-->

4 de outubro de 2018

CORRIDA PRESIDENCIAL Bolsonaro lidera com 35%, seguido por Haddad com 22% e Ciro com 11%, aponta Datafolha


eleicoes

Pesquisa divulgada na noite desta quinta reforça as apostas em um 2º turno entre os candidatos do PSL e do PT

Pesquisa Datafolha sobre a corrida presidencial, divulgada na noite desta quinta-feira (4) pelo "Jornal Nacional", apontou Jair Bolsonaro (PSL) com 35% das intenções de voto, seguido por Fernando Haddad (PT) com 22%, Ciro Gomes (PDT) com 11%, Geraldo Alckmin (PSDB) com 8% e Marina Silva (Rede) com 4%.

Na sondagem anterior, divulgada na última terça-feira (2), o Datafolha mostrou Bolsonaro com 32%, Haddad com 21%, Ciro com 11%, Alckmin com 9% e Marina com 4%.

O Datafolha entrevistou 10.178 eleitores em 389 municípios. A margem de erro do levantamento é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. A pesquisa foi contratada pela Folha e TV Globo. Esta é a penúltima pesquisa presidencial do Datafolha antes das eleições do próximo domingo (7). A última está prevista para ser divulgada no sábado (6).
 arte

O instituto também divulgou as taxas de rejeição: o capitão reformado também lidera com 45%, depois vem Haddad com 40%, Marina com 28%, Alckmin com 24% e Ciro com 21%. Nas simulações de segundo turno, há cenário de empate técnico entre Haddad (43%) e Bolsonaro (44%). Apenas Ciro tem potencial para derrotar Bolsonaro por placar de 48% a 42%, segundo o Datafolha.

Considerando somente os votos válidos (sem incluir na amostra os votos brancos e nulos), Bolsonaro aparece com 39%, à frente de Haddd com 25%, Ciro com 13%, Alckmin com 9% e Marina com 4%. Esse indicador é importante para avaliar a chance de vitória ainda primeiro turno. O vencedor teria de atingir 50% dos votos válidos mais um.

Debate na Globo

Na noite desta quinta-feira, haverá o debate da TV Globo. Ciro e Haddad já se encontram no mesmo hotel no Rio de Janeiro, com suas equipes na Barra da Tijuca. Os dois passaram o dia em reuniões se preparando para o último embate entre os candidatos antes do primeiro turno.

Segundo assessores, Haddad fará um discurso mais firme do que o habitual no ataque a Bolsonaro, enquanto Ciro apostará na tese de que é o único capaz de vencer o capitão reformado em um eventual segundo turno. O debate da TV Globo começa após a novela das 21h.

Parte do staff do PSL também está instalada no mesmo hotel que Haddad e Ciro, localizado a poucos metros do condomínio onde mora o capitão reformado. Ele, porém, não irá ao debate por recomendação médica, após sofrer uma facada no início de setembro.

Red; DN

OCUPAÇÃO

GERENTE COMERCIAL
SUPERVISOR DE VENDAS
VENDEDOR PORTA A PORTA
VENDEDOR PORTA A PORTA

SINE/IDT de RUSSAS - Rua Cel. Araújo Lima, 1458A Centro.   Atendimento - 07:30 às 14:00 
Blog; Erivando Lima


Ao contrário de Lula, 184 presos votam no CE


Image-0-Artigo-2460665-1

Defesa do ex-presidente vai recorrer ao TSE do impedimento; entenda as regras sobre votação atrás das grades

Preso na sede da Polícia Federal em Curitiba (PR), Lula foi impedido, ontem, de votar na eleição deste ano. O Tribunal Regional Eleitoral do Paraná negou um pedido da defesa do petista. A decisão despertou a curiosidade sobre o direito dos encarcerados. No Ceará, devido à atuação de facções criminosas nos presídios, as urnas vão receber menos votos de quem está preso. Apenas 184 detentas do presídio feminino Auri Moura Costa, em Aquiraz, poderão votar no próximo domingo.

É que o Tribunal Regional Eleitoral vai instalar uma seção eleitoral na unidade prisional. A seção funcionará na parte administrativa da penitenciária. Com capacidade para abrigar 374 presas, o Auri Moura Costa, superlotado, abriga 989, segundo o Conselho Nacional de Justiça.

As outras unidades foram descartadas por causa da instabilidade no sistema prisional do estado. As facções criminosas podem colocar em risco a segurança dos servidores do TSE, além da possibilidade de ensejar fugas e/ou rebeliões.

Nas eleições de 2016, duas unidades prisionais do Ceará apresentaram condições de abrigar seções eleitorais para o voto de presos: a Penitenciária Industrial Regional do Cariri (PIRC), em Juazeiro do Norte, no Sul do Ceará, além do presídio feminino Auri Moura Costa.

