-->

12 de maio de 2014

Fortaleza vence Águia de Marabá e segue com 100% de aproveitamento na Série C

O Fortaleza manteve 100% de aproveitamento na Série C do Campeonato Brasileiro. Com gol de Robert, o Tricolor do Pici venceu o Águia de Marabá por 1 a 0 na noite desta segunda-feira (12) e quebrou um tabú de 6 jogos sem vencer o time paraense. A partida, realizada no PV, foi válida pela 3ª rodada da competição.
Com o resultado, o Tricolor de Aço assumiu a liderança do grupo A com 9 pontos. O Azulão ficou na 6ª posição na tabela, com 3 pontos somados. 
O Fortaleza volta a campo no póximo sábado (17), às 19h, contra o Crac, no Estádio Genervino da Fonseca, em Goiás. Já o Águia de Marabá recebe o Treze, no domingo (18), às 16h, no Estádio Zinho de Oliveira.
Nada de gols na primeira etapa
Jogando com o apoio da torcida, pela primeira vez nesta Série C, o Fortaleza iniciou a partida com mais presença ofensiva. Aos 16 minutos, o atacante Robert teve a chance de abrir o placar, mas acabou chutando para fora.
Após um bom começo, o Leão diminuiu o ritmo e o Águia foi para o jogo. A equipe visitante criou boas chances para marcar. Na melhor delas, aos 24 minutos, o atacante Leilson chutou forte e o goleiro Ricardo defendeu.
Depois do susto, o Tricolor voltou a manter a posse de bola e chegou novamente com perigo. Aos 34 minutos, Romarinho recebeu ótimo passe de Marcelinho Paraíba, mas bateu em cima do goleiro Bruno Colaço. Já no final, o próprio Paraíba teve a chance de marcar de falta, mas novamente o  goleiro Bruno salvou.
Robert marca e garante vitória
As equipes voltaram do intervalo dispostas a tirar o placar do 0 a 0. Já no primeiro minuto, o Águia de Marabá teve a chance de marcar com Aleilson, mas acabou chutando para fora. 
O Fortaleza saiu mais para o ataque em busca do gol. A equipe tricolor manteve maior posse de bola mas passou a errar nas finalizações e desperdiçar boas chances de marcar. Aos 39 minutos, Robert recebeu passe de Patric, mas chutou na trave. Quando parecia que a partida iria para um empate, o próprio Robert teve nova oportunidade e dessa vez não desperdiçou. 
O camisa 9 do tricolor recebeu de Edinho e chutou forte para o fundo do gol. Dai em diante, o Leão administrou o placar e conseguiu segurar o adversário, saindo de campo com mais uma vitória. 


Créditos DDN


Pedestres cobram fechamentos de buracos feitos pela própria prefeitura



Os pedestres que caminham todos os dias pelo calçadão da Vila Ramalho estão cobrando da atual administração o fechamento dos buracos que foram feitos pela própria administração. Buracos esses que deveriam ser abertos para a plantação de carnaúbas, fato esse que não aconteceu. E agora com as chuvas caídas os buracos começam a virar crateras colocando em risco as pessoas que todos os dias fazem suas caminhadas.










Redação Erica Samia
Imagens Erivando Lima
Diretora de Imagens  Irleide Fama

Cid Gomes oficializa exoneração de secretários

O GOVERNADOR DO ESTADO DO CEARÁ, no uso de suas atribuições legais, RESOLVE EXONERAR, a pedido, nos termos do art.63, Inciso I da Lei nº9.826, de 14 de maio de 1974,ALOISIO BARBOSA DECARVALHO NETO, do cargo de provimento em comissão de SECRETÁRIO EXECUTIVO, integrante da estrutura organizacional da Secretaria do Esporte, a partir de 02 de maio de 2014.
PALÁCIO DA ABOLIÇÃO DO GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ, em Fortaleza, 12 de maio de 2014.
Cid Ferreira Gomes
GOVERNADOR DO ESTADO DO CEARÁ
*** *** ***
O GOVERNADOR DO ESTADO DO CEARÁ, no uso de suas atribuições legais, RESOLVE EXONERAR, a pedido, nos termos do art.63, Inciso I da Lei nº9.826, de 14 de maio de 1974,BRUNO VALE SARMENTO DE MENEZES, do cargo de provimento em comissão de PRESIDENTE, integrante da estrutura organizacional do Conselho de Políticas e Gestão de Meio Ambiente, a partir de 02 de maio de 2014. PALÁCIO DA ABOLIÇÃO DO GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ, em Fortaleza, 12 de maio de 2014.
Cid Ferreira Gomes
GOVERNADOR DO ESTADO DO CEARÁ
*** *** ***
O GOVERNADOR DO ESTADO DO CEARÁ, no uso de suas atribuições legais, RESOLVE EXONERAR, a pedido, nos termos do art.63, Inciso I da Lei nº9.826, de 14 de maio de 1974,CÉSAR AUGUSTO PINHEIRO, do cargo de provimento em comissão de SECRETÁRIO DE ESTADO, integrante da estrutura organizacional da Secretaria de Recursos Hídricos, a partir de 02 de maio de 2014. PALÁCIO DA ABOLIÇÃO DO GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ, em Fortaleza, 12 de maio de 2014.
Cid Ferreira Gomes
GOVERNADOR DO ESTADO DO CEARÁ
*** *** ***
O GOVERNADOR DO ESTADO DO CEARÁ, no uso de suas atribuições legais, RESOLVE EXONERAR, a pedido, nos termos do art.63, Inciso I da Lei nº9.826, de 14 de maio de 1974,JOÃO ALVES DE MELO, do cargo de provimento em comissão de SECRETÁRIO DE ESTADO CHEFE DA CONTROLADORIA E OUVIDORIA GERAL, integrante da estrutura organizacional da Controladoria e Ouvidoria Geral do Estado, a partir de 02 de maio de 2014. PALÁCIO DA ABOLIÇÃO DO GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ, em Fortaleza, 12 de maio de 2014.
Cid Ferreira Gomes
GOVERNADOR DO ESTADO DO CEARÁ
*** *** ***


Créditos: Diário do Nordeste

Cid Gomes muda os planos e vai receber Dilma


Antes de viajar para Brasília, o governador Cid Gomes vai se encontrar com a presidenta Dilma Rousseff no interior.
No horário da tarde, Cid Gomes vai a Brasília conversar com a cúpula do PROS.





