-->

12 de novembro de 2015

Familiares dos 11 mortos em Messejana acusam 'policiais fardados' de praticar o crime


Em entrevista na manhã de hoje à TV Verdes Mares, familiares de algumas das 11 pessoas assassinadas na madrugada desta terça-feira (12) nos bairros Curió, Lagoa Redonda e São Miguel, acusaram policiais militares “fardados” de invadirem residências e matar as vítimas. Já a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) decidiu montar uma força-tarefa para apurar a matança.

“Eles invadiram nossas casas, arrastaram as pessoas e mataram com tiros na cabeça. Estavam fardados e não respeitaram nem as crianças que estavam dormindo”, contou uma mulher à Reportagem.  Outra  moradora, uma jovem, informou que sua residência foi atacada por “policiais”, que arrastaram seu sobrinho e o executaram com vários tiros na cabeça.

Em entrevista  à TV, logo após os relatos dos moradores, o chefe do Comando do Policiamento da Capital (CPC), coronel PM Francisco Souto, explicou que todas as informações que  todas as colhidas deverão ser apuradas pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), que ficará responsável pela investigação das 11 execuções sumárias.

Identificação

Das 11 vítimas mortas entre zero e 3 horas da madrugada desta quinta-feira, apenas quatro corpos haviam chegado à sede da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) até o fim da manhã. Três deles não haviam sido identificados. Somente  um foi cadastrado na Coordenadoria de Medicina Legal (Comel), já devidamente qualificado. Tratava-se de Antônio Álisson Inácio Cardoso, cujo corpo foi recolhido por volta de 0h20 na Rua Lucimar de Oliveira, no bairro Curió. No mesmo local, outro cadáver foi encontrado. O duplo assassinato se somou a mais nove execuções.

O terceiro corpo (do sexo masculino) foi encontrado, crivado de balas, por volta de 1h20, na Rua Professor José Artur de Carvalho, também no Curió. E o quarto, por volta de 1h20, na Avenida Professor José Artur de Carvalho, no mesmo bairro, totalizando quatro execuções.

Além deles, mais sete pessoas foram executadas nas horas seguintes. O último assassinato ocorreu já por volta de 3 horas, na esquina das ruas Elza Leite Albuquerque e Joana Soares, no Conjunto São Miguel.

No “Frotinha” de Messejana, pelo menos, nove pessoas baleadas deram entrada ali durante a madrugada e quatro acabaram falecendo ainda na Emergência. Entre os mortos estariam dois adolescentes cujos corpos, juntamente com o de um terceiro rapaz, foram transportados até o hospital na caçamba de uma pick-up. As imagens da chegada dos feridos foram registradas em um vídeo. Publicado, em primeira-mão, pelo site cearanews7.com.br

Força-Tarefa

Quatro delegados estarão no comando das investigações sobre a chacina, com uma equipe de 15 inspetores e escrivães. Por determinação da SSPDS, outros  setores das polícias Civil e Militar vão colaborar nas diligências, como a Unidade Tático Operacional (UTO) da Divisão Antissequestro (DAS), e a Coordenadoria de Inteligência Policial (CIP), órgão integrante do Comando-Geral da PM.

Pelo menos, três linhas de investigações estão sendo consideradas. Uma delas, suposta vingança pelo assassinado de um traficante, na tarde de ontem, no Anel Viário.  Tratava-se de Lindemberg Vieira Dias, que sofreu uma emboscada e foi executado com mais de 30 tiros de fuzil e pistolas. Ele tinha acabado de sair do Presídio do Carrapicho, em Caucaia. Lindemberg era o chefe de uma das quadrilhas que atuam na Grande Messejana.

A segunda linha,  diz respeito a uma possível retaliação entre dois grupos de traficantes pela prisão, no dia anterior, do traficante de drogas  Carlos Alexandre Alberto da Silva, o “Castor”, capturado com um fuzil e uma pistola de calibre 45 milímetros, numa operação de policiais do 6º DP (Messejana),  em Pacatuba.

