-->

27 de agosto de 2015

Dilma pode ser multada por propaganda antecipada


O ministro do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) Gilmar Mendes votou nesta quinta-feira (26) pela aplicação de multa à presidente Dilma Rousseff por propaganda eleitoral antecipada durante pronunciamento, em cadeia nacional de rádio e televisão, sobre o início da Copa do Mundo, realizado em junho de 2014.

O ministro acolheu representação do PSB que pede multa de até R$ 25 mil por irregularidades, mas o julgamento foi suspenso após um pedido de vista do presidente do TSE, Dias Toffoli, para analisar com mais tempo o caso.

A defesa de Dilma nega ilegalidade e sustenta que o pronunciamento foi motivado devido ao ambiente de revolta e protestos de rua antes da realização do evento esportivo, sendo que a população esperava um posição da petista.

A decisão de Toffoli foi motivada pelo voto do ministro Henrique Neves pela rejeição da ação sob o argumento de um erro formal que teria sido cometido pelo partido na apresentação do processo. Segundo Henrique Neves, o PSB não poderia ter agido isoladamente para questionar opronunciamento porque já estava coligado com outros partidos para a disputa para a Presidência da República.

Com a coligação, os partidos deixam de existir perante à Justiça Eleitora, afirmou o ministro.

O ministro Gilmar Mendes entendeu que o processo começou a tramitar antes da aliança -portanto, não haveria irregularidade e aplicar a exigência seria uma formalidade extrema.

O PSB argumenta que houve "nítida promoção eleitoral" de realizações administrativas no pronunciamento, por meio do ataque político aos seus adversários.

Na fala, Dilma afirmou que os "pessimistas já entram perdendo" com o início do Mundial, rebateu acusações de que o governo tinha retirado recursos da saúde e da educação para a construção das arenas para o evento, além de apresentar investimentos do governo.

Reprovável

Gilmar Mendes concordou comirregularidades na fala. Segundo o ministro, a fala da presidente extrapolou o tema central que será a Copa e teve sentido eleitoral.

"Não se pode a mandatária do país fazer distinção entre nós e eles, os [chamados] pessimistas, que não apoiam o governo. As fazer a distinção ela personaliza a fala. A presidente precisa saber que os pronunciamentos oficiais não podem distinguir os brasileiros", disse.

"Não quero ficar debatendo esse tema, mas veja que, na verdade, usa-se o pretexto da Copa para fazer pronunciamento de caráter eleitoral. Reprovável conduta", completou.

Dias Toffoli indicou que pode apoiar a multa: "Havia a questão da segurança, mas o ministro da justiça poderia [fazer o pronunciamento]".

Relator do caso, o ministro Tarcísio Vieira, em decisão individual, rejeitou o pedido de multa, mas o PSB recorreu e o caso será debatido pelo plenário do TSE.

Diário do Nordeste

Técnicos acham 'oceano' de água doce em Crateús


Técnicos da Secretaria de Recursos Hídricos (SRH) do governo do Ceará descobriram, no subsolo da geografia do município de Crateús, no Oeste do Estado, um verdadeiro oceano de água doce.

O secretário de Recursos Hídricos e ex-ministro da Integração da Integração Nacional, engenheiro Francisco José Teixeira Coelho, disse ao blog que nesse oceano subterrâneo existe um volume de água estimado em 20 milhões de metros cúbicos.

É água suficiente para abastecer a cidade de Crateús e sua população até o fim do próximo ano de 2016.

Para extrair essa água do subsolo, é só perfurar alguns poços profundos.

No meio de tanta notícia negativa, eis aí uma informação positiva e alvissareira neste momento de crise hídrica no Ceará.

Diário do Nordeste

PF desarticula maior quadrilha de traficantes de drogas sintéticas do país


A Polícia Federal (PF) deflagrou nesta quinta-feira (27) a Operação Quinto Elemento, para desarticular uma quadrilha especializada no tráfico de drogas sintéticas. O grupo, segundo a corporação, atua em Goiás, mas tem colaboradores em diversos estados do país.

Cerca de 400 policiais federais cumprem 145 mandados judiciais em Goiás, em São Paulo, no Paraná, no Tocantins, na Bahia, em Minas Gerais e no Distrito Federal. São 30 mandados de prisão temporária, oito de prisão preventiva, 40 de condução coercitiva, 55 de busca e apreensão e 12 de sequestros de bens imóveis, incluindo um prédio residencial de 20 apartamentos.

De acordo com nota da PF, a quadrilhautilizava empresas regularizadas para a aquisição de produtos químicos usados para sintetizar os mais variados tipos de droga – desde anfetaminas até cocaína.

“A grande quantidade de produtos químicos adquiridos chamou a atenção dos investigadores, que constataram um esquema econômico organizado para o tráfico, com a participação de farmácias, laboratórios e vendedores, que se utilizavam de veículos de luxo para comercializar amercadoria ilegal”, destacou o comunicado.

Ainda segundo a PF, durante asinvestigações, foram desmontados oito laboratórios sendo que, em apenas um deles, foram apreendidos cerca de 630 mil comprimidos conhecidos como ecstasy do Paraguai, também usados como rebite, prontos para o consumo. O volume é superior à quantidade apreendida pela corporação durante todo o ano de 2015.

Em outro laboratório, foram encontrados aproximadamente 800 mil comprimidos. As investigações apontam que, em oito meses, um dos laboratórios gerenciados pela organização movimentou cerca de R$ 240 milhões.

“Todos os envolvidos responderão por tráfico de drogas, associação para o tráfico, falsidade ideológica e tráfico de produtos químicos para a produção de drogas”, informou a nota.

O nome de batismo da operação faz referência ao éter, que era considerado por alquimistas o quinto elemento e está relacionado à quantidade da substância encontrada no primeiro laboratório investigado.

Diário do Nordeste

Senado e Câmara aprovam projetos que limitam gastos públicos



A Câmara e o Senado deram início a uma nova batalha por protagonismo nesta quarta-feira (26). Ao centro, duas PECs (Propostas de Emenda à Constituição) que limitam a criação de gastos sem que haja uma fonte de receita garantida.

