-->

6 de outubro de 2015

Deputado passa mal no plenário da Assembleia Legislativa


O deputado estadual Professor Theodoro (Pros) passou mal, nesta manhã de terça-feira, no plenário 13 de Maio, da Assembleia Legislativa. Ele estava com o presidente da Assembleia Legislativa, Zezinho Albuquerque (Pros), tratando de um assunto próximo à bancada, quando desmaiou.

O parlamentar foi socorrido pela deputada estadual e médica Drª. Silvana e levado para o hospital. Ali, foi atendido, fez exames e, sem seguida, liberado.

Não é a primeira vez. Ano passado, mais precisamente no dia 27 de novembro, o Professor Theodoro (74) também chegou a passar mal. Teve uma queda de pressão. Ele é diabético e tem marcapasso.

O Povo Online

Tentativa de Homicídio à bala em Jaguaruana


Nesta Segunda, 05, por volta das 07h15min, na Tv. João Ângelo de Freitas, bairro Tabuleiro em Jaguaruana, foi vítima de Tentativa de Homicídio a bala, LUIZ CORREIA DA SILVA FILHO, 23 anos de idade, natural de Jaguaruana, residente na Rua Raimundo Lazaro Filho, bairro Tabuleiro, naquela urbe. 

Segundo informações colhidas da vítima, a mesma foi surpreendido em sua residência com quatro (04) disparos de arma de fogo, que não a lesionou, efetuados por menor de idade com iniciais F J R, 16 anos de idade, natural de Jaguaruana, residente também na Tv. João Ângelo Filho, bairro Tabuleiro. 

De posse das informações, a Polícia Militar, foi até o endereço do acusado, e chegando ao local a composição visualizou o menor, que empreendeu fuga em direção a mata, iniciando uma perseguição, momento em que o Revolver que ele portava caiu, sendo apreendido pela composição, tratava-se de um Revolver de marca ROSSI, Cal.38 de numeração A103687, com duas (02) munições intactas, porem o menor conseguiu se evadir, as diligencias continuam no intuito de prender o acusado, o revolver foi apresentado na DPC de Jaguaruana-CE bem como todas as informações do acusado para os procedimentos legais. 

Com Informações do 1ºBPM

Homicídio à bala em Jaguaribara


Domingo, 04, por volta das 19h00min, o policiamento do destacamento de Jaguaribara foi solicitado na Rua Jose Martins Gonçalves, bairro Centro-Jaguaribara, onde acabara de ocorrer um homicídio à bala. O policiamento se deslocou ao local indicado e constatou que a vítima se tratava de Francisco Gleudiston Barbosa de Sousa, natural de Fortaleza- CE, 23 anos de idade, residente na Rua Peixoto de Morais, bairro Mutirão-Jaguaribara. As testemunhas não repassaram informações sobre os suspeitos de praticar o homicídio. A vítima respondia por tráfico de drogas. O policiamento encontra-se em busca de mais informações.

Com Informações do 1ºBPM

Suicídio em Russas


Nesta Segunda, 05, por volta das 16h40min, na Rua Reinaldo Miguel Maciel, bairro Várzea Alegre, em Russas, cometeu Suicídio por enforcamento MARINILSON DA SILVA, 29 anos de idade, filho de João Batista da Silva e Lucia Alves de Lima, natural de Russas-CE, Solteiro, Servente de pedreiro, residente no endereço da ocorrência. A Polícia Militar foi ao local onde verificou o fato e tomou todos os procedimentos cabíveis.

Com Informações do 1ºBPM

Pesquisa indica que 50% dos brasileiros acham que 'bandido bom é bandido morto'

O uso da força por parte da polícia é apoiado pela metade da população. De acordo com pesquisa do Datafolha, encomendada pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP), 50% das pessoas concordam com a afirmação “bandido bom é bandido morto”. Conforme os dados, 45% dos entrevistados discordam dessa posição. Foram ouvidas 1,3 mil pessoas em 84 municípios com mais de 100 mil habitantes.

O apoio às ações policiais violentas cai entre os mais jovens. Entre 16 e 24 anos, 42% disseram concordar com a afirmativa e 53% opinaram contra. Entre 25 e 34 anos, os contrários e favoráveis alcançaram o mesmo percentual: 48%. O índice de apoio também é menor entre os que têm nível superior: 40% concordam e 57% discordam da posição.

Os pretos também foram maioria na manifestação contrária: 50% não apoiam a letalidade para combater criminosos e 44% admitem a violência. Entre os pardos, 48% manifestaram-se favoráveis à afirmação e 47% foram, contrários.

A faixa mais velha da população, com 60 anos ou mais, é a que tem mais aceitação da força letal. Segundo a pesquisa, 65% concordam com a morte de criminosos e 30%, não. Entre a parcela da população com apenas o ensino fundamental, 58% são favoráveis à letalidade e 36% contrários. Os entrevistados brancos também mostraram mais aceitação do uso da violência: 53% concordam e 41 discordam.

