-->

30 de abril de 2019

Com 50 anos de carreira, ela era considerada um dos maiores nomes do samba do País

                 
Ela estava internada no Hospital Pró-Cardíaco, em Botafogo, Zona Sul
Morreu aos 72 anos, a sambista Beth Carvalho. Ela estava internada no Rio de Janeiro. Grande intérprete, Beth Carvalho ficou conhecida carinhosamente como a 'madrinha do samba', pelos talentos que descobriu e apadrinhou ao longo de sua carreira, como Zeca Pagodinho e o grupo Fundo de Quintal.

A sambista nasceu Elizabeth Santos Leal de Carvalho, no Rio, em 1946. A paixão pela música, ela herdou da família. Sua avó tocava bandolim e violão. Desde criança, ouvia Sílvio Caldas, Elizeth Cardoso e Aracy de Almeida, que eram grandes amigos de seu pai e que ele recebia em sua casa. E ali Beth ouvia, atenta, aos convidados do pai - e à cantoria. 

Na adolescência, cantava bossa nova e outros ritmos em festas e, para ajudar a família, após o pai ser perseguido na ditadura por seus pensamentos de esquerda, ela passou a dar aulas de violão. Não por acaso, herdou do pai a postura engajada por toda a vida.

Gravou o primeiro compacto em 1965, com a canção 'Por Quem Morreu de Amor', de Roberto Menescal e Ronaldo Bôscoli. Nos anos seguintes, seguiu a trilha dos festivais. 

Seu primeiro sucesso foi Andança, de Edmundo Souto, Paulinho Tapajós e Danilo Caymmi, que ela defendeu no Festival Internacional da Canção, em 1968, e com o qual conseguiu o 3º lugar. A música também deu título ao seu primeiro LP, que foi lançado em 1969. Emendou outros sucessos na sua voz, como o hino 'Vou Festejar', e eternizou 'Coisinha do Pai'. 

Na década de 1970, foi ao encontro dos mestres, ao gravar 'Folhas Secas', com Nelson Cavaquinho, e 'As Rosas Não Falam', de Cartola. Dois momentos sublimes em sua carreira. 

Ficou conhecida também sua presença assídua na quadra Cacique de Ramos, onde Beth identificava talentos no samba e os revelava, como aconteceu com nomes como Fundo de Quintal, Zeca Pagodinho, Almir Guineto, Sombra, Sombrinha, Arlindo Cruz, Jorge Aragão, entre tantos outros.

Daí a alcunha de 'madrinha do samba'. "Quem levou Beth Carvalho pro Cacique foi o Alcir Portela, que era jogador naquela época. Ela se apaixonou pelo samba tocado embaixo da Tamarineira. Gostou tanto que resolveu gravar com a gente em estúdio, no formato da nossa roda de samba", contou, em seu site, o cantor, compositor e percussionista Bira Presidente, integrante do Fundo de Quinta. 

Beth Carvalho não renegava o posto de madrinha, da grande matriarca, mas preferia não ter essa função. Gostaria que os talentos tivessem outros tipos de incentivo e oportunidades para se expor. "Não é meu papel, mas sou assim, gosto de mostrar o que há de bom", disse, certa vez, em entrevista ao Estado. 

Mangueirense de coração, foi homenageada por outras escolas de samba: foi tema de enredo da Escola de Samba Unidos do Cabuçú, 'Beth Carvalho, a enamorada do samba', em 1984, e recebeu da Velha Guarda da Portela uma placa comemorativa por ela ter sido a cantora que mais gravou seus compositores. 

Em 2009, no Grammy Latino, ganhou o prêmio Lifetime Achievement Awards, em celebração à sua carreira. No mesmo ano, precisou fazer uma pausa por causa de uma fissura na região sacra, que a obrigou a ficar em repouso total. Voltou aos palcos no dia 19 de fevereiro de 2011, no show de encerramento do evento Sesc Rio Noites Cariocas.

Poucos meses depois, em abril, a cantora se apresentou em São Paulo e, na ocasião, disse ao Estado que havia se surpreendido consigo mesma após passar 1 ano e meio convalescendo em cima de uma cama. "Tive paciência de Jó. Contei com o apoio dos amigos e da família. Toda hora tinha pagode em casa", contou ela, à época. 