Horas após a Câmara aprovar, em comissão especial, a PEC 172 de autoria do deputado Mendonça Filho (DEM-PB), os senadores avalizaram, no plenário, o texto da colega Ana Amélia (PP-RS), a PEC 84.

De um lado, senadores dizem que a propostadeles é mais completa. Do outro, a Câmara diz que a proposta aprovada foi a passível de acordo no momento.

Ambos os textos impedem novas despesas a Estados e municípios sem que se assegure a receita. A do Senado, contudo, inclui a União nesse contexto.

Mesmo sem um acordo prévio, a proposta do Senado segue para a Câmara, onde precisa ser votada em dois turnos. Por se tratar de PEC, os deputados precisam manter o mesmo texto para que a medida possa ser promulgada e comece a valer.

Contudo, o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), já sinalizou que não há acordo para aprovar o texto do Senado. "Quem aprova mais, pode aprovar um pouco menos. É uma questão de ter consenso. Não se trata de disputa de iniciativa, mas daquilo que tem condições de ser aprovado".

A PEC 172 estava na pauta do plenário da Câmara nesta quinta-feira (27) para a votação em primeiro turno, mas ficará para a próxima semana. O acordo que permitiu a aprovação na comissão especial foi costurado pelo vice-presidente Michel Temer. A pedido do governo, delimitaram que os novos gastos de Estados e municípios que coubessem à União deveria estar previstos no Orçamento anual.

Essa mesma previsão existe na PEC 84, do Senado. No entanto, ela limita gastos também da União e o consenso entre os deputados é que isso deveria ser tratado em uma outra proposta.

Em tom mais conciliador, o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), disse que não trata de uma disputa entre as Casas, mas que, "no esforço legislativo, quando você pode tratar tudo de uma vez, demonstra mais eficiência e foi só o que o Senado tentou fazer".

"A PEC da Câmara limita gastos para Estados e municípios. A do Senado, também para a União, o que demonstra absoluto compromisso com a responsabilidade fiscal", completou Renan.

Diário do Nordeste

Proposta que concede porte de armas a guardas municipais é aprovada na CCJ da Câmara

O Projeto de Lei (PL) 3624/08 que concede porte de armas aos guardas municipais e aos agentes de trânsito foi aprovado nesta quarta-feira, 26, na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJC) da Câmara. A iniciativa é do ex-vice-governador do DF, Tadeu Filippelli.

Designado relator substituto, o deputado federal Danilo Forte (PMDB-CE) defendeu a aprovação da proposta com as alterações promovidas pela Comissão de Segurança Pública e de Combate ao Crime Organizado (CSPCCO) da Casa. O peemedebista acatou o texto apresentado inicialmente ao colegiado pelo deputado Alexandre Leite (DEM-SP).

“Pelas precedentes razões, manifesto meu voto pela constitucionalidade, juridicidade e boa técnica legislativa, do Projeto de Lei 3.624 de 2008, do apensado, Projeto de Lei 4.408 de 2008, e do Substitutivo apresentado na Comissão de Segurança e Combate ao Crime Organizado”, diz o trecho final do relatório apresentado por Leite e subscrito pelo parlamentar cearense.

Pela primeira vez na história Deputado Federal entra com pedido de desfiliação do PT


Pela primeira vez na história do Partido dos Trabalhadores, um parlamentar deu entrada em um processo no Tribunal Superior Eleitoral para se desvincular do partido.

O deputado Federal Weliton Prado, de Minas Gerais, alegou que o PT teria desviado o programa partidário e que havia se esquecido dos interesses da população.

Porém, de acordo com a assessoria de imprensa do partido, o deputado tem se posicionado contra o PT nas últimas votações no Plenário, por exemplo, na pauta de redução da maioridade penal, onde o partido foi contra e Weliton Prado votou a favor.

De acordo com o especialista em direito eleitoral, Flávio Britto, o deputado resolveu cortar relações porque notou que o mesmo ia contra tudo aquilo que já havia defendido.

Flávio Britto, especialista em direito eleitoral, esclarece “Ele certamente não está concordando com os rumos políticos e administrativos que o Partido dos Trabalhadores, seja por uma agremiação partidária, sendo como gestor da república neste momento. Uma vez que o partido elegeu a presidente da República, ele tem entendido, na minha avaliação, que esses atores do Partido dos Trabalhadores estão atuando contra tudo aquilo que o PT sempre defendeu.”

De acordo com o especialista Flávio Britto, o PT tem faltado com o compromisso com a população. Ele afirma que por isso alguns parlamentares têm se sentido constrangidos diante do povo.

“Ele [PT] se distanciou da defesa dos aposentados e de alguns valores educacionais e valorização de professores. Ele se distanciou do aumento dos servidores públicos, tem sido complacente com as práticas de corrupção. Ele tem permitido que seus dirigentes utilizem práticas não republicanas. Então isso tudo tem que tem sido veiculado pela mídia tem criado constrangimento a alguns parlamentares da própria agremiação.” disse Flávio Brito.

Segundo a assessoria de imprensa do deputado Weliton Prado, o pedido de desfiliação por justa causa, foi solicitado, no último dia 13 no Tribunal Superior Eleitoral, o TSE. E o mesmo informou que o processo está em aguardo para ser analisado pelo relator do processo, o ministro João Otávio de Noronha.

Monólitos Post

Vereador Lolô de Quixeré poderá ir para o PHS do Deputado Adail Carneiro


O vereador Lolô de Quixeré eleito pelo PMDB poderá está mudando de sigla partidária. Há possibilidade de se filiar ao PHS e apoiar o Deputado Russano Adail Carneiro do PHS e irem outras lideranças para fortalecer o partido a convite do vereador Lolô. 

Uma das razões, segundo o vereador é que o Deputado Adail Carneiro é da região e se prontifica a atender as demandas sociais que a cidade precisa e o Vale do Jaguaribe. Essa ida do vereador Lolô para outro partido não significa rompimento com o grupo o qual faz parte, e sim fortalecimento político para o município de Quixeré. O suplente de vereador Bidô do Distrito de Tomé foi convidado para ir para o PHS.


