-->

7 de julho de 2016

Condutores vendem Tocha Olímpica por até R$ 10 mil no Ceará


Um dos maiores símbolos da Olimpíada Rio 2016, a Tocha Olímpica, passou pelo Ceará deixando lembranças históricas. Mas para os poucos que tiveram o privilégio de conduzir o objeto durante passagem pelo estado, a lembrança dos Jogos Olímpicos tem preço. Através de sites de negócios na internet, condutores cearenses tentam vender as tochas e as roupas utilizadas durante o revezamento por valores que chegam a R$ 10 mil.

Em um dos anúncios, um homem oferta a tocha que passou por Fortaleza no dia 7 de junho. Para adquirir o objeto é necessário desembolsar R$ 7,5 mil. O condutor tenta negociar e diz que pode baixar o valor caso o pagamento seja à vista.

"Já recebi algumas propostas, mas ainda não vendi porque muita gente quer comprar parcelado. Assim não dá certo. Vendo por R$ 7 mil, mas se der o dinheiro todo à vista eu dou um desconto legal", diz o vendedor.

Um outro condutor tenta vender a Tocha Olímpica por R$ 10 mil no interior do Ceará. Este, porém, diz que não baixa o preço porque é um "produto histórico". Para justificar o preço, o vendedor explica que a tocha é vendida junto com o kit oficial dos condutores, contendo embalagem, protetor, camisa e calção.

"Eu corri com ela na minha cidade, mas acho que é um produto para colecionador. Não vou dar desconto porque sei que alguém vai querer comprar. Quando todos que estão vendendo mais barato se desfizerem de suas tochas, vai sobrar a minha e alguém vai querer pagar os R$ 10 mil", argumentou.

A Tocha Olímpica passou por 12 cidades cearenses entre os dias 7 e 9 de junho. Ao todo, durante este período, o fogo olímpico passou por 470 condutores. Eles foram selecionados através da indicação de patrocinadores, do COB, municípios e Estado, além dos nomes escolhidos através de concurso.


Somente estes condutores puderam comprar a Tocha Olímpica dos Jogos do Rio de Janeiro 2016, que é um produto oficial do Comitê Olímpico Internacional (COI). O valor da tocha foi R$1.985,90. Quem foi convidado por patrocinadores da Olimpíada ficou com o objeto sem precisar pagar nada, já que as próprias empresas fizeram o pagamento antecipado pela tocha.

G1/CE

Guarda Municipal e Demutran paralisam as atividades em Russas


Guardas Civis Municipais resolveram paralisar suas atividades em Russas, a parada vai interferir também na fiscalização do transito, visto que os agentes do DEMUTRAN são na verdade guardas cedidos à autarquia municipal de transito.

Entre as reivindicações as corporações cobram as promoções que deveriam ter acontecido até o final do mês de junho. Uma representação dos guardas e agentes esteve reunida com o prefeito Weber Araújo no último sábado (02), quando ele disse que até a ultima terça-feira estaria dando uma resposta à categoria.

Sem uma posição do executivo municipal, a paralisação foi o caminho escolhido, observando-se os 30% de efetivo em atividade de acordo com a lei.

Na manhã desta sexta-feira (08), uma manifestação deverá acontecer, quando os servidores esperam ser recebidos no gabinete do prefeito.

PM é ferido durante tiroteio em Quixadá; duas pessoas foram mortas e outras duas feridas


Quixadá. Um intenso tiroteio por volta das 16h desta quinta-feira (7), neste Município, terminou com duas pessoas mortas e outras três feridas, entre elas um policial militar que era recém-chegado na cidade. O fato ocorreu na Avenida Presidente Kennedy, no bairro Campo Novo. As vítimas foram levadas ao Hospital Dr. Eudásio Barroso que confirmou as mortes. A razão do crime não foi revelada. 

