-->

27 de maio de 2017

Ceará vence a primeira na Série B e agrava crise do Náutico




Ceara
Comemoração dos jogadores do Ceará após o primeiro gol do Ceará ( Foto: Reprodução/ twitter )
Parece não ter fim a crise vivida pelo Náutico. A vitória por 2 a 0 do Ceará, na Arena Pernambuco, neste sábado (27), foi a primeira do Alvinegro no torneio. O Vovô subiu na tabela e agora é o décimo colocado com quatro pontos. O ex-time de Givanildo Oliveira chegou à terceira derrota em três rodadas da Série B do Campeonato Brasileiro e à sétima sem vencer na temporada. 

Os gols da vitória foram de Roberto e Felipe Menezes - todos no segundo tempo. Os jogadores do Náutico tiveram que ouvir vaias dos torcedores e descontentamento em alguns momentos, mas também receberam apoio do torcedor em boa parte da segunda etapa, quando, nas inúteis tentativas de empatar, já se mostravam nervosos.

O Ceará volta a jogar na competição na próxima sexta-feira (2), às 21h30, na Arena Castelão, contra o Londrina. As duas equipes estão com a mesma quantidade de pontos - quatro cada.  O Náutico, por sua vez, visita o Brasil de Pelotas já na terça-feira (30), às 21h30, no Bento de Freitas. 

O jogo

A partida começou equilibrada, com ambas as equipes se estudando, mas explorando apenas uma faixa do campo: a direita. O Náutico tentava nas arrancadas de Érick. Já o Alvinegro buscava o jogo com Roberto e Romário. E foi o lateral quem criou a principal chance do time cearense na primeira etapa. Em cobrança de falta na entrada da área, chutou forte, mas Jeferson espalmou. Ainda na etapa inicial, o Timbú teve a oportunidade de marcar de pênalti, mas Anselmo (ex-Fortaleza) isolou a bola.

O Vovô continuou a ter mais volume de jogo, mas explorando principalmente o lado esquerdo. Entretanto, nem o chute de Roberto e a cabeçada de Luiz Otávio surtiram efeito. Nos quinze minutos finais da partida, o Alvinegro de Porangabuçu foi coroado com dois belos gols. O primeiro aconteceu aos 30 minutos, quando Roberto aproveitou rebote na área e fuzilou para abrir o placar e o segundo, aos 41 minutos, após um petardo de longe de Felipe Menezes não dando chances ao goleiro do Náutico. Estopim para o início das reclamações e vaias da torcida pernambucana. 

Fonte DN


Polícia apreende cerca de 200 kg de pasta de cocaína em caminhão, na BR-116



Uma grande quantidade de pasta de cocaína foi apreendia em operação conjunta da Polícia Federal (PF) e da Polícia Rodoviária Federal (PRF), na tarde deste sábado (27), na BR-116, em Chorozinho. Cerca de 200 kg da substância ilícita se encontrava em um caminhão que vinha de outro estado. O motorista do veículo foi preso.
Segundo a assessoria de comunicação da Polícia Federal, o setor de investigação da PF passou informações para a Polícia Rodoviária Federal de que iria chegar um caminhão carregado com drogas em Fortaleza. 

Os policiais rodoviários montaram uma barreira no posto da PRF, em Chorozinho, e pararam o caminhão suspeito, por volta de 13h30. Na abordagem, foram encontrados aproximadamente 200 kg de pasta de cocaína, na cabine do veículo.

Segundo policiais rodoviários, o caminhão é de Ji-Paraná, município de Rondônia. Entretanto, o delegado plantonista da PF Wagner Sales afirmou que a droga estava sendo trazida do Sul do País. O caminhão ainda se encontrava com documentação irregular, de acordo com o delegado federal.

A droga e o caminhão apreendidos e o motorista detido, que não teve a identidade divulgada, foram levados até a sede da Superintendência da Polícia Federal no Ceará, no Bairro de Fátima, em Fortaleza. O preso irá responder pelo crime de tráfico de drogas.

   Diario do Nordeste


Major Mario foi homenageado na assembleia em Fortaleza CE

O major Mario comandante da companhia de Jaguaribe CE foi homenageado nessa sexta feira na assembleia legislativa em Fortaleza o oficial recebeu a comenda de oficial de destaque pelo o seu trabalho feito a frente da corporação por onde trabalhou. O major tem sempre se destacado com um trabalho muito sério e atuante a comenda foi requerimento  do deputado capitão Vagner e aprovad pela assembléia.

Blog Erivando Lima


Ciro diz que eleição direta antes de 2018 