Fonte: Quixeré Notícias
J. Honorato

Camilo inaugura hospital em Santa Quitéria e anuncia melhorias no município


O governador Camilo Santana participou, na noite de quarta-feira (27), da inauguração do novo hospital municipal de Santa Quitéria, na região Norte do Estado. Com cerca de R$ 870 mil de recursos do Estado, o equipamento foi completamente reformado e modernizado para atender a população do município. No total, a unidade de saúde conta agora com 48 leitos, duas salas de cirurgia e atenderá as especialidades de pediatria, traumatologia, ortopedia, clínica geral, obstetrícia e cirurgia geral.

O prefeito Fabiano Lobo falou sobre a entrega e disse que a população aguardava ansiosa uma unidade hospitalar. O ex-governador Cid Gomes também participou da solenidade e falou sobre a obra. “Isso não é uma reforma é uma reconstrução porque o hospital está novo. As pessoas que buscarem atendimento vão poder observar como o a unidade está bem equipada e pronta pra recebê-los, com máquinas novas e profissionais qualificados”, enfatizou. Ao final, uma benção foi realizada no hospital pelo pároco de Santa Quitéria, Nery de Abreu.

Compromisso

Camilo Santana aproveitou a oportunidade para assumir compromissos com a população do município. “Quero assumir aqui, publicamente, o compromisso de asfaltar o trecho que vai de Santa Quitéria até o distrito de Trapiá, para que o povo possa receber esse benefício”, informou. O governador disse também que vai “sentar e discutir as parcerias para ver como é possível o Governo do Estado repassar recurso para a prefeitura administrar o hospital”.

Com Governo do Estado

Albuquerque anuncia filiação de 70 prefeitos e 12 deputados ao PDT


O presidente da Assembleia Legislativa e articulador político do grupo dos irmãos Cid Gomes, deputado estadual José Albuquerque, anunciou, na noite dessa quinta-feira (26/08), em Santa Quitéria, onde acompanhava o governador Camilo Santana (PT) na inauguração de obras da administração estadual, que, pelo menos, 70 prefeitos, três deputados federais e 12 deputados estaduais – quase todos oriundos do PROS, irão se filiar ao PDT.

A visita de Camilo a Santa Quitéria teve, também, a presença do ex-governador Cid Gomes. O prefeito do município, Fabiano Lobo, que foi expulso do PMDB por infidelidade, é um dos gestores municipais que irão para o PDT.

Albuquerque antecipou, ainda, que, amanhã, sexta-feira, às 15 horas, as lideranças municipais, deputados estaduais, prefeitos e vereadores que irão se filiar ao PDT se reúnem, no auditório Murilo Aguiar, na Assembleia Legislativa, para avaliação sobre o quadro de filiações nos municípios do Interior e da Região Metropolitana de Fortaleza.

Coordenador da força tarefa montada para avaliar o cenário político nos municípios onde o PROS e o PDT tem militantes que, embora aliados aos irmãos Ferreira Gomes se enfrentam na disputa local, o deputado José Albuquerque está entusiasmado com o número de lideranças que irão acompanhar os ex-governadores Cid e Ciro Gomes nesse rumo partidário. 

Ceará Agora

Dilma pede ajuda ao setor produtivo


Em mais um gesto de aproximação com o setor produtivo, a presidente Dilma Rousseff convidou sete grandes empresários para um jantar no Palácio da Alvorada na última terça-feira, em que reconheceu as dificuldades com a crise econômica na China e pediu ajuda para superar a encruzilhada na qual se encontra o Brasil.

Segundo um dos participantes, Dilma ouviu dos executivos um compromisso com a estabilidade, um gesto interpretado pelo Palácio do Planalto como uma nova blindagem às movimentações pelo impeachment da presidente.

"Nós estamos vivendo um momento difícil. Temos de sair disso juntos e todos têm de ajudar", afirmou Dilma, no encontro, que se estendeu por cerca de quatro horas. Marcaram presença os executivos Luiz Carlos Trabuco, do Bradesco, Benjamin Steinbruch, da CSN, Cledorvino Belini, da Fiat, Joesley Batista, do grupo JBS, Edson Bueno, da Dasa, Josué Gomes da Silva, da Coteminas, e Rubens Ometto, da Cosan.

Segundo o jornal O Estado de S. Paulo apurou, Dilma reconheceu que há "dificuldades reais" colocadas no horizonte, pediu ajuda do setor privado para superar a crise e garantiu que o objetivo da política econômica do governo é a retomada do crescimento.

Do outro lado, recebeu mensagens de apoio à estabilidade do País, mas também ouviu do setor privado preocupação com a governabilidade.

Os empresários também reclamaram com Dilma da alta taxa de juros, que afeta os negócios. Os que mais se queixaram foram Benjamin Steinbruch, do setor de siderurgia, e Josué Gomes da Silva, da Coteminas.

Dilma disse considerar a reclamação "fantástica" e explicou o motivo. "Antes vocês falavam que eu interferia no Banco Central, mas o Banco Central tem plena autonomia. Então agora vocês querem que eu interfira?", questionou ela, de acordo com relato de participantes do jantar.

Trabuco demonstrou preocupação com a necessidade de uma reforma na Previdência e sugeriu que a presidente iniciasse um processo de longo prazo para evitar desgastes pontuais ao atual governo e aos futuros.

Nas últimas semanas, a presidente vem colhendo frutos positivos dessa reaproximação com o empresariado. Benjamin Steinbruch (CSN), Roberto Setubal (Itaú) e Abílio Diniz (BRF) foram algumas das vozes a fazer, em público, coro à afirmação de que o Brasil sofre hoje o rescaldo da crise externa, especialmente da China.

Os ministros Aloizio Mercadante (Casa Civil) e Armando Monteiro (Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior) também estiveram presentes ao jantar. Segundo Monteiro, Dilma ressaltou que ainda não é plenamente conhecida a extensão da crise na China, que ganhou mais peso com o anúncio do Banco Central chinês de redução nas taxas de juros e afrouxamento das taxas de depósito compulsório para acalmar os mercados.

Na avaliação de Monteiro, o diálogo foi "franco e produtivo". "A presidente mais ouviu do que falou. Ninguém manifestou posição de falta de confiança, todos querem ver o Brasil superar essas dificuldades. É importante que todos possam dar uma contribuição."

