-->

10 de abril de 2018

Amigos de Temer arrecadavam propina para 'quadrilhão do MDB', aponta denúncia

A denúncia se baseia em diversas delações premiadas, que apontaram Lima e Yunes como operadores de subornos para o presidente
   O corretor Lúcio Funaro, em sua delação, disse que o ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha"mandou um de seus auxiliares "entregar propina a Temer por meio de Yunes" ( Foto: Folhapress )

Em denúncia apresentada à Justiça Federal, a Procuradoria da República em Brasília acusa o coronel João Baptista Lima Filho e o advogado José Yunes, amigos de Michel Temer, de atuar como arrecadadores de propinas para o presidente.

A acusação de organização criminosa contra os dois e mais sete aliados de Temer foi aceita nesta segunda (9) pela 12ª Vara do Distrito Federal, que abriu ação penal contra os envolvidos no chamado "quadrilhão do MDB".

A denúncia se baseia em diversas delações premiadas, que apontaram Lima e Yunes como operadores de subornos para o presidente.

Conforme os procuradores, Yunes foi o responsável, em mais de uma ocasião, por receber recursos ilícitos e repassar para integrantes do partido. Um dos episódios citados foi a entrega ao advogado, pela Odebrecht, de um pacote com pagamentos acertados numa reunião prévia, no Palácio do Jaburu, com o próprio Temer. Os recursos seriam destinados ao financiamento de campanhas em 2014.

Em depoimento, Yunes admitiu ter recebido um "pacote" em seu escritório, em São Paulo, mas que desconhecia o conteúdo, a origem e a destinação do objeto, que repassado ao corretor Lúcio Bolonha Funaro.

O próprio Funaro, em sua delação, confirmou a operação. Além disso, declarou ter conhecimento de que o ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (MDB-RJ), também denunciado no "quadrilhão", mandou um de seus auxiliares "entregar propina a Temer por meio de Yunes".

A denúncia também cita conversa entre o empresário Joesley Batista e o ex-deputado Rodrigo Rocha Loures (MDB-PR), no qual o dono da JBS diz que Yunes teria atuado como intermediário de propina paga pela empresa.

Para o MPF, "na condição de advogado de reputação aparentemente ilibada, acima de qualquer suspeita", Yunes tinha importância no grupo criminoso supostamente chefiado por Temer como "recebedor e distribuidor de propina". Caberia a ele ocultar a origem dos recursos ilícitos e dificultar seu rastreamento, além de possibilitar a divisão dos valores para os demais membros da organização.

A Procuradoria afirma que o coronel Lima se agregou ao núcleo financeiro da organização, com o objetivo de auxiliar no desvio de recursos de órgãos como a Petrobras, a Caixa Econômica Federal, os ministérios da Integração e da Agricultura, entre outros.

"Seu papel na organização criminosa era o de auxiliar os demais integrantes do núcleo político, em especial seu líder, Michel Temer", diz trecho da acusação.

Os investigadores citam depoimentos de colaboradores da JBS, segundo os quais Lima teria recebido R$ 1 milhão da J&F Investimentos, holding que controla a empresa, a pedido de Temer.

A denúncia mencionam ainda que, na sede da Argeplan, empresa do coronel, foram encontrados documentos que registram contabilidade de campanhas de Temer.

"Tais elementos indicam que Lima faz a gestão do recebimento de recursos e doações para Temer há décadas, e corroboram tudo o quanto exposto acerca das condutas mais recentes do coronel no âmbito da organização".

As defesas de Yunes e Lima informaram que vão se pronunciar após tomar conhecimento integral da denúncia. Temer e seus dois amigos negam envolvimento nos ilícitos apontados.

Red; DN

Polícia prende empresários suspeitos de receptação de carga avaliada em R$ 220 mil

Café, ração e vários produtos eletrônicos estão entre o material apreendido pela polícia

Um trabalho conjunto das Polícias Civil e Militar culminou na recuperação de cargas roubadas e também nas prisões de três suspeitos, entre eles, dois empresários que são investigados por receptarem o carregamento.

De acordo com informações da Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos e Cargas (DRFVC), divulgadas nesta terça-feira (10), três caminhões e uma kombi foram apreendidos; os veículos foram encontrados no Parque Potira, em Caucaia. Segundo a polícia, a carga apreendida foi avaliada em R$ 220 mil.