Apesar de a cantora se manter na estrada, suas condições físicas foram piorando. Em 2018, fez apresentações deitada. Por causa das dores, não conseguia ficar sentada. E emocionou as plateias. No final do ano passado, foi morar com a filha, a cantora e compositora Luana Carvalho, fruto de seu relacionamento com o jogador Édson de Souza Barbosa, mais conhecido como Édson Cegonha. 

Red; DN 

Polícia captura homem suspeito de matar 'milionário da Mega-Sena' em Campos Sales

Homem estava escondido na casa da mãe e tentou fugir, mas foi capturado; a polícia ainda investiga indícios sobre um mandante do crime
Miguel Ferreira teria ganhado R$ 39 milhões em sorteio da Mega-Sena, em 2011
Foto: Reprodução
Foi preso o homem apontado como autor do crime que vitimou o empresário Miguel Ferreira de Oliveira, conhecido como "milionário da Mega-Sena", assassinado a tiros em Campos Sales em fevereiro do ano passado. Antônio Pedro dos Santos, conhecido como “Pedão”, de 29 anos, estava foragido e foi capturado ao retornar a Campos Sales, onde estava escondido na casa da mãe, nesta segunda-feira (29).

Segundo o delegado de Campos Sales, Bruno Fonseca, Pedão não tinha antecedentes criminais e é apontado como o executor do crime. Ao perceber a presença dos policiais na residência onde estava escondido, ele tentou fugir, mas foi capturado. A polícia ainda investiga indícios sobre um mandante do crime.

“Em março de 2018 foi representada por mim essa prisão temporária, e deferida. E até então não tínhamos conseguido cumprir esse mandado porque ele estava em Bacabal (Maranhão). Nós entramos em contato com a polícia civil do Maranhão, mas não tivemos o retorno. E agora começamos a receber informações de que ele tinha retornado”, disse o delegado.

O mandado de prisão temporária contra o suspeito tem prazo inicial de 30 dias. Segundo o delegado, por se tratar de crime hediondo.

“Houve uma série de conexões levando ao suspeito como sendo o autor. Ele foi o executor, o que a gente chama de autor imediato”, acrescentou.

Bruno Fonseca afirma, ainda, que há indícios de que exista um mandante do assassinato. As investigações do caso continuam.

Ganhador da Mega-Sena

O empresário milionário estava em um bar na cidade de Campos Sales quando um homem se aproximou dele e disparou vários tiros, na madrugada do dia 4 de fevereiro de 2018. A vítima foi atingida por três tiros, conforme a Polícia Civil. Miguel Ferreira de Oliveira era ganhador de um prêmio de R$ 39 milhões na Mega-Sena, em um sorteio realizado no ano de 2011. 

Red; DN 

Adriana Ribeiro anuciada como chefe de gabinete da camará de Russas CE

 Seção da camará de Russas CE 30 04 2019
A imagem pode conter: 1 pessoa
O vereador e presidente da camará de Russas, Nathzael Gonçalves fez o anucio hoje 30 pela manhã durante a seção ordinária da camará dos vereadores, que a parti do dia 02 de Maio a, Ex; secretaria de ação social do município russano, Adriana Ribeiro, vai assumir o cargo de chefe de gabinete da camará municipal de Russas.

Dagoberto Alves assume a secretaria institucional da camará;


Fortaleza contrata Juninho, que estava no Ceará, até o fim de 2019


Volante pediu rescisão do Vovô após a chegada do técnico Enderson Moreira

No Alvinegro desde o ano passado, Juninho marcou cinco gols pelo clube

O volante Juninho, que estava no Ceará, é o novo reforço do Fortaleza para a disputa da Série A do Campeonato Brasileiro. O atleta pediu rescisão do Vovô após a chegada do técnico Enderson Moreira e assinou contrato com o Leão até dezembro de 2019. O acordo foi firmado diretamente com o Bahia, clube que detém os direitos do atleta, e oficializado nesta terça-feira (30).