No Palácio do Planalto, a expectativa é de que o resgate da popularidade da presidente se dará com os primeiros sinais de recuperação da economia. Além de intensificar a interlocução com executivos de grandes empresas, Dilma tem aproveitado as viagens por capitais nordestinas para se encontrar com empresários regionais, em uma tentativa de "injetar" otimismo na economia.

Agenda
O vice-presidente Michel Temer, que anunciou sua saída do "varejo" da articulação política, não foi informado sobre o encontro de Dilma. Temer participa hoje, em São Paulo, de um novo jantar com empresários, organizado pelo presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf (PMDB). Alguns nomes que se encontraram com Dilma anteontem, como Trabuco, também estarão no evento desta quinta-feira. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

ESTADÃO conteúdo

Governo estuda volta da CPMF

Com as projeções da equipe econômica para o Orçamento da União de 2016 o rombo é de aproximadamente R$ 80 bilhões. Sem verba suficiente para cobrir as despesas o governo estuda recriar a CPMF, mais conhecido como "imposto do cheque". 

Apesar do clima desfavorável no Congresso e na sociedade para um novo aumento da carga tributária, a avaliação é de que a volta do tributo - extinto em 2007, durante o governo de Luiz Inácio Lula da Silva - é indispensável para tirar as contas públicas de um quadro deficitário em 2016, ano em que a economia brasileira continuará em ritmo lento, segundo todas as previsões.

Se as medidas de corte dos programas e despesas não tiveram grande alcance para garantir o cumprimento da meta de economia de R$ 43,834 bilhões de 2016, o equivalente a 0,7% do Produto Interno Bruto (PIB), o governo terá de recorrer a uma dosagem maior de aumento da carga tributária.

Por conta do ambiente de alta instabilidade política, não há definição sobre a conveniência de enviar a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) da CPMF. A proposta está sendo analisada pela presidente Dilma Rousseff. E o governo já tem uma minuta pronta da PEC.

A CPMF, segundo técnicos do governo, é um tributo que onera menos os mais pobres e cujo pagamento acaba não sendo sentido pelos contribuintes.

O ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, reafirmou ontem em entrevista coletiva que o Orçamento será feito para cumprir a meta fiscal e que o governo inicia agora uma "fase de reestruturação fiscal", com medidas que tenham efeito a médio e longo prazos. 

Com agências 

Vistoria na cadeia pública de Russas


Nesta Quarta(26), por volta das 15h00min, na Cadeia Pública de Russas-CE, por ordem do senhor Cmt do 1º BPM Major Queiroz, foi realizada uma vistoria na Cadeia Pública Local, na qual foram apreendidos: 8 COSSOCOS, 1 PEDAÇO DE FERRO, 2 PEDAÇOS DE ARAME, 2 CELULARES, 1 FERRAMENTA PARA TATUAGEM, 1 CACHIMBO, 3 CARREGADORES PARA CELULAR, 1 PEDRA, 1 LAMPADA PEQUENA, VÁRIOS PEDAÇOS DE METAIS, 1 DISPLAY DE CELULAR e 1 TECLADO DE CELULAR. A Polícia Militar apreendeu todos objetos supracitados para posteriormente serem apresentados à Autoridade Policial para os devidos procedimentos.

Com Informações do 1ºBPM

SUL-AMERICANA : Chapecoense elimina a Ponte Preta e Sport o Bahia avançando à 3.ª fase

Chapecoense e Sport chegaram à terceira fase da Copa Sul-Americana. Nesta terça-feira à noite, a Chapecoense venceu a Ponte Preta, por 3 a 0, na Arena Condá, enquanto na Ilha do Retiro o Sport goleou o Bahia, por 4 a 1. A exemplo da segunda fase, quem avançou garantiu uma cota de R$ 500 mil.


Em Santa Catarina aconteceu o “jogo dos desinteressados”. Preocupados em se manter no Brasileirão, os dois times atuaram com muitos reservas. O time da casa foi mais eficiente, marcando um gol de pênalti, com Roger, aos 45 minutos do primeiro tempo. Na etapa final ampliou com Tiago Luis e Bruno Silva, de cabeça.

Na ida, em Campinas, houve empate por 1 a 1, portanto, a Chapecoense somou quatro pontos no placar agregado. O seu adversário vai sair do confronto entre Universidade Católica, do Chile, e Libertad, do Paraguai, que farão o primeiro confronto nesta quinta-feira.



Em Recife, num jogo acirrado, o Sport venceu o Bahia por 4 a 1, e ficou igual em pontos com o tricolor baiano, que tinha vencido por 1 a 0, em Salvador. No saldo de gols, porém, o time pernambucano levou vantagem: 4 a 2.

O jogo na Ilha foi emocionante, principalmente no segundo tempo quando aconteceram os gols. O time da casa saiu na frente com Rithely, de cabeça, aos sete minutos, mas sofreu o empate aos 29 minutos com Maxi Bianccuchi. Nesta altura, tudo parecia perdido para o rubro-negro, que foi ao ataque e marcou mais três gols com Hernane, aos 33, Elber, aos 41 e Hernane, de novo, aos 49 minutos.

O Sport aguarda agora seu adversário argentino, que pode ser o Huracan que, nesta noite, fez 5 a 2, em cima do Tigre, na casa do adversário.

MAIS SUL-AMERICANA
Nesta quinta-feira, o Atlético-PR tem tudo para confirmar sua vaga em cima do Joinville, na Arena da Baixada. Na ida, o time paranaense já venceu por 2 a 0 e agora pode até perder por um a zero. Mas o time catarinense, lutando contra o rebaixamento no Brasileirão, já avisou que vai escalar um time reserva, facilitando a missão atleticana.

O que está definido é o adversário do vencedor deste confronto que será o Brasília. Na terça-feira eliminou o Goiás, por 2 a 0, no Serra Dourada, depois de empatar sem gols em casa, no Mané Garrincha.

JOGOS DE IDA
Outros jogos foram realizados, mas ainda pela fase de ida da segunda fase. Na Argentina, o resultado mais expressivo foi do Huracan que mesmo fora de casa fez 5 a 2 sobre o Tigre, abrindo grande vantagem no jogo de volta em seu estádio. Arsenal e Independiente empataram por 1 a 1.