Manoel Nelson Rabelo Júnior, José Elmas de Queiroz e Francisco Wellington Alcântara devem responder por receptação qualificada. A polícia chegou aos suspeitos após denúncia anônima.

Com Francisco Wellington Alcântara Pereira, foi encontrada parte de uma carga de café. Ele já atuava na mesma linha de crime desde 2005 e era responsável pela logística das ações. Além das cargas de café, ração e vários produtos eletrônicos estão entre o material apreendido pela polícia.
 preso  
Com Francisco Wellington Alcântara Pereira, foi encontrada parte de uma carga de café. Ele já atuava na mesma linha de crime desde 2005 ( Divulgação )

Red; DN


Camilo e 9 governadores assinam carta para Lula: "não podemos abraçá-lo pessoalmente"


Estivemos aqui e sempre estaremos", diz trecho da carta assinada pelos políticos em Curitiba, nesta terça
   O governador do Ceará, Camilo Santana (PT), e outros nove governantes dos estados do Norte e Nordeste foram até Curitiba (PR) para tentar visitar, na tarde desta terça-feira (10), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso desde o último sábado (7) na Superintendência da Polícia Federal (PF).

Sem sucesso, com a assinatura de todos os políticos - e acompanhados da presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, entregaram carta à Polícia Federal endereçada a Lula. "Estivemos aqui e sempre estaremos. Ao seu lado, firmes na luta (...). Infelizmente a Lei de Execução Penal não foi cumprida adequadamente e não podemos abraçá-lo pessoalmente. Mas, por nosso intermédio, milhões de brasileiros e brasileiras estão solidários", traz o trecho. 

Agenda de Camilo segue confirmada

Após a tentativa de visitar o ex-presidente, Camilo retorna ao Ceará ainda na noite desta terça. Segundo ele, a agenda para o restante da semana será mantida. "Na quinta-feira, vamos anunciar novas areninhas em Fortaleza, juntamente com o prefeito Roberto Cláudio, e inaugurar uma escola em Tabuleiro do Norte. Na sexta, inauguraremos o Raio em Cascavel", avisa.

FOTO
Conteúdo da carta na íntegr

foto

PF investiga grupo cearense por suposto esquema de propinas; Eunício é ligado a alvos

Um grupo empresarial cearense é investigado pela Polícia Federal (PF) por suposto esquema de pagamento de propinas a políticos. Nesta terça-feira, 10, a PF deflagrou a Operação Tira-Teima para o cumprimento de oito mandados de busca e apreensão expedidos pelo ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), em São Paulo, Goiânia e Fortaleza.
 Eunício Oliveira
De acordo com a Agência Estado, os alvos seriam ligados ao senador Eunício Oliveira (MDB), presidente do Senado. Quarenta policiais federais cumprem os mandados de busca e apreensão nesta manhã. A operação é decorrente da delação do ex-diretor de Relações Institucionais da Hypermarcas, Nelson Mello.

Em nota, a PF diz que "a finalidade das medidas é buscar documentos e outros elementos de aprofundamento da investigação, considerando a notícia de doações de campanha abalizadas através de contratos fictícios". 

O POVO.com


MORO BARRA GOVERNADORES E SÓ LIBERA UMA VISITA POR SEMANA A LULA


Sergio Moro decidiu que o ex-presidente Lula poderá receber visitas apenas às quartas-feiras, com exceção dos seus advogados, enquanto estiver preso na Polícia Federal em Curitiba; “Além do recolhimento em Sala do Estado Maior, foi autorizado pelo juiz a disponibilização de um aparelho de televisão para o condenado”, disse Moro, que também não autorizou a visita que seria feita por governadores do Nordeste nesta terça-feira 10 ao ex-presidente; nada menos que dez governadores estão em Curitiba e não poderão visitar Lula 
Fonte; Brasil 247


Suspeitos de envolvimento em 80 assassinatos no Ceará são presos no Amazonas

MANAUS – Presos em Apuí (a 453 quilômetros de Manaus), José Nobre do Nascimento Filho, 38; Jovanny Rodrigues Pinheiro, 41; e Veridiano Rabelo Júnior, 31; são suspeitos de envolvimento em 80 homicídios no Ceará, disse o delegado Mateus Moreira, do Departamento de Polícia do Interior da Polícia Civil do Amazonas. O grupo é conhecido, segundo o delegado, por ‘Novos Cangaceiros’.