De acordo com as informações da Polícia, um homem identificado como Francisco Tauroni foi vítima de tentativa de homicídio. Ele foi abordado por Francisco Paulo do Nascimento Filho, 20 anos, e um adolescente de 15, que se aproximaram da vítima a pé quando voltava do trabalho para casa. Um deles estava armado e passou a atirar. 

Ainda conforme as informações da Polícia, uma viatura que fazia diligências pelo bairro passava pelo local no momento da ocorrência. A equipe tentou abordar a dupla que revidou contra a corporação. Houve troca de tiros e Francisco Paulo e o adolescente foram baleados. A dupla foi socorrida ao Hospital mas, de acordo com a direção da unidade, os acusados morreram antes de dar entrada ao local. O maior já tinha passagens pela Polícia e era ex-presidiário. 

No confronto, o tenente Marcos Paulo foi atingido no braço. Ele também foi socorrido ao hospital e em seguida transferido por um helicóptero da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer) para o Instituto Dr. José Frota (IJF), na Capital. O estado de saúde dele é estável. De acordo com o tenente coronel Edinardo Calixto, do 9º Batalhão da Polícia Militar (BPM) de Quixadá, o tenente estava em seu segundo dia de serviço na corporação. 

A vítima da tentativa de homicídio também foi levada para o IJF. Uma mulher de 42 que chegava passava pelo local no momento do fato, foi atingida de raspão. A Polícia trabalha para tentar descobrir o que teria motivado a tentativa de homicídio. 

O tiroteio da tarde desta tarde em que o tenente Marcos Paulo sai ferido ocorre uma semana após um confronto entre bandidos fortemente armados de fuzil e policiais militares, no distrito de Juatama, onde três deles foram mortos.

Juiz decide pela volta dos vereadores Marcos Estácio e Paixão de Flores


O Juiz Abraão Tiago Costa e Melo acolheu o pedido de reconsideração de decisão judicial que afastou os vereadores Marcos Ferreira Estácio e Aécio Mendes(Paixão de Flores) da Câmara Municipal de Russas.

A decisão saiu nesta quarta-feira(06), e já foi encaminhada para o seu imediato cumprimento pelo poder legislativo russano. 


TV Russas

Jovem tem imagem associada a vídeo pornográfico e busca a polícia


Um vídeo publicado em uma rede social tem causado transtornos para uma jovem de Fortaleza. A foto é de uma mulher nua, identificada de forma equivocada como sendo a representante comercial Michele Loureiro, de 27 anos. Na postagem, a mulher é apresentada como garota de programa.

“Dá para ver que não sou eu nesse vídeo. Até porque a mulher tem uma tatuagem na perna, um sinal no peito e um corpo bem diferente do meu. Quem me conhece sabe que não sou eu”, relata.

Ela conta que viu o vídeo nas redes sociais há uma semana, desde então tem vivido dias de aborrecimento e passado por situações constrangedoras. “Muitas pessoas perguntando quanto era o programa, como fazer para marcar. Estou sendo prejudicada pois não consigo trabalhar.”

Eveline Teixeira, advogada da jovem, afirma que a cliente não tem relação com o vídeo. “Associar essas imagens pornográficas a uma pessoa e ainda dizer que ela é uma garota de programa é uma mancha sem tamanho na honra e na imagem dela”, defende.


O delegado Wilder Brito, que investiga o caso, ouviu o principal suspeito. “Ele nega que tenha criado o vídeo. No entanto, ele admite que repassou no grupo dele e admite também que fez alguns comentários.  Nós vamos ver se, além de um Termo Circunstancial de Ocorrência (TCO), possamos gerar um inquérito policial”, afirma o delegado.

G1/CE

Foragido da Justiça de Pernambuco é localizado no Ceará


Policiais militares do Estado do Ceará, lotados no Comando de Policiamento Comunitário (CPCom), prenderam um homem foragido da Justiça de Pernambuco, na zona rural do município de Catarina, Região Centro-Sul do Ceará, nesta terça-feira (5).

