-->

11 de fevereiro de 2019

Morre no hospital a mulher baleada junto com namorado no Vila Velha; casal foi alvo de 13 tiros


A polícia foi acionada por volta das 11h48 da manhã deste domingo, 11

A namorada do jovem morto neste domingo, 11, na rua Beta, bairro Vila Velha, também faleceu após ser levada para o Instituto Dr. José Frota. O casal foi alvo de 13 tiros ao todo. A moça, que morreu na unidade de saúde, não teve nome informado, mas o rapaz é chamado Matheus Thiagos Menezes do Nascimento, de 19 anos, sem antecedentes criminais. Ele morreu no local.

O POVO Online apurou que o principal alvo da ação criminosa era a jovem, que havia tido um relacionamento com outro homem que seria envolvido com tráfico de drogas. O relacionamento com Matheus Thiago era mais recente. Porém, a motivação do crime ainda não foi confirmada. Inquérito policial foi instaurado para investigar o caso, que segue sem suspeitos identificados, além de uma mulher que foi detida, suspeita de acobertar e dar guarida aos criminosos.

Segundo a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), a polícia foi acionada por volta das 11h48 da manhã do domingo, quando os disparos foram efetuados pelo casal. De acordo com a polícia, o casal estava em um carro quando foi atingido pelos disparos. O casal tentou fugir, mas acabou caindo sobre a calçada por conta dos tiros.

Redação O POVO Online

Polícia flagra ciclista que transportava galo em bolsa e mantinha pássaros em cativeiro


Ao seguir o ciclista, a polícia encontrou uma casa com gaiolas e pássaros

Um ciclista foi autuado por crime ambiental de maus tratos contra animais na manhã deste domingo (10), em Horizonte, na Região Metropolitana de Fortaleza.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o ciclista foi flagrado por agentes transportando em uma embalagem de tecido algo que parecia ser um galo utilizado em rinhas.

A polícia afirmou que quando os policiais tentaram abordar o ciclista, o homem ignorou a ordem de parada e fugiu para o interior de uma propriedade localizada às margens da rodovia BR-116.  Após autorização do proprietário, os policiais entraram no local e encontraram o ciclista com o galo ainda na bolsa de transporte, configurando maus tratos.

Pássaros e gaiolas apreendidos
A equipe PRF realizou buscas no local e encontrou várias gaiolas com galos presos, além de pássaros da fauna presos em cativeiro, sem autorização. Foram encontrados um corrupião, duas graúnas, um bigodeiro e um periquito verde. 

O Batalhão da Polícia Militar Ambiental compareceu ao local e providenciou um médico veterinário que atestou os maus tratos.

 Ainda segundo a polícia, foi lavrada ocorrência pelos crimes ambientais de maus tratos e cativeiro de animal silvestre. A ocorrência foi encaminhada para o Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas).

Red; DN 

Operação ‘Vereda Sombria’ investiga esquema criminoso na Polícia Civil cearense


CGD abriu 334 investigações contra delegados em quatro anos. Processos administrativos analisam a participação e a responsabilidade de agentes da Segurança Pública em desvios de conduta funcional, como corrupção e abuso de autoridade. Pena pode chegar à demissão


Com 94 processos abertos, o ano de 2018 registrou aumento de 17,5% no número de delegados com suposta atividade irregular apurada pela CGD, em relação aos três anos anteriores

FOTO: NATINHO RODRIGUES
 
 No Ceará, quando o agente de segurança é suspeito de ato incompatível com a função pública, como corrupção ou abuso no exercício da atividade, é submetido à apuração da Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos de Segurança Pública e Sistema Penitenciário (CGD). Nos últimos quatro anos, o órgão abriu 334 procedimentos investigatórios contra delegados no Estado.

O ano passado bateu recorde de abertura de apurações: foram 94. Nos três anos anteriores, a média foi de 80. A CGD ressalta que os dados não correspondem ao número de servidores, considerando que o mesmo agente pode ser alvo de mais de uma ação.


Do total, houve a instauração de 40 Procedimentos Disciplinares (PADs) e 71 sindicâncias. Ocorreram ainda arquivamentos, cujos números não foram informados, provocados “por insuficiência de provas ou ausência de transgressão”. Dos 40 PADs instaurados, 18 levaram a sanções disciplinares. A CGD destaca que, em todo processo, “foram observados o princípio da ampla defesa e do contraditório, além do devido processo legal”.

Uma das investigadas é Patrícia Bezerra, ex-titular da Delegacia de Combate ao Tráfico de Drogas (DCTD). No fim de 2017, ela viu seu nome envolvido na Operação ‘Vereda Sombria’, da Polícia Federal (PF), que revelou uma suposta organização criminosa na qual policiais civis extorquiam e torturavam criminosos em troca de valores e drogas. No último dia 28 de janeiro, a CGD abriu novo processo para apurar condutas da delegada.

