-->

2 de março de 2018

Castanhão recebe 32,9 milhões de metros cúbicos de água em uma semana; nível sobe um metro



Barragem está com 2,59% da capacidade total de armazenamento. Dos maiores reservatórios do Estado, açude foi o que recebeu maior volume de água

Em uma semana, o volume do Castanhão aumentou 32,9 milhões de metros cúbicos. O montante de água, que seria suficiente para deixar muitos reservatórios do Estado na cota máxima, representa um crescimento de 0,49 ponto percentual na capacidade do maior açude do Brasil. Atualmente, o espelho d’água está com 2,59% do volume total. Há mais de uma semana, o Castanhão está “tomando água”, uma sequência que não acontecia desde o início do ano passado. Visualmente, o nível da barragem aumentou um metro.

Se as previsões dos meteorologistas para a quadra chuvosa deste ano — de fevereiro a maio — se confirmarem, este será o mês no qual maior quantidade de água chegará ao local. Historicamente, março é o período com precipitações mais intensas no Ceará. A média para o Estado é de 203,4 milímetros (mm).

A previsão da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) indica que há 45% de chances de as chuvas serem acima do normal neste início de ano. Em fevereiro, o prognóstico se confirmou. Com total de 182,2 mm, os pluviômetros registraram volume de chuva 53,6% maior que a média histórica, considerando dados desde 1981.


Sobre o assunto
Hoje em agonia, Castanhão já teve bons momentos; relembre sangrias de 2004 e 2009
Entenda por que as chuvas na região do Jaguaribe são importantes
Reservas
Dos maiores reservatórios do Ceará, o Castanhão é também o que recebeu maior quantidade de água na última semana. O Orós, por exemplo, aumentou 430 mil metros cúbicos em sete dias, resultando em uma variação de 0,02 ponto percentual no volume armazenado, chegando a 5,81%. Já o Banabuiú “perdeu água” nos últimos dias, mas em quantidade que não impactou a parcela de ocupação do reservatório, mantido a 0,45% do volume total.

Fonte; O povo.com


Fachin atende PGR e inclui Temer em inquérito da Odebrecht sobre suspeita de propina ao MDB


Temer

O ministro do STF Edson Fachin incluiu, neta sexta-feira (2), a pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR), o presidente da República, Michel Temer, como investigado em um inquérito que apura suspeitas de repasses de propinas da Odebrecht para campanhas eleitorais do MDB em troca de favorecimento à empresa. Já eram investigados no caso os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Secretaria-Geral da Presidência). O inquérito foi aberto em abril de 2017 com base nas delações de executivos e ex-executivos da Odebrecht.

Esta é mais uma investigação aberta contra o presidente, que é alvo de um inquérito em andamento sob a suspeita de ter editado um decreto que modificou regras do setor portuário, sob relatoria do ministro Luís Roberto Barroso. Outros inquéritos contra o presidente que levaram a PGR a denunciá-lo por duas vezes estão suspensos após decisão da Câmara dos Deputados barrar o prosseguimento até que ele deixe o mandato presidencial.

"Defiro o pedido da Procuradora-Geral da República para determinar a inclusão de Michel Miguel Elias Temer Lulia, atual Presidente da República, como investigado nestes autos de Inquérito, sem prejuízo algum das investigações até então realizadas e daquelas que se encontram em curso. Defiro também, a pedido da Polícia Federal e da Procuradoria-Geral da República a prorrogação do prazo para as investigações, determinando, assim, o retorno dos autos à autoridade policial para que, no prazo máximo de 60 (sessenta) dias, proceda à conclusão das diligências pendentes e apresente a peça informativa", decidiu o ministro Edson Fachin.

A medida foi tomada a pedido da procuradora-geral da República, Raquel Dodge. Na terça-feira (27), ela representou ao Supremo a solicitação para incluir Temer - o que representa uma mudança de entendimento na Procuradoria-Geral da República (PGR) sobre a possibilidade de se investigar presidentes por fatos anteriores ao exercício do mandato.

Quando foi aberta a investigação em abril de 2017, junto com outras 75 baseadas na megadelação da Odebrecht, no que veio a ser conhecido como Lista de Fachin, o então procurador-geral, Rodrigo Janot, não pediu a investigação de Temer, apesar de haver citações a ele. O entendimento de Janot é o de que presidentes da República em exercício não devem ser investigados por supostos crimes que teriam cometido antes de chegarem ao posto. Na visão de Janot, a Constituição prevê uma "imunidade temporária" ao presidente. Dodge discordou.

