-->

29 de fevereiro de 2020

Policiais militares reduzem de 18 para 3 as reivindicações para encerrar greve

Após reunião no 18º Batalhão da Polícia Militar em Fortaleza, na tarde desta sexta-feira (28), os policiais militares amotinados reduziram a quantidade de reivindicações feitas para por fim aos motins no Ceará.

Se antes eram 18 pontos, agora são três: anistia, reajuste entre patentes e regulamentação da carga horária. A informação foi confirmada pelo advogado e coronel reformado do Exército, Walmir Medeiros, representante dos policiais, que realizam paralisação no Estado pelo 11º dia consecutivo.

Além dos pontos reivindicados, os PMs definiram os nomes que irão compor a mesa de negociação. Além de Medeiros, os outros líderes são: sargento Reginauro, ex-presidente da Associação dos Profissionais de Segurança (APS); Soldado Noélio, deputado estadual do Ceará; Cabo Monteiro, um dos policiais amotinados, e o deputado estadual Soldado Prisco, da Bahia.

(A Voz de Sta. Quitéria)


Reestruturação salarial dos PMs e Bombeiros começa a tramitar na Assembleia Legislativa

Mesmo sem acordo, o projeto está sendo analisado pelos deputados estaduais.
Paralela à apreciação do projeto encaminhado pelo governador Camilo Santana (PT), que proíbe o perdão a crimes cometidos por policiais amotinados, a Assembleia Legislativa também começou a analisar, neste sábado (29), o projeto de reestruturação salarial dos policiais e bombeiros proposto pelo Governo do Estado e aceito por representantes das categorias em um primeiro momento antes das paralisações.

De acordo com o presidente da Assembleia, deputado estadual José Sarto (PDT), o Estado não vai "punir" os "bons profissionais" da segurança pública que permanecem cumprindo as suas funções em meio à crise. A matéria, ao contrário da Proposta de Emenda à Constituição da anistia, que está sendo analisada em regime de urgência, começa a tramitar em regime normal e está sendo encaminhada para as comissões temáticas.

O Governo do Estado enviou a matéria à Casa no dia 14 deste mês. No dia anterior, depois de cinco horas de negociação, o Governo havia atendido às reivindicações de representantes de associações dos militares, chegando a um acordo que foi, inclusive, mediado por deputados e pelo Ministério Público. Acordo que foi rejeitado por parte da categoria no dia seguinte.

PROPOSTA EM TRAMITAÇÃO

A proposta, que havia sido acordada entre as partes na mesa de negociação, e que, agora, tramita no Legislativo, eleva o salário-base de um soldado, por exemplo, dos atuais R$ 3,2 mil para R$ 4,5 mil em 2022 - um acréscimo de cerca de R$ 1,3 mil. A correção será feita de maneira escalonada, em três etapas. Antes, o plano de reestruturação do Governo previa um aumento de R$ 1 mil para a mesma patente, a ser pago em quatro parcelas.

Os percentuais foram aumentados e as parcelas diminuídas após intensa negociação. A primeira, equivalente a 40% do valor do reajuste, está prevista para ser paga em março. A segunda parte do aumento, de 30%, deve ficar para março de 2021, e, a última, de igual percentual, para março de 2022. 

O impacto total do reajuste dos policiais militares e dos bombeiros no orçamento será de R$ 495 milhões - R$ 149 milhões a mais em relação ao previsto no primeiro acordo. Para poder pagar esse valor a mais, o Governo irá incorporar algumas gratificações à remuneração-base dos militares.

(DN)


Prefeitura de Fortaleza renova apoio aos clubes de futebol cearenses

Prefeitura de Fortaleza renova apoio aos clubes de futebol cearenses
O prefeito Roberto Cláudio recebeu, na tarde desta sexta-feira (28/02), no Paço Municipal, o presidente do Ceará Sporting Club, Robinson de Castro, e do Fortaleza Esporte Clube, Marcelo Paz. A reunião tratou da renovação de patrocínio para os times cearenses que vão disputar competições nacionais durante o ano de 2020.

"É um patrocínio de apoio aos clubes da primeira divisão, com mesmo valor para ambos, como forma de incentivar e apoiar os times cearenses", afirmou o Prefeito no encontro.

Segundo os presidentes dos clubes, o incentivo da Prefeitura de Fortaleza é bastante aguardado no início de cada temporada. "O clube tem suas necessidades e a gente até prevê, orçamentariamente, e conta com esse patrocínio que ajuda bastante no nosso dia a dia", declarou Marcelo Paz, presidente do Fortaleza.

Ambos agradeceram o apoio do poder público e reforçaram que a parceria entre os clubes e o Município é cada vez mais firme e promissora. "Demonstra a sensibilidade do Roberto Cláudio e o espírito de apoiar as equipes para que permaneçam na elite, já que se trata de uma competição tão difícil. Então, a gente só tem a agradecer mais um ano estreitando essa parceria para que possa ajudar no turismo da Cidade e na economia, já que o futebol acaba impactando em outras áreas também", declarou o presidente do Ceará, Robinson de Castro.

De acordo com Marcelo Paz, a Prefeitura é um grande parceiro que entende a necessidade de investir no futebol cearense. "Nosso futebol crescendo traz dividendos para a Cidade, traz turismo e uma boa imagem a nível nacional. Então, a gente fica feliz pelo entendimento do Prefeito de que o futebol cearense é algo que engrandece tanto quem investe, como os clubes que estão fazendo o trabalho", destacou.