O Defensor Sporting, do Uruguai, fez 3 a 0 em cima do Universitário, do Peru, enquanto o LDU, do Equador marcou apenas 1 a 0 sobre o Nacional, do Paraguai. O paraguiao Olímpia empatou, por 1 a 1, com o Águilas Doradas, da Colômbia.

COPA DO BRASIL: São Paulo e Fluminense espantam zebras, Timão cai em Itaquera e Verdão atropela Cruzeiro

Seis dos oito times que jogarão as quartas de finais da Copa do Brasil foram conhecidos nesta quarta-feira, com direito a eliminação do atual campeão Atlético-MG, que tomou a virada do Figueirense e mais uma eliminação do Corinthians em mata-mata, desta vez para o Santos, que bateu o time de Tite por 2 a 1 no Itaquerão. No Mineirão Gabriel Jesus deu show ao dar uma assistência e marcar duas vezes na vitória do Palmeiras por 3 a 2 sobre o Cruzeiro.


PEIXE ENGOLIU TIMÃO
No clássico paulista, o Corinthians acumulou mais uma eliminação em casa. Após ter sido eliminado pelo Palmeiras nas semifinais do Paulistão e ter visto o Guarani do Paraguai fazer a festa na Copa Libertadores, o time do técnico Tite caiu para o Santos, que fez dois gols parecidos, em dois contra-ataques, com Gabriel e Ricardo Oliveira na vitória por 2 a 1.

O Santos já tinha vencido na Vila Belmiro, por 2 a 0, e entrou em campo bem armado na defesa para buscar os gols nos contra-ataques. Deu tudo certo. O Corinthians tomou o primeiro gol, se perdeu e só descontou no segundo tempo com Romero. Agora resta defender a liderança isolada do Brasileirão, porque o restou acabou.


SÃO PAULO IGNORA CRISE, VENCE O CEARÁ E AVANÇA 
Sabe o Rogério Ceni, aquele que estava lesionado e ficou fora justamente das três derrotas que aumentaram a crise no São Paulo? Então, ele jogou e fez o primeiro gol do Tricolor. Conhece o Thiago Mendes, contratado como meia, improvisado como lateral, volante...? Pois é, esta noite ele atuou até como atacante e acertou belo chute de fora da área. E o Alexandre Pato, aquele que está em sua melhor temporada como profissional? Ele fez mais um. Esse trio foi o responsável por construir os 3 a 0 contra o Ceará, no Castelão, em Fortaleza, assegurar vaga nas quartas de final da Copa do Brasil e evitar um vexame histórico do time do Morumbi.


FLU ELIMINOU O PAPÃO
Mais cedo, Fluminense e São Paulo conseguiram espantar as zebras Paysandu e Ceará. O Tricolor Carioca sofreu um pouco no mas bateu o time de Belém por 2 a 1 no Mangueirão lotado.

Cícero e Marcos Júnior fizeram os gols do Flu e Yago Pikachu, sempre ele, deixou o dele a favor do Papão. No Castelão, o Tricolor Paulista venceu o time cearense por 3 a 0, com gols de Rogério Ceni, Thiago Mendes e Alexandre Pato.


CLÁSSICO DOS MILHÕES
No clássico dos milhões, o Vasco, lanterna do Brasileirão com poucas perspectivas de sair da zona de rebaixamento, confirmou a boa fase em clássicos, principalmente contra o Flamengo, e eliminou seu maior rival na raça. Rafael Silva entrou no segundo tempo e fez o gol do empate que garantiu o time Cruz Maltino nas quartas de finais da competição, já que havia vencido a partida de ida.


FIGUEIRA NAS QUARTAS
Acostumado a reverter placar adversos em competições de mata-mata, o Atlético-MG não conseguiu repetir o feito nesta edição da Copa do Brasil. O time de Levir Culpi saiu na frente mas levou a virada do Figueirense no segundo tempo e foi eliminado da competição.

Outros dois classificados vão sair nesta quinta-feira, com a dupla Gre-Nal sendo favorita porque venceram o primeiro jogo, respectivamente, contra o Coritiba e o Ituano. Definidos os oito classificados das quartas, os novos confrontos serão definidos por sorteio, realizado pela CBF, na próxima segunda-feira.

SINE/IDT de Russas dispõe de 25 vagas de emprego


O SINE/IDT de Russas está ofertando 25 vagas de trabalho. Os interessados devem procurar a agência do município, localizado na Avenida Coronel Araújo Lima, nº 1458, centro, portando todos os documentos: Carteira de Trabalho, Cartão do PIS, CPF, RG, CNH (caso tenha), comprovante de endereço, comprovante de escolaridade, certificados de cursos e currículo.


Informações mais detalhadas sobre o trabalho e o valor da remuneração podem ser obtidas no SINE/IDT de 08h às 17h, ou através do telefone: (88) 3411-8563.

Ministro dos Transportes promete concluir BR-222 em Tianguá


Em audiência realizada nesta quarta-feira (26) com o ministro dos Transportes, Antonio Carlos Rodrigues, articulada pelo deputado Leônidas Cristino com deputados e prefeitos de municípios com áreas de influência da BR-222, ficou definida como prioridade a conclusão da travessia da rodovia na cidade de Tianguá, que tem causado mortes por atropelamento. O encontro encaminhou medidas para solucionar os principais pontos críticos daquela rodovia federal.

Conforme acertado com o ministro, o projeto técnico da travessia da BR-222 na área urbana de Tianguá será atualizado no Ministério e, nos próximos 30 dias, será discutido na prefeitura de Tianguá para nova licitação por técnicos do DNIT, secretaria de Infraestrutura do Ceará e do município. A obra tem R$ 43 milhões de orçamento para conclusão.

Além da conclusão das variantes na travessia urbana de Tianguá, foram discutidos o Anel Viário de Fortaleza, a duplicação do trecho da BR-020 – entrada do Porto do Pecém e outros problemas da BR-222. Para todos os pontos discutidos foram estabelecidos prazos e anunciados os recursos disponíveis, informa Leônidas Cristino, que recomendou ao ministro que a BR-222 precisa de manutenção permanente para que seja bem conservada, por ser uma importante rodovia na região Norte.