Lula

No caso de Lula, a defesa do ex-presidente havia entrado com um recurso no tribunal, questionando uma decisão anterior que apontou "impossibilidade técnica intransponível" para a instalação de uma seção eleitoral na sede da Polícia Federal em Curitiba, onde o petista está detido. Normas do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) estabelecem o número mínimo de 20 eleitores para a instalação de uma urna, com o objetivo de preservar o sigilo do voto.

Em seu relatório, o juiz Jean Leeck reconheceu que Lula tem o direito de votar, que só é suspenso no caso de uma condenação criminal transitada em julgado (ou seja, quando transcorridos todos os recursos).

Mas, segundo ele, "embora o direito ao voto seja individual, a viabilização do seu exercício aos enclausurados é necessariamente coletiva". Por isso, dadas as regras do TSE, não haveria possibilidade da instalação de urna na sede da PF em Curitiba.

A decisão não descarta, porém, que Lula possa votar em sua zona eleitoral em São Bernardo do Campo (Grande São Paulo), com autorização da Justiça e acompanhamento policial, caso assim decidam os tribunais competentes -o TRE declinou competência, já que sua atuação se limita ao Paraná. A defesa do ex-presidente informou que pretende recorrer ao TSE.

Liberdade

Já os deputados Wadih Damous (PT-RJ), Paulo Teixeira (PT-SP) e Paulo Pimenta (PT-RS) apresentaram, ontem, ao Superior Tribunal de Justiça(STJ)um novo pedido de liberdade para Lula. Caso o pedido seja rejeitado, os deputados pedem ainda que Lula possa cumprir pena perto dos familiares, em São Paulo.

Em outra frente, os petistas protocolaram uma reclamação no STF para que o ex-presidente possa dar entrevistas.

Com informações das agências


LIMOEIRO DO NORTE-CE APREENSÃO DE FIOS DE COBRE


LIMOEIRO DO NORTE-CE APREENSÃO DE FIOS DE COBRE

Ontem dia 03/10/2018 (quarta-feira), por volta das 16 h 10 min, a viatura CP 1194, com os PMs, realizavam rondas habituais pelas margens do Rio Jaguaribe, o qual existe um acesso pelo Bairro Luiz Alves, quando avistam um movimento estranho, vindo os indivíduos se evadir deixando no local fios de cobre. Os indivíduos não foram apreendidos porém o material de aproximadamente 45 kg de fios de cobre foi apresentado na delegacia de Polícia Civil de Limoeiro do Norte, onde foi registrado boletim de ocorrência.


RUSSAS-CE PRISÃO POR AMEAÇA


RUSSAS-CE PRISÃO POR AMEAÇA

 Por volta das 18 horas após denuncia anônimas ao COPOM, informando  que havia três indivíduos suspeitos em um carro Santana de cor verde de placa HVU-3765, próximo ao Mutirão sentido PRF. a composição do FT conseguiu abordar este veículo em frente ao posto Chapadão onde residiam. Durante a busca um dos indivíduos se alterou e ameaçou um dos guerreiros do FT nesse momento foi necessário usar do uso moderado da força para conter. Foi solicitado apoio das outras equipes de serviço porque tinha vários parentes tentando intervir. A policia conduziu o individuo de nome FRANCISCO DA SILVA, natural de Limoeiro do Norte-CE, residente na rua Bernardo de C. Moura, em Limoeiro do norte-CE) por ameaça para DRPC para os procedimentos cabíveis. 


RUSSAS-CE VEÍCULO ROUBADO


RUSSAS-CE VEÍCULO ROUBADO

Por volta das 22 h 40 MIN, no sitio Pedro Ribeiro, zona rural de Russas-CE, foi vitima de roubo CARLOS  LIMA, solteiro, comerciante, natural de Russas-CE, residente Timbaúba de Nossa Senhora das Dores, Russas-CE, quando foi abordado por dois indivíduos armados numa moto de características não anotadas, que roubaram sua moto Honda CG 150 Fan de cor vermelha, ano 2012, de placa OIK-3753, e evadiram-se em direção à localidade de Sucurujuba. PM’s compareceram no local e passaram a diligenciar, contudo sem êxito.


Homem mata filha de 13 anos um dia após ter saído da cadeia acusado de estuprá-la




Homem mata filha de 13 anos um dia após ter saído da cadeia acusado de estuprá-la

Horácio Nazareno Lucas, 28 anos, está sendo procurado pela Polícia Civil suspeito de ter matado a filha de 13 anos a facadas na madrugada desta quarta-feira, 3. O homem estava preso por ter estuprado a menina e a cunhada dele e havia saído da cadeia um dia antes do crime, conforme as investigações. O caso aconteceu em São Roque, interior de São Paulo. As informações são do G1.

Policiais militares estavam indo atender uma denúncia de violência doméstica no bairro quando foram abordados por um menino de 6 anos pedindo socorro e falando que o pai dele tinha matado a irmã. Os PMs foram até a residência indicada pela criança e encontraram Letícia Tanzi Lucas inconsciente e ferida na sala de casa. Ela chegou a ser socorrida para a Santa Casa do Município, mas não resistiu aos ferimentos.