Noticia; O intrigante


Assembleia aprova regime de urgência da Proposta de não anistia aos policiais amotinados


Assembleia aprova regime de urgência da Proposta de não anistia aos policiais amotinadosA Assembleia Legislativa do Ceará aprovou neste , 29, o pedido de urgência para tramitação da Proposta de Emenda à Constituição. A PEC proíbe a anistia aos policiais amotinados.


O placar da votação foi 31 a favor e 3 contrários de André Fernandes (PSL), Soldado Noélio (Pros) e Victor Valim (Pros). O presidente José Sarto comentou a aprovação do requerimento. "Agora a PEC segue para apreciação da Comissão de Constituição, Justiça e Redação", disse Sarto.

Noticia; O intrigante


Proibir anistia de policiais amotinados está de acordo com Constituição Federal, observa professora de direito

Artigo da presidente da Comissão de Estudos Constitucionais da OAB-CE, Arsênia Breckenfeld, feito com exclusividade para o Seu Direito, detalha a legalidade da PEC cearense que impede a anistia aos policiais amotinados e a conformidade da proposta com a Constituição Estadual
A paralisação de policiais militares teve início no dia 18 de fevereiro. Foto: José Leomar
Por Arsênia Breckenfeld*

A Constituição de um Estado é a sua Lei maior, aquela que organiza e estrutura o seu funcionamento e serve de embasamento para o poder legislativo elaborar outras leis, para o poder executivo administrar e para o judiciário desempenhar a sua função jurisdicional.

É a partir da constituição que surgem todos os atos estatais. Um projeto de emenda constitucional visa alterar esse texto. Para tanto precisa seguir um procedimento formal rígido e específico. Um dos limites que este procedimento precisa observar são as cláusulas pétreas, matérias previstas no texto constitucional que não podem ser revogadas, ou seja, abolidas.

Dentre as cláusulas pétreas previstas no ordenamento jurídico brasileiro estão a separação dos poderes, o voto direto, secreto, universal e periódico, o estado federado e os direitos e garantias fundamentais individuais.

> PEC estadual que proíbe anistia a PMs amotinados é reforço à segurança constitucional 

O que é Anistia
A anistia, em palavras simples, é o perdão concedido pelo executivo ou pelo legislativo a alguém que cometeu ato ilícito, antes ou depois de sua condenação. Tal perdão precisa estar de acordo com a ordem jurídica existente, não podendo violar cláusulas pétreas ou preceitos constitucionais tidos por fundamentais.

Sendo assim, não existe uma garantia absoluta à anistia. Esta, caso concedida, precisa seguir os limites traçados pela Constituição, assim como todos os atos de Estado.

Vedação à greve

A atividade de segurança pública exercida pelas polícias como carreira de Estado e não por um particular é necessária para uma normalidade democrática. Ademais, a atividade da polícia militar é imprescindível à manutenção da segurança interna, ordem pública e paz social. Diante desta relevante função, a Constituição Federal em seu Artigo 142, §3º, IV veda em absoluto a manifestação de greve pelos militares, incluídos nesta categoria as forças armadas, as policias militares e o corpo de bombeiros dos Estados.

É este o entendimento consolidado pelo Supremo Tribunal Federal em repercussão geral no Recurso Extraordinário 654.432/GO: “O exercício do direito de greve, sob qualquer forma ou modalidade, é vedado aos policiais civis e a todos os servidores públicos que atuem diretamente na área de segurança pública”.

Ato ilícito

Desta forma, qualquer tipo de manifestação grevista por policiais militares é ato ilícito. Sendo ato ilícito, a princípio, o autor de tal conduto poderia receber anistia. No entanto, como acima explanado, a anistia não é uma liberalidade sem limites. É necessário que a ordem constitucional não seja desrespeitada para a sua concessão.

Se a Constituição Federal reputa a atividade policial como algo tão essencial para a manutenção da ordem pública, paz social e segurança interna do Estado brasileiro a ponto de vedar o exercício de greve, exercício este concedido a todas as demais categorias, inclusive aos servidores públicos com outras funções essenciais, é clarividente que a importância jurídica desta conduta não é algo comezinho.

Supremacia constitucional
Os interesses protegidos com essa vedação são interesses que compõe as cláusulas pétreas acima apontadas, em especial, os direitos individuais e garantias fundamentais. Pensar em anistia para uma conduta que violou uma proteção expressa prevista em texto constitucional seria ato facilmente questionável.

Desta forma, uma emenda à constituição estadual proibindo em absoluto qualquer forma de anistia a infrações disciplinares que configurem movimento de paralisação ilegítimo ou motim atende aos preceitos constitucionais, sendo verdadeira expressão da supremacia constitucional.

 * Arsênia Breckenfeld é presidente da Comissão de Estudos Constitucionais da OAB-CE e professora de Direito Constitucional.

Noticia;DN


Professor mata funcionário da Câmara Municipal a tiros em restaurante de Santa Quitéria


Um funcionário da Câmara Municipal de Santa Quitéria foi morto a tiros na madrugada deste sábado (29) enquanto estava em uma festa num restaurante na Avenida Joaquim Eurico Lobo.


Adriano Pinto de Brito foi atingido com um disparo na cabeça, efetuado pelo acusado Francisco Cláudio Facundo Aragão, que é professor da rede estadual. Informações dão conta de que momentos antes do crime, ambos teriam discutido. Cláudio, então, saiu em seu carro e retornou para o local, onde foi na direção da vítima, atirou e em seguida, fugiu.