Créditos: Diário do Nordeste

Presidente do TCE assaltado e critica segurança







Fonte: Diário do Nordeste


Presidente da CNM fala sobre a crise nos Municípios brasileiros


“Nós temos um problema estrutural gravíssimo. Nós precisamos atender a esse doente quase terminal que é o Município”. A afirmação foi feita pelo presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM), Paulo Ziulkoski, durante coletiva de imprensa realizada na manhã desta segunda-feira, dia 12 de maio, na Câmara dos Deputados. No encontro com a imprensa nacional, o presidente da CNM lançou a XVII Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios.
 
Ele mostrou o enfraquecimento do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) e a consequente crise fiscal enfrentada por esses entes. Ziulkoski ainda alertou para o crescente repasse de atribuições feito às administrações municipais. “Há o crescimento da municipalização de obrigações, especialmente nas áreas de Educação e Saúde”, disse. Ele reafirmou que crescem as demandas e diminuem os repasses, inclusive do FPM. “A União continua tomando posse dos nossos recursos e repassando atribuições”.
 
Em sua apresentação, o presidente da CNM destacou que em 1989, no primeiro ano de aplicação plena da Constituição, apesar do FPM ser composto por apenas 20,5% do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) e Imposto de Renda (IR), ele respondia por 15% da denominada Receita Administrada pela Receita Federal. Em 2012, mesmo com ampliação para 23,5% do IPI e IR, esse percentual caiu para 10% da Receita Administrada. Ziulkoski alertou para o fato de que, de um total de 5.568 Municípios, cerca de quatro mil vive quase que exclusivamente do Fundo.
 
Segundo Ziulkoski, isso ocorreu porque o IPI e o IR, que responderam por 72,7% da receita administrada em 1989, não chegaram a 43% em 2013. Ziulkoski mostrou relatório do Tribunal de Contas da União que aponta: o total das desonerações do IPI no período de 2008 a 2012 somou R$ 80 bilhões, enquanto que no IR somou R$ 247,7 bilhões. “É quase um ano de arrecadação”, ponderou.
 
Com isso, o efeito no FPM apenas das desonerações do IPI é de R$ 18,8 bilhões no período, valor que corresponde a aproximadamente 6,4% de todo o FPM do período. Já as desonerações do IR impactaram em R$ 58,2 bilhões no mesmo período. “Apenas nestes cinco anos, foi retirado do Fundo equivalente a um ano do FPM em desonerações”, lamentou.
 
Municipalização dos serviços
Ele destacou que os Municípios assumiram os principais cuidados nas áreas de Saúde, Educação, Assistência Social, Meio Ambiente, Transporte e Mobilidade. “Temos hoje em nossas prefeituras quase seis milhões de funcionários só na administração direta”. Ele mostrou o cenário proveniente do crescimento dos programas federais, que fizeram com que os profissionais de diversas áreas fossem contratados pelas prefeituras.
 
Em 1980, exemplificou, os Municípios empregavam 42,6% dos profissionais da área de Saúde, enquanto que União e Estados empregavam 16,2% e 41,2%, respectivamente. Em 2014, 75,7% dos profissionais são contratados pelos Municípios. A União emprega hoje apenas 4,4% e Estados menos de 20%. Em 1999 a despesa de pessoal foi de 38,7% da RCL, número que em 2008 havia aumentado para 44,5%. Atualmente em 2012 a despesa de pessoal do conjunto dos Municípios atingiu 50,3% da RCL.
 
“Estamos orientando os prefeitos a devolverem os programas federais, uma vez que isso é transferência voluntarias”, disse. Em relação à importância dos programas para a sociedade Ziulkoski foi categórico: “o prefeito tem que escolher. A maioria está se submetendo a ir para a cadeia e virar ficha suja por aderir a esses programas”.

Pisos salariais

Ziulkoski também alertou para a aprovação de matérias que estabelecem pisos salariais para diversas categorias se, no entanto, prever as fontes de recursos, como o piso do magistério e o de agentes comunitários de saúde. “A responsabilidade fiscal dos entes deve ser considerada no estabelecimento de regras salariais em âmbito federal”, disse.
 
Em relação ao piso salarial do magistério, por exemplo, Ziulkoski disse que, em 2013, o impacto na folha municipal foi de R$ 5 bilhões. O mesmo valor que o FPM aumentou em relação a 2012. Ou seja, no ano passado, apenas o impacto do piso do magistério consumiu todo o crescimento do FPM.
 
ISS

Sobre o Imposto Sobre Serviços (ISS), foi destaca a proposta da Confederação para atualização da lei vigente. Segundo apresentação, ele é o principal problema da arrecadação própria, pois apenas 11 Municípios concentram 50% do total arrecadado. “Queremos mudar a arrecadação da origem para o destino. Apesar de não ser recurso da União as discussões não evoluem, e as mudanças representariam R$ 5 bilhões a mais para os Municípios se as operações de leasegin foram alteradas”. Nos últimos foi à arrecadação que mais cresceu, segundo os dados apresentados.
 