>Fortaleza estuda contratação de meia Camilo, do Internacional


Titular sob o comando de Lisca, Juninho chegou ao Alvinegro na temporada passada e disputou 53 jogos, tendo marcado cinco gols. No currículo, acumula passagens também por Madureira, America-RJ, Serrano, Duque de Caxias, América-MG, Tombense e Macaé. Com 33 anos, vai disputar posição com Derley, Paulo Roberto, Felipe, Araruna e Romero.

Com a contratação, o Fortaleza só pode buscar mais quatro jogadores vindos de clubes da Série A - restrição imposta pela CBF após o início da competição. A prioridade da diretoria tricolor é buscar mais um meia armador, já que Dodô é o único com a característica no elenco.

Após a derrota para o Palmeiras na estreia, a equipe entra em campo diante do Athletico/PR nesta quarta-feira (1º), pela segunda rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. A partida acontece às 21h30, na Arena Castelão, e recebe transmissão da TV Verdes Mares.

Ficha técnica
Nome: Paulo Roberto Valoura Junior
Nascimento: 20/03/1986
Idade: 33 anos
Naturalidade: Rio de Janeiro (RJ)
Posição: volante
Clubes: Duque de Caxias, América-MG, Tombense, Macaé, Bahia, Ceará.

Fonte; DN 

Gerente de fábrica em Canindé tem prisão decretada por estupro e assédio sexual a funcionárias; 14 vítimas

A Justiça de Canindé decretou a prisão temporária de Flávio Roberto Sousa Alves, conhecido como “Peixoto“, por crimes de estupro, assédio sexual e assédio moral. Ele é gerente e uma fábrica de calçados nesta cidade situada a 100 Km  da capital cearense. O pedido partiu da Polícia Civil em um inquérito um inquérito instaurado pelo delegado regional Daniel Aragão Mota, para investigar casos na indústria. Até esta fase da investigação são 14 vítimas, funcionárias e pretendentes a um emprego.

Nesta segunda-feira (29) uma equipe da Polícia Civil seguiu até a fábrica, para dar cumprimento ao mandado de prisão do gerente. Ele conseguiu fugir numa motocicleta ao ver pelo sistema de videomonitoramento a viatura da polícia chegando. Agora é considerado foragido da Justiça, apesar de as investigações estarem na fase inicial. A prisão dele foi solicitada em razão de algumas das vítimas terem reclamado que estavam sendo ameaçadas.

Em entrevista divulgada em uma emissora de rádio da cidade após a fuga do gerente o delegado informou que o advogado de “Peixoto” pretende apresenta-lo. Com a prisão o número de vítimas deve subir. Há relatos de que algumas estavam sendo perseguidas por ele. O gerente estaria fazendo também gravações fraudulentas para incriminar outras pessoas.

O delegado Daniel Mota esclareceu que a investigação se tornou pública porque o assunto foi comentado na Câmara Municipal. Os trabalhos policiais estavam mantidos sob sigilo para as vítimas não serem expostas. Os assédios começavam nos treinamentos e nas promoções. As funcionárias continuariam trabalhando apenas se favorecessem sexualmente o gerente.

Red; DN  

Laboratório de drogas em Crateús é desativado; Polícia apreende R$ 230 mil em espécie

A prisão levou à desativação do laboratório, que funcionava em um apartamento alugado em Crateús
Polícia desativa laboratório de drogas em Crateús após prender homens com R$ 230 mil em espécie

A prisão de dois homens durante uma blitz da Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Caucaia levou à desativação de um laboratório de drogas em Crateús. O trabalho ocorreu na última sexta-feira (26), com participação da Delegacia de Combate às Ações Criminosas Organizadas (Draco), Departamento de Inteligência Policial (DIP), Departamento de Polícia do Interior Norte e da Delegacia Regional de Crateús. Com os homens, foram apreendidos R$ 230 mil em espécie.


Os suspeitos foram identificados como João Edilson Ferreira Cezar, 38 anos, com antecedentes criminais por estelionato, e Carlos Mikael Correia de Oliveira, 28 anos, sem antecedentes criminais. Os dois foram presos durante a blitz na quinta-feira (25). No veículo onde estavam, um Renautl Duster que trafegava no sentido Interior-Capital, a polícia encontrou R$ 230 mil em espécie e um fundo falso que seria utilizado para esconder a droga.

A dupla foi encaminhada para a sede da Delegacia de Combate às Ações Criminosas Organizadas (Draco), em Fortaleza. 

