-->

25 de maio de 2020

A melhor opção para o seu almoço em Russas CE


Morre o técnico de futebol Vadão, ex-seleção brasileira feminina, aos 63 anos

                  Profissional lutava contra um câncer no fígado, mas não resistiu
Vadão teve passagem vitoriosa também pela seleção feminina
Foto: AFP

Morreu, nesta segunda-feira (25), o treinador de futebol Oswaldo Avarez, o Vadão, aos 63 anos. Ele passava por tratamento contra um câncer no fígado há cerca de 6 meses, mas não reagiu aos tratamentos e não resistiu à doença. Vadão era também ex-jogador de futebol e teve um currículo vitorioso como treinador de futebol, tendo passado por grandes times brasileiros e também pela seleção brasileira feminina.

Pela amarelinha, comandando o time de Marta e cia, conquistou duas Copas Américas e os Jogos Pan-Americanos de 2015, no Canadá. Pelo São Paulo, venceu um torneio Rio-São Paulo. Também teve grande destaque pelo Athletico/PR, onde venceu uma seletiva da Taça Libertadores da América e também um Campeonato Paranense. 

Vadão deixa a mulher, Ana Alvarez, e dois filhos. O velório e sepultamento serão reservados  à família e ocorrerão em Monte Azul Paulista, terra natal do treinador.

Noticia; DN


Moro protegia o PSDB quando era juiz, afirma Zambelli


Em entrevista à Rádio Gaúcha, deputada afirmou que o ex-ministro tinha "predileção em investigar e condenar o PT" de maneira legítima.


Nesta segunda-feira (25), a deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP) afirmou que o ex-ministro da Justiça, Sergio Moro, protegia o PSDB quando era juiz e tinha uma “predileção em investigar e condenar o PT” de maneira legítima. A declaração foi dada durante uma entrevista à Rádio Graúcha.

Logo no começo da entrevista, a parlamentar falou de declarações de Sergio Moro ao Fantástico, da TV Globo, onde acusou o presidente Jair Bolsonaro de não estar comprometido com o combate à corrupção. Zambelli fez um “recorte histórico” da atuação do ex-ministro quando juiz e depois no governo.

– Eu gostaria de lembrar que, no período em que o Sergio Moro foi juiz, a única pessoa que ele prendeu fora do PT e que era de grande escala foi o Eduardo Cunha. A gente não teve prisões do Mensalão tucano, [e nem] de vários mensaleiros tucanos que já estavam sem foro privilegiado – ressaltou.

Ao ser questionada se o que ela estava dizendo é que Moro protegia o PSDB quando juiz, a deputada confirmou.

– É isso que estou dizendo – afirmou.

Para Zambelli, Moro tinha uma “predileção” por investigar, de maneira legítima, o PT.

– Eu não sei se ele vai ser candidato pelo PSDB ou pelo Podemos, do Alvaro Dias, mas eu acho que ele tinha predileção em investigar e condenar o PT, legitimamente. Não estou dizendo que a é ilegítimo a condenação (…) Estou dizendo o seguinte: Ouvintes, estejam atentos aos próximos capítulos, porque hoje vocês não têm a figura completa, mas terão, nos próximos meses, quem era [Sergio Moro] – apontou.

Ela explicou ainda que muita gente dentro da PF notava que a operação Lava Jato tinha mais foco no PT.

– Eu falo que, na Lava Jato, alguns colegadas da PF já falavam de como o [delegado Maurício] Valeixo atuava. E ali, eu estava subentendendo que os colegas [de Moro] da Polícia Federal, que chegavam ao meu conhecimento, falavam sobre o fato de que a Lava Jato era muito em cima do PT (…) Era uma percepção interna [entre os delegados da Polícia Federal] de que não se falava no PSDB [dentro da Lava Jato], mas se falava [dentro da Polícia Federal] sobre a falta de suporte operacional para que a investigação corresse mais solta. Hoje, eu olho para trás e verifico que essa falta de suporte operacional pode estar ligada ao fato de que o Sergio Moro tinha uma investigação seletiva – destacou.

