-->

10 de novembro de 2019

Tentativa de ultrapassagem quase termina em tragédia na BR 122 em Ibaretama


Acidente na BR 122, KM 75, na localidade de Rampa, Zona Rural de Ibaretama. Um automóvel HB 20, de cor branca com três jovens que seguiam de Fortaleza para a cidade de Acopiara no Centro Sul do Estado, ao tentar uma  ultrapassagem desceu uma ribanceira com ferimentos leves socorrido para UPA de Quixadá.


De acordo com as vítimas aproximadamente 4h50m quando seguiam na BR 122 a altura do KM 75 na localidade de Rampa quando a motorista ao tenta uma ultrapassagem para não colide com outro veiculo saiu da via perdendo o controle do Automóvel HB 20 de cor branca estourando os quatro pneus.

As vitimas duas mulheres e um homem sofreram escoriações, a passagueira que seguia no banco traseiro com suspeita de traumatismo no ombro. Motorista Maria Jady de Lima e os passageiros Geudimar Pinheiro da Silva e Amanda Miguel Sousa.

Júlio César, socorrista do SAMU que seguia na mesma rodovia prestou socorro as vitimas que foram encaminhadas para a Unidade de Pronto Atendimento UPA 24horas Dr. Antonio Moreira Magalhaes. Após atendimento a passageira foi encaminhada para o Hospital Dr. Eudasio Barroso com suspeita de trauma no ombro.

Após avaliação médica foram liberados. O socorro foi realizado pela ambulância do município. A Policia Rodoviária Estadual – PRE esteve na unidade medica realizando os levantamentos do acidente junto às vítimas.

Fonte; Sertão Alerta
Blog; Erivando Lima

Presidente da Bolívia anuncia sua renúncia pela TV

Evo Morales foi aconselhado pelas Forças Armadas a deixar o cargo
Evo Morales cedeu às pressões dos opositores e anunciou renúncia
Foto: AFP

O presidente da Bolívia, Evo Morales, anunciou neste domingo sua renúncia ao cargo, depois de três semanas de protestos contra sua polêmica reeleição e depois de perder o apoio das Forças Armadas e da Polícia.

“Renuncio a meu cargo de presidente para que (Carlos) Mesa e (Luis Fernando) Camacho não continuem perseguindo dirigentes sociais”, disse Morales em discurso televisionado, referindo-se a líderes opositores que convocaram protestos ele, desde o dia seguinte às eleições de 20 de outubro.

Mais cedo, o comandante-chefe das Forças Armadas e da Polícia da Bolívia, o general Williams Kaliman, pediu a  Evo que renunciasse, em meio a protestos por sua questionada reeleição na votação de 20 de outubro, nas qual a Organização de Estados Americanos (OEA) apontou irregularidades.

“Após analisar a situação conflituosa interna, pedimos ao presidente de Estado que renuncie a seu mandato presidencial permitindo a pacificação e a manutenção da estabilidade, pelo bem da nossa Bolívia”, disse o general Kaliman à imprensa.

“Nos somamos ao pedido do povo boliviano de sugerir ao senhor presidente Evo Morales que apresente sua renúncia para pacificar o povo da Bolívia", declarou o comandante geral da Polícia, general Vladimir Yuri Calderón.

Evo Morales era o presidente latino-americano há mais tempo no poder. Há 13 anos mostrava sua astúcia política, empatia com os pobres e bom gerenciamento dos lucros da exportação de matérias-primas para China.

Em suas reuniões, continuava acompanhado de xamãs, que realizavam cerimônias andinas enquanto ele iniciava os trabalhos.

Morales, de 59 anos, assumiu em janeiro de 2006 como o primeiro mandatário indígena da Bolívia, em meio a uma onda de vitória da esquerda, que atravessou a região com a mudança de milênio.

Seus companheiros de ideologia foram ficando pelo caminho, no Brasil, Argentina e Equador.  A Venezuela, com quem Evo manteve um vínculo estreito, está mergulhada na pior crise política e econômica de sua história recente.

Perfil

Morales conheceu a pobreza desde que nasceu, em 26 de outubro de 1959, no povoado de Isallavi, na região andina de Oruro. Criador de lhamas quando criança e depois vendedor de sorvete, fabricante de tijolos e trompetista de um grupo de música local, chegou a Chapare, coração cocaleiro da Bolívia, para se dedicar ao cultivo.

Se envolveu meio sindical, onde começou sua carreira política em 1995, como deputado nacional. Em 2002 lançou pela primeira vez sua candidatura à presidência, chegando em segundo lugar.

Quatro anos depois, em 2006, derrotou nas urnas o candidato da direita, Jorge Quiroga, com 54% dos votos, e chegou à presidência. 

Em 2008, durante uma entrevista para a imprensa estrangeira, Morales disse que quando era criança, aos 11 ou 12 anos, sonhou que voava por sua terra natal. 

Ao contar o sonho a seu pai, ele disse: "Evito, você vai ficar bem, respeite os maiores e menores, você vai bem em teu futuro".

Morales não chegou à universidade e têm grandes problemas para ler um discurso em público. Prefere improvisar e repetir frases sobre o sucesso econômico de seu governo, a estabilidade política e os inimigos internos (a direita) ou externos (os Estados Unidos) que "o perseguem".

Pairavam sobre ele, após quase 14 anos no poder, denúncias de corrupção no governo.  

Red; DN


Polícia prende 11 homens suspeitos de participar de rinha e resgata 42 galos em Cascavel

Os animais apreendidos foram encaminhados à Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Ceará
Onze homens foram presos em flagrante por crime ambiental
Vc repórter

A Polícia Civil prendeu 11 homens suspeitos de participar de rinha e apreendeu resgatou 42 galos na cidade de Cascavel, na Grande Fortaleza, na manhã deste domingo (10). 

Segundo o delegado Josafat Filho, da Delegacia Metropolitana de Cascavel, os suspeitos submetiam os animais a tratamentos hormonais para que brigassem até a morte com a realização de apostas. Várias aves foram encontradas lesionadas com ferimentos característicos das lutas.


A polícia encontrou, no local da prisão, um galo morto. Os animais apreendidos foram encaminhados à Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Ceará. 

Os suspeitos foram presos em flagrante por crime ambiental, previsto no artigo 32 da Lei nº 9.605.

Red; DN


Estou de volta


Aguarde; muitas novidades.

No sabado dia 16 a volta do programa sabadão do brega.