Por fim, a terceira linha da apuração, não descarta a hipótese de uma vingança pelo assassinato de um policial militar, ocorrido durante assalto no bairro  Lagoa Redonda, na noite de quarta-feira. O soldado Valtemberg Chaves Serpa, 32, foi baleado e morto ao reagir contra assaltantes que haviam rendido sua esposa, em um Centro de Treinamento de Futebol. 

Ceará News


STF decide suspender norma que permitia doações anônimas a candidatos


O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu hoje (12), por unanimidade, suspender a eficácia de dispositivo da Lei Eleitoral (9.504/1997) que permitia doações ocultas a candidatos. A ação foi ajuizada pelo Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), sob a alegação de que a norma viola os princípios da transparência, da moralidade e favorece a corrupção, dificultando o rastreamento das doações eleitorais. A regra vale para as eleições municipais de 2016.

Os ministros decidiram pela suspensão da expressão “sem individualização dos doadores”, incluída no parágrafo 12 do artigo 28 da Lei Eleitoral por meio da Lei Federal 13.165/2015, que instituiu as chamadas “doações ocultas”, aquelas em que não é possível identificar o vínculo entre doadores e candidatos. A decisão tem eficácia desde a sanção da lei.

Em voto pela concessão da liminar, o relator da ADI 5394, ministro Teori Zavascki, afirmou não haver justificativa para manutenção das doações ocultas, que retiram transparência do processo eleitoral e dificultam o controle de contas pela Justiça Eleitoral. Para o ministro, a norma suspensa permite que doadores de campanha ocultem ou dissimulem seus interesses em prejuízo do processo eleitoral.

Com Agência Brasil


Número de assaltos em Russas, desconfiança em motociclistas aumenta a cada dia


Os número de assaltos em Russas, a maioria praticada por motociclistas, deixa em alerta comerciantes e a população, aumentando também a tensão para quem anda sobre duas rodas. Supermercados, mercadinhos, farmácias, postos de gasolina e o comércio em geral estão com medo. Basta só um motociclista se aproximar para a preocupação começar e colocar todos os condutores sob suspeita. Se a moto estiver ocupada por duas pessoas, a situação fica ainda mais crítica principalmente se um entra e o outro fica fora de um comércio, porque um pode ser o piloto de fuga.

Conversando sobre os constantes números de assaltos, um frentista  diz que o medo é constante “Toda hora é hora, não tem mais isso de ser à noite”.

“Meu esposo está traumatizado,  não que mais vir para o comércio, ele ao avistar alguém entrando aqui de capacete fica em pânico, não tem mais como trabalhar. Nosso comércio já foi assaltado várias vezes, meu esposo já teve arma apontada na cabeça. As pessoas falam que é porque eu abro o comércio sempre aos finais de semana, mas não,  essa história de horário ou dia, não existe mais,  é a qualquer momento ou a qualquer hora. Estou esperando alguém ofertar algo para que possamos vender logo isso aqui, não da mais para trabalha para os outros” o relato triste é de uma comerciante no centro de Russas.

Um segurança de uma ótica que já foi assaltada várias vezes em Russas, que preferiu não ser identificado, movido pelo medo,  diz que a desconfiança em motociclistas aumenta a cada dia “a maioria dos roubos são de moto, uns 90% do que a agente vê é assim. Para ele, a explicação do medo, vem da agilidade do veículo. Vai rápido, é mais fácil para fugir, ressalta”.

Segurança de uma empresa privada, que presta serviço a uma agência bancaria em Russas diz que o uso do capacete causa pavor nas ruas. O cidadão também não faz a sua parte. “Tem pessoas que entram de capacete aqui na agência e quando eu peço para o cidadão retirar o capacete, eles se sentem constrangidos, dizendo não ser bandido. Mas bandido não anda com placa na testa”.