 Polícia desativa laboratório de drogas em Crateús
Polícia desativa laboratório de drogas em Crateús
Foto: Ricardo Mota

Apartamento monitorado

Após a prisão, a polícia identificou um imóvel alugado no Centro de Crateús em nome de Cezar. O apartamento era usado como laboratório de drogas, segundo a polícia. No local, foram encontrados materiais e utensílios para fabricação dos entorpecentes, além de 9kg de crack. 

O imóvel era monitorado por câmeras para controlar a movimentação interna e externa. 

Os suspeitos foram autuados por crime de lavagem e ocultação de bens, direitos e valores. Cezar também foi autuado em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico. 

fonte; 

Moto furtada no município de Baturité é recuperada por policiais civis em Quixadá

Policiais civis lotados na Delegacia Regional de Polícia Civil de Quixadá conseguiram recuperar nesta segunda-feira (29) uma moto furtada no último domingo (28) no município de Baturité.
De acordo com informações obtidas pelo Monólitos Post, após tomarem conhecimento que os meliantes que furtaram a moto Honda Brós de cor branca e placa PMZ-3774, estavam na localidade de Triângulo da Varjota, em Quixadá, policiais civis de imediato se deslocaram até o local e quando lá chegaram encontraram o veículo abandonado, no entanto os acusados já haviam se evadido.

A Polícia Civil continua as buscas para prender os acusados e muito em breve os mesmos poderão ser tirados de circulação. O veículo foi conduzido a Delegacia Regional de Polícia Civil de Quixadá para adoção das medidas cabíveis e devolução ao proprietário.

Esta é mais uma ação exitosa da equipe da Polícia Civil de Quixadá que vem se empenhando para garantir a tranquilidade da população da Terra dos Monólitos.

Fonte; Monólitos Post


Homem acusado de estuprar as próprias filhas menores de idade é preso em Quixeramobim

Uma ação da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), em Quixeramobim, resultou na prisão de um homem de 63 anos, suspeito de cometer estupro contra as próprias filhas. O infrator foi detido nessa sexta-feira (26), e foi encaminhado para a unidade local da PCCE, onde foram realizados os procedimentos cabíveis ao fato. O crime aconteceu em 2010.

Com base no que foi apurado sobre o paradeiro do homem, os policiais civis da Delegacia de Quixeramobim saíram em diligências, com o objetivo de cumprir o mandado de prisão que estava em aberto. Durante a ação, os agentes chegaram até a localidade do Sítio Castelo, onde se depararam com o suspeito trabalhando na zona rural. Foi dada voz de prisão ao infrator, que foi conduzido à Delegacia Municipal de Quixeramobim.

O homem possui uma sentença condenatória de 36 anos de reclusão pelos crimes que cometeu contra as filhas, que, na época tinha 14 e 16 anos. Ele já tinha sido preso, mas estava foragido da Cadeia Pública de Senador Pompeu/CE. Após cumpridas todas as formalidades legais, o preso foi encaminhado ao sistema penitenciário, onde ficará à disposição do Poder Judiciário.

Fonte; Monólitos Post


Em áudio, Presidente da Câmara de Quixadá diz: “Ilário já era pra ter mandado matar aquele filho de uma égua”

O Monólitos Post teve acesso, com exclusividade, a decisão da justiça que levou a prisão do presidente da Câmara Municipal de Quixadá, Ivan Construções (PT), do genro do prefeito Ilário Marques (PT) e de mais cinco pessoas, entre elas empresários que participavam de um “grupo criminoso” que tomou conta do Legislativo e do Executivo municipal.

Na segunda matéria sobre a decisão judicial que culminou nas prisões, o Monólitos Post revela que o magistrado ficou perplexo com uma possível trama que levaria a prática de um homicídio, tudo isso para encobrir os atos ilícitos do grupo criminoso.

De acordo com o Juiz, se não bastassem os atos de corrupção, em uma determinada conversa telefônica interceptada, com autorização judicial, o presidente da câmara, Ivan Construções (PT), demonstra seu grau de periculosidade ao sugerir um homicídio. Ainda na peça, o magistrado afirma que há uma evidente indicação que Ivan está disposto a ir às últimas consequências para que seu esquema criminoso não seja revelado.