Pauta prioritária
Após apresentar os principais aspectos da crise, Ziulkoski mostrou à imprensa a pauta de reivindicações dos gestores municipais durante a Marcha a Brasília. Destacam-se: aumento em 2% do FPM; reformulação da Lei complementar que trata do ISS; desonerações do IPI; apreciação pelo STF da Lei 12.734/2012 com a redistribuição dos royalties de petróleo e gás; encontro de contas das dívidas previdenciárias; e lutar contra a aprovação dos pisos nacionais.
 
Viva o seu Município
Ziulkoski abriu a coletiva com menções da campanha Viva o seu Município, que contou com a participação popular em quase dois mil Municípios brasileiros no dia 11 de abril. “Estamos tentando mudar o enfoque para que a população acompanhe as atividades da prefeitura, assim como orienta a lei da transparência”. O líder municipalista mostrou os dados da abrangência da ação pelo Brasil.
 
A campanha é uma iniciativa pioneira da Confederação que visa a unir gestores e comunidade para lutar pelo resgate da saúde financeira dos Municípios brasileiros. Municípios de 24 Estados participaram da campanha, alcançando quase 250 mil usuários.

* Com informações da CNM

Fonte: Ceará News

Bosco Cigano é afastado da Prefeitura de Baturité


A Câmara Municipal de Baturité acaba de afastar o prefeito da cidade, Bosco Cigano (PROS). Denúncias de irregularidades investigadas por duas comissões processantes e um relatório do TCM motivaram requerimento de nove dos 13 vereadores, que votaram pelo afastamento provisório do gestor.

O presidente da Câmara, Renaldo Braga (PSDB) vinha negando a apreciação do pedido de afastamento, abandonando a sessão de hoje (12) pela manhã. Com o apoio de uma comitiva de representantes da União dos Vereadores do Ceará (UVC), os parlamentares permaneceram em plenário e votaram o requerimento.  

Pela segunda vez este ano, Bosco Cigano é afastado da Prefeitura. Em janeiro, uma série de protestos varreu as ruas do município, levando os vereadores a votarem por retirá-lo do cargo por 120 dias. Entre as principais reclamações, estavam salários atrasados de servidores, denúncias de fraudes em licitações, irregularidades no pagamento de empresas terceirizadas e uso de máquinas do Programa de Aceleração do Crescimento na coleta de lixo do município.

Cigano conseguiu retornar ao cargo no último dia 21 de fevereiro, com um mandado de segurança obtido na Justiça Estadual. Mas oposição não arrefeceu e continuou a denunciar irregularidades na gestão municipal como extravio de documentos, desvio de recursos federais recebidos para reforma de postos de saúde, fraudes nas licitações de lixo, transporte e serviços gráficos, aluguel de imóveis sem licitação e ausência de depósitos relacionados ao recolhimento previdenciário de servidores.



Fonte: Ceará News

Cid não recepciona Dilma e vai a Brasília para apagar incêndio com o PROS


O governador Cid Gomes, que amanheceu nesta segunda-feira (12) com a intenção de acompanhar a presidente Dilma Rousseff em sua visita pelas obras do projeto de transposição das águas do Rio São Francisco no Ceará, agendada para esta terça-feira (13), adiando o encontro marcado com a Executiva Nacional do PROS em Brasília, confirmado para o mesmo dia, teve que reavaliar seus planos e decidiu manter o compromisso com a direção de seu partido. Cid já ligou inclusive para presidente desculpando-se por não poder recepciona-la. O vice-governador Domingos Filho é quem prestigiará a visita de Dilma ao Estado.

Amanhã, logo cedo, Cid desembarca no Distrito Federal onde passará o dia em reunião com o presidente nacional do PROS, Euripedes Junior, o senador Ataídes Oliveira (TO), e o líder da legenda na Câmara dos Deputados, Givaldo Carimbão (AL). O governador levará a proposta de trégua entre os correligionários, que passaram a última semana trocando insultos e graves acusações. Aparentemente, Cid atentou para a gravidade da situação e pretende, agora, encontrar um meio para contornar as divergências entre o Diretório cearense e a Executiva Nacional. Uma das questões será a solicitação feita pelo partido para a troca do ministro da Integração Nacional, Francisco Teixeira, que tem seu cargo protegido pelos irmãos Ferreira Gomes. 

Mesmo com o levantar de uma bandeira branca, as marcas desse breve confronto deverão ficar expostas por mais um tempo, como é o caso da acusação de irregularidades na obra do Cinturão das Águas no Ceará, que teve o seu contrato de serviços questionado pelo deputado Carimbão e agora poderá ser alvo de investigação do Ministério Público.    





Fonte: Ceará News


Inauguração do curso hoje

Inauguração do Master Curso hoje às 19hs ás 21h30min

Disciplina:

Português – Matemática

Redação – Informática

Conhecimentos Gerais

Professores: 

Afrânio Junior - Zaratoon

Dra. Denise – Osnar

DETRAN

Correios

TRT - CE | Técnica Área Administrativa

TJ – CE | Técnica Judiciária Área Técnica Administrativa

EBSERH | Hospital Universitários Federais

PRF | Nível Médio Agente Administrativo

Mapa

Valor da Mensalidade R$ 80,00

Local: Av. Benjamin Constant 99 n°
Vizinho a Neguinha do Espetinho

Contatos: 88 9986 1113 | 88 94137421





Redação Érica Samia
Imagens Erivando Lima
Diretora de Imagens Irleide Fama

Destino da aliança no Ceará na pauta de Dilma

Dilma Rousseff fará, amanhã, mais uma tentativa para que seja fechado o acordo entre os aliados no Ceará. No Cariri, Dilma desembarca em Jati com duas pautas.
A primeira diz respeito a obra de transposição do São Francisco. A segunda é tentar, ainda, juntar os cacos da aliança entre PT-PMDB-PCdoB, PROS e outros 12 partidos aliados que sustentam o governo Cid Gomes.
Hoje, o quadro está complicado. Eunício Oliveira já está decidido a disputar o cargo de Cid e o governador já deu sinais claros de que não pretende apoiar Eunício, apoiando um nome do PROS.
Créditos Roberto Moreira