“O trio estava escondido desde 2017 naquele município, mas não há nenhuma denúncia de delitos praticados por eles no Amazonas. Os infratores estão entre os mais procurados pela polícia do Nordeste, por fazerem parte de organização criminosa. Esse bando está envolvido em homicídios, entre eles, ainda, em mais de 80 homicídios, dentre eles, de três policiais militares”, disse o delegado.

Mateus Moreira disse que mais de dez homens formavam a organização criminosa. Veridiano, conforme o delegado, é apontado como líder do bando que também roubava bancos, carros fortes e caixas eletrônicos. Também é suspeito do assassinato do sargento da Polícia Militar, Francisco Guanabara Filho, e dos soldados Antônio Joel de Oliveira Pinto e Antônio Lopes Miranda Filho, ocorridos no dia 30 de junho de 2016, em Quixadá (CE).

Jovanny, José e Veridiano foram indiciados por homicídio, sequestro, roubo e porte ilegal de arma de uso restrito. Os infratores serão transferidos para Fortaleza (CE).

Blog Erivando Lima


Cármen Lúcia assumirá a Presidência na próxima sexta (13) enquanto Temer viaja ao Peru

Atualmente, Cármen é a terceira na linha já que não há vice-presidente. Maia e Eunício não podem assumir o cargo por estarem concorrendo a cargos eletivos

A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lucia, vai assumir a Presidência da República na próxima sexta-feira (13), quando o presidente Michel Temer viaja ao Peru para participar da Cúpula das Américas, que será realizada em Lima nos dias 13 e 14. A previsão é que Temer retorne ao Brasil no sábado.

Atualmente, Cármen é a terceira na linha já que não há vice-presidente. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, e do Senado, Eunício Oliveira, seriam, respectivamente, os que assumiriam o cargo, mas por estarem concorrendo a cargos eletivos não podem assumir. Por conta da Lei de Inelegibilidade -Lei Complementar 64/90- nos seis meses anteriores ao pleito eleitoral eles não podem exercer um cargo do Executivo, se o fizerem, se tornam inelegíveis.

A previsão é que Maia e Eunício, no entanto, também façam viagens ao exterior na mesma época, para evitar contestações e problemas. Maia deve ir ao Panamá e, Eunício, ao Japão.

Na tarde desta segunda-feira (9), no Palácio do Planalto, o vice-líder do governo, deputado Darcisio Perondi, confirmou que Cármen será por dois dias presidente a partir da próxima sexta-feira. "Nós teremos na sexta-feira uma mulher presidente, a Carmen Lúcia. Viva as mulheres empoderadas", destacou.

Perondi reforçou a proibição da lei eleitoral e reiterou que Eunício tentará a reeleição pelo Senado, enquanto Maia vai disputar para tentar suceder Temer na Presidência.

Memória

Em setembro de 2014, o então presidente do STF, Ricardo Lewandowski, foi presidente da República por dois dias, quando a então presidente Dilma Rousseff foi para Nova York participar da Assembleia Geral das Nações Unidas. Na época vice de Dilma, Temer também viajou ao exterior. E os presidentes da Câmara, Henrique Eduardo Alves, e do Senado, Renan Calheiros, como estavam em campanha eleitoral não puderam assumir a cadeira da Presidência.

Blog Erivando Lima / Diário do Nordeste


ARACATI. CONDUÇÃO DE MENOR PARA FORTALEZA


Ontem dia 09/04/2018 por volta das 13 h, foi realizada a condução do menor, brasileiro, solteiro, 717 anos, residente e domiciliado na Rua Zacarias Soares,  natural de Aracati, para o Juízo da Infância e Juventude, da 3ª Vara da Comarca de Aracati e escolta realizada no veículo da prefeitura num Onix de placa: PNF-8905, Policiais da escolta, OBS: O menor foi acompanhado pelo conselheiro tutelar João Marcos. 

