 anos. As informações são da BBC.

Ela atuou como jornalista e professora de teatro. No momento, na Universidade de Birminghan, está terminando um doutorado no Instituto Shakespeare sobre Teatro. Joy revela que se tornou uma "viciada em estudar". Ao falar da paixão pelos livros, faz uma analogia com uma caixa de bombons. Segunso ela, se ganhar uma caixa, come todos.

Joy diz que começou a trabalhar sem antes ter frequentado a academia. Para ela, isso sempre foi motivo de incômodo. Tanto que quando se aposentou, há 30 anos, se viu sem ocupações e pensou: "Por que não estudar?", diz.

Atualmente, Joy tira um ano de férias do doutorado, tempo em que se recupera de uma cirurgia no quadril. Joy pensa em voltar a sua tese nos próximos meses. 

Redação O POVO Online 


PM morre após ser baleado no peito em tentativa de assalto em Fortaleza


Um policial militar foi baleado no peito durante tentativa de assalto na tarde desta sexta-feira (25), no bairro Guararapes, em Fortaleza. O sargento  Edvaldo José Santana Flexa chegou a ser socorrido ao Instituto Dr. José Frota (IJF), mas não resistiu aos ferimentos.

Conforme informações do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), o sargento foi baleado no tórax e já deu entrada na unidade entubado, em estado grave. Flexa estava de folga, saindo de uma clínica de fisioterapia, quando abordado por uma dupla criminosa.

A Polícia Civil informou que o policial foi surpreendido quando entrava em seu carro particular. Dois homens chegaram em uma motocicleta, um deles desceu, anunciou o assalto e disparou contra a vítima. Não se sabe ainda quais objetos pessoas do sargento foram roubados. Nenhum dos suspeitos foi capturado.

Em nota, a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informou ainda que a Polícia Militar está em diligência à procura dos responsáveis pelo crime.

Red; Diario do Nordeste


Ex-ministro do STJ recebeu propina de R$ 5 milhões, diz ex-ministro Palocci



O ex-presidente do STJ Cesar Asfor Rocha, a construtora Camargo Corrêa e a família do ex-ministro Márcio Thomaz Bastos negaram a prática de ilegalidades para barrar a Castelo de Areia

O ex-ministro da Fazenda Antonio Palocci afirmou, em negociação de delação premiada, que o ex-presidente do STJ (Superior Tribunal de Justiça) Cesar Asfor Rocha recebeu suborno no valor de pelo menos R$ 5 milhões da construtora Camargo Corrêa para barrar a Operação Castelo de Areia da Polícia Federal. De acordo com informações da Folha de São Paulo, além da empresa, a operação deflagrada em 2009 tinha como alvos outras empreiteiras e políticos posteriormente investigados na Operação Lava Jato.

Palocci, preso em Curitiba, disse que o acerto com Rocha foi comandado pelo advogado Márcio Thomaz Bastos, morto em 2014, e incluía também a promessa de apoio para que o então magistrado fosse indicado para uma vaga no Supremo Tribunal Federal - o que acabou não acontecendo. O repasse para Rocha foi depositado numa conta no exterior, conforme Palocci. Asfor, a Camargo e a família de Bastos negam a acusação do ex-ministro.

A Castelo de Areia foi interrompida por uma medida liminar concedida por Rocha, então presidente do STJ, em janeiro de 2010. A alegação dos advogados da Camargo Corrêa foi a de que as interceptações telefônicas da operação, principal base das investigações, tiveram origem apenas em uma denúncia anônima, o que seria ilegal. A apuração mostrou também que, antes e depois da concessão da liminar, Rocha decidiu pela validade iniciadas com denúncias anônimas.

Em março de 2011, o julgamento final sobre a legalidade da operação começou a ser feito pela 6ª Turma do STJ, da qual Rocha não fazia parte. Na ocasião, a ministra relatora do caso, Maria Thereza de Assis Moura, votou pela anulação da operação e o ministro Og Fernandes, pela regularidade das investigações da Polícia Federal. Porém, após o empate, o julgador Celso Limongi pediu vista e a apreciação da causa foi interrompida.