“Era 19 horas em pleno centro da cidade, Trav. Carlos Pontes ao lado da Escola Matoso Filho, uma dupla armada,  de capacete, encostou e levaram a minha motocicleta, até hoje nada”. O relato é de uma senhora que teve sua motocicleta leva de assalto.

Uso do capacete. 
O uso obrigatório do capacete para os pilotos de motocicletas e similares tem como finalidade maior evitar lesões graves na cabeça e mortes quando estes se acidentam, principalmente quando de sinistros de trânsito. Mesmo porque, como é do conhecimento de todos, é grande o número de acidentes com vítimas fatais pilotando motos. Isso quando motoqueiros  não resultam gravemente feridos e com sequelas para o resto de suas vidas.

E agora, o que fazer?

Com Informações de Ceará News


Forças especiais da PM reforçam policiamento após 11 mortes na "guerra" de traficantes na Grande Messejana

As ruas dos bairros Lagoa Redonda, Curió e os becos e ruelas do Conjunto São Miguel, todos localizados em Messejana, na zona Sul de Fortaleza, estão, neste momento, recebendo reforços da Polícia Militar. Uma operação Ocupação foi desencadeada por determinação da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) e pelo Comando-Geral da PM após uma madrugada de tiroteio entre gangues, que deixou 11 mortos, além do assassinato de um policial na noite anterior.

Conforme o Comando da Corporação, os crimes estão sendo apurados pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e as patrulhas do 16º BPM (Messejana), responsáveis pelo patrulhamento daquele setor da cidade, ganharam o reforço das forças especiais da Corporação. Unidades do Comando Tático Motorizado (Cotam), do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) e do Batalhão de Rondas Intensivas e Ostensivas (BPRaio), foram mandadas para a região para impedir novos confrontos.

Ainda na manhã desta terça-feira, bandidos – ainda não identificados – tentaram incendiar um ônibus que trafegava nas imediações do  Conjunto São Miguel.  A Polícia foi acionada pelos passageiros do coletivo e moradores da área e os criminosos acabaram fugindo sem concretizar a destruição do veículo.

Mortes em série

A matança de  pessoas na região do Curió e São Miguel começou por volta de zero hora desta quinta-feira e se estendeu até o começo da manhã, quando três pessoas foram baleadas na esquina das ruas Elza Leite Albuquerque e Joana Soares. Uma morreu no local. Outras duas foram levadas para o “Frotinha” de 

Messejana, onde foi comprovado o segundo óbito. Mas, durante a madrugada, outras sete pessoas haviam dado entrada naquele hospital  e três morreram ainda na Emergência. Todas as vítimas apresentavam lesões provocadas por tiros.

Um vídeo publicado com exclusividade pelo Cearanews7 , logo no começo da manhã, mostrou o momento em que três dos feridos chegam àquele  hospital em  um veículo particular e são transferidos de maca para a emergência.  Os três não resistiram e morreram logo depois.

Até o momento, a SSPDS não divulgou a relação dos 11 mortos nos confrontos.

O Comando-Geral da PM, através do seu porta-voz, tenente-coronel  Andrade Mendonça, informou agora há pouco que o conflito ocorrido no Curió, que causou a morte de, pelo menos três pessoas, além dos outros tiroteios na região (totalizando 11 mortes), ainda estão sendo apurados e que podem sim, estar relacionados. Porém, não há, confirmação de que tais crimes tenham ligação com o assassinato de um PM na noite anterior.

“Não há nada de concreto que possa confirmar a correlação de fatos, mas nenhuma possibilidade pode ser descartada”, afirmou o oficial. 

Blog do Fernando Ribeiro


PF estima que prejuízo da Petrobras com corrupção pode ser de R$ 42 bi


O prejuízo causado pelas irregularidades na Petrobras descobertas pela Operação Lava Jato pode chegar à casa dos R$ 42,8 bilhões, de acordo com o laudo de perícia criminal anexado pela Polícia Federal (PF) em um dos processos da operação.