De acordo com a polícia, Mirivan Mariano Bezerra de 51 anos, mais conhecido por “Guaxinim”, é fugitivo da Penitenciária Professor Barreto de Campelo, na Ilha de Itamaracá em Pernambuco, e acusado da prática de vários crimes. No momento da prisão, Mirivan não portava documentos e deu um nome errado aos policiais. Após averiguação, a polícia descobriu a identidade verdadeira do suspeito. Ele estava escondido na Fazenda Kuandus, zona rural do município de Catarina.

Roubos e sequestros


Mirivan é foragido do estado vizinho, onde cumpria pena por vários crimes. Em conversa com os policiais, ele assumiu que já participou de quatro sequestros e quatro roubos a mão armada em estabelecimentos comerciais e a uma agência bancária da cidade de Camaragibe. Guaxinim foi encaminhado à Delegacia Regional de Tauá, de onde será transferido de volta para Pernambuco.

G1/CE

Comerciante é preso suspeito de vender armas para bandidos no Cariri


A Polícia Civil deflagrou a segunda fase da Operação Medellín, que combate a venda de armas e munições na Região do Cariri, e cumpriu dois mandados de prisão preventiva no início da manhã desta quinta-feira (7). Um dos presos é um comerciante de Juazeiro do Norte suspeito de vender armas e munição para pessoas não licenciadas. Segundo as investigações, esse material era comprado por criminosos, principalmente traficantes, e abastecia o crime organizado na região. As vendas aconteciam até por telefone.

Segundo a polícia, além dos mandados de prisão, foram cumpridos 20 mandados de busca e apreensão, cinco de condução coercitiva e um mandado de suspensão da atividade econômica na loja do comerciante de Juazeiro por 30 dias. 

De acordo com o delegado Giuliano Sena, da Delegacia Regional do Crato e responsável pela operação, a loja era a única autorizada pelo Exército na cidade a vender armas e munição, conforme a lei, mas comercializava produtos para qualquer pessoa. 

"Temos diálogos interceptados com bandidos, prendemos pessoas que compraram essas armas e temos ainda provas até de homicídio que aconteceu com essa munição", descreveu o delegado.

A operação, que acontece em sete municípios, teve apoio do Batalhão da Polícia Militar.

Operação Medellin do Cariri

​A operação foi realizada pela primeira vez no dia 7 de janeiro e contou com 130 policiais civis entres delegados, escrivães e inspetores, com o apoio de um helicóptero da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer) e de 40 viaturas. No total, quarenta e três pessoas foram capturadas e 112 mandados de prisão, busca e apreensão foram cumpridos.


Atualmente, há 47 pessoas presas em cumprimento aos mandados de prisão referentes à operação.  O nome da operação "Medellín", é uma alusão ao Cartel de Medellín, uma rede de traficantes de drogas na Colômbia.

Diário do Nordeste

Cearense acusado de sequestro é recapturado no RN


Um cearense condenado por sequestro e assalto, fugitivo da Penitenciária de Segurança Máxima de Alcaçuz, foi recapturado na manhã da última terça-feira (5), pela Polícia do Rio Grande do Norte. José Wilson Trajano de Freitas é de Tabuleiro do Norte (a 211Km de Fortaleza) e teria envolvimento com roubos a bancos e a carros-fortes, assassinatos, sequestros e homicídios, segundo a Polícia cearense.

Wilson Trajano escapou da Penitenciária de Alcaçuz, que fica na cidade potiguar de Nísia Floresta, junto com outros 32 detentos, na noite do último dia 8 de junho. Os internos estavam no Pavilhão 2 da unidade e fugiram por um buraco escavado no piso da quadra. Eles se arrastaram até a muralha, entre as guaritas 2 e 3, e saíram por outro buraco. As guaritas estavam desativadas, segundo afirmou a Administração Penitenciária do Estado, na época da fuga.