Blog Erivando Lima


JAGUARUANA - CE REBELIÃO NA CADEIA PUBLICA DE JAGUARUANA



Por volta de 09 h do dia 09 de Abril de 2018, a Policia Militar recebeu um chamado de urgência da Cadeia Pública de Jaguaruana informando sobre um  principio de rebelião entre os detentos. De imediato a CP-1541, se deslocou para a citada cadeia e verificou que detentos estavam quebrando as grades das celas, de imediato a composição pediu reforço ao C-12 (Russas), que foi acionado as composições do FTA, e Raio 012  a policia ficou sabendo que a discórdia na cadeia teve inicio entre os detentos Jadson Araújo Lopes e Lorena Cristina,  os outros detentos aproveitaram o momento de discórdia entre os dois e começaram a quebradeira na cadeia, onde eles tinha como objetivo executar dois detentos, sendo eles, Jesus Nazareno Oliveira e José Jeronimo de Sousa, os dois responde por estupro,  a policia foi obrigado a usar da força necessária para conter os detento , o Grupo de Apoio Penitenciário (GAPE) se fez presente na cadeia para ajudar no apoio, depois de tranquilizado pode-se avaliar o tamanho do prejuízo causado pelos detentos, as celas 05 e 06 tiveram suas grades arrancadas, lâmpadas queimadas, dentre outras, de imediato o Diretor da Cadeia Pública entrou em contato com o Sr. Dr. Juiz de direito da comarca de Jaguaruana, que foi solicitado e efetuado a transferências de alguns presos envolvidos na rebelião, sendo eles: Carlos Eugenio da Silva, Jadson Araújo Lopes, Francisco Luan da Silva, Francisco Thiago de Souza Silva, Aurelio Matheus do Nascimento, Henyo Carlos Costa de Freitas, Francisco Danilo Gabriel da Silva, Francisco Jardel Ribeiro, Jean dos Santos Maciel, Francisco Terlí Lima Silva, Gabriel Marins de Moura, Jeferson da Silva, Francisco Clebiano de Oliveira, Antônio Marcio da Silva, Francisco Gilvan Lima Silva, sendo um Total de 16 detentos. 

Blog Erivando Lima


Mulher sofria ameaças e tinha solicitado proteção



Carla Carrilho foi morta junto de Rafael Carlos Bispo. O atirador Marcos Roni, cometeu suicídio em seguida
   Carla Carrilho, 40 ; e Rafael Carlos Bispo, 31, eram namorados. Os dois foram mortos a tiros de revólver Rafael Carlos Bispo, 31, estava com Carla dentro do carro e morreu logo após ser atingido pelos disparos
O crime ocorrido na Avenida Alberto Craveiro começa a ter respostas. Enquanto a Polícia Civil não explicou a relação entre as três pessoas mortas, uma amiga de Carla Carrilho, 40, afirmou à reportagem que a corretora de seguros já havia sofrido ameaças de morte, tinha registrado um Boletim de Ocorrência (B.O.) e havia obtido na Justiça uma medida protetiva contra o ex-companheiro, Marcos Roni Albuquerque de Morais, 43.

Carla foi assassinada junto de Rafael Carlos Bispo, 31. O atirador, Marcos Roni, cometeu suicídio em seguida. Toda essa ação aconteceu durante um congestionamento de veículos na Avenida Alberto Craveiro e foi presenciada por dezenas de pessoas, na tarde do último domingo (8).

"A Carla já estava separada há algum tempo. O Rafael era namorado dela. O Marcos era ex-companheiro. Ela já tinha aberto B.O. Por ameaças", explicou a amiga da vítima, a vendedora Mariana Pinheiro.

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) confirmou que Carla Carrilho registrou um B.O. Na Delegacia de Defesa da Mulher (DDM), no dia 3 de fevereiro deste ano. "No documento, consta a solicitação de uma medida protetiva por parte da requisitante, contra seu ex-companheiro, identificado como Marcos Roni Albuquerque Morais. O pedido foi encaminhado ao Poder Judiciário", afirmou a SSPDS. Segundo o Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) a medida protetiva já havia sido concedida pelo Juizado de Violência Doméstica e Familiar.

Mariana contou que Marcos e a amiga dela Carla, eram nascidos em São Paulo, começaram a namorar quando ela tinha 16 anos de idade e a relação durou mais de duas décadas, evoluindo para uma união estável. Os dois trabalhavam como corretores de seguros em Fortaleza, onde viviam há cerca de sete anos.

No ano de 2016, a mulher decidiu se separar. A priori, ela terminou o relacionamento, mas continuou residindo no mesmo imóvel que ele. Porém, Marcos não aceitava o término do relacionamento, segundo Mariana Pinheiro.