A Lava Jato investiga um esquema criminoso de corrupção, desvio e lavagem de dinheiro envolvendo funcionários de alto escalão da petrolífera, diretores das maiores empreiteiras do país e operadores.

Ainda conforme a investigação, as empreiteiras se organizavam em cartel para vencer licitações e se beneficiar de aditivos aos contratos. Essas empresas pagavam propina a diretores e gerentes da Petrobras, operadores e a partidos políticos como PP, PT e PMDB por doação eleitoral. As legendas negam tenham recebido dinheiro ilícito.

Oficialmente, a Petrobras considera, até o momento, o rombo de R$ 6 bilhões. O Ministério Público Federal (MPF), contudo, considerava em outubro deste ano que o o prejuízo passaria de R$ 20 bilhões.

"O que nós temos hoje é que apenas a propina da Petrobras envolveu mais de R$ 6,2 bilhões (...) Isso aponta que possivelmente o valor do prejuízo superará R$ 20 bilhões", chegou a afirmar o procurador da República Deltan Dallagnol, que é coordenador da força-tarefa do MPF para a Lava Jato.

Esta estimativa de R$ 42 bilhões tem como base uma tabela com os pagamentos indevidos envolvendo as empresas investigadas pela operação.

São considerados percentuais informados pelos colaboradores da investigação (3%) e o percentual máximo cogitado pela Polícia Federal (20%).

"Tais pagamentos teriam sido viabilizados por meio da majoração excessiva das margens de lucros das contratantes, em percentuais bem acima daqueles constantes dos Demonstrativos de Formação de Preços (DFP) apresentados, uma vez que realizados em ambiente cartelizado", diz trecho do despacho.

Os colaboradores da Lava Jato, réus que firmaram acordo de delação premiada para repassar informações sobre o esquema de corrupção em troca de redução nas penas em caso de condenação, afirmaram que a propina variava entre 1% e 3% do valor total do contrato e aditivo.

Por outro lado, a análise da Polícia Federal considera que muitos contratos foram fechados em percentuais bem próximos do valor máximo de 20% acima das estimativas de referência da Petrobras. Em especial, os contratos envolvendo obras para implantação da Refinaria Abreu e Lima (RNEST) e do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (COMPERJ).

Lindomar Rodrigues


Perseguição termina com homem executado com 32 tiros


Uma perseguição terminou com um homem executado com 32 tiros nesta quarta-feira, 11, no 4º Anel Viário com a avenida Osório de Paiva. De acordo com informações preliminares da Polícia, a motivação do crime seria disputa territorial pelo tráfico de drogas no Conjunto João Paulo II, na Grande Messejana.

Conforme o delegado da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP),  Fábio Torres, Lindemberg Vieira Dias, 31, estava sozinho em um carro modelo Hilux quando homens em três veículos - um Fox, um Etios e um Uno Mille - o perseguiram na Osório de Paiva, próximo à rua Monteiro Lobato. 

"Ele tentou fugir e, na rotatória, foi alvejado e o carro capotou. Um dos que estavam nos veículos desceu, efetuou mais disparos contra a vítima e fugiu", descreve o delegado. A Polícia localizou munição calibre 380, ponto 40 e compatível com fuzil na via. 

A vítima, segundo os familiares, tinha sido liberada nesta quarta-feira da Unidade Prisional Desembargador Adalberto de Oliveira Barros Leal, presídio conhecido popularmente como Carrapicho, na Caucaia, onde estava preso por tráfico de drogas e saiu por força de alvará. 

"Estamos com o nome do possível autor intelectual, mas ainda a confirmar", acrescentou o delegado. Ninguém foi preso até o momento. Policiais militares realizam buscas para encontrar o suposto mandante do crime. 

Após o crime, o trânsito na região ficou congestionado. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) esteve no local.

Perícia

De acordo com o perito Thiago Lobo, foram encontradas 32 lesões pelo corpo de Lindemberg, provocadas pelos disparos de arma de fogo. No veículo, a equipe da Perícia Forense encontrou várias marcas de tiros no carro da vítima, até no teto.