Alguns detentos foram recapturados em seguida, mas Trajano conseguiu ir para outra cidade. Ele foi flagrado pelo Núcleo de Operações Rodoviárias Estadual (Nore), em um carro roubado, na última terça-feira. Para tentar escapar da abordagem apresentou documentos falsos em nome de Radamés Gomes. O veículo, um Volkswagen, modelo Gol, teria sido roubado de um policial militar, no Conjunto Meira Lima, em Caguaretama.

Os dois criminosos que estavam na companhia de Wilson Trajano conseguiram fugir, após entrarem em um canavial. O sequestrador cearense foi levado à Delegacia local, para ser ouvido e autuado pelo roubo. Os policias descobriram que os documentos dele eram falsos. Depois de ser devidamente identificado, Trajano foi conduzido à Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor).

Condenado

Wilson Trajano já é conhecido da Polícia cearense por diversos crimes graves. A pena que ele cumpria no Rio Grande do Norte era pelo sequestro do empresário Fábio Porcino, arrebatado de uma concessionária de veículos do pai dele, em Mossoró, no 10 de junho de 2013.

Após o fim do sequestro, o criminoso fugiu, mas foi capturado, ainda em junho de 2013, no Estado do Amapá. No ano de 2014, o bando que sequestrou o empresário foi julgado, no Estado do Rio Grande do Norte. Além de Trajano, outras três pessoas foram condenadas por participarem do caso.

No entanto, o cearense foi considerado o 'cabeça' da organização criminosa e acabou sendo condenado a 16 anos de prisão, em regime fechado.

Perigoso

O delegado Francisco Carlos de Araújo Crisóstomo, diretor do Departamento de Inteligência da Polícia Civil do Ceará (DIP), disse que Wilson Trajano é um dos criminosos mais perigosos do Estado. "Ele comandava uma quadrilha grande. Ordenou várias mortes, inclusive de um homem que foi o 'braço direito' dele em diversas ações. Esta morte desencadeou uma briga entre duas famílias que já fez várias vítimas. Ele é, sem dúvida, um dos homens mais perigosos que já agiu no Ceará", afirmou.

Segundo o delegado, as acusações que pesam contra o cearense são sérias, diante da gravidade dos crimes. "Ele se consolidou no crime assaltando bancos e carros-fortes. Depois disso passou a matar seus rivais ou qualquer pessoa que tentasse interferir em suas ações. Por fim, começou a negociar drogas e mantinha um esquema de tráfico".

Conforme Francisco Carlos Crisóstomo, o criminoso estava ordenando que sua quadrilha arrecadasse dinheiro para ele fugir. "O plano dele era sair da cadeia e ir para longe. A quadrilha estava praticando extorsões e já tinha conseguido muito dinheiro com isso. São homens muito perigosos também, um deles conhecido como 'Pé-de-Pano', morreu no ano passado, depois de enfrentar a Polícia Militar e provocar um confronto armado", declarou.

Diário do Nordeste

PF apura esquema bilionário de lavagem de dinheiro


A Polícia Federal deflagrou, nesta quinta-feira (7), a 32ª fase da Operação Lava Jato. De acordo com informações do portal G1, a ação, batizada de "Caça-Fantasmas", apura esquema bilionário de lavagem de dinheiro. Desde o início da manhã cerca de 60 agentes federais estão em campo cumprindo mandados em São Paulo, Santos e São Bernardo do Campo.  Ao todo, foram expedidos 17 ordens judiciais, sendo sete conduções coercitivas (quando a pessoa é levada para prestar depoimento) e 10 mandados de busca e apreensão.

Segundo a PF, a nova etapa investiga instituição financeira do Panamá que estaria atuando no Brasil, sem autorização do Banco Central com o objetivo de abrir e movimentar contas em território nacional com o objetivo de viabilizar o fluxo de valores de origem duvidosa para o exterior.  Um dos alvos da força-tarefa é Edson Paulo Fanton, representante da instituição financeira panamenha. Ele está sendo ouvido em Santos.