Na transcrição do áudio da conversa interceptada pelo Ministério Público, Ivan conserva com uma pessoa identificada como “Guto” e durante o diálogo dispara: “Ilário já era pra ter mandado matar aquele filho de uma égua”, deixando a entender que o alvo do possível homicídio seria o empresário Ernane Teles de Castro Júnior, que foi o delator do suposto esquema de corrupção na coleta de resíduos sólidos no município.

De acordo com os autos, a conversa aconteceu logo depois do cumprimento da decisão judicial que afastou Ilário Marques, em agosto de 2018, das funções de prefeito municipal de Quixadá. Na época, o afastamento do alcaide aconteceu na operação “Fiel da Balança” que apura denúncias de desvio de dinheiro na prefeitura e que, com isso, segundo o magistrado, Ivan teria sugerido que Ilário ordenasse o assassinato do empresário. Abaixo leia o conteúdo da conversa entre o vereador investigado e o interlocutor.
Por “extrema necessidade”, essa foi a expressão utilizada pelo Juiz ao decretar a prisão preventiva de Ivan Construções. Segundo ele, “está comprovado que, uma vez em liberdade, (Ivan) fará de tudo para interferir na colheita de provas. Ora, se ele aconselha o homicídio de quem denunciou o prefeito Ilário Marques, que dirá com relação às pessoas que o incriminem”.

Após a divulgação, pelo Monólitos Post, de algo jamais visto pelos quixadaenses, a Câmara Municipal deverá tomar medidas severas para que o presidente, preso e afastado, perca de vez o cargo de vereador, e com isso, o poder de influência junto a gestão municipal. Medida que demonstrará para a sociedade que os demais parlamentares não compactuam com a corrupção que era praticada pelo principal representante do Legislativo.

Noticia; Monólitos post




Homem suspeito de matar jovem em Pedra Branca praticou feminicídio em Tauá

 Homem suspeito de matar jovem em Pedra Branca praticou feminicídio em Tauá
Em um trabalho rápido de investigação e apuração, a Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), por meio da Delegacia Municipal de Pedra Branca, identificou José Pereira da Costa, acusado do homicídio que vitimou Daniele de Oliveira Silva (20), nessa quarta-feira (24), na localidade de Sítio São Gonçalo, no município de Pedra Branca.

Os trabalhos investigativos tiveram início logo após o aviso de desaparecimento da jovem, na última terça-feira (23). Com a localização do corpo, as Polícias Civil e Militar intensificaram as buscas pelo autor, com a realização de incursões na mata e na coleta de depoimento de testemunhas.

O autor, já identificado, popularmente conhecido como “Zé do Valério”, encontra-se foragido, mas equipes policiais dos municípios de Pedra Branca, Senador Pompeu e Quixeramobim continuam realizando buscas. O criminoso é suspeito de ter cometido um crime semelhante no município de Tauá/Ce, no ano de 2013, onde a dona do sítio onde José Pereira trabalhava foi encontrada morta.

A Polícia Civil, por meio da Delegacia Municipal de Pedra Branca, representou pela prisão preventiva do suspeito, sendo concedida pelo Poder Judiciário.

Denúncia

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que possam auxiliar os trabalhos polícias. As denúncias podem ser feitas pelo número 181, o Disque Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), para o (88) 3515.1599, da Delegacia Municipal de Pedra Branca, ou ainda para o número ‪‪(85) 88999471321, que é o WhatsApp do Delegacia, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem. O sigilo e o anonimato são garantidos.

Crime em Tauá

Em Tauá, o crime aconteceu no dia 19 de abril de 2013, em uma propriedade próxima ao Açude Quebrado, distante 9km de Tauá, quando a  comerciante Maria Solange Cezário, 39 anos, foi morta com um tiro na cabeça a cerca de 300 metros de sua residência. O esposo dela, também comerciante Tercio Fernandes Cunha, 49 anos, foi baleado ao chegar em casa, sendo atingido na boca, braço direito e perna direita, mas sobreviveu.

Zé do Valério fugiu após o crime e nunca foi localizado.

*Com informações da Secretaria de Segurança Pública/Blog do Wilrismar

Noticia; Sertão Alerta.