A Hilux vai ser encaminhada para a Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), pra ser periciada na manhã desta quinta-feira, 12.  

Outra pessoa baleada

A Polícia recebeu informações de que outro homem teria sido baleado durante a perseguição. Ainda não se sabe se ele era comparsa da vítima ou do grupo de executores. Esta pessoa ferida conduzia uma das duas motocicletas que foram abandonadas e apreendidas. As motos foram levadas para a Delegacia de Maracanaú.

"Essa pessoa não foi localizada, não temos informações. Disseram que esse rapaz baleado estava em uma moto e fugiu do local", comentou o delegado Fábio Torres. Os policiais buscaram informações em Unidades de Pronto Atendimento (UPA) da região, mas nenhum homem com ferimento à bala havia dado entrada nestes locais.

Disparos assustam moradores

Os barulhos dos tiros assustaram os moradores da região. Uma senhora, que preferiu não se identificar, relatou que estava dentro de casa, quando ouviu os disparos e achou que fosse um confronto entre policiais e criminosos.

"Só escutei os 'papocos'. Foram muitas balas", disse ela. Outro morador pensou que os barulhos teriam sido provocados por uma colisão e estranhou o crime no local. "Moro aqui há mais de 20 anos e esse é o segundo crime na Osório de Paiva que tenho conhecimento", contou o homem, que também não quis se identificar.

O Povo Online


Casal sofre atentado à bala e mulher morre; vítima estava grávida

Uma mulher morreu e um homem foi baleado em um atentado na noite desta quarta-feira, 11, no bairro Tabapuá, município de Caucaia, Região Metropolitana de Fortaleza. O casal estava em um carro e foi surpreendido em um semáforo por dois homens em uma moto, que chegaram atirando.

De acordo com informações de policiais da região, a mulher chegou a ser socorrida para o Hospital Municipal de Caucaia, mas não resistiu. Conforme depoimento do marido à Polícia, a vítima estava grávida.

A motivação do crime não foi confirmada. Segundo a Polícia de Caucaia, o marido contou que há dois anos reagiu a um assalto, foi baleado, mas teria conseguido tomar a arma dos criminosos. Após um tempo, um dos assaltantes teria morrido, e haveria suspeita do restante do grupo de que o homem fosse o responsável pela morte. Com isso, o marido acredita que a ação desta quinta tenha sido em represália.

Durante a ação, o homem foi atingido com três tiros de raspão nas costas. A Polícia confirma que o estado de saúde dele é estável.

Ainda segundo informações de policiais da região, a vítima não conseguiu reconhecer os criminosos.

O POVO Online


Mais R$ 10 mil da "saidinha" bancária são "entregues" após operação em Caucaia


Mais R$ 10 mil reais oriundos da 'saidinha' bancária da última quinta-feira, 5, no Bradesco de Caucaia, foram entregues na tarde de ontem. No assalto, que vitimou o coreano Taehwan Roh, 39, um grupo de estrangeiros, inclusive Roh, haviam sacado R$ 180 mil reais.

Esse valor foi abandonado pela dupla responsável pelo assalto durante a fuga e encontrado por uma faxineira. O dinheiro foi devolvido em três vezes, sendo a primeira um dia após o crime, quando a mulher foi até a delegacia e entregou R$ 50 mil e no último sábado, 7, depois que a mesma mulher voltou à Delegacia Metropolitana de Caucaia (DMC) e entregou mais R$ 50 mil.

No entanto, ainda faltavam R$ 10 mil a serem entregues, conforme informou o serviço reservado do 12 Batalhão da Polícia Militar (BPM), de Caucaia, que descobriu o valor com o namorado da faxineira. 

