-->

16 de novembro de 2019

Mulher é encontrada morta em uma estrada na periferia de Maranguape neste sábado



Subiu para 191 os casos de assassinatos de mulheres no Ceará em 2019. Na manhã deste sábado de “feriadão” da Proclamação da República (16). Mais um crime do gênero foi registrado no estado. Uma mulher, ainda não identificada, foi encontrada morta, a tiros, numa estrada de terra nos arredores da cidade de Maranguape, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). O crime está envolto e mistério.

O cadáver foi localizado por moradores logo no começo da manhã. Uma patrulha da Polícia Militar foi acionada para atender à ocorrência e isolou o local para o trabalho da Perícia Forense do Ceará (Pefoce). Nenhum morador reconheceu a vítima, o que abre a hipótese de a vítima ter sido seqüestrada em outro local e levada para a estrada onde foi executada sumariamente com tiros na cabeça.

A mulher morta tinha a cor morena, cabelos pretos e longos, estava vestida com um short jeans azul e uma blusa preta curta, e possuía várias tatuagens na coxa e perna direitas.

Outro caso misterioso

Na madrugada deste sábado (16), o corpo de um homem foi encontrado por populares na cidade de Limoeiro do Norte (a 203Km de Fortaleza). A vítima estava com parte do corpo carbonizada. O caso ocorreu no bairro Luiz Alves de Freitas, local bastante violento por contra do intenso tráfico de drogas e da presença de facções criminosas.

O corpo do desconhecido foi encaminhado ao Núcleo Regional da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce), na cidade de Russas.

Fuzilado no bar

Um crime de morte foi registrado na manhã deste sábado no Município de Mauriti, na região Sul do estado (a 507Km de Fortaleza). Um comerciante conhecido por “Zé de Dulce” foi fuzilado por pistoleiro logo após abrir seu estabelecimento comercial. A Polícia esteve no local do crime iniciando as investigações.

Segundo os primeiros relatos do caso, o comerciante estava no seu bar, quando dois pistoleiros, em uma motocicleta, invadiram o local e dispararam vários tiros na vítima. O corpo de “Zé de Dulce” foi encaminhado ao Núcleo Regional da Pefoce em Juazeiro do Norte.

(Blog Fernando Ribeiro)


Governo acaba com o registro profissional de oito categorias

O fim da obrigação consta na reforma trabalhista encaminhada à Câmara dos Deputados na mesmo medida provisória que criou o programa Verde Amarelo de estímulo ao emprego.
O governo Jair Bolsonaro (PSL) acabou com a necessidade de registro para oito categorias profissionais. O fim da obrigação consta na reforma trabalhista encaminhada à Câmara dos Deputados na mesmo medida provisória que criou o programa Verde Amarelo de estímulo ao emprego. A dispensa já está em vigor.

A mudança afeta as seguintes categorias:

-Atuários;
-Sociólogos;
-Secretários;
-Jornalistas;
-Radialistas;
-Publicitários;
-Arquivistas;
-Técnicos de arquivo

Para esses profissionais, o registro na autoridade trabalhista - que já foi o Ministério do Trabalho e hoje é a Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia - não é mais necessário.

A dispensa do registro profissional foi feita por meio da revogação de artigos e parágrafos da CLT (Consolidação das Leis do Trabalho) e de trechos das leis específicas que tratam de cada profissão.

Para Mihoko Kimura, sócia na área Trabalhista do TozziniFreire, a medida desburocratiza a atuação nesses setores. "Os cursos que formam esses profissionais continuam obrigatórios e ainda são avaliados pelo Ministério da Educação", diz. 

Ela considera que o fim do registro profissional apenas acaba com uma obrigação que, na prática, poderia ser irrelevante. "A empresa, ao contratar, continua podendo identificar a experiência acadêmica e de trabalho para verificar se o profissional é qualificado. Alguém ter um carimbo não é garantia de qualificação de alto nível", explica.

O advogado Fabio Medeiros, sócio-gestor da área trabalhista do escritório Lobo de Rizzo, considera que a medida revoga uma fiscalização prévia, por parte do governo, sobre o trabalho desses setores. 

Não é como se sentem alguns dos setores que se manifestaram sobre a decisão do governo.

O Instituto Brasileiro de Atuária (IBA) disse, em nota, que buscará, no decorrer da tramitação da medida provisória, manter a obrigatoriedade do registro profissional, por considerá-lo "relevante para a proteção das pessoas e organizações destinatárias de trabalhos atuariais."

A Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) afirmou, também por meio de nota, considerar as revogações inconstitucionais. Além do registro, a medida provisória também acabou com a obrigação de as empresas comunicarem o órgão fiscalizador quando houver a necessidade de aumentar a jornada de trabalho.