Marina Silva no Faustino e buscando apoio



Marina Silva, a líder do Sustentabilidade está em Fortaleza. Ela participa hoje de uma entrevista coletiva e de um evento ligado ao meio ambiente.
Marina vai ter uma conversa com o presidente do PSB, Sergio Novais, e com a cúpula do seu partido aqui no Ceará.
Por enquanto, Marina Silva cumpriu uma agenda gastronômica comum ao passar por Fortaleza. Visitou o restaurante do Faustino.
Créditos ao Blog Roberto Moreira

Atentados à pauladas, bala, faca e caso de violência doméstica movimentaram o plantão policial no fim de semana



Tentativas de homicídios à faca, tiros e até pauladas foram registrados neste final de semana nos municípios de Crato, Juazeiro do Norte e Abaiara. Além disso, movimentaram ainda o plantão policial casos de violência doméstica nos bairros Pirajá e Limoeiro em Juazeiro e outros dois em Crato. Ainda na sexta-feira, a polícia prendeu Cícero Paulo Alves da Silva, de 23 anos, após este agredir sua mãe de 43 anos na Rua da Paz (Bairro Pirajá) em Juazeiro

Na madrugada de sábado em Crato a residência de Ana Cláudia Liberalino de Sousa, de 45 anos foi invadida por três homens encapuzados e armados com paus e pedras os quais passaram a espancar seu esposo. Ela fugiu com o filho e se refugiou na Guarda Municipal que recorreu ao apoio da polícia. Quando os PMs chegaram na Rua Vicente Pantanal dos Santos (Bairro Pantanal) o trio já tinha deixado o imóvel e o dono da casa, Antônio Fabio Cesário dos Santos, de 41 anos, estava ferido no quintal.

No início da tarde, na Rua João Maciel, 965 (Triângulo) em Juazeiro, uma mulher de 43 anos, denunciou o seu esposo José Newton da Silva, de 49 anos, de tê-la agredido e ele foi preso. Já por volta das 19h30min, na Rua Arsênio Sobreira (Limoeiro) Cícero Cardoso Frimino, de 36 anos, foi lesionado a golpes de faca de mesa na perna por uma pessoa que fugiu. Ele foi socorrido pelo SAMU para o Hospital Regional do Cariri.

Perto de meia noite ainda de sábado Paulo Alves do Nascimento, de 27 anos, foi esfaqueado por sua ex-companheira e socorrido ao Hospital São Francisco de Crato. A polícia diligenciou e prendeu a acusada, Francisca de Souza Ferreira, de 22 anos, na Avenida Teodorico Teles, perto do “Velho do Caldo”. Ela apontou como motivo uma discussão envolvendo a vitima e sua nova companheira.


Já na madrugada deste domingo, na Rua José Tibúrcio de Andrade, Lucelena Dias Figueiredo, de 46 anos, denunciou que seu filho, Márcio Figueiredo de Sousa, de 22 anos, estaria agredindo-a. Segundo a polícia, no local havia uma bebedeira e o garoto discutiu com vários familiares. Pela manhã, a polícia de Abaiara prendeu Cícero Ranieli Oliveira Brandão, de 26 anos, residente na Avenida Coronel Humberto Bezerra no Centro da cidade.

Ele estava em um bar na Rua do Fórum e, pela madrugada, tinha agredido a pauladas e roubado R$ 300,00 do aposentado Manoel Vieira Dantas, de 66 anos. O crime se deu com a ajuda do comparsa Tiago de Moacir, que está foragido. Já por volta das 11 horas, no bairro Jardim Gonzaga em Juazeiro, a polícia prendeu Maria Ângelza, de 38 anos, após esta agredir suas irmãs de 13 e 14 anos

Meia hora depois, um jovem de 29 anos, residente no bairro Romeirão, disse que estava no Cemitério Parque das Flores quando sentiu um impacto no braço direito ocasionado por uma carabina de pressão calibre 5.5. A arma foi encontrada pela polícia em um matagal próximo ao cemitério e, provavelmente, estava sendo utilizada por caçadores de aves os quais não foram localizados. A vítima foi socorrida ao hospital.

No meio da tarde deste domingo, na Rua Jose Alves de Figueiredo em Crato, a polícia encontrou Lúcia Regina Medeiros Correia, de 34 anos, bastante ensangüentada após ser lesionada com uma facada na cabeça. Já por volta das 17 horas uma mulher de 46 anos, residente no bairro João Cabral em Juazeiro, disse ter sido agredida por sua filha de 29 anos a qual foi levada para Delegacia.

Site Miséria

12.mai.2014 Em Quixadá, comerciante é executado no Bairro Campo Velho


O comerciante Francisco Welington da Silva Melo, 41 anos, mais conhecido como Del, foi executado com vários tiros por dois indivíduos à bordo de uma moto cujas características não foram anotadas. Todos os disparos atingiram a cabeça de Del.  A vítima residia no Bairro Campo Velho, em Quixadá.
A polícia realiza diligências na tentativa de capturar os assassinos.
Esta é a segunda execução do tipo em menos de 48 horas no município.
fonte Monólitos Post

Bandido furta veículo, sofre acidente e morre em Jaguaruana


Hoje, dia 11/05, por volta de 00h10min, na CE-263, KM 06, Jaguaruana, FRANCISCO LUCAS DE OLIVEIRA SILVA, 18 anos, natural de Russas, após furtar o veículo Corsa de cor branca, ano 1999, de placa MNI-0977, de propriedade de  ALDENOR SANTIAGO PEREIRA, 32 anos, natural de Esperança-PB, empreendeu fuga pela referida rodovia, vindo a perder o controle do carro, capotou e caiu dentro de um canal, ficando o veículo submerso na água, sendo que Lucas veio a óbito.
FONTE BLOG DO TOM

Atropelamento com vítima fatal em Jaguaribe


No dia 10/05, por volta de 12h50min,  na BR116, KM 302, Jaguaribe, foi vítima de atropelamento a pessoa de Joaci dos Santos Silva, pedreiro, natural e residente na Vila José Pinheiro em Jaguaribe. O Sr. Joaci foi socorrido para o Hospital, mas não resistiu e veio a óbito.