Conforme a portaria, que leva em conta depoimentos de 11 supostas vítimas do grupo entre dezembro de 2015 e dezembro de 2017, a delegada teria presenciado torturas contra traficantes de drogas, promovidas por policiais civis subordinados a ela. 

Em um dos relatos, a delegada teria dito que os policiais “poderiam fazer o que quisessem” com uma das vítimas. Noutra ocasião, um homem disse que, pelas coronhadas que recebeu na cabeça, chegou a vomitar na presença de Patrícia, “não tendo esta adotado qualquer providência”.

Em setembro do ano passado, a CGD também instaurou PAD contra Romério Almeida, então titular do 34º Distrito Policial, por suposto envolvimento na liberação irregular de um carro apreendido, em janeiro de 2016.

O delegado teria negociado R$ 1,5 mil com um advogado e um preso. Em 26 de abril, um dia após a deflagração da operação ‘Renault 34’, que determinou seu afastamento das funções, Romério foi encontrado baleado em casa. No mês passado, a comissão responsável por sua investigação solicitou ao Poder Judiciário a remessa de oitivas audiovisuais para subsidiar os autos.

A defesa dos delegados, representada pelo advogado Leandro Vasques, respondeu às acusações. No caso de Patrícia, critica “veementemente” a sistemática de instauração de vários procedimentos pela CGD, “muitos dos quais tratando de fatos já fartamente esclarecidos” na esfera judicial. Ressalta que Patrícia teve “histórica e modelar gestão na DCTD” e “jamais compactuaria com qualquer irregularidade, muito menos torturas”.

Já sobre a ‘Renault 34’, declara que não há prova alguma de que foi pago qualquer valor a Almeida para a liberação do veículo, tendo o mesmo agido “com total boa-fé”. “A defesa tem plena convicção de que sua inocência será inequivocamente demonstrada”, destaca. Atualmente, o delegado se encontra em licença médica.

Red; DN 

Ricardo Boechat morre em queda de helicóptero


Aeronave caiu no Rodoanel nesta segunda-feira (11)
O jornalista Ricardo Boechat morreu na queda de um helicóptero na manhã desta segunda-feira (11) no Rodoanel em São Paulo. A informação foi confirmada pelo Governo do Estado. 

Mais informações em instantes


Soldado da Polícia Militar é baleado durante tentativa de assalto em Caucaia

     Agente de segurança estava à paisana e foi atingido por um disparo no pé


Um soldado da Polícia Militar foi baleado durante uma tentativa de assalto neste domingo (10) na Avenida Mister Hull, em Caucaia. O soldado estava à paisana e foi atingido por um disparo no pé. 

Segundo informações da polícia, o agente de segurança foi entregar o celular, mas os suspeitos acharam que ele iria sacar uma arma. Um dos bandidos efetuou um disparo e atingiu o pé do soldado. 

A vítima foi socorrida para o hospital Frotinha do Antônio Bezerra, onde recebeu os primeiros atendimento médicos. Ainda durante a noite, ele foi transferido para o Instituto Dr. José Frota (IJF), onde deve passar por uma cirurgia. 

A polícia realizou diligências pelo local, mas não conseguiu localizar os suspeitos do crime.

Red; DN

HOMICÍDIO EM QUIXERÉ CE


O crime aconteceu por volta das 21:25 min um jovem de nome Eduardo, conhecido por BINHA foi assassinado em um recinto que todos os Domingos promove festa dançante. Informações que o mesmo trabalhava de segurança no local. 

A imagem pode conter: 1 pessoa, selfie
Aguardando mais informações.

Noticias repassada por Silvio Leão  


Ex-vereador de Cariús é encontrado morto à beira da estrada


Francelino Bilé estava com marcas de tiro e caído em rodovia do distrito de São Sebastião.

O ex-vereador do município de Cariús, Francisco Lino de Morais, foi encontrado morto na noite deste sábado (10), às margens de uma estrada no sítio Lagoa Cercada, distrito de São Sebastião, em Cariús. 

Conhecido como Francelino Bilé, a vítima tinha 70 anos e estava caída à beira da rodovia com marcas de tiro no tórax, segundo a Secretaria da Segurança Pública (SSPDS). 

A Polícia Militar esteve no local e conduziu o ex-vereador a uma unidade hospitalar, mas ele não resistiu. 


Os levantamentos realizados pelas forças de segurança apontaram que a vítima possuía lesões provocadas por arma de fogo. 

As investigações sobre as circunstâncias, autoria e motivação do crime estão em andamento. 

Red; DN