Conforme a PF, a linha de investigação aponta que o banco, ao funcionar como uma agência de private banking no Brasil, tinha como produto, também, a comercialização de empresas offshore, as quais eram registradas pela Mossak Fonseca, empresa que já foi alvo da 22ª etapa.

 "Os serviços disponibilizados pela instituição financeira investigada e pelo escritório Mossack Fonseca foram utilizados, dentre diversos outros clientes do mercado financeiro de dinheiro 'sujo', por pessoas e empresas ligadas a investigados na Operação Lava Jato, sendo possível concluir que recursos retirados ilicitamente da Petrobras possam ter transitado pela instituição financeira investigada", afirma a PF em nota.

"Caça-Fantasmas"

A operação "Caça-Fantasmas" é um desdobramento da 22ª fase, batizada de "Triplo X", e investiga crimes contra o sistema financeiro nacional, lavagem de ativos e organização criminosa transnacional.

O nome é uma referência utilizada para a identificação remete, dentre outros aspectos, a um dos objetivos principais da investigação - que foca na apuração de verdadeira extensão obscura da instituição bancária no Brasil, bem como a vasta clientela que utiliza de seus serviços e do escritório Mossack Fonseca para operações financeiras com características de ilicitude e de forma oculta.

Os investigados estão sendo levados às sedes da Polícia Federal nas respectivas cidades onde foram localizados a fim de prestarem os esclarecimentos necessários. Como se tratam de situações de conduções coercitivas, os investigados serão liberados após serem ouvidos no interesse da apuração em curso.

Diário do Nordeste

Ex-goleiro e empresário são presos, no Estado, por fraude em jogos de futebol


Uma operação da Polícia Civil, deflagrada ontem cumpriu 10 mandados de prisão temporária em três estados, incluindo o Ceará. Ação investiga fraudes em partidas de futebol no Brasil. Entre os detidos, está um empresário da cidade de Maracanaú, apontado como um dos aliciadores da quadrilha.

O objetivo da operação, intitulada "Game Over", é desarticular um grupo criminoso que combinava resultados de partidas do Campeonato Cearense e do Campeonato Paulista das Séries A2, A3 e B, além de divisões menores do norte do País. A Polícia investiga a atuação do grupo também nas primeiras divisões de campeonatos estaduais.

A quadrilha aliciava treinadores e atletas para manipular resultados, além de combinar detalhes como quem faria os gols e em qual tempo de jogo.

A investigação de cinco anos apurou que as ações serviam para beneficiar apostadores asiáticos, que faziam apostas pela internet. A propina para pagar os brasileiros vinha de bolsas de apostas da China, Indonésia e Malásia. O esquema era chefiado por um agenciador carioca e um ex-jogador de futebol que atuou na Indonésia.

Entre os presos, está o ex-goleiro do Icasa, Carlos Henrique Franco Luna, 33 anos, atualmente sem clube. Ao ser detido em sua casa, no Jardim Nazareth, em São Paulo, Luna disse que sempre foi honesto e não tinha nada a ver com o esquema. A polícia não informou qual seria o papel do ex-goleiro na fraude.

O nome de Luna foi o único divulgado pela Polícia. Segundo a delegada que comanda as investigações, Kelly Cristina de Andrade, nomes de atletas, dirigentes e possíveis clubes envolvidos correm em segredo de justiça.

Campeonatos sob suspeita

Ainda segundo a delegada, outros campeonatos podem fazer parte da manipulação da quadrilha internacional. "Até agora apuramos a série A2, A3 e os campeonatos do Norte e Nordeste. As primeiras divisões de outros campeonatos estaduais ainda estamos apurando para pontuar, em uma segunda fase, quais são. E vamos apurar a existência de outros", afirmou ela.

Os aliciadores apelavam para diferentes maneiras de abordagem. Contatos pessoais, telefônicos e até mensagens pelo WhatsApp eram feitos com técnicos, jogadores e até dirigentes. E as ofertas para que o resultado de uma partida seja manipulado eram "generosas".