Participaram do encontro os prefeitos de Sobral, Veveu Arruda; de Tianguá, Jean Azevedo; de Groaíras, Adail Albuquerque; o vice-prefeito de Caucaia, Paulo Guerra e Adail Fontenele, coordenador das Secretarias Regionais da Prefeitura de Fortaleza, representando o prefeito Roberto Cláudio. O governador Camilo Santana se fez representar por André Pierre, coordenador de Engenharia da Secretaria de Infraestrutura e Quirino Ponte, diretor de Engenharia do Departamento de Engenharia Rodoviária (DER). A convite de Leônidas Cristino, também participaram da audiência com o ministro os deputados cearenses José Airton, coordenador da bancada estadual, Gorete Pereira e Cabo Sabino.

Ceará Agora

Relatório de Adail Carneiro é aprovado na Comissão de Viação e Transportes


Foi aprovado nesta quarta-feira (26) o parecer favorável do deputado Adail Carneiro (PHS-CE) ao projeto de lei nº 6.623/13, do Senado Federal, na forma de substitutivo. O projeto trata da denominação da “Rodovia Padre Cícero Romão Batista” ao trecho BR-116 entre Pacajus e a divisa do Ceará com Pernambuco.

A BR-116 é a segunda maior rodovia do país com mais de 4.500 Km de extensão, começa em Fortaleza seguindo até a Jaguarão, na fronteira entre o Rio Grande do Sul e o Uruguai.

Ao elaborar o parecer, foi constatado que existiam duas leis para denominar trechos diferentes da rodovia. A lei nº 11.363/06 dá nome de “Rodovia Santos-Dumont” à rodovia BR-116 do quilômetro zero, em Fortaleza, até o entroncamento com a BR-040, no estado do Rio de Janeiro. Já a lei nº 11.916/09 denomina “Rodovia Governador Virgílio Távora” o trecho da BR-116 que liga Fortaleza a Pacajus.

“Ao me deparar com as duas leis existentes, propus um substitutivo, assim reunimos em uma única lei as denominações propostas para essa BR e revogamos as leis anteriores já citadas”, explicou o relator.

Com o substitutivo apresentado pelo deputado Adail Carneiro, a lei nº 6.623/13 atribui designação supletiva à rodovia BR-116 nos seguintes trechos: “Rodovia Governador Virgílio Távora” entre o Ceará e o Rio de Janeiro; “Rodovia Padre Cícero Romão Batista” no trecho entre Fortaleza e Pacajus; e “Rodovia Santos-Dumont no trecho entre a divisa do Ceará com Pernambuco e o entroncamento com a rodovia BR-040 do Rio de Janeiro.

A matéria seguirá para aprovação pelas Comissões de Cultura e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Com Informações de Nathália Nicola – nathalia.nicola@camara.leg.br


TCU dá mais 15 dias para governo Dilma explicar contas de 2014


O Tribunal de Contas da União (TCU) decidiu que vai conceder mais 15 dias para que o governo Dilma Rousseff apresente as explicações sobre possíveis irregularidades nas contas de 2014. Com o novo prazo, o Palácio do Planalto tem até 11 de setembro para finalizar a sustentação.

Com aval da presidente Dilma Rousseff, o Advogado-Geral da União Luís Inácio Adams, esteve pessoalmente no plenário do TCU para acompanhar a decisão. A presença do ministro é incomum. A única vez que Adams esteve em plenário para acompanhar uma decisão sobre as contas do governo foi no dia 17 de junho, quando a Corte estabeleceu prazo de 30 dias para que fossem dadas as explicações.

Adams defendeu que o pedido de adiamento não é uma forma de protelar o processo. Após a decisão, ele afirmou que a decisão respeitou o prazo. “Para mim, está atendido”, ressaltou, dizendo que não vai haver nenhum tipo de contestação no Supremo Tribunal Federal sobre o tema. Estava nos planos do governo recorrer ao STF caso não conseguisse estender o prazo.

No dia 12 de agosto, após pedir novas informações ao Executivo, o TCU já havia permitido uma extensão de 15 dias no prazo. Nesta segunda-feira, 24, o governo pediu mais 15 dias para que pudesse apresentar argumentos. Apesar de a prerrogativa de decisão ser do relator, Nardes optou por consultar os colegas em plenário, em sessão que transcorreu de forma tensa.

Questionando a consulta informal de Nardes, o ministro Benjamin Zymler chegou a perguntar se o relator queria apoio intelectual ou um “conforto psicológico”. Após contestações, ficou decidido que a decisão iria a voto no plenário. Por unanimidade, os ministros decidiram acompanhar a posição de Nardes e conceder mais 15 dias.

Para o relator, se não fosse dado o novo prazo, um possível recurso do governo poderia fazer com que o processo se estendesse ainda mais. Ele criticou os adiamentos concedidos ao governo. “A sociedade brasileira aguarda com ansiedade o nosso parecer”, disse. “Assim como nós mesmos estamos impacientes com as prorrogações sucessivas.”

O principal ponto da análise feita pela Corte de Contas são as “pedaladas fiscais”, prática do Tesouro Nacional de atrasar de forma proposital os repasses para bancos públicos e privados com a finalidade de melhorar artificialmente as contas públicas.

Após a apresentação de explicações pelo governo, a equipe técnica do TCU irá elaborar um parecer sobre as contas. Depois, o relatório será levado a plenário pelo relator do processo, ministro Nardes. A reprovação das contas pelo tribunal, que precisaria ser posteriormente ratificada pelo Congresso, poderia servir de argumento para a abertura de um processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff.

Estadao conteúdo


Polícia prende suspeito de participar do assassinato de vereador em Barreira


Um dos envolvidos na morte do vereador José Targino dos Santos (52), ocorrida na noite da última segunda-feira (24), na cidade de Barreira, durante uma discussão sobre política, foi preso em cumprimento a um mandado de prisão preventiva. Ele é acusado de ter dado início ao desentendimento com a vítima. A prisão ocorreu na manhã de hoje (26), em Baturité.