(Pleno News)


PF investiga prejuízo de R$ 25,4 mi de recursos destinados à compra de respiradores em Fortaleza


Os agentes cumprem os mandados domicílios, empresas e órgãos públicos em Fortaleza e São Paulo. A investigação identificou indícios de que, além da ausência de capacidade técnica e financeira da empresa contratada, houve superfaturamento dos valores pagos pelos equipamentos, que atingiram o montante de R$ 34,7 milhões.


Uma operação da Polícia Federal cumpre oito mandados de busca e apreensão com objetivo de investigar desvio de recursos destinados à compra de respiradores em Fortaleza. A Operação Dispneia acontece na manhã desta segunda-feira (25) em Fortaleza e em São Paulo Os agentes cumprem os mandados domicílios, empresas e órgãos públicos nas duas cidades.

A investigação identificou indícios de que, além da ausência de capacidade técnica e financeira da empresa contratada, houve superfaturamento dos valores pagos pelos equipamentos, que atingiram o montante de R$ 34,7 milhões em dois procedimentos de dispensa de licitação. Comparando-se com outras aquisições de equipamentos com a mesma especificação durante o período de pandemia, chegou-se a indícios de um potencial prejuízo financeiro de até R$ 25,4 milhões aos cofres públicos. 

Os mandados foram expedidos pela Justiça Federal do Ceará após representação decorrente de Inquérito Policial que apura "malversação e desvio de recursos públicos federais, bem como crimes previstos na lei de licitações, na aquisição de equipamentos respiradores em dois procedimentos de dispensa de licitação realizados pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Fortaleza, tendo como contratada uma empresa paulista de duvidosa capacidade técnica e financeira para entrega dos equipamentos", segundo a PF. 

A operação policial acontece em parceria com o Ministério Público Federal e a Controladoria-Geral da União. A PF destaca que o trabalho se desenvolve sem prejuízos à continuidade do serviço público de saúde. Os equipamentos utilizados para o atendimento à população na rede hospitalar não estão sendo apreendidos .

Os investigados poderão responder, na medida das suas responsabilidades, pelo crime de peculato, tipificado no artigo 312 do Código Penal e pelo crime de dispensa irregular de licitação, previsto no artigo 89 da Lei 8.666/83.

O nome da operação remete ao nome técnico dado a um sintoma comum dos afetados pela Covid-19. A dificuldade de respirar.

SMS E IJF AFIRMAM QUE NÃO HÁ IRREGULARIDADE

Em nota, a Secretaria da Saude de Fortaleza e a direção do Instituto Doutor José Frota (IJF) informaram "estar totalmente surpresas e indignadas com tal operação e que não existe possibilidade da mesma encontrar qualquer desvio de recurso público".

Segundo os órgão municipais, todos os procedimentos da compra ocorreram "em completa obediência à legislação vigente e que todos os atos da gestão estavam sendo acompanhados por um comitê de governança que atualizava com informações, periodicamente, os órgãos de controle externo".

EQUIPAMENTOS NÃO FORAM ENTREGUES E CONTRATO FOI DESFEITO, DIZ PREFEITURA 

Segundo a gestão municipal, desde a sexta-feira (22), "esses órgãos de controle externo já estavam informados sobre a rescisão unilateral do contrato por parte da prefeitura, com a devida devolução dos recursos", pois a empresa contratada não entregou os equipamentos dentro prazo estipulado, segundo nota da prefeitura.

(Diário do Nordeste)


Russas CE plantão policial


RUSSAS HOMICÍDIO A BALA

Por volta das 03h50min de hoje dia 25/05/2020, na localidade de Bom Sucesso, zona rural de Russas, mais precisamente no interior de uma cerâmica, indivíduos não identificados praticaram um crime de homicídio por arma de fogo, a vítima é do sexo masculino, que estava trabalhando queimando forno quando foi alvejada por vários disparos. A perícia ainda se encontra no local juntamente com a polícia realizando todos os procedimentos.