Acusado
Adriano chegou a ser socorrido para o Hospital Municipal, porém deu entrada já sem vida. A Polícia Militar já está em diligências para localizar o acusado, que até o momento, está foragido. Uma equipe da Polícia Civil já esteve no Hospital colhendo informações, para começar a investigação. Ainda não se sabe o que teria motivado esta execução.

As imagens da câmera de monitoramento do local também deverão ser recolhidas para ajudar nos trabalhos da Polícia. O corpo será removido para o Instituto Médico Legal de Canindé. Este é o terceiro homicídio registrado em quatro dias no Município.

A Câmara Municipal emitiu uma nota de pesar, onde "roga a Deus que dê conforto necessário a todos os familiares e amigos nesta hora de dor irreparável pela lamentável perda".

Fonte: A Voz de Sta. Quitéria



PRF prende dois indivíduos com simulacro de arma de fogo em Forquilha

Na sexta-feira dia 28 de fevereiro, equipes da PRF realizavam patrulhamento no km 214 da BR 222, povoado próximo ao Município de Forquilha/CE, quando avistaram dois indivíduos em atitude suspeita. Foi realizada a abordagem e realizado busca pessoal nos indivíduos, quando foi localizado escondida um simulacro de arma de fogo. Foi também identificado que a motocicleta que os mesmos usavam tinha sido roubada há poucas horas na rodovia.

A partir dos indícios, os dois suspeitos foram presos e encaminhados para a Delegacia Regional de Sobral, juntamente com a motocicleta, produto de roubo.

Noticia; Sobral 24 horas


28 de fevereiro de 2020

Baleia cachalote de 2,5 toneladas é encontrada morta na Praia de Guajiru, em Trairi

Animal media cerca de oito metros de comprimento, segundo a ONG Aquasis
Uma baleia da espécie cachalote, medindo cerca de oito metros de comprimento e pesando aproximadamente 2.500 kg, foi encontrada morta na tarde desta sexta-feira (28), na Praia de Guajiru, em Trairi, a cerca de 125 km de Fortaleza. O cadáver que encalhou no local já estava em decomposição. A informação foi confirmada por Diego Ramires, veterinário e membro da equipe de resgate do Programa de Mamíferos Marinhos da Aquasis. 

Segundo a equipe Aquasis, o procedimento é fazer o registro do animal, a coleta do material genético e, por último, o enterro do corpo. Devido ao avançado estágio de decomposição da carcaça, não foi possível definir a causa da morte do cetáceo. 


Desde o inicio da tarde, quando a baleia foi encontrada, diversos moradores estiveram no local. Fábio Moreira, 50, secretário da Associação dos Moradores de Guajiru, relata que '"a baleia estava em estado de putrefação, com mau cheiro e com aparência de estar com quatro dias morta". Filho de pescador, ele ressalta ter certeza de que "foi algo de óleo ou redes'', afirma. 

Caso parecido

Em 2013, outra baleia foi avistada por ativistas da Aquasis na praia de Flecheiras, também no município de Trairi. A tentativa de resgate durou mais de 48 horas, mas o animal acabou morrendo. Segundo os especialistas, o mamífero marinho apresentava escoriações pelo corpo.

Noticia; DN


URGENTE! Camilo propõe mudar Constituição para proibir anistia a PMs; AL vota já neste fim de semana

Matéria altera a Constituição e proíbe expressamente a concessão de anistias para PMs envolvidos em motins.
O governador Camilo Santana (PT) enviou à Assembleia Legislativa na tarde desta sexta-feira, 28, uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que proíbe expressamente a concessão de anistias administrativas para policiais militares que promoverem motins no Estado.

A expectativa é que a mensagem seja votada já neste fim de semana, em convocação extraordinária aos deputados estaduais. O Colégio de Líderes do Legislativo está reunido na tarde desta sexta-feira, 28, para definir detalhes da convocação. Uma coletiva de imprensa deve ser organizada pela Casa para anunciar oficialmente a iniciativa.

Segundo o governo, a ideia é que a PEC seja lida no expediente da Assembleia já pela manhã deste sábado. Nesta sexta-feira, são intensas as articulações do governo para convocar deputados da base aliada – muitos deles de viagem ao Interior do Estado – para a votação.

"Acaba de chegar à Assembleia mensagem enviada pelo Governo do Ceará que proíbe anistia de militares. Estamos em reunião tratando sobre pauta de votação extraordinária", anunciou, nas redes sociais, o presidente da Assembleia Legislativa, Dr. Sarto (PDT).

Proposta endurece relação entre governo e movimento

A proposta sinaliza um endurecimento ainda maior do governo estadual contra motins de policiais militares no Estado. Atualmente, a anistia ampla e irrestrita a todos os envolvidos no movimento é uma das condições básicas da categoria para a resolução do impasse com o Estado.

Na manhã desta sexta-feira, 28, comissão com membros dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário que articulam negociações entre governo e policiais questionaram ausência de líderes e de uma "pauta concreta" dos manifestantes. Segundo eles, um dos atuais líderes do movimento, o ex-deputado Cabo Sabino, possui mandado de prisão em aberto e, por isso, não tem legitimidade para participar dos acordos.