Queda de moto com vítima lesionada em Quixeré

No dia 10/05, por volta de 06h00min, na CE-377, na ladeira de Santa Terezinha, zona rural de Quixeré, ocorreu um acidente de  trânsito, sendo a vítima a pessoa de  Adriano Gomes Moura, natural de Limoeiro do Norte, 20 anos, solteiro, residente no Sítio Milagres, zona rural de Limoeiro do Norte, o mesmo vinha pilotando sua moto Honda CG Titan 150, de cor prata, de placa MZM-0828, inscrição de Pau dos Ferros-RN, e ao tentar ultrapassar um veículo de características não anotadas, veio a perder o controle da motocicleta e cair.

A vítima foi socorrida para o Hospital de Quixeré e, em seguida, transferida para o Hospital Regional de Limoeiro do Norte. 
BLOG DO TOM.

Homicídio à bala em Jaguaruana


No dia 10/05, por volta de 13h00min, no distrito de São João do Aruaru, dois elementos, um armado com revólver, provavelmente calibre 38, chegaram efetuando dois disparos contra J.I.F.S; a vítima foi atingida na perna e foi socorrida para o hospital de Chorosinho-CE.

Os elementos estavam em uma moto Honda/Bros, verde limão, placa não anotada, não se sabe os motivos.
BLOG TOM 

Polícias registram três mortes nas últimas 24 horas

Nas últimas 24 horas, as polícias rodoviária Estadual (PRE) e Federal (PRF) registraram 22 acidentes que levaram a 9 feridos nas rodovias que cortam o Estado. Três acidentes com mortos também foram contabilizados. 

Em Redenção (a 55km de Fortaleza), Rodrigo Souza, de 25 anos, morreu após ser atropelado por um veículo não identificado no KM 51 da CE 070. O veículo que colidiu contra o pedestre não foi identificado, pois o motorista fugiu após o acidente. 

Em Araripe (a 527 km), capotamento de um carro modelo Celta no KM 110 da CE 292, matou condutor de 26 anos. 

Em Itaiçaba (a 167 km), mulher não identificada caiu da moto que conduzia. De acordo com informações da polícia, a vítima não usava capacete.

FONTE O POVO.

Adolescentes encontram cadavér em Iguatu e jovem morre em acidente de trânsito em Saboeiro



Dois jovens encontraram o corpo de um homem em avançado estado de putrefação na tarde de ontem (11) na cidade de Iguatu. Os garotos caçavam passarinhos nas proximidades de uma lagoa, atrás da Justiça Federal (bairro Paraná) quando avistaram o cadáver.

De acordo com o Núcleo de Perícia Forense do Instituto Médico Legal (IML) de Iguatu “não é possível precisar a idade da vítima, tampouco há quantos dias ele foi morto”. “Só sabemos que trata-se de um homem”. O cadáver foi levado ao IML para ser realizado exame de DNA. O laudo deve sair em 30 dias.

Saboeiro
Ainda no domingo, o vendedor José Alexandre Pena, de 22 anos, morreu vítima de acidente de trânsito na CE 284, km 141, nas proximidades do Sítio Cruzeta, zona rural de Saboeiro.

Segundo informações da Polícia Militar, o jovem teria perdido o controle da motocicleta e sobrado numa curva. Alexandre ainda chegou a ser socorrido para cidade de Barbalha, no entanto, ele não resistiu aos ferimentos. A vítima era natural de Assaré. 

Site Miséria

61% dos eleitores brasileiros querem o fim do voto obrigatório; Dilma seria beneficiada



De acordo com pesquisa realizada pelo Datafolha, entre os dias 7 e 8 de maio, em 174 municípios e com 2.844 entrevistados, 61% dos eleitores entre 18 e 70 anos, obrigados por lei a votar, são a favor do fim do voto obrigatório no Brasil.

A pesquisa trouxe também dados em que aponta a oposição ao governo petista de Dilma Rousseff como a maior prejudicada caso o desejo da maior parte da população fosse concretizado.

Dilma Rousseff seria beneficiada

O levantamento trouxe Dilma Rousseff (PT) com 37% das intenções de voto, em seguida veio Aécio Neves (PSDB) com 20% e Eduardo Campos (PSB) com 11%. Segundo os números, 43% dos eleitores de Dilma não sairiam de casa para votar caso o voto não fosse obrigatório. Já os eleitores de Aécio, 58% não votariam, e 62% dos eleitores de Campos deixariam de votar.

Perguntados se são contra o voto obrigatório, os eleitores de Campos lideram a rejeição da obrigação com 71%. Em segundo lugar aparece os eleitores de Aécio com 67% e de Dilma com 51%.

O maior percentual dos eleitores que rejeitam a obrigatoriedade é de nível superior (71%) com idade entre 45 e 59 anos (68%).