Em março, o presidente do América/SP, José Carlos Pereira Neto, afirmou ao jornal "O Estado de S. Paulo" que recebeu uma proposta de R$ 160 mil para que seu time perdesse uma partida para o VOCEM, de Assis (SP), pelo Campeonato Paulista da Segunda Divisão. As investigações seguem com os depoimentos dos acusados presos ontem.

Fique por dentro

Máfia do apito

O futebol brasileiro passou por algo semelhante em 2005. O escândalo, apelidado de Máfia do Apito, comprometeu resultados da Série A do Campeonato Brasileiro daquele ano. Árbitros foram acusados de manipular resultados de partidas para ajudar apostadores a lucrarem com os placares encomendados

Remarcadas

No escândalo, o juiz Edílson Pereira de Carvalho, árbitro FIFA, foi preso. Várias partidas do Campeonato Brasileiro da Série A que já tinham sido disputadas foram canceladas e realizadas novamente

Diário do Nordeste

20 celulares são apreendidos em vistoria feita na cadeia pública de Aracati


Na tarde desta quarta-feira (06), após uma vistoria realizada na cadeia pública de Aracati, os policiais militares encontraram e apreenderam 20 aparelhos celulares, 07 carregadores para celular, 18 baterias para celular, 07 colheres de metal, 01 martelo artesanal, 05 cachimbos para uso de crack, 03 dispositivos pendrive e 07 chips para celular.

Com Informações do 1ºBPM

Acessórios de motos FAN 125 e TITAN 150 são encontrados abandonados em matagal na cidade de Russas


Nesta quarta-feira, dia 06, por volta das 10h30min, ligação anônima para o 190, informava que no Sítio Malhadinha, zona rural de Russas-CE, em um barreiro entre o matagal haviam vários acessórios de motocicleta. Os PM's se deslocaram até o local informado, e constataram a veracidade da denúncia, levando o material encontrado para a DRPC local, e apresentado a autoridade Policial: dois tanques pretos, o primeiro de uma Titan 150 e o segundo de uma Fan 125; um descanso central, um farol, duas tampas laterais, um kit para-lama traseiro com rabeta e lanterna Titan 150, quatro piscas da Titan 150, kit instalação elétrica e duas carenagens traseiras. 

Com Informações do 1ºBPM

Polícia Militar cumpre mandado de prisão em Russas


Nesta quarta-feira, dia 06, por volta das 18h00min, na Rua Monsenhor João Luís, próximo a Delegacia de Policia Civil, os PM's cumpriram o Mandado de prisão Preventiva em desfavor de DANIEL LOUREIRO DOS SANTOS, 20 anos, natural de Russas-CE, por infração nos Art 157, § 2º, I e II e Art 70 CP, Art 244-B c/c Art 69 CP, expedido pela Juíza de Direito, Gerana Celly Dantas da Cunha Veríssimo, da 2ª Vara da Comarca de Limoeiro do Norte-CE, o mesmo foi conduzido para a Cadeia Pública de Limoeiro do Norte-CE.

Com Informações do 1ºBPM

  • Art. 157 - Subtrair coisa móvel alheia, para si ou para outrem, mediante grave ameaça ou violência a pessoa, ou depois de havê-la, por qualquer meio, reduzido à impossibilidade de resistência:

§ 2º - A pena aumenta-se de um terço até metade:
I - se a violência ou ameaça é exercida com emprego de arma;

II - se há o concurso de duas ou mais pessoas;

  • Art. 70 - Quando o agente, mediante uma só ação ou omissão, pratica dois ou mais crimes, idênticos ou não, aplica-se-lhe a mais grave das penas cabíveis ou, se iguais, somente uma delas, mas aumentada, em qualquer caso, de um sexto até metade. As penas aplicam-se, entretanto, cumulativamente, se a ação ou omissão é dolosa e os crimes concorrentes resultam de desígnios autônomos, consoante o disposto no artigo anterior.(Redação dada pela Lei nº 7.209, de 11.7.1984)