Para a Federação dos Radialistas do Brasil, a ausência do registro profissional precariza a profissão e dificulta a fiscalização.

Fabio Medeiros, do Lobo de Rizzo, considera a dispensa uma vantagem e uma redução da burocracia, especialmente para recém-formados. "Você tem que ir em um órgão que nem tem especialidade para fiscalizar cada uma dessas profissões."

Além dessas profissões, a MP 905 também revogou integralmente duas leis. Uma delas desregulamentou a atuação de corretores de seguros. A outra acabou com uma lei inusitada, que tratava do "exercício da profissão de guardador e lavador autônomo de veículos automotores", de 1975. Para esse último, a advogada Mihoko Kimura considera que houve uma adequação à realidade. "A revogação vem para ajustar uma situação de fato".

No caso dos corretores, Barbara Bassani, sócia na área Seguros e Resseguros do TozziniFreire, diz que, apesar de um certo protecionismo do setor, a revogação integral da lei deixou uma sensação de insegurança. "Essas pessoas [corretores em atuação hoje] passaram por uma formação, fizeram uma prova, se preparam para esse trabalho", diz.

Ao mesmo tempo, ela acredita que ao menos inicialmente é improvável que uma seguradora comece a trabalhar com um corretor que esteja registrado pelo modelo anterior.
Estatísticos, portuários, químicos, bancários e professores também foram afetados pela medida provisória. Para os estatísticos, por exemplo, foi mantido o artigo da lei que prevê o registro do diploma.

No caso dos químicos, o Conselho Regional da 4ª Região, que atua em São Paulo, divulgou análise técnica na qual informa a categoria de que o registro está mantido e que as alterações não criam instabilidade ao setor.

Para os bancários, as mudanças alteraram a jornada de trabalho, que vai de seis para oito horas; somente os caixas mantiveram a redução. A lei que extinguia o trabalho aos sábados para esses setor também foi revogada, além do trecho da CLT que tratava do assunto.

No início da noite de sexta-feira (14), a presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), Juvandia Moreira, informou que a categoria teria fechado acordo com os bancos, para "segurar" os efeitos da MP até que haja negociação. Procurada, a Federação Brasileira dos Bancos (Febraban) ainda não respondeu.

(Diário do Nordeste)

Presidente da câmara de Russas comenta a visita do deputado federal Jose Airton Sirilo


A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em péRecebi na tarde desta sexta-feira (15), a visita do Deputado Federal José Airton Cirilo, para uma conversa sobre as ações que possam melhorar a vida das pessoas no nosso município, a partir da sua experiência como primeiro prefeito de Icapuí, quando fez uma gestão referência nacional, principalmente pela implantação do orçamento participativo.


Durante a visita o deputado comentou sobre a necessidade do planejamento estratégico das ações administrativas e que o legislativo pode muito colaborar para que isso aconteça, ouvindo sempre a população.
O parlamentar agradeceu todas as vezes que estive nas campanhas pelas candidaturas de representantes do seu partido, me lançando o convite para me filiar ao PT.
Agradeço o convite, a visita e o diálogo bastante produtivo.

Blog; Erivando Lima

Acidente de transito no centro de Russas CE


A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, céu, árvore e atividades ao ar livreO fato aconteceu na manhã de hoje 16 11 2019, por volta das 7;20 min na Av; Dom Lino em frente o supermercado Granjeiro uma senhora que estava pilotando uma moto Honda de cor vermelha de placa HXG 0295- Russas, segundo informações colhida no local a mesma foi desvia de uma ciclista que circulava pela Avenida, momento em que a mesma foi colhida por veiculo que se evadiu do local. A vitima trata se de Angela Rodrigues de Lima 41 anos residente na rua Joaquim de Souza Barreto no bairro Vaze-a Alegre, a mesma sofreu lesões graves na cabeça e foi socorrida para o hospital de Russas, e estar sendo encaminhada para Fortaleza.


Estiveram no local as equipes do SAMU, DEMUTRAN, GUARDA MUNICIPAL E, PM s.
A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sentadas, sapatos e atividades ao ar livre
Blog; Erivando Lima
A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo, close-up
Aguardando mais informações;

Policia civil de Russas CE

 *Delegacia Regional de Russas em ação *🚔

Apreensão e restituição de celulares roubados e furtados

Dando continuidade aos trabalhos de investigação, a Polícia Civil de Russas encerrou a semana com a apreensão e restituição de 04 celulares roubados e furtados.

Nos últimos meses, quase 30 aparelhos já foram recuperados e devidamente restituídos às vítimas.

É importante que as pessoas saibam que não devem adquirir aparelhos de celular que não tenham procedência lícita, a fim de evitar enquadramento legal no crime de receptação.

Polícia Civil do Ceará: A sociedade em primeiro lugar 🤝🕵🏻‍♂

Blog; Erivando Lima