No mês seguinte, o caso foi retomado com voto de Limongi favorável à tese da Camargo Corrêa. O ministro Haroldo Rodrigues seguiu o mesmo entendimento e o resultado final foi de 3 a 1 pela ilegalidade dos grampos.

A decisão resultou na anulação total da operação e de todos os seus desdobramentos, que envolviam outras construtoras e políticos, inclusive obras da Petrobras posteriormente investigadas na Lava Jato - como as refinarias Avreu e Lima, em Pernambuco, e Getúlio Vargas, no Paraná.

Palocci não mencionou nas tratativas de colaboração premiada repasses diretos aos ministros da 6ª Turma do STJ que julgaram a causa. Rocha obteve aposentadoria do tribunal superior em setembro de 2012 e passou a exercer a advocacia.

O ex-presidente do STJ Cesar Asfor Rocha, a construtora Camargo Corrêa e a família do ex-ministro Márcio Thomaz Bastos negaram a prática de ilegalidades para barrar a Castelo de Areia. A defesa de Palocci não se pronunciou.

Redação O POVO Online


Comunidades cobram recuperação de estradas em Palhano CE


A imagem pode conter: céu, nuvem, árvore, planta, grama, atividades ao ar livre e natureza

Moradores das comunidades de Macacos, e São José, cobram da atual gestão do município de Palhano, a recuperação das estradas que estão ficando intransitável, muito buraco passagens ruins dificultando o trafego de carros para aquelas comunidades.

A imagem pode conter: céu, atividades ao ar livre e natureza
Blog Erivando Lima

JAGUARIBE-CE HOMICÍDIO À BALA -


Ontem dia 25/08/2017, por volta de 21;30 min, foi informado via 190 a polícia de Jaguaribe-CE, que havia acontecido um homicídio na rua Hildeberto S. Ribeiro s/n, localizado no bairro Cohab - Jaguaribe-CE. De pronto a composição policial se deslocou até aquela localidade e chegando lá comprovou a veracidade da informação. A vítima tratava-se de Jose Arnaldo Almeida Barreto, 44 anos, natural de Jaguaribe-CE, residente no Sitio Jureminha - Jaguaretama-CE. Segundo informações colhidas no local, a vítima foi surpreendida por um elemento moreno de estatura média que estava a pé, e este em posse de uma arma de fogo efetuou vários disparos contra a vítima levando logo em seguida a moto da vítima uma Honda C G Fan 150, cor preta, placa O I B 6180. Não foram encontrados capsulas de munição no local, o que indica que o criminoso utilizou revólver. A composição da CP-1373 desde então na procura pelo autor desse crime, porém até agora sem obter êxito

Blog Erivando Lima

RUSSAS-CE ROUBO A PESSOA SEGUIDO DE PRISÃO DE ACUSADO


Ontem dia 25/08/2017, POR VOLTA DAS 21:00 hs, na BR 116, próximo o posto de combustível Estrela do Vale, foi vitima de roubo a pessoa de MANOEL BONFIM BATISTA PEREIRA,  Natural de Ico, casado, motorista, residente no bairro: Cruzeiro, ICO. A vitima informa que estava descansando em seu caminhão, quando a pessoa de ROMÁRIO RODRIGUES BRAGA, 24 anos natural de Aracati, residente na Travessa da Cultura, bairro: V. Da matriz, Aracati, próximo a Antiga Rádio Cultura, chegou armado com um pedaço de madeira e tomou seu celular Samsung F2 e uma quantia de 150 reais em especie. A equipe FTA esteve no local e conseguiu capturar o acusado o qual foi levado para a DRPC de Russas para os procedimentos cabíveis. 