Obs; A vitima foi identifica como sendo o senhor Antonio Marcos Silva da Costa 31 anos.

ALTO SANTO HOMICÍDIO Á BALA

Por volta de 01h40min de sábado, na localidade de Morrinhos em Alto Santo, a polícia registrou um homicídio por arma de fogo, tendo como vítima um jovem 25 anos. Segundo informações colhidas no local, ele encontrava-se no interior de sua residência, quando foi invadida por 04(quatro) indivíduos que efetuaram vários disparos, vindo falecer no local. Após o crime os acusados fugiram.

IRACEMA PRISÃO POR EMBRIAGUEZ AO VOLANTE E POSSE ILEGAL DE DROGA

Por volta das 18h30min de domingo, no Bairro Olandino em Iracema, a polícia prendeu um indivíduo que estava conduzindo um veículo Gol, cor branca, onde foi realizada a abordagem pessoal e no automóvel, sendo encontrado em sua posse maconha e cocaína, e por ele apresentar sinais de embriaguez foi conduzido a PRF em Russas, vindo a realizar o exame e constatado embriaguez. Diante dos fatos, o infrator foi conduzido à Delegacia de Polícia em Russas, onde foi submetido aos procedimentos por embriaguez ao volante (Art.306 do CTB) e posse ilegal de drogas (Art.28 da Lei 11.343).

Fonte; PM CE

STF derruba liminar e proíbe reabertura de salões e barbearias no Ceará


Fux considerou que a liminar concedida pelo Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) representava risco à violação "à ordem público-administrativa, no âmbito do Estado requerente, bem como à saúde pública".


O ministro Luiz Fux, presidente em exercício do Supremo Tribunal Federal (STF), cassa a liminar que autorizava salões de beleza e barbearias abrirem durante o isolamento social no Ceará. O requerimento foi do Governo do Estado.
Ministro do STF, Luiz Fux (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Fux considerou que a liminar concedida pelo Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) representava risco à violação “à ordem público-administrativa, no âmbito do Estado requerente, bem como à saúde pública”.

“Não se ignora que a inédita gravidade dessa situação impôs drásticas alterações na rotina de todos, atingindo a normalidade do funcionamento de muitas empresas e do próprio Estado, em suas diversas áreas de atuação. Todavia, exatamente em função da gravidade da situação, exige-se a tomada de medidas coordenadas, não se podendo privilegiar determinado segmento da atividade econômico em detrimento de outro, ou mesmo em detrimento do próprio Estado, a que incumbe, precipuamente, combater os nefastos efeitos dessa pandemia”, destaca a decisão do ministro.

Liminar do sindicato ligado a salões e barbearias

O desembargador Jucid Peixoto do Amaral, do TJCE, decidiu liminarmente pela suspensão dos efeitos dos decretos que impedem o funcionamento de salões de beleza e barbearias. A decisão considerava que o decreto federal assinado pelo presidente Jair Bolsonaro se sobrepõe ao decreto estadual de isolamento baixado por Camilo Santana. A ação, um mandado de segurança, foi movida pelo Sindicato dos Salões de Barbeiros e de Cabeleireiros e Institutos de Beleza e Similares de Fortaleza.

Para o leitor entender: Bolsonaro baixou o decreto autorizando o funcionamento de barbearias e salões. Camilo Santana não acatou e seguiu com as restrições de funcionamento para alguns segmentos no Ceará. O desembargador afirmou que o decreto federal se sobrepõe ao decreto estadual. Por fim, o ministro Fux diz o contrário.

Fonte: Focus


Faça oração para merecer vitórias e ter uma vida positiva

Você reclama que faz de tudo para prosperar ou conquistar bens materiais, uma promoção, achar um amor ou simplesmente ser feliz e no final nada disto ocorre? E olha que você não é uma pessoa parada ou sem motivação. Você é guerreira e determinada. Sabe o que deseja e vai atrás.