Parágrafo único - Não poderá a pena exceder a que seria cabível pela regra do art. 69 deste Código. (Redação dada pela Lei nº 7.209, de 11.7.1984)

Crime continuado

  • Art. 244-B - Corromper ou facilitar a corrupção de menor de 18 (dezoito) anos, com ele praticando infração penal ou induzindo-o a praticá-la: (Incluído pela Lei nº 12.015, de 2009)

Pena - reclusão, de 1 (um) a 4 (quatro) anos. (Incluído pela Lei nº 12.015, de 2009)
§ 1º - Incorre nas penas previstas no caput deste artigo quem pratica as condutas ali tipificadas utilizando-se de quaisquer meios eletrônicos, inclusive salas de bate-papo da internet. (Incluído pela Lei nº 12.015, de 2009)

§ 2º - As penas previstas no caput deste artigo são aumentadas de um terço no caso de a infração cometida ou induzida estar incluída no rol do art. 1o da Lei no 8.072, de 25 de julho de 1990. (Incluído pela Lei nº 12.015, de 2009)

  • Art. 69 - Quando o agente, mediante mais de uma ação ou omissão, pratica dois ou mais crimes, idênticos ou não, aplicam-se cumulativamente as penas privativas de liberdade em que haja incorrido. No caso de aplicação cumulativa de penas de reclusão e de detenção, executa-se primeiro aquela.

§ 1º - Na hipótese deste artigo, quando ao agente tiver sido aplicada pena privativa de liberdade, não suspensa, por um dos crimes, para os demais será incabível a substituição de que trata o art. 44 deste Código.

§ 2º - Quando forem aplicadas penas restritivas de direitos, o condenado cumprirá simultaneamente as que forem compatíveis entre si e sucessivamente as demais.

Moto BROS com queixa de roubo é encontrada abandonada em meio a carnaubal na cidade de Russas


Nesta quarta-feira, dia 06, por volta das 17h00min, os PM's se encontravam fazendo rondas em um carnaubal entre a Timbaúba e Macambira, zona rural de Russas-CE, e localizaram abandonada a motocicleta HONDA/NXR150 BROS ES, cor preta, ano 2010/2011, placa NUW 0656, com queixa de Roubo/Furto, logo os PM conduziram para a DRPC local, para que sejam tomadas as medidas cabíveis.

Com Informações do 1ºBPM

Três assaltos são registrados nesta quarta-feira (06) na cidade de Russas


Nesta quarta-feira, dia 06, por volta das 12h30min, na Trav. Carlos Pontes, Russas-CE, foi vítima de roubo uma mulher de 45 anos, quando saia de sua residência, foi surpreendida por um indivíduo moreno e magro, que trafegava em uma bicicleta, trajando short escuro e blusa vermelha, e com sugesta de estar armado subtraiu um aparelho de celular J5 e um Samsung, e logo após fugiu tomando rumo ignorado.

Ainda nesta quarta-feira, dia 06, por volta das 13h50min, na Av. Dom Lino, mais precisamente na Talimpo (Produtos de Limpeza), centro de Russas-CE, foi vítima de roubo uma mulher de 25 anos, quando foi surpreendido por um indivíduo trajando blusa vermelha e de bigode, com uma faca na mão redeu a vítima e subtraiu um aparelho Iphone 5S e uma quantia aproximada de R$ 12,00 (cento e vinte reais), que logo após fugiu tomando rumo ignorado. 

Já por volta das 18h30min desta quarta-feira, dia 06, na Rua Dr. José Hélio de Oliveira, bairro Catumbela, Russas-CE, foi vítima de roubo uma mulher de 24 anos, quando foi surpreendida por dois indivíduos que trafegavam em uma motocicleta FAN 150 de cor preta, que subtraíram um aparelho Smart Phone Moto G3, e logo após fugiram tomando rumo ignorado.

Os PM's atenderam as ocorrências e se encontram em diligências.

Com Informações do 1ºBPM