O trabalho da DMC, com o inspetor Josenildo Menezes e o serviço reservado do 12º BPM, verificou que o namorado da faxineira teria ficado com os R$ 10 mil sem que ela soubesse. Conforme o policial que participou da operação (nome preservado), no depoimento a mulher conta que encontrou a bolsa em uma mochila nas proximidades do local de trabalho. "Ela resolveu devolver o dinheiro, mas devolveu somente os R$ 50 mil, ela disse que não conseguiu dormir achando que a Polícia iria lá, então foi novamente na DMC e devolveu mais R$ 50 mil. Lá, ela foi comunicada que estavam faltando R$ 10 mil', relatou. 

Conforme o policial do serviço reservado, o namorado da faxineira, antes dela entregar os outros R4 50 mil, levou os R$ 10 mil para a casa dele, no bairro Jardim Iracema, sem que a mulher soubesse. No depoimento, a mulher comentou sobre a existência do namorado, que sabia do dinheiro e a Polícia teria ido até a casa indagar o rapaz sobre o valor. "Ele negou que estivesse com o dinheiro, mas depois que foi até a delegacia prestar esclarecimentos para que fosse adicionado no inquérito policial, ele confessou e nos levou novamente até a casa dele, onde pegou o dinheiro e nos entregou", relata. 

Presos 

De acordo com o tenente Ferreira, agora faltam R$ 50 reais do valor que foi subtraído. Após a saidinha foram presos Sérgio Alves, 26 anos, que responde na Justiça por três crimes de assalto e um porte ilegal de armas e Patrick Kelvin Fati da Costa, 21, sem antecedentes criminais. Os dois foram autuados em flagrante pelo crime de latrocínio (roubo seguido de morte). 

Já na última terça-feira, 10, uma operação prendeu um segurança apontado pela Polícia como o responsável pela articulação do crime. O homem trabalhava para os coreanos e teria repassado informações privilegiadas a dupla que cometeu o assalto. Valmir Xavier Dias teve o mandadado de prisão temporária expedido pela 4ª Vara Criminal da Comarca de Caucaia e deve ficar detido por 10 dias. A Polícia afirma que já identificou o outro segurança citado pelo acusado de ter participação no esquema criminoso.

O caso 

Os coreanos que trabalhavam em uma empresa do Porto do Pecém foram até a agência bancária, onde sacaram R$ 180 mil. Enquanto esperavam o transporte, as vítimas foram abordadas por uma dupla, que puxou uma das mochilas dos coreanos. No momento em que os criminosos foram roubar a outra bolsa, houve um desentendimento e Taehwan Roh levou um tiro. Ele morreu no local e os suspeitos foram presos durante a fuga.

O Povo Online


Policial militar é morto em tentativa de assalto


Um policial do Ronda do Quarteirão, identificado como soldado Serpa, foi assassinado na noite desta quarta-feira(11), após uma tentativa de assalto a esposa dele, no bairro Lagoa Redonda. O casal foi abordado por três assaltantes que dispararam contra o PM, atingido com um tiro na cabeça.

O militar ainda foi levado para o Hospital Distrital Edmilson Barros de Oliveira, o Frotinha da Messejana, mas morreu no momento em que recebia atendimento na unidade de saúde.

Os suspeitos fugiram em direção a favela do Palmeirinha e ainda não foram localizados pela Polícia.

Diário do Nordeste


Roubo de Fiat Siena em Russas


Nesta Quarta, 11, por volta das 09h00min, na travessa Joaquim Nogueira de Araújo, bairro Catumbela, MARIA IRANLEIDES BEZERRA DOS SANTOS OLIVEIRA, 54 anos, casada, Funcionaria Publica, natural de Tauá, residente em Russas, foi vítima de roubo quando saia de sua residência, sendo abordada por três indivíduos numa moto que levaram seu veículo Fiat Siena de cor prata, ano 2011, de placa OCI-6588, e vários documentos da vítima. Policiais Militares realizaram diligencias, contudo sem êxito.     