Fonte: O Povo

Funceme registra chuvas em 31 municípios do Ceará

Russas. A chuva tão esperada para o fim de semana não decepcionou os moradores da Região Jaguaribana, onde as precipitações foram registradas em vários municípios. Depois de quase 10 dias de muito calor, a chuva serviu para amenizar o tempo seco. Neste município muita gente aproveitou para tomar banho de chuva e no interior agricultores comemoraram a chuva repentina, além de fortalecer a certeza do agricultor em safra na agricultura de sequeiro.
Ontem, data em que se comemorou o Dia das Mães, o Radar da Funceme mostrou nuvens carregadas sobre a região norte e central do Estado, além da região Jaguaribana.
Choveu em 31 cidades do Ceará entre a manhã de sábado e a manhã de ontem, de acordo com a Funceme. No interior do Ceará, as chuvas mais fortes foram registradas em Tamboril, com 61 milímetros.
No sábado choveu 55 mm na cidade de Senador Sá e a maior chuva foi em Tamboril, 61 mm. Ontem a chuva foi rápida e com fortes pancadas de chuva, neste município nem os trovões assustaram a população que aproveitou para se refrescar com um banho de chuva.
Agricultura
Houve precipitação rápida também nas cidades de Limoeiro do Norte e Quixeré. A chuva rápida foi bastante comemorada pela população do campo, onde após longos dias quentes de repente viu água para plantação. Para a agricultora Ivaldene Saraiva, que mora na comunidade de Carnaúbas, na cidade de Quixeré, a pouca chuva que chega ao sertão é um alívio para quem arrisca plantar.
"Diante da seca desses últimos dias, essa chuva é bastante eficaz para nossas produções de banana, feijão e o milho, onde alguns agricultores se arriscaram e plantaram com a esperança de um inverno", afirma. Na sua opinião, a quadra desponta bem mais favorável para o campo do que no ano passado, onde praticamente não foi possível safra nas pequenas propriedades.
As precipitações foram ocasionadas atuação da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT). Para hoje, o Ceará ficará com o céu parcialmente nublado e possibilidade de ocorrerem chuvas isoladas nos municípios do centro-norte.
Segundo a Funceme, poderão ocorrer chuvas isoladas, amanhã, em todo o Ceará, principalmente entre a tarde e a noite, por causa da proximidade da Zona de Convergência Intertropical sobre o norte do Nordeste brasileiro.
FONTE DIÁRIO DO NORDESTE

Jovem de Potiretama-CE morre em Acidente de moto no RN





O Jovem conhecido por Renato de Tei, perdeu o controle de sua moto e veio a cair,  onde bateu a cabeça numa pedra , vindo a perder massa encefálica.  O acidente ocorreu neste sábado 10 de Maio no município de Severino Melo-RN. Renato chegou a ser socorrido com vida a um hospital de Mossoró , mas ainda ontem teve diagnosticado Morte Cerebral. O sepultamento foi realizado na Tarde deste Domingo em Potiretama, com a presença de centenas de pessoas que choram a morte  de Renato. 
Potiretama está de Luto,  pela tão grande perca.
#LUTO
Alto Santo Noticias.








Morre o repórter Josafá Venâncio

O jornalista Francisco Josafá Venâncio faleceu, no início da noite de ontem, no Hospital São Mateus, no bairro Papicu, devido à falência múltipla de seus órgãos. O velório começou ainda na noite deste domingo, na Funerária Ternura, localizada na Rua Padre Valdevino, 2255, na Aldeota. O enterro será realizado às 13h30, no Cemitério Jardim Metropolitano, em Messejana, na tarde de hoje. Ele deixou a sua esposa e dois filhos.
Durante as últimas três décadas, Josafá Venâncio trabalhou como repórter da editoria de Política do Diário do Nordeste, cobrindo principalmente o que acontecia na Justiça Eleitoral. Além disso, o jornalista também emprestou sua colaboração para a TV Ceará (TVC) e foi assessor do Tribunal Regional Eleitoral (TRE).
Dedicado e metódico, o jornalista, em 2004, Josafá foi agraciado com a Medalha do Mérito Eleitoral Desembargador Faustino de Albuquerque Souza, entregue pelo TRE.
FONTE DIÁRIO DO NORDESTE