Pedro Xavier de Freitas Neto (38), não possui antecedentes criminais. Ele, seu genro, identificado como Valdeilson Raulino do Nascimento e seu pai – Valdeci Raulino do Nascimento são os principais suspeitos.

De acordo com as investigações, Pedro estava na companhia da vítima no estabelecimento comercial, quando se deu início a uma discussão política acerca da administração pública do chafariz da cidade. As apurações apontaram ainda que ele estaria armado e teria efetuado disparos contra o político. A Polícia prossegue com as investigações para capturar os demais envolvidos no caso.

Ceará Agora

Servidores do Judiciário param a partir do início de setembro


Iguatu. Está previsto para o próximo dia 1º o início da greve dos servidores do Judiciário estadual. Os coordenadores do movimento esperam uma adesão elevada na Região Metropolitana de Fortaleza e no Interior. A paralisação ocorre em um momento de crise econômica enfrentada pelos estados e divide opiniões. O Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) anunciou o corte de ponto dos grevistas. O clima é de acirramento.

A principal reivindicação refere-se à adequação de jornada de trabalho a partir da implantação de sete horas corridas, pagamento de ascensões funcionais, extensão de gratificações e a participação efetiva de servidores em todas as comissões que discutam direitos e deveres da categoria.

De acordo com o Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário do Ceará (SindJustiça) na próxima terça-feira, dia 1º, haverá concentração de grevistas defronte à rampa principal de acesso ao Fórum de Justiça Clóvis Beviláqua, em Fortaleza. Os diretores do SindJustiça visitam comarcas do Interior para divulgar e obter a adesão de servidores.

No primeiro dia de paralisação, está prevista a vinda de representações de sindicatos da categoria de Minas Gerais, Espírito Santo, Bahia, Rio Grande do Norte, Paraíba e Sergipe. "São lideranças que vêm nos apoiar e prestar solidariedade", explicou a secretária da Coordenadoria Geral do SindJustiça, Dalice Brito. "Infelizmente, nenhuma das reivindicações foram atendidas e não restou outro caminho a não ser entrar em greve".

Em maio passado, nos dias 20 e 21, os servidores paralisaram atividades e voltaram a cobrar atendimento das reivindicações. Em julho, teria ocorrido um acordo verbal entre a presidência do Tribunal e o sindicato sobre a adequação da jornada de trabalho para o mês de outubro próximo e as pautas econômicas seriam renegociadas a partir de fevereiro de 2016. "A presidência recuou e o Tribunal passou a negar todas as pautas", observou Dalice Brito. "A falta de perspectiva de negociação foi a gota d'água para a greve".

Levantamento apresentado pelo SindJustiça mostrou que a maioria dos servidores optou por horário único de trabalho, de sete horas. No último dia 11, assembleia geral da categoria realizada no 1º Salão do Júri no Fórum Clóvis Beviláqua decidiu pela greve.

A paralisação divide opiniões. O presidente da Associação Cearense de Magistrados (ACM), Antonio Alves Araújo, considera a greve dos servidores da Justiça um ato inadequado mediante o momento de crise econômica que o País enfrenta. "Tenho acompanhado as reivindicações e considero essa greve inoportuna, sem razão", frisou. "Os servidores do Ceará são bem remunerados e obtiveram conquistas nos últimos anos".

Incoerência

O presidente da ACM argumentou que, no passado recente, os servidores reivindicaram ampliação da jornada de 30 horas semanais para 40 horas semanais e houve um aumento de 33,2% da remuneração de forma gradativa, concluída em 2014. "Agora eles querem voltar, reduzir carga horária e manter o salário", frisou. "Isso me parece uma incoerência sem par. Não sei como eles têm coragem de defender tal proposta".

Para o magistrado Antonio Araújo, os servidores deveriam repensar o início da greve. "O movimento vai trazer consequência danosa para a sociedade, paralisar atendimento nas comarcas em um momento de situação difícil", analisou. "O Tribunal não tem como atender essas reivindicações e recentemente teve que suspender nomeação de juízes".

Suspensão

No último dia 19, o TJCE suspendeu a posse de 79 juízes substitutos. A Ordem dos Advogados do Brasil - Secção Ceará (OAB-CE) ingressou com um pedido de providência junto ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ) para que o órgão nacional de controle do Judiciário atue no Estado e intervenha na situação. Os magistrados, que seriam distribuídos em 73 comarcas do Interior e seis da Região Metropolitana de Fortaleza, iriam tomar posse no dia 3 de setembro, mas a ação foi adiada para 2016, pois o TJCE alega que "o Estado passa por ajustes financeiros".

Diário do Nordeste

Tio de prefeito orquestrou morte de radialista, diz MP

O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) denunciou sete pessoas pelo assassinato do radialista Gleydson Carvalho. Entre os denunciados estão os homens apontados como autores materiais do crime e os mandantes. De acordo com o MP, a execução ocorrida no dia 6 deste mês dentro do estúdio da Rádio Liberdade FM, em Camocim, teria sido ordenada por João Batista Pereira da Silva, que é tio do atual prefeito de Martinópole.

A motivação: o comunicador "falava demais" e durante intervenções no programa de rádio 'Revista Regional', ele "tecia severas críticas ao que reputava como desmandos, irregularidades e desvios no âmbito da gestão do referido município".

O promotor Evânio Pereira de Matos Filho relata ainda a participação de um sobrinho de João Batista, identificado como Daniel Lennon Almada Silva, que é tesoureiro da Prefeitura de Martinópole. Conforme as investigações da Polícia e do MP, outras duas pessoas também estavam "marcadas" para morrer. "Pessoas que representassem séria ameaça à permanência de um grupo familiar no Poder do Município de Martinópole", afirma o promotor Evânio Pereira.

O valor acordado entre os mandantes e os pistoleiros, que vieram do Estado do Pará, foi de R$ 9 mil, mas a Polícia e o MP ainda não sabem se a quantia era referente às três pessoas que deveriam ser mortas ou apenas à execução do radialista.

O promotor afirma na denúncia, enviada à Justiça no último dia 24, que João Batista teria contratado os pistoleiros Israel Marques Carneiro e Thiago Lemos da Silva e os abrigado em um sítio alugado por intermédio dele, na localidade de Serrota, zona rural de Camocim.