Fonte: O Povo
Foto: Fábio Lima

Ações extraordinárias da Polícia Civil do Ceará resultam em prisões e apreensão de drogas e arma nas últimas 24 horas

As ações de patrulhamento realizadas pela Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), nessa quinta-feira (27) e madrugada de hoje (28), resultaram em diversas prisões e apreensões de drogas e arma de fogo, além da recuperação de veículos e bens oriundos de crimes patrimoniais. No total, 132 equipes, com cerca de 500 policiais civis, reforçam a segurança em Fortaleza, Região Metropolitana de Fortaleza e Interior do Estado.

O delegado geral do Ceará, Marcus Rattacaso, ressalta o trabalho dos policiais civis no serviço extraordinário. “O que mais importa nesse momento é promover a segurança da sociedade que precisa da segurança pública. As ações diárias demonstram o esforço da Polícia Civil em proteger a sociedade. Gostaria de fazer um agradecimento especial a todos os policiais civis, delegados, escrivães, inspetores, equipe administrativa, pelo compromisso que está tendo com a sociedade cearense e com o Governo do Estado”, disse Rattacaso.

Em Fortaleza, policiais civis prenderam, nesta madrugada (28), três suspeitos de praticarem um roubo a uma loja de açaí no bairro Vila Peri. O crime ocorreu, na noite de ontem, e os homens foram presos em poucas horas após o fato. Com eles foram apreendidos nove aparelhos celulares, duas maquinetas de cartão de crédito, balaclavas, um relógio, uma balança de precisão e a quantia de R$ 130,00 em espécie. Os homens, com idades entre 20 e 24 anos, foram presos após diligências policiais.

Horas antes, policiais civis, em patrulhamento pelas ruas do Centro de Fortaleza, prenderam em flagrante um homem de 25 anos, sem antecedentes criminais. Os policiais foram alertados, por populares, de um roubo a transporte coletivo que acabara de acontecer. Com as informações, os policiais civis capturaram o homem ainda em posse dos bens da vítima. Foram recuperados um celular, uma bolsa e a quantia de R$ 150,00. O preso foi conduzido à sede do 34º Distrito Policial, onde foi autuado em flagrante.

Em Maranguape, os policiais civis prenderam um homem de 18 anos que guardava munições. No total, a Polícia Civil aprendeu 43 munições de calibres .40 e 9 milímetros. A ação ocorreu no bairro Área Verde. O homem foi autuado em flagrante por posse irregular de arma de fogo.

Recuperação de bens

As abordagens dos policiais civis resultaram ainda na recuperação de carros e motos nos bairros Barra do Ceará (AIS 8), Demócrito Rocha (AIS 5) e Papicu (AIS 10) em Fortaleza. Já na RMF foram recuperadas motos em Horizonte (AIS 13), Pacajus e Maracanaú (ambas na AIS 12). Em Paraipaba (AIS 11), a Polícia Civil recuperou cinco motos que foram roubadas no período do Carnaval, além de quatro celulares de alto valor. No município de Cascavel (AIS 13), os policiais civis apreenderam uma motocicleta clonada com registro de 93 multas. Na Região Sul, foram recuperados veículos em Quixeramobim (AIS 20) e Iguatu (AIS 21), este último, a Polícia localizou um ponto que servia de desmanche de veículos e apreendeu uma motocicleta com queixa de roubo.

Combate ao tráfico de drogas em Milhã

Os policiais civis da Delegacia Regional de Senador Pompeu apreenderam mais de 360 pinos de cocaína prontos para comercialização, além de maconha, um revólver calibre 38 municiado, três celulares e a quantia de R$ 4,9 mil em espécie. A ação policial ocorreu na cidade de Milhã (AIS 20). Lá, foram presos dois homens, com idades de 19 e 27 anos, este último considerado o chefe do tráfico de drogas da cidade. Eles já possuem antecedentes criminais por roubo, receptação e homicídio.
Recuperação de bens avaliados em Sobral

Um adolescente de 17 anos, que já responde a nove atos infracionais por roubos, furtos e tráfico de drogas, foi apreendido no bairro Parque Silvana II, em Sobral (AIS 14), após investigações desenvolvidas pela Polícia Civil. O adolescente é suspeito de praticar um furto a residência mediante arrombamento e de subtrair diversos bens do local. Ele é investigado ainda pelo roubo de um aparelho celular de uma jovem, após o arrombamento da residência. Na casa onde ele se encontrava, os policiais civis recuperaram os bens furtados avaliados em R$ 18 mil. O infrator foi conduzido à sede da Delegacia Regional de Sobral, onde foi novamente autuado em um ato infracional.

(SSPDS/CE)


Funceme divulga prognóstico de chuvas para trimestre de março a maio, confira


Funceme divulga prognóstico de chuvas para trimestre de março a maio, confiraO prognóstico climático para o período de março a maio de 2020 indica 40% de probabilidade de chuvas acima da média, 40% em torno da normalidade e ainda 20% abaixo da média para o período de três meses. Os dados foram divulgados pela Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) na manhã desta sexta-feira (28).


Não se trata de uma atualização do primeiro prognóstico divulgado em janeiro para o trimestre de fevereiro a março, pois o período de previsão é diferente.

“Continua sendo uma previsão bastante otimista. Primeiramente, o que precisamos observar é que trata-se de uma previsão para um trimestre diferente, agora para o trimestre março-abril-maio de 2020. Outra razão está relacionada a algumas alterações que estão sendo observadas no Oceano Atlântico Tropical Sul, que vem nas últimas semanas mostrando um certo esfriamento, o que poderia, se essa tendência se manter, acabar prejudicando o deslocamento da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT) para latitudes mais ao sul”, comente a gerente de Meteorologia da Funceme, Meiry Sakamoto.