A garota morava com o irmão e a mãe. De acordo com Boletim de Ocorrência (B.O), Horácio teria ido à casa da ex-esposa para pedir que ela retirasse a denúncia de estupro contra ele. Percebendo que a mulher chamaria a polícia, o homem teria se exaltado, agredido a mulher com socos e tentado enforcá-la. 

A mulher conseguiu fugir para pedir ajuda e, neste intervalo, o agressor trancou o filho mais novo no quarto e assassinou a filha. Conforme o B.O, Horácio havia sido preso em junho deste ano. Maria Tanzi, tia de Letícia, afirmou em depoimento que a menina disse que o pai a estuprava desde o ano passado.

Redação O POVO Online  

PENDÊNCIAS Com registros indeferidos, 66 candidatos barrados pela Justiça podem alterar a eleição no Ceará


arte

Número corresponde a casos indeferidos com recurso que ainda aguardam julgamento pela Justiça Eleitoral

Ao fim do processo de registro de candidaturas para as eleições de 2018, coligações, partidos e candidatos apresentaram 915 pedidos ao Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE). A três dias do pleito, estão autorizados 780 nomes, enquanto 68 ainda estão pendentes. Destes, 66 estão em situação de indeferimento com recurso e terão o voto anulado nas urnas eletrônicas. O número de postulantes com votos inválidos, porém, chega a 133, quando são acrescentados 67 que desistiram ou foram barrados em definitivo.

O TRE-CE reconhece a aptidão de 848 concorrentes para votação no primeiro turno, no próximo domingo (7), levando em conta candidatos deferidos, deferidos com recurso, indeferidos com recurso e pendentes de julgamento. Neste último caso estão as candidatas Gisele Braga (MDB), que disputa o cargo de deputada federal, e Katia Moura (Podemos), que tenta vaga na Assembleia Legislativa.

Já os deferidos com recurso somam quatro. Eles foram julgados e autorizados pela Justiça Eleitoral, mas tiveram questionamento à candidatura apresentado após o processo. Carlos Macedo (PPL) para deputado federal, Preto Zezé (PCdoB) para estadual, Pastor Pedro Ribeiro (PSL) e Eduardo Girão (PROS), ambos para senador, estão nesta condição. Tanto os quadros pendentes quanto os com recurso depois do deferimento podem ser votados normalmente no dia 7 e participam da totalização.

Anulados

Segundo o sistema DivulgaCand, da Justiça Eleitoral, dos 67 concorrentes inaptos, 23 renunciaram ao pleito e 44 foram indeferidos por motivos diversos. O canal de estatísticas disponibiliza um levantamento dos motivos para indeferimento, mas leva em conta todos os números, incluindo os casos com recurso apresentado. Foram 104 processos por ausência de requisito de registro, seis pela Lei da Ficha Limpa, cinco por impugnação, dois por abuso de poder e dois pelo indeferimento de partido ou coligação.

Já os 66 candidatos que foram para as urnas com recurso, apesar da negativa da Justiça Eleitoral, precisam aguardar o término do processo para terem reconhecidos eventuais votos recebidos. "O deferido com recurso sai direitinho no relatório. Sobre os indeferidos com recurso, os votos são contados como nulos, só que o sistema armazena o quantitativo e o Tribunal fica aguardando o julgamento definitivo do recurso. Se for deferido, aqueles votos se convertem em votos válidos, e é feita uma retotalização", explica o coordenador de Processamento do TRE-CE, Felipe Morais, em referência à recontagem que pode ser feita com números posteriores.

"Um candidato a deputado estadual ou federal que teve quantidade expressiva de votos, na retotalização entra e muda o cálculo dos Quocientes Eleitoral (QE) e Partidário (QP), e pode eleger mais representantes", complementa Morais.

Recursos no TSE

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) foi demandado por 12 candidatos barrados na instância estadual. Entre eles estão o conselheiro em disponibilidade do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Domingos Filho (PSD), candidato a deputado estadual que, segundo a Justiça Eleitoral, está inelegível neste ano pelo "não afastamento completo das funções institucionais".

Ele continua com o processo, mesmo após anunciar desistência. Postura semelhante é adotada pelo candidato a deputado federal José Maria Macedo Junior, o Macedão (PP). Ele remeteu o processo ao TSE para reverter decisão contrária com base na Lei da Ficha Limpa, por abuso de poder político.

No TRE-CE tramitam oito processos, como o da candidata a deputada estadual Lia Gomes (PDT), irmã do candidato à Presidência da República, Ciro Gomes (PDT), e do candidato ao Senado, Cid Gomes (PDT). Em sessão na última segunda-feira, o órgão negou provimento a embargos de declaração, quando a defesa questionou o indeferimento por ausência à revisão biométrica. A inscrição eleitoral da candidata está cancelada. O prazo de três dias para apresentação de novo recurso se encerra hoje (4), segundo o TRE-CE.

Red; DN