Ainda de acordo com a amiga da vítima, a corretora de seguros estava namorando Rafael Bispo há poucos meses. "Ela era uma mulher muito batalhadora e queria reconstruir a vida dela. Estava muito alegre nesse novo momento", lembra a amiga. Carla e Marcos tiveram duas filhas, de 15 e 3 anos de idade. Mariana Pinheiro contou que estava previsto um velório para os amigos cearenses se despedirem de Carla, na Capital, ontem. Depois, o corpo seria levado para São Paulo, onde mora a família da vítima. Um familiar ficou de vir buscar as duas garotas que perderam mãe e pai.

Crime

Marcos Roni perseguiu o casal e se aproveitou do engarrafamento criado na Avenida Alberto Craveiro, no caminho para a final do Campeonato Cearense de Futebol, para sair do seu veículo - um Chevrolet Onix de cor prata - andar até o Chevrolet Prisma branco, que estava na frente, e desferir vários tiros contra Carla e Rafael Bispo.

Uma testemunha contou à reportagem que a mulher chegou a ser retirada do automóvel por pessoas que passavam pelo local, mas o assassino voltou e efetuou mais disparos contra ela. Em seguida, Marcos atirou contra a própria cabeça.

Ele chegou a ser socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levado ao Instituto Doutor José Frota (IJF), no Centro de Fortaleza, mas morreu horas depois. A Polícia Civil, desde o primeiro momento após as mortes, trabalha com a linha de investigação de crime passional. Um revólver calibre 38 (com capacidade para sete cápsulas) utilizado por Marcos foi apreendido pelos policiais, no local do crime.

Fique por dentro

Descumprir medida protetiva é crime

O descumprimento de medidas protetivas previstas na Lei Maria da Penha (Nº 11.340/2006) virou crime, conforme lei sancionada pelo presidente da República Michel Temer e publicada no Diário Oficial da União (DOU), no último dia 4 de abril.

A lei tipifica o crime de descumprimento de medidas protetivas e estabelece punição aos agressores, independentemente do caso estar ou não vinculado a inquérito policial ou processo penal. Quem desrespeita as medidas proferidas pela Justiça pode ser preso em flagrante, sem possibilidade de fiança para responder em liberdade, e ser condenado a pena de 3 meses a 2 anos.

Image-1-Artigo-2385398-1
Red; DN


Ferroviário anuncia a contratação do atacante Edson Cariús






Jogador de 29 anos foi vice-artilheiro do Campeonato Cearense com 9 gols marcados

Visando a disputa da Série D, o Ferroviário anunciou a contratação do atacante Edson Cariús, vice-artilheiro do Campeonato Cearense com 9 gols marcados ao defender as cores do Floresta, ao lado de Arthur, do Ceará. 
Com 29 anos de idade, Cariús chega para ser uma das principais referências da equipe do técnico Maurílio Silva. Recentemente, o Tubarão da Barra também anunciou a contratação do volante Leanderson, com passagens por Ceará e Uniclinic.

"Tudo é fruto do trabalho que a gente desenvolveu, graças a Deus um trabalho bem feito, as coisas aconteceram, feliz em poder estar vestindo a camisa do Ferroviário, uma equipe grande, uma torcida enorme, apaixonada, então espero corresponder as expectativas, fazer grandes jogos e dar alegria ao torcedor", disse Cariús.

O atacante também falou sobre as expectativas para o grande objetivo coral na sequência da temporada: o acesso à Série C do futebol brasileiro. "Temos esse grande desafio pela frente de conseguir o acesso para a Série C, já deu para perceber que é uma equipe muito boa, focar em muito trabalho para que possamos conseguir esse objetivo. Na Copa do Brasil infelizmente não vou poder ajudar a equipe pelo fato de já ter disputado pelo Floresta", encerrou.

Série D

O Ferroviário não disputa a Série D do Campeonato Brasileiro desde 2009, quando terminou no 15º lugar naquela ocasião. Na edição desse ano, a estreia do Tubarão acontecerá diante do Cordino/MA, dia 22 de abril, em território maranhense. 

Na primeira fase de grupos regionalizados, o Tubarão se encontra no Grupo A4, ao lado de Cordino/MA, Interporto/TO e 4 de Julho/PI. A equipe da Barra do Ceará garante acesso à Série C se chegar até as semifinais da competição. 
Edson Cariús
Red; DN