Para chegar aos resultados, foi realizada uma análise dos campos atmosféricos e oceânicos de grande escala (vento em superfície e em altitude, pressão ao nível do mar, temperatura da superfície do mar, entre outros) e dos resultados de modelos numéricos globais e regionais e de modelos estatísticos de diversas instituições de meteorologia do Brasil e do exterior, além da própria Funceme

“O prognóstico também fala da variabilidade espacial das chuvas. De modo que a região Sul do estado pode ter chuvas em torno da normal ou mesmo abaixo do normal em algumas áreas. Enquanto, na região ao Norte do Ceará, a categoria mais provável continua sendo de chuvas acima da normal”, reforça Sakamoto.

Noticia; O intrigante

Em reunião às 11h com Moro, Bolsonaro deve dar curta prorrogação da GLO a Camilo

O presidente Jair Bolsonaro se reúne hoje (28) com o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, às 11h, e deve dar curta prorrogação da Garantia da Lei e da Ordem (GLO) ao governador Camilo Santana. A informação é do jornalista Gerson Camarroti, da GloboNews.

Segundo Camarotti, Camilo pediu a renovação por 30 dias. Mas, segundo auxiliares do presidente, a prorrogação será por um tempo muito menor. De acordo com fonte do CN7, o máximo será de uma semana.

(CN7)


"Nenhuma chance", diz Maia sobre votar anistia a PMs do Ceará

Rodrigo Maia disse a O Globo que não há “nenhuma chance” de votação de qualquer anistia aos policiais militares amotinados no Ceará.

No Congresso, informa o jornal carioca, há pelo menos dois projetos que tratam de anistia a policiais que participaram de paralisações nos últimos anos.

A greve de militares é vetada pela Constituição –e, em 2017, o STF também decidiu que são ilegais as paralisações de policiais civis e agentes penitenciários.

Como publicamos mais cedo, o governo federal decidiu hoje prorrogar a presença das Forças Armadas no estado nordestino.

Fonte: O Antagonista


Governo Federal prorroga permanência de Forças Armadas no Ceará até 6 de março



O Governo Federal decidiu prorrogar por uma semana o prazo do decreto da Garantia da Lei e da Ordem (GLO).
O Governo Federal decidiu prorrogar até 6 de março a operação de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) que permite o envio de tropas das Forças Armadas para reforçar a segurança no Ceará. Com o motim de parte da PM, homens do Exército reforçam o patrulhamento das ruas de Fortaleza e cidades do interior.

Conforme nota do Governo do Estado, o pedido de prorrogação da GLO foi feito à União na última quarta-feira (26). "O Governo Federal, por sua vez, autoriza a prorrogação e entende que, no prazo de até o dia 6 de março, a situação deva ser normalizada, prevalecendo o bom senso", diz o texto. O primeiro pedido de emprego das Forças Armadas termina nesta sexta-feira (28).

Nesta sexta-feira (28), a comissão dos três poderes não conseguiu avançar na negociação com os militares amotinados.

No texto, o Governo do Estado ainda ressalta "a importância de que o Congresso Nacional reconheça que, o emprego da GLO, dada a necessidade de segurança aos integrantes das forças, muitos deles jovens soldados com cerca de 20 anos de idade, discuta e vote o excludente de ilicitude".

A prorrogação foi decidida após reunião marcada pelo presidente Jair Bolsonaro, na fim da manhã desta sexta-feira (28).

Por meio da GLO, foi autorizado o envio de 2,5 mil homens do Exército Brasileiro, que reforçam a segurança em Fortaleza, Região Metropolitana e em cidades do interior, desde o último dia 21 de fevereiro. As tropas vieram da Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte.

Em resposta, o presidente Jair Bolsonaro declarou, durante transmissão ao vivo em rede social, que esperava uma solução do Governo do Estado para o motim dos policiais. 

Sobre a prorrogação, para além do prazo de oito dias vigentes, o presidente havia dito que "precisamos ter uma retaguarda jurídica" e que o "GLO não é para ficar eternamente atendendo um ou mais governadores. GLO é uma questão emergencial".

PARALISAÇÃO

A paralisação de parte da Polícia Militar no Ceará já chega ao 11º dia, nesta sexta-feira (28). Enquanto isso, o Governo do Estado, por meio de uma comissão que reúne os três poderes, tenta chegar a um acordo com os policiais militares amotinados. O representante dos PMs amotinados, advogado e coronel reformado do Exército, Walmir Medeiros, apresentou uma lista com 18 reivindicações.

(Diário do Nordeste)


Homem suspeito de cometer homicídio é preso pela Polícia Civil horas após o crime


Um trabalho de investigação de equipes da Delegacia Municipal de Jijoca de Jericoacoara, com apoio da Polícia Militar do Ceará (PMCE), resultou na prisão em flagrante de um suspeito de cometer um homicídio a faca. O crime ocorreu, na tarde dessa quarta-feira (26), e o homem foi preso na tarde do mesmo dia. A prisão de Osvaldo Ramos de Brito (30) foi realizada no bairro Centro, no município de Jijoca de Jericoacoara, situado na Área Integrada de Segurança 17 (AIS 17) do Estado.