"A apuração dos fatos em relação ao Presidente da República não afronta o art. 86-§ 4° da Constituição. Ao contrário, é medida consentânea com o princípio central da Constituição, de que todos são iguais perante a lei, e não há imunidade penal", afirmou Raquel Dodge.

A procuradora esclarece, no pedido encaminhado a Fachin, que o presidente não pode ser condenado enquanto durar o seu mandato. Para Dodge, não pode haver denúncia. Mas ela ressalta que não há proteção em relação à apuração de infrações penais. "A investigação penal, todavia, embora traga consigo elevada carga estigmatizante, é meio de coleta de provas que podem desaparecer de vestígios que podem se extinguir com a ação do tempo, de ouvir testemunhas que podem falecer, de modo que a investigação destina-se a fazer a devida reconstrução dos fatos e a colecionar provas. A ausência da investigação pode dar ensejo a que as provas pereçam".

R$ 10 milhões

O inquérito procura comprovar se, conforme apontado por delatores da Odebrecht, houve pagamento de vantagens indevidas para irrigar campanhas eleitorais do MDB em troca de atendimento de interesses do grupo empresarial na Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República, chefiada pelos dois homens fortes do Planalto entre 2013 e 2015.

Os autos do inquérito em andamento incluem as informações prestadas por delatores da Odebrecht sobre um jantar no Palácio do Jaburu em maio de 2014 em que Marcelo Odebrecht, herdeiro do grupo empresarial, teria acertado com Padilha o pagamento de R$ 10 milhões. Temer estava no jantar, mas não na hora da discussão sobre valores, segundo delatores.

Temer já foi formalmente incluído como investigado no Supremo Tribunal Federal em dois outros inquéritos, por supostos crimes que teriam sido cometidos já durante o mandato. O que apura o recebimento de vantagens do grupo J&F e o outro, se ele editou um decretou um decreto para beneficiar empresas no setor portuário.

A PGR apresentou duas denúncias contra Temer, uma pelo episódio da mala de R$ 500 mil da JBS carregada pelo ex-assessor especial Rodrigo da Rocha Loures, e outra pela suposta participação no chamado "quadrilhão do MDB da Câmara". Ambas as denúncias foram rejeitadas na Câmara, e as investigações sobre esses dois pontos estão suspensas até que o emedebista deixe a Presidência.

Red.; DN


Pastor desaparecido simulou sequestro e pediu resgate em bitcoin, diz polícia


Pastor desaparecido em São José dos Campos (Foto: Arquivo Pessoal )

Segundo a polícia, ele pediu resgate de três bitcoins para a família - cada um está cotado em cerca de R$ 35 mil. O valor não foi pago.

Apos quatro dias desaparecido, um pastor evangélico da Assembleia de Deus Missão, de São José dos Campos (SP), se apresentou à delegacia no fim da tarde desta quinta-feira (1º) e, segundo a polícia, confessou que simulou um sequestro. Ainda segundo a polícia, ele pediu resgate de três bitcoins para a família - cada um está cotado em cerca de R$ 35 mil, nesta quinta. O valor não foi pago.

Ele estava desaparecido desde a última segunda-feira (26), quando foi visto pela última vez no bairro Vista Verde, na zona leste da cidade, onde se encontrou com outro pastor.

De acordo com a Delegacia de Investigações Gerais (DIG), Alexandre Geraldo dos Anjos, conhecido como Sandro, de 34 anos, foi até a delegacia de Igaratá e contou que tinha sido sequestrado no início da semana, mas que tinha conseguido fugir do cativeiro.

Os policiais encaminharam o homem para a Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de São José e, em depoimento, ele teria confessado que o sequestro era falso.

"Nós recebemos uma denúncia ontem informando que o pastor tinha almoçado em um restaurante em Jacareí. Fomos até lá e pegamos a filmagem e vimos que ele estava tranquilo. Então, quando ele começou a contar a história do sequestro, já desconfiamos e ao pressioná-lo, ele revelou a mentira", contou o delegado Neimar Camargo.