Com Informações do 1ºBPM


Roubo de moto seguido de assalto ao posto Araibu em Russas


Nesta Quarta, 11, por volta das 18h40min, na CE 356 (estrada da fruta), na entrada do bairro Várzea Alegre, em Russas-CE, foi vitima de roubo o Sr. Fabiano, o mesmo foi abordado por dois indivíduos que trafegavam em uma motocicleta HONDA/CG 125 FAN, de cor preta, ano 2005/2006, de placa HXP-2567, a qual havia sido roubada por volta das 19h50min do dia 10.11.2015, conf. Rel nº 052. Os indivíduos abandonaram a citada motocicleta e subtraíram da vitima a motocicleta Honda CG 125 FAN, cor preta, ano 2011, placa OCO-9124, e em seguida se dirigiram ao posto de combustível Araibu situado na mesma CE renderam o Sr. Francisco frentista do citado posto e subtraíram uma quantia em dinheiro não informada e fugiram em direção a localidade de Bom Sucesso, zona rural de Russas. Os PM da F.T.A. estão em diligencias no intuito de identificar e prender os indivíduos. 

Com Informações do 1ºBPM


Onda de assaltos à estabelecimentos comerciais registrados nesta quarta, 11, em Russas


Nesta Quarta, 11, por volta das 11h00min, na Rua João Maciel Pereira, Russas-CE, mais precisamente onde funciona o Mercadinho Casa Bom Preço, dois indivíduos trajando blusa, short, numa moto 150 de cor azul, chegaram e anunciaram um assalto, levando da vítima uma pequena quantia em dinheiro.   

Já por volta das 13h30min, na CE-356, na loja Mármore e Granito, ocorreu um assalto, quando dois indivíduos, um de blusa verde e outro de blusa clara, numa moto de Fan de cor preta, armados a revolver, renderam o proprietário e levaram a quantia de R$ 300,00 e um aparelho celular de marca não informada.

E ainda por volta das 14h20min, na rua Dr. João Maciel Filho, mais precisamente no mercadinho O BIN, quando dois indivíduos numa moto preta, sendo um deles de blusa vermelha e outro de blusa listrada verde com preto, armados, o renderam o proprietário e levaram uma quantia em dinheiro não informada. 

A polícia segue em diligencia no intuito de localizar os responsáveis, contudo sem êxito até o momento.

Com Informações do 1ºBPM


RUSSAS: 200 homicídios registrados em apenas 4 anos


De acordo com dados estatísticos da 1ª Cia/1ºBPM, a cidade de Russas registrou 48 homicídios no ano de 2015, até a manhã desta quinta-feira, 12. Já superando até mesmo os anos de 2009(12), 2010(13) e 2011(21) que juntos registraram 46 crimes. São números preocupantes para a polícia e para os moradores da cidade.

Os dados são mais surpreendentes ainda se formos dar uma olhada nos anos de 2012(29) 2013(57) e 2014(66). Em 2012 o município teve ao todo 29 mortes violentas, na época os dados já causavam preocupação. O ano todo de 2013 registrou 57 crimes de morte, ou seja, 1,09 mortes por semana. Em 2014 Russas registrou 66 homicídios no ano todo, liderando o ranking das cidades mais violentas do Vale do Jaguaribe, seguida de Tabuleiro do Norte e Limoeiro do Norte. 

Ao todo foram 200 homicídios registrados nos últimos 4 anos na cidade que tem uma população de 75 mil habitantes. Com relação ao quadriênio 2008-2011 o numero de crimes quase que quadruplicou.

É lamentável a situação em que passa o município de Russas em relação à segurança pública, é muito alto o índice de criminalidade em uma cidade que já foi sinônimo de tranquilidade para quem residia e quem visitava.

Estatísticas de homicídios em Russas nos últimos 8 anos

Ano                       Total:
2008                      09
2009                      12
2010                      13
2011                      21
2012                      29
2013                      57
2014                      66
2015                      48


Fonte: 1ºBPM

Redação Blog Erivando Lima