Os trabalhos policiais foram iniciados logo após os agentes de segurança serem informados sobre a tentativa de homicídio de um homem identificado como Sebastião Luiz de Vasconcelos (64), no Centro do município. Ao chegarem ao local, os agentes de segurança foram comunicados que a vítima foi socorrida até uma unidade hospitalar com uma facada na região do coração, mas veio a óbito.

Dando continuidade às diligências, os policiais civis identificaram Osvaldo Ramos, com passagens por contravenção penal, furto e roubo. Ele é apontado como suspeito do homicídio e havia discutido com a vítima nas proximidades de um bar. Segundo levantamentos, o homem aparentava estar embriagado.

Diante dos fatos, os policiais conseguiram localizar a faca apontada como arma do crime e conduziram o infrator até a Delegacia Municipal de Jijoca de Jericoacoara. O suspeito foi autuado por homicídio doloso e encontra-se à disposição da Justiça.

Denúncia

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que possam auxiliar os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas pelo número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), para o ‪‪(88) 3669-1264, da Delegacia Municipal de Jijoca de Jericoacoara, ou ainda para o número ‪‪‪(88) ‪99698-4677, que é o Whatsapp da delegacia, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem. O sigilo e o anonimato são garantidos.

Noticia; Sobral 24 horas


BIZARRO: Mulher aparece com "chupões" pelo corpo e diz para o marido ter sido atacada por morcegão na noite de carnaval


A moça que não vamos identificar, estava desaparecida desde a noite de sábado (23) reapareceu às 7hs da manhã de domingo (24). A vítima alegou para o marido e familiares que foi atacada pelo morcegão da noite, uma espécie de morcego tarado que só ataca mulheres, e que passou a noite na casa de uma amiga, mas não lembra de nada, e só de manhã resolveu ir para o hospital.


Na noite anterior ao suposto ataque, a jovem e o marido haviam combinado de passar o carnaval em um retiro da igreja. Ela estava com malas prontas e sairia às 20hs de sábado, mas resolveu sair antes para comprar um espetinho e desapareceu.

O delegado que investiga o caso disse que “se ela foi mesmo atacada por um morcego, que ainda não deu para perceber, mas uma coisa é fato: estes morcegos gostam muito de cerveja, pois o cheiro está impregnado nas roupas dela”.

Via Foco Amazônico


27 de fevereiro de 2020

Clássico-Rei será na 7ª rodada em junho

A primeira rodada do Campeonato Brasileiro deve acontecer entre os dias 2, 3 e 4 de maio, com o Leão estreando em casa contra o Athletico/PR, e o Vovô fora contra o Sport
O Clássico-Rei será disputado duas vezes na Série A de 2020
FOTO: THIAGO GADELHA



A CBF divulgou hoje a tabela básica da Série A do Campeonato Brasileiro de 2020. Assim, os dois representantes cearenses, Fortaleza e Ceará, já conhecem seus adversários na estreia, assim como as datas prévias dos Clássicos-Rei e toda sequência de jogos até a 38ª rodada.

A primeira rodada do Campeonato Brasileiro deve acontecer entre os dias 2, 3 e 4 de maio, que formam a data-base dos jogos de estreia dos 20 times. O Fortaleza, 9ª lugar na Série A de 2019, será mandante na 1ª rodada, ao enfrentar o Athletico/PR, no Castelão. Já o Vovô, 16º em 2019, estreia fora de casa, no clássico nordestino contra o Sport, na Ilha do Retiro.

O 1º Clássico-Rei da Série A em 2020 será disputado na 7ª rodada, nos dias 13, 14 ou 15 de junho. O Clássico-Rei do returno será na 26ª rodada, nos dias 14 ou 15 de outubro.

Atual campeão, o Flamengo receberá o Atlético-MG, no jogo que marca a abertura do Brasileirão. A partida é ainda uma reedição da final do Brasileiro de 1980, assim como o duelo entre Palmeiras e Vasco da Gama, em São Paulo, que repetem o confronto que decidiu o título de 1997.

Os confrontos foram divulgados durante o conselho técnico da Série A do Campeonato Brasileiro, que foi realizado nesta quinta-feira, na sede da CBF, no Rio de Janeiro.