Ainda segundo o delegado, o pastor relatou que estava com dívidas e precisava de dinheiro para quitá-las. "Ele tinha pedido o pagamento de três bitcoins, mas como já desconfiávamos, a família não tinha pago", explicou o delegado. O pastor teria comprado um chip de celular de um número de São Paulo e enviado mensagem para um amigo pedindo que ele entrasse em contato com a família pedindo o resgate. Esse amigo não sabia que se tratava de um golpe.

Após ser ouvido, o pastor foi liberado. Ele deverá ser indiciado por estelionato - por criar uma fraude para conseguir dinheiro. O G1 procurou a família do pastor, que informou que ele tinha chegado em casa e não teve tempo de conversar para explicar o que houve. A reportagem tentou novos contatos de parentes dele, mas ninguém mais atendeu as ligações na noite desta quinta.

Fonte G1


Russas CE


ASSISTENTE ADMINISTRATIVO
BOMBEIRO HIDRÁULICO 2
TÉCNICO EM ELETRODOMÉSTICOS
TÉCNICO MECÂNICO EM AR CONDICIONADO 1
VIGILANTE (GUARDETE) 1
SINE/IDT de Russas  localizado à Av. Cel. Araújo Lima, 1458-A – Centro.   Atendimento - 07:30 às 16:30
Blog Erivando Lima


IRACEMA-CE PRISÃO COM BASE NA LEI SECA


Ontem dia 01/03/2018, por, foi informado que Antônio Carlos maia Bessa,  motorista, residente na rua rancisco Licínio de moura, 139 –centro-Iracema preliminarmente foi interrogado cientificado pela autoridade policial quanto aos seus direitos individuais constitucionalmente previstos. cientificado da imputação que lhe e feita nesses autos e das provas contra si existentes, ao ser interrogado pela autoridade policial ,as perguntas respondeu não constituiu advogado; que no dia de hoje ingeriu bebida alcoólica tipo cerveja ;que após beber confirma que conduziu o veículo fiat punto ,placa ONO-3064/GO,o qual e de sua propriedade ; o mesmo foi abordado pelos policiais na avenida principal de Iracema; mas esclarece que não estava em alta velocidade, e que confirma que estava falando ao celular com sua namorada e que os policiais lhe abordaram na própria avenida  os policiais lhe conduziram para o posto da polícia rodoviária federal ,onde fez o exame do bafômetro e resultou em 0.79 mg/l,  em seguida lhe trouxeram para esta delegacia;  o veiculo e de sua propriedade. Faz saber que o mesmo se acha preso por infração ao ART,306 CODIGO DE TRANSITO; tendo sido lavrado ao auto de prisão em flagrante.

Blog Erivando Lima


JAGUARIBE-CE APREENSÃO DE ARMA DE FOGO


Ontem dia 01/03/2018, na parte da tarde as 12 h meio dia após receber informações de que na casa de Leonardo Mesquita Rodrigues,  natural de Jaguaribara residente no sitio Lages , que Leonardo seria membro da facção comando vermelho estaria de posse de armas de fogo mais precisamente uma espingarda, a composição da CP 1283 com os PMs, se deslocaram a residência de Leonardo ao chegarem na casa do mesmo foram recebidos pelo pai de Leonardo que autorizou a entrada dos policiais na casa, que em uma busca no quarto de Leonardo foram encontrados uma espingarda tipo artesanal “Socadeira” e pólvora para recarga da arma, o pai de LEONARDO disse que a arma era do filho e o mesmo foi conduzido a DRPC de Jaguaribe para esclarecer os fatos, a arma e a pólvora foram apresentadas e que o pai de Leonardo nada mais disse. 

Blog Erivando Lima

RUSSAS-CE VEÍCULO FURTADO


Ontem por volta das 16 h 15 min, na localidade de Melancias, Russas-CE, mais precisamente em frente à escola daquela comunidade, populares informaram que 03 indivíduos chegaram num veiculo Gol, modelo antigo de cor vermelha e um deles desembarcou do carro e furtou uma moto Honda Bros de cor preta, ano 2008, de placa JXK-6902, de propriedade de MARIA  OLIVEIRA , casada, professora,  natural de Russas-CE, residente no Sítio Pau D’arco, zona rural de Russas-CE), os indivíduos fugiram em direção a estrada da Fruta, foi repassado um S-25 para as cidades vizinhas. PM’s na CP-1661, compareceram no local e realizaram diligencias. 

Blog Erivando Lima