Os dados do 9º Anuário Brasileiro de Segurança Pública indicam que, em 2014, oito pessoas foram mortas diariamente por policiais, totalizando 3.022 casos. O número representa 37,2% das 2.203 mortes causadas pelas forças de segurança em 2013. O estado com maior número absoluto de mortes é São Paulo, com 965 vítimas da ação de policiais a serviço ou de folga.

No último dia 14, a Justiça Militar de São Paulo decretou a prisão temporária de seis policiais militares suspeitos de participar da execução de Fernando Henrique da Silva. Poucos dias antes, outros cinco PMs haviam sido presos por um crime correlato, o assassinato de Paulo Henrique de Oliveira. Ambos eram suspeitos de participar de roubo de moto.

Imagens feitas pelo celular de uma testemunha mostraram um policial jogando Fernando, algemado, do telhado de uma casa no Butantã, zona oeste da capital paulista. Imagens de câmeras de segurança registraram Paulo Henrique se entregando, inclusive levantando a camisa para mostrar que não estava armado.

Em seguida, ele é colocado contra um muro, fora do alcance da câmera, momento em que teria sido morto. O vídeo mostra um dos policias pegando uma arma na viatura para, de acordo com Ministério Público, forjar um confronto e justificar a morte do suspeito.

Em 2014, as mortes de policiais somaram 398 casos, sendo 317 fora de serviço. Em 2013, foram registradas 408 mortes de policiais civis e militares, 310 em horários de folga.

O Povo Online

Adolescentes são capturados após assaltar topique com escopeta


Dois adolescentes foram apreendidos na manhã desta segunda-feira, 5, com uma escopeta de fabricação caseira calibre 12, em Juazeiro do Norte, a 493, 4 km de Fortaleza.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), os dois são suspeitos de terem usado a arma em um assalto a transporte coletivo no bairro João Cabral, ainda durante a manhã.

A dupla, com idades de 16 e 17 anos, foi capturada em uma residência do mesmo bairro, após a Polícia Militar (PM) ser acionada pela Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops). Um deles chegou a reagir e ser baleado na ação, mas foi levado a uma unidade hospitalar e passa bem, informou a SSPDS.

A PM apreendeu com os dois, além da escopeta, três celulares e uma quantia de aproximadamente R$ 70. Os suspeitos foram encaminhados à Delegacia de Juazeiro do Norte.

O POVO Online

Suspeito de integrar quadrilha que ostentou armas em vídeo é preso

Um dos homens suspeitos de integrar a quadrilha que se exibiu em vídeo, dentro de um veículo, com armas de grosso calibre, foi preso na tarde desta segunda-feira, 5.

A prisão foi realizada pelo Serviço de Inteligência da Polícia Militar em parceria com o Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) do Batalhão de Choque.

O secretário adjunto da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), Lauro Prado, confirmou a captura e disse que uma coletiva deve ser realizada nesta terça-feira, 6, para dar mais detalhes do caso.

Com o suspeito (nome ainda não divulgado), foram apreendidos, além do veículo que aparece no vídeo, um colete da Polícia Civil do Rio Grande do Norte, cartuchos de calibres 762, 380 e 40, uma espingarda, além de maconha e cocaína.

O caso

Nas imagens que viralizaram no último dia 30 de setembro, o suspeito aparece com outros três homens, todos encapuzados, dentro de um carro, ouvindo funk e exibindo armas como fuzis e espingardas. Um deles chega a dizer "aqui é o crime, tá entendo irmão" e mandar um “salve para o irmão Rafael de Redenção”.

O titular da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), Raphael Villarinho, havia informado ao O POVO que a quadrilha já estava identificada e era responsável por roubos a bancos e assassinatos na região do Vale do Jaguaribe.
Confira o vídeo:


O Povo Online

Sem acordo salarial, bancários de todo o País entram em greve nesta terça-feira


Após cinco rodadas frustradas de negociações com os patrões, bancários de todo o País decidiram entrar em greve a partir desta terça-feira, 6, por tempo indeterminado, segundo comunicado publicado nesta segunda-feira, 5, pelo Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região. Entre as reivindicações, a categoria pede reajuste salarial de 16% (reposição da inflação mais aumento real de 5,6%), contra uma proposta dos bancos de 5,5%.

Os bancários também querem vale-refeição e vale-alimentação no valor de um salário mínimo (R$ 788), manutenção do emprego e melhores condições de trabalho, com o fim das metas que consideram abusivas. Diante do impasse, assembleias em todo o Brasil definiram greve por tempo indeterminado a partir de amanhã.

"Esperamos que os bancos retomem as negociações o mais rápido possível, com reajuste compatível com a riqueza do setor", disse Juvandia Moreira, presidente do Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região e uma das coordenadoras do Comando Nacional dos Bancários.

Durante o período de greve, os caixas de autoatendimento vão continuar funcionando para atender a população. O Comando Nacional dos Bancários também encaminhou às instituições financeiras o calendário até a deflagração da greve (por lei, a greve deve ser aprovada em assembleia dos trabalhadores e, após isso, comunicada ao empregador com antecedência de 72 horas).

ESTADÃO conteúdo