Confira todos os jogos de Fortaleza e Ceará na Série A de 2020


1ª rodada (2, 3 ou 4/5)
Fortaleza x Athletico
Sport x Ceará

2ª rodada (9, 10 ou 11/5)
São Paulo x Fortaleza
Ceará x Grêmio

3ª rodada (16, 17 ou 18/5)
Fortaleza x Botafogo
Atlético-MG x Ceará

4ª rodada (23, 24 ou 25/5)
Goiás x Fortaleza
Ceará x Vasco da Gama

5ª rodada (30 ou 31/5)
Corinthians x Fortaleza
Ceará x Bahia

6ª rodada (10 ou 11/6)
Fortaleza x Bragantino
Atlético-GO x Ceará

7ª rodada (13, 14 ou 15/6)
Ceará x Fortaleza

8ª rodada (17 ou 18/6)
Flamengo x Fortaleza
Ceará x Santos

9ª rodada (20, 21 ou 22/6)
Fortaleza x Sport
Internacional x Ceará

10ª rodada (24 ou 25/6)
Grêmio x Fortaleza
Ceará x Flamengo

11ª rodada (27, 28 ou 29/6)
Fortaleza x Internacional
Bragantino x Ceará

12ª rodada (1 ou 2/7)
Santos x Fortaleza
Ceará x Goiás

13ª rodada (4, 5 ou 6/7)
Fortaleza x Atlético-GO
Palmeiras x Ceará

14ª rodada (8 ou 9/7)
Fortaleza x Atlético-MG
Athletico Paranaense x Ceará

15ª rodada (11, 12 ou 13/7)
Coritiba x Fortaleza
Ceará x Corinthians

16ª rodada (18, 19 ou 20/7)
Vasco da Gama x Fortaleza
Ceará x São Paulo

17ª rodada (1, 2 ou 3/8)
Fortaleza x Palmeiras
Fluminense x Ceará

18ª rodada (8, 9 ou 10/8)
Bahia x Fortaleza
Ceará x Coritiba

19ª rodada (14, 15 ou 16/9)
Fortaleza x Fluminense
Botafogo x Ceará

20ª rodada (22, 23 ou 24/8)
Athletico x Fortaleza
Ceará x Sport

21ª rodada (29 ou 30/8)
Fortaleza x São Paulo
Grêmio x Ceará

22ª rodada (12, 13 ou 14/9)
Botafogo x Fortaleza
Ceará x Atlético-MG

23ª rodada (19, 20 ou 21/9)
Fortaleza x Goiás
Vasco da Gama x Ceará

24ª rodada (26, 27 ou 28/9)
Fortaleza x Corinthians
Bahia x Ceará

25ª rodada (2 ou 3/10)
Bragantino x Fortaleza
Ceará x Atlético-GO

26ª rodada (14 ou 15/10)
Fortaleza x Ceará

27ª rodada (17, 18 ou 19/10)
Fortaleza x Flamengo
Santos x Ceará

28ª rodada (20, 21 ou 22/10)
Sport x Fortaleza
Ceará x Internacional

29ª rodada (23, 24 ou 26/10)
Fortaleza x Grêmio
Flamengo x Ceará

30ª rodada (28 ou 29/10)
Internacional x Fortaleza
Goiás x Ceará

31ª rodada (31/10, 1 ou 2/11)
Fortaleza x Santos
Ceará x Bragantino

32ª rodada (4 ou 5/11)
Atlético-GO x Fortaleza
Ceará x Palmeiras

33ª rodada (7 ou 8/11)
Atlético-MG x Fortaleza
Ceará x Athletico Paranaense

34ª rodada (18 ou 19/11)
Fortaleza x Coritiba
Corinthians x Ceará

35ª rodada (21, 22 ou 23/11)
Fortaleza x Vasco da Gama
São Paulo x Ceará

36ª rodada (28, 29 ou 30/11)
Palmeiras x Fortaleza
Ceará x Fluminense

37ª rodada (1, 2 ou 3/12)
Fortaleza x Bahia
Coritiba x Ceará

38ª rodada (6/12)
Fluminense x Fortaleza
Ceará x Botafogo

Blog; Erivando Lima


Sobe para nove o número de reservatórios sangrando no Ceará

O número de açudes sangrando no Ceará subiu após as chuvas entre terça e quarta-feira (26), conforme observado no Portal Hidrológico da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh). Nesta quinta-feira (27), o Gameleira, localizado nas fronteiras dos municípios de Itapipoca, Trairi e Tururu, ultrapassou o 100% da capacidade. 
Embedded video
Sobe para nove o número de reservatórios sangrando no Ceará http://bit.ly/2T3ErRL 
Com isso, o Estado passa a ter nove reservatórios monitorados pela Cogerh em sangria. Este é o maior número dos últimos 10 anos para o intervalo de tempo. O último ano em que o Ceará alcançou esta quantidade (até 27 de fevereiro) foi 2011. Porém, na ocasião, apenas quatro reservatórios estavam com capacidade entre 90% e 99% - próximos de atingir a capacidade máxima. 

Hoje, são oito barragens nesta situação. O mais recente a atingir este nível foi o reservatório Diamantino II, no município de Marco, na bacia do Coreaú. Nesta quinta, o reservatório alcançou a marca de 90,2% de sua capacidade total. 

Açudes, atualmente, sangrando:

Gameleira
Itaúna;
Tucunduba;
Acaraú Mirim;
São Pedro Timbaúba;
Quandú;
Itapebussu;
Germinal;
Tijuquinha.
Açudes próximos da capacidade máxima:

Gangorra;
Várzea da Volta;
São Vicente;
Diamantino II;
Jenipapo;
Sobral;
Itapajé;
Acarapé de Melo.
Aporte Irregular

A dificuldade, porém, permanece sendo as baixas recargas em açudes importantes do Estado. O Castanhão, por exemplo, maior do Ceará, acumula apenas 2,59% de sua capacidade. Situação que se repete na maior parte dos reservatórios cearenses, que contam com recarga abaixo de 30%. Para os grandes açudes conquistarem significativa recarga hídrica, são necessárias chuvas elevadas e próximas. 

No panorama geral, o volume médio dos 155 açudes monitorados pela Cogerh é de 15,77%. 

Mês chuvoso

Faltando dois dias para o fim do mês, fevereiro de 2020 já é o segundo mais chuvoso da década, podendo ultrapassar o observado em 2018, que figura na primeira colocação. Até as 10h40 de hoje, a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) havia registrado 187.6 mm, um desvio positivo de 58,1%. As chuvas banharam, com generosidade, quase todas as cidades. Apenas 20 contabilizam chuvas abaixo da média.