Mudanças no setor de telefonia atingem orelhões no Ceará


Em dez anos, o Brasil perdeu pouco mais de um terço dos Telefones de Uso Público (TUPs), os orelhões. Se, em 2004, era cerca de 1,3 milhão, hoje esse número caiu para 875 mil, conforme estudos da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Levantamentos apontam que, em 2000, o Ceará contava com mais de 50 mil orelhões e, em 2011, com apenas 30 mil.
Em tempos de avanços tecnológicos, os serviços oferecidos por esses aparelhos cedem espaço, gradativamente, para a telefonia móvel. Tanto que a própria Anatel, encarregada de fiscalizar o setor, admite que o serviço tende a ser reduzido ainda mais. O certo é que há uma pressão das teles para que a meta do próximo plano para o período 2016-2020 seja de apenas um aparelho para cada mil habitantes no País. Atualmente, essa relação é quatro TUPs a cada mil.
Pouca lucratividade seria a principal causa. A agência diz que 50% dos telefones de uso público no País, hoje, registram apenas duas chamadas por dia. Porém, em 1997, na corrida pelo usuário, a telefonia fixa era o maior destaque. Mas, na atualidade, o consumidor quer ter acesso a todos os serviços "de forma convergente". Tanto que a telefonia fixa vem sofrendo queda desde 2002.
Enquanto isso, cresce a utilização dos celulares. O número de linhas móveis passou de 65 milhões, em 2004, para 272 milhões nos dias de atuais, ou seja, mais de uma para cada habitante. Porém, a área técnica da Anatel, deve propor no próximo plano geral de metas que, como contrapartida à redução dos orelhões, as empresas reduzam a tarifa básica do telefone fixo.
Já concessionária Oi, que opera o serviço no âmbito local, através de sua assessoria de imprensa, comunica que, nos quatro primeiros meses deste ano, foram danificados por vandalismo, em média, 10% dos 32 mil orelhões instalados no Estado do Ceará. "No mesmo período, a companhia realizou a substituição de cerca de 480 campânulas dos orelhões por mês", adianta a assessoria.
"A empresa investe, constantemente, em estudos de sua planta telefônica e, se for verificada ociosidade de alguns telefones públicos, eles podem ser transferidos para áreas de maior demanda - sempre respeitando a regulamentação da Anatel", cita nota da Oi, frisando que a migração do consumo de voz fixa (acesso individual ou telefone público) para voz móvel faz parte da evolução da telefonia em todo o mundo, "inclusive no Brasil".
As concessionárias têm a obrigação, por força regulamentar e contratual, de realizarem a manutenção preventiva e corretiva de tais terminais, informa a Anatel. Adianta, ainda, que no novo plano para o setor em discussão, uma das propostas da área técnica da Agência é que a redução na planta não seja linear em todo o País, como ocorreu nas revisões de 2003, 2006 e 2011. Locais em que o uso dos orelhões é maior, por exemplo, poderão perder menos aparelhos, enquanto as localidades com baixo uso, onde normalmente há uma oferta maior de operadoras de telefonia móvel, deverão sofrer uma diminuição mais acentuada.
Sem universalização
Para o diretor presidente do Sindicato dos Trabalhadores Empresas de Telecomunicações Ceará, João Cézar Barbosa de Assis, a recomendação da Anatel acerca da universalização do serviço de telefonia no País e no Ceará ainda não saiu "do papel".
A título de exemplo, cita a Praça do Ferreira, em Fortaleza, onde existiam quatro orelhões. "Muitos deles foram desativados e os que ficaram permanecem por muito tempo com defeito ou sem funcionar. E veja que se trata do 'coração' da Cidade, com grande circulação de pessoas". Acrescenta que a falta de manutenção dos orelhões atinge, diretamente, os trabalhadores que fazem serviços de manutenção na rede da operadora Oi.
Serviço é usado em casos de emergência, diz professor
Telefone público virou coisa do passado, considera Pedro Porfírio Muniz Farias, professor titular no doutorado de Informática Aplicada da Universidade de Fortaleza (Unifor). "Só se utiliza orelhão em caso de alguma emergência, como celular roubado, defeito ou bateria descarregada", observa, lembrando, ainda, que pouquíssimas pessoas não têm celular no País. Uma outra situação que gera a necessidade do uso do telefone público é quando os créditos do celular acabam. "Mas, talvez, seja mais fácil colocar mais créditos que encontrar um cartão de orelhão", cita.
Enquanto o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apontou, em 2013, que os habitantes do País chegam a 201.032.714, Pedro Porfírio informa que no fim de 2013 já existiam 271 milhões de linhas de celular no Brasil.
"Agora, se já tivesse ocorrido a padronização nos carregadores seria mais fácil conseguir um carregador emprestado", diz, completando que o custo das ligações de celular é que não têm baixado com deveria. A cada ano e meio, o mercado oferece computadores com o dobro da capacidade pelo mesmo preço. "Então o custo das ligações deveria cair mais ou menos nesta proporção", acrescenta, frisando que o custo da ligação de celular no Brasil é muito alto.
Segundo ele, o banco Bradesco inovou, recentemente, e está bancando os custo de conexão com seus clientes. A iniciativa, explica, segue o mesmo princípio dos serviços 0800. "O Bradesco foi o primeiro, mas a iniciativa deve ficar mais comum, prevê.
Os celulares viraram máquinas fotográficas e computadores conectados na Internet enquanto os orelhões servem apenas para conversar, diz Pedro.
Mais investimentos
Embora inteiramente em sintonia com as novas tecnologias, a engenheira de pesca Keyvila Farias defende a manutenção da telefonia pública e maiores investimentos no setor. Reconhece que não mais utiliza o serviço com a frequência de alguns atrás, porém continua sendo útil, sobretudo quando ela se encontra em algum aeroporto do País e não tem como carregar o seu celular. "Além disso, o orelhão é muito necessário para quem não dispõe de telefonia móvel", adianta.
Para a técnica em Telecomunicações e jornalista, Cira Oliveira, há uma queda, também, do uso do telefone fixo residencial. "Há um predomínio das rede sociais e muita impessoalidade nas comunicações", diz.
Fonte Diário do Nordeste.

Campanhas milionárias já mobilizam candidatos 12.05.2014


O candidato a governador do Ceará, para emplacar uma postulação competitiva nas eleições deste ano, deverá reunir recursos de pelo menos R$ 40 milhões, considerando a prestação de contas da última campanha no Estado, o aumento de inflação no período e prováveis despesas não declaradas, ainda recorrentes no período eleitoral. Para pleitear o Senado Federal, os custos podem se aproximar dos R$ 10 milhões.