Blog Erivando Lima

Deputado tenta justificar o injustificável

O deputado federal Adail Carneiro tenta justificar a sua queimação junto o governo do estado lideranças e a população, quando o mesmo diz em entrevista a emissora de radio do município de Russas, que o governo estar liberando obras dele Adail Carneiro para outros parlamentares citando como exemplo a avenida Irmã Maria da Graça, obra essa que começou no Governo Cid Gomes na administração do ex; prefeito Raimundo Cordeiro, sendo liberada o seu complemento pelo Governador Camilo Santana que assumiu um compromisso com o grupo de oposição que o apoiou na eleição passada na disputa estadual. É bom lembrar que o deputado fazia parte de grupo que tinha como líder maior o saudoso Aureliano Ribeiro e fazia parte Guida Maia, Dr; Paulo Campelo Bessa , Liro Paz, Justo Rebolcas  8 vereadores da oposição e outras lideranças do município. Acho que o deputado faltou humildade.
O deputado falou que o distanciamento de Camilo Santana para com ele tem tudo haver com o Impitimam de Dilmar Roussef, pois o mesmo chegou a dizer que teve que votar contra Dilma pois a mesma não era mais um governo ideal para o nosso pais. O questionamento feito por todos não é o voto em si, e sim como foi preparado esse voto, o deputado passou todo o tempo trabalhando em prol da permanecia da presidente e somente duas horas antes da votação depois de ter almoçado com a chefe maior, é que o deputado veio a perceber que Dilma não era mais capaz de governar o pais muito estranho  ou não é? O deputado esquece que 72 horas antes concedeu entrevista a esse humilde repórter que lhe fez a seguinte interrogação, deputado o senhor estar indo para o PP, partido que  vota contra a atual presidente ou seja defende o impitimam como fica a sua situação  como líder do Governo Camilo Santana que defende a permanência de Dilma, e o senhor respondeu se o partido for por inteiro votar a favor do impitimam  eu serei voto único não abro mão, deputado essa estar nos meus arquivos e não no baú acho que seu líder tem razão, baú não se guarde noticia ruim. por isso fui buscar nos arquivos. 

Blog Erivando Lima

Russas CE


ATENDENTE DE LANCHONETE
AUXILIAR DE COZINHA
AUXILIAR DE ESCRITÓRIO
CAIXA DE LANCHONETE
COZINHEIRO DE RESTAURANTE
BALCONISTA DE LANCHONETE
CHAPISTA DE LANCHONETE
GARÇOM
GESSEIRO MONTADOR
MONTADOR (FACHADAS EM ACM)
REPOSITOR - EM SUPERMERCADOS
VENDEDOR DE SERVIÇOS
VENDEDOR INTERNO
VENDEDOR PORTA A PORTA

SINE/IDT de Russas  localizado à Av. Cel. Araújo Lima, 1458-A – Centro.   Atendimento - 07:30 às 16:30

Russas CE

Homicídio durante a madrugada em Russas CE

.
 Hoje dia 26/08/2017 por volta das 00h10, na Rua Agostinho Carlos Santiagol, próximo ao Castelo Club, foi vitima de homicídio a pessoa de DANIEL DA SILVA LEITE,natural de Jaguaribe, estudante, residente no Mutirão Novo, Q 02 / Russas. Populares informaram a Vtr 2775, que dois indivíduos em uma moto (sem mais caracterizaras), chegam em frente ao club onde a vitima estava e desferiram vários disparos de arma de fogo, provavelmente cal. 38, causando o óbito no local. Compareceu ao local do crime o Delegado Fabio Amaral juntamente com o Rabecão 7062.Vale salientar que a vitima já respondia a artigos 33 e 35 e que não foi possível precisar a quantidade de disparos porque não ha perito nesse horario. 
Observação; O crime ocorreu proximo ao castelo clube e não no interior do clibe.
A imagem pode conter: atividades ao ar livre

Blog Erivando Lima