Noticia DN


Policiais reivindicam anistia, ajuste salarial e outros 16 pontos para encerrar motim de militares no Ceará QUINTA-FEIRA, FEVEREIRO 27, 2020 1 COMENTÁRIO

Paralisação de parte dos policiais militares do Ceará chega ao 10º dia com batalhões ocupados e número de homicídios acima da média.
Os policiais militares paralisados no Ceará apresentaram nesta quinta-feira (27) 18 pontos de reivindicação para encerrar o motim da categoria. O primeiro deles é a anistia dos policiais que aderiram ao movimento grevista. O governador do Ceará, Camilo Santana, havia dito na sexta-feira que não negociaria anistia dos militares amotinados.

Os policiais demandam também reajuste salarial, auxílio por risco de vida, auxílio de insalubridade, adicional noturno e outros pontos. Confira a lista abaixo.

As condições para encerrar o motim foram apresentadas na segunda reunião da comissão formada por representantes dos poderes legislativo, judiciário e executivo, além de representantes do Ministério Público, Exército e Polícia Militar.

A pauta de reivindicação será levada agora ao governador Camilo Santana, que analisará a proposta.


Reivindicação dos policiais

1. Anistia Administrativa e Criminal dos policiais;

2. Reajuste salarial com aplicação da inflação dos anos 2021 e 2022;

3. Equiparação do auxílio alimentação dos militares aos valores dos demais servidores do estado;

4. Regulamentação das escalas de serviço: 12x24 (12 horas de trabalho para 24 horas de folga) e 12x72;

5. Reajuste do pró-labore do BSP, valores equivalentes a 30% dos valores salarias percebidos da respectiva graduação e/ou postos da ativa;

6. Auxílio saúde ou recriação do Hospital da Polícia Militar;

7. Fim da idade limite para concorrer ao CFO por militares estaduais;

8. Reajuste das diárias de pousada e alimentação;

9. Plano habitacional destinado a militares;

10. Isenção de ICMS para aquisição de armas e munições pelos militares estaduais;

11. Auxílio uniforme;

12. Auxílio de risco de vida;

13. Auxílio insalubridade;

14. Adicional noturno;

15. Revisão de pontos da Lei de Promoções;

16. Isenção de condutores de viaturas policiais e por danos causados em acidentes;

17. Equiparar as viúvas e pensionistas com benefícios dos anos de 2004 a 2011;

18. Exclusão da proibição da consignação das associações de policiais militares.

Os policiais militares escolheram como intermediador um coronel reformado do Exército, que é advogado de associações militares.

“Quando os ânimos se acalmarem, aí nós falaremos como é que pode ser negociada a situação dos policiais, como pode ser negociado esse dilema em que se entrou”, disse o coronel Walmir Medeiros.

Desde o início do movimento, o estado registrou 195 homicídios. O número representa um aumento de 57% em relação aos casos registrados durante a última paralisação de PMs no Ceará, em 2012. O movimento daquele ano durou sete dias (de 29 de dezembro de 2011 e 4 de janeiro de 2012).

Subiu para 47 o número de policiais militares presos desde o início do motim. Desse total, 43 agentes foram presos por deserção, que é o abandono do serviço militar; 3 presos por participar em motim; e 1 PM preso por queimar um carro particular.


Resumo:

5 de dezembro: policiais e bombeiros militares organizaram um ato reivindicando melhoria salarial. Por lei, policiais militares são proibidos de fazer greve.

31 de janeiro: o governo anunciou um pacote de reajuste para soldados.

6 de fevereiro: data em que a proposta seria levada à Assembleia Legislativa do estado, policiais e bombeiros promoveram uma manifestação pedindo aumento superior ao sugerido.

13 de fevereiro: o governo elevou a proposta de reajuste e anunciou acordo com os agentes de segurança. Um grupo dissidente, no entanto, ficou insatisfeito com o pacote oferecido.

14 de fevereiro: o Ministério Público do Ceará (MPCE) recomendou ao comando da Polícia Militar do Ceará que impedisse agentes de promover manifestações.

17 de fevereiro: a Justiça manteve a decisão sobre possibilidade de prisão de policiais em caso de manifestações.

18 de fevereiro: três policiais foram presos em Fortaleza por cercar um veículo da PM e esvaziar os pneus. À noite, homens murcharam pneus de veículos de um batalhão na Região Metropolitana.

19 de fevereiro: batalhões da Polícia Militar do Ceará foram atacados. O senador Cid Gomes foi baleado em um protesto de policiais amotinados.

20 de fevereiro: policiais recusaram encerrar o motim após ouvirem as condições propostas pelo Governo do Ceará para chegar a um acordo.

21 de fevereiro: tropas do Exército começam a atuar nas ruas do Ceará.

22 fevereiro: Ceará soma 88 homicídios desde o início do motim. Antes do movimento dos policiais, a média era de seis assassinatos por dia. Governo do Ceará anuncia afastamento de 168 PMS por participação no movimento.

24 de fevereiro: ministro Sergio Moro visita Fortaleza para acompanhar a operação de Garantia da Lei e da Ordem (GLO).

25 de fevereiro: governo divulga que já tem 43 policiais presos por deserção, motim e queima de veículo particular.

26 de fevereiro: Comissão formada pelos três poderes é criada para buscar soluções para paralisação dos PMs. Ceará pede ao governo federal prorrogação da presença de militares do Exército no estado.

Fonte: G1 CE
Foto: Camila Lima/SVM