Faltando 50 dias para a oficialização das candidaturas, alguns partidos afirmam que o maior financiador dos nomes que disputarão cargos majoritários - Governo do Estado e Senado - será o diretório nacional. Outros alegam que farão uma campanha modesta e não sabem quem pagará a conta.
Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o governador Cid Gomes (PROS) declarou despesas de quase R$ 29 milhões em 2010, quando se reelegeu. Corrigido pela inflação e contando com prováveis gastos não declarados, a conta pode chegar a R$ 40 milhões. Já Marcos Cals - que disputava pelo PSDB, mas hoje é filiado ao Solidariedade - alega ter desembolsado R$ 12 milhões. Lúcio Alcântara (PR), que também postulava a cadeira do Executivo, informou gastos de R$ 3 milhões. Os três candidatos a governador do Ceará mais votados gastaram, juntos, oficialmente R$ 44 milhões.
Ocultas
Em Fortaleza, na eleição para prefeito de 2012, os valores não foram tímidos. O candidato mais votado, Roberto Cláudio (PROS), encaminhou ao TSE prestação de contas de R$ 18,5 milhões, sendo R$ 10 milhões bancados pelo diretório estadual do antigo partido do prefeito, o PSB. Essas verbas são chamadas de doações ocultas, porque podem conter repasses indiretos de pessoas físicas e jurídicas ao postulante, intermediados pelas agremiações.
A campanha do segundo postulante a receber mais votos na Capital cearense, o petista Elmano de Freitas, foi orçada em pouco mais de R$ 9 milhões. Parte considerável dos recursos, quase R$ 7 milhões, foi financiada pelo diretório nacional do PT.
O senador Eunício Oliveira, pré-candidato do PMDB ao Governo do Estado nas eleições de outubro deste ano, afirma que a campanha majoritária deve ser custeada pela representação nacional da sigla. "Como o PMDB nacional entendeu que alguns estados eram prioritários e incluiu o Ceará como prioridade, há um compromisso partidário de dar atenção especial para ajudar a campanha", justifica.
O peemedebista informa que a legenda não detalhou as cifras a serem doadas, mas acrescenta que tentará captar recursos. "Ainda não sei (quanto o partido doará). Obviamente que se pode verificar que na campanha para governador passada houve captação. Isso só se define depois da candidatura efetivada", pontua.
O presidente estadual do PR, Lúcio Alcântara, diz que a legenda não planejou as despesas da possível candidatura de Roberto Pessoa, ex-prefeito de Maracanaú e ex-deputado estadual e federal, ao Executivo cearense. "Isso vai ter que ser de doações, não sei exatamente. Tem que fazer um orçamento mínimo com gastos de programa de TV, marketing, publicidade. Não discutimos nada", admite. O presidente do PR acrescenta que a verba inicial deve ser bancada por Roberto Pessoa, mas adianta que o valor é baixo.
Comedidos
Questionado se o PR tem estrutura para lançar candidatura competitiva, Lúcio Alcântara pondera que os valores devem ser comedidos. "Será uma campanha muito modesta, mas tem que ter transporte, televisão, marketing, som na rua. Não tenho ideia (do custo)", frisa. "Nós não temos caixa, não temos dinheiro. Vamos ver se o diretório nacional libera algo. Não há luz sobre isso nem pedimos nada ainda", completa.
Conquistar uma vaga no Senado Federal também requer recursos fartos. Eunício Oliveira declara gastos de R$ 7,7 milhões na campanha política de 2010, o petista José Pimentel informa custos de R$ 4,9 milhões, enquanto Tasso Jereissati desembolsou pelo menos R$ 6,9 milhões durante o pleito.
O presidente estadual do PT, Francisco de Assis Diniz, relata que o diretório nacional do partido deve financiar a candidatura do deputado José Guimarães ao Senado. "Como é uma estratégia do partido, temos a expectativa de ter o nacional como principal aporte de recursos", explica.
O petista diz que a sigla está preparada para a campanha ao Senado. "O partido está mais do que preparado, está afiado, está com o pé na estrada", garante o dirigente. E acrescenta: "A máquina partidária é fundamental, a militância é essencial. Esse é o nosso diferencial".
Dinheiro atua como cabo eleitoral para definir pleito
Especialistas explicam que o poder econômico tem influência direta nas eleições. "Há formação de marketing, assessoria jurídica, contratação de staff, empreendimentos que envolvem recursos. Para alguns candidatos, é difícil de alcançar", alega a professora de ciência política Carla Michele Quaresma, do Centro Universitário Estácio do Ceará. "As empresas escolhem candidatos competitivos para se favorecer dos mandatos. O fator financeiro às vezes é decisivo no resultado das eleições", reforça.
Michele atenta ainda para os recursos ilícitos. "Persistem práticas de compra de votos e uso indevido do poder financeiro. No Brasil, se utiliza a expressão de que eleição se ganha de véspera, porque se compra um dia antes da votação", aponta, avaliando que as máquinas públicas, como prefeituras e Governo do Estado, dão suporte para que candidaturas deslanchem.
A cientista política Marinina Benevides, da Universidade de Fortaleza, diz que o peso do capital nas eleições não é novidade no Brasil e pondera que, hoje, o impacto da máquinas pública pode ser limitado. "A utilização da máquina administrativa e outras ações fraudulentas ficam mais complexas e as denúncias podem contribuir para operar o efeito inverso: a rejeição do eleitor aos atores envolvidos nas improbidades administrativas".
FONTE DIÁRIO DO NORDESTE

Começam hoje inscrições para o Enem

As inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) começam hoje (12). Os interessados podem se candidatar no site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), até sexta-feira (23).

Qualquer pessoa pode se inscrever no exame, que está marcado para os dias 8 e 9 de novembro. O valor da inscrição é R$ 35. Alunos de rede pública e pessoas com renda familiar até 1,5 salário mínimo são considerados isentos. A taxa deve ser paga até o dia 28 de maio.

No site do Inep é possível também tirar dúvidas sobre o Enem. Neste ano, a página oferece o edital em formato de leitura compatível com o Dosvox, sistema criado para pessoas com deficiência visual, e um vídeo na Língua Brasileira de Sinais (Libras), para quem tem alguma limitação auditiva. Os candidatos podem ainda obter informações pelo telefone 0800-616161.

A nota do exame pode ser usada para participar de programas como o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que disponibiliza vagas no ensino superior público; o Programa Universidade para Todos (ProUni), que oferece bolsas em instituições privadas; e o Sistema de Seleção Unificada do Ensino Técnico e Profissional (Sisutec), que destina a estudantes vagas gratuitas em cursos técnicos.

O Enem é também pré-requisito para firmar contratos por meio do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e para a obter bolsas de intercâmbio pelo Programa Ciência sem Fronteiras.

A previsão é que 8,2 milhões de pessoas se inscrevam, um crescimento de 13,8% em relação aos 7,2 milhões do ano passado. O número de cidades que aplicarão o exame também aumentou de 1,1 mil, em 2013, para 1,6 mil.

Para evitar as ausências, o Inep vai enviar uma mensagem aos inscritos no ano passado que não fizeram a prova. Eles serão alertados de que não fazer o Enem leva a um desperdício de recursos públicos. 

Fonte: Agência Brasil