Além de João Batista e Daniel Lennon e dos pistoleiros Israel Marques e Thiago Lemos, as mulheres Gisele de Sousa Nascimento, Regina Lopes Rocha e Francisco Antônio Carneiro Portela, também foram denunciados. Estão presos Gisele de Sousa, Francisco Antônio, Regina Lopes e Daniel Lennon Almada.

Os envolvidos foram denunciados por homicídio triplamente qualificado (motivo torpe, mediante pagamento e com utilização de recursos que impossibilitaram a defesa da vítima) e organização criminosa. A reportagem entrou em contato com a Prefeitura de Martinópole, mas os funcionários que atenderam as ligações disseram que não havia ninguém para comentar.

Audiência pública

Ontem, estiveram reunidos na Assembleia Legislativa do Estado do Ceará, para debater em audiência pública 'A Violência Contra os Profissionais da Impressa', deputados, representantes do Sindicato dos jornalistas e dos radialistas, da Polícia Militar, e outros órgãos. Além de Gleydson Carvalho, outros nove profissionais da imprensa foram mortos no Estado desde 2003.

Diário do Nordeste

Assaltantes de bancos são presos com armas de guerra em Aquiraz


Dois homens suspeitos de comandar uma quadrilha que atacou, pelo menos, nove bancos no Ceará de 2013 até agora, foram presos no último sábado, na Prainha, em Aquiraz. De acordo com a equipe da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), que realizou a captura, a dupla foi interceptada quando comprava carne em um supermercado para fazer um churrasco em comemoração pelo sucesso do ataque ao Bradesco de Mombaça, ocorrido no último dia 19.

Marcos de Oliveira Silva, o 'Naldo', 48, e Daniel Felix da Costa, o 'Daniel Bombado', 29, confessaram os ataques. Na casa deles, a Polícia apreendeu um fuzil, calibre 556, da Spike's Tactical, que nunca havia sido encontrado no Ceará; um fuzil 762 com alto poder destrutivo; uma pistola Ponto 40; e dois revólveres que pertenciam aos vigilantes do banco de Mombaça. Segundo o delegado Raphael Vilarinho, titular da DRF, os fuzis custam, respectivamente, R$ 70 e 40 mil reais no mercado negro.

As duas armas têm poder de fogo suficiente para furar blindados. "São armas de guerra. Nem a Polícia do Ceará é autorizada a utilizar esse tipo de armamento. Infelizmente, as organizações criminosas que atacam os bancos cearenses são muito bem armadas. Somente neste ano, apreendemos mais de 15 fuzis no Estado", disse o delegado.

Empresário
Segundo Vilarinho, 'Naldo' é paulista, mas estava morando no Ceará desde 2012, fugindo das condenações que já tinha no Sudeste. O delegado revelou que o suspeito se passava por empresário e tinha uma transportadora e um frigorífico.

"O dinheiro dele não vinha desses empreendimentos coisa nenhuma. Desde que chegou aqui praticava assaltos a banco. Além disso, ele trazia bandidos de São Paulo para cometer crimes no Ceará. Ajudava nas fugas, dava apoio logístico nos delitos. Era o 'Naldo' o grande mentor da maioria dos ataques que aconteceram aqui, por muito tempo", revelou Vilarinho.

Em São Paulo, Marcos Oliveira Silva tem 28 passagens pela Polícia, três mandados de prisão em aberto e uma condenação de 25 anos. O comparsa dele, Daniel Costa tem 17 processos criminais, todos no Ceará, sendo 11 deles por roubo. "Os dois são muito perigosos. Aterrorizaram o Estado com suas ações e agora estão à disposição da Justiça para serem punidos por isto. Desarticulamos uma organização criminosos inteira com a prisão deles, que eram os últimos da linha de frente da quadrilha que ainda estavam soltos", afirmou o titular da DRF.

Drones

'Naldo' seria o responsável pela organização criminosa presa no último dia 10 de agosto, que utilizava drones para que os ataques a banco fossem facilitados. "Eles investem tudo o que podem para ludibriar a Polícia ou quem puder atrapalhar os planos deles. Esses drones e fuzis, por exemplo, são equipamentos caros, que podem ser considerados como um investimento grande", afirmou o delegado-adjunto da DRF, Diego Barreto.

Raphael Villarinho disse que é possível que eles tenham articulado ações no Ceará e em outros Estados do Nordeste. "A quadrilha é grande e tem ramificações. Certamente eles agiram outras vezes aqui no Ceará, inclusive com explosões de banco, mesmo sendo especializados nos roubos do tipo 'sapatinhos'. Estamos em contado com as Polícias de outros Estados, onde suspeitamos que eles agiram".

Os dois estavam com documentos falsos, quando foram abordados pelos policiais civis. O que foi apreendido com 'Naldo' teria sido obtido em Sergipe.

Ações da quadrilha

4/10/2013 - Homens vestidos como executivos invadem o banco do Brasil de Solonópole, atacam o gerente e roubam o dinheiro

28/2/2014 - Assaltantes rendem o gerente do Santander da Pajuçara, em Maracanaú e levando um

Malote com quantia não revelada

27/5/2014 - Dois homens abordam o gerente quando ele chegava para abrir a agência do Banco do Brasil de Caucaia e roubam o dinheiro

4/07/2014 - Funcionários do Banco do Brasil de São Gonçalo do Amarante são rendidos e bandidos fogem com o dinheiro dos caixas

18/7/2014 - Bando armado ameaça gerente Banco do Brasil São Gonçalo do Amarante e subtrai dinheiro

Do cofre da agência

16/12/2014 - Quatro pessoas atacam funcionários do Banco do Brasil de São Gonçalo do Amarante e levam dinheiro do caixa

10/4/2015 - Bando armado com fuzis aborda vigilantes e leva malotes de dinheiro da Caixa Econômica Federal de Maracanaú

09/6/2015 -Uma dupla rendeu os vigilantes do Banco do Brasil de Chorozinho, mas os funcionários acionaram o alarme, antes que levassem alguma coisa

19/8/2015 - Assalto na agência do Bradesco, em Mombaça. O dinheiro do caixas foi levado pela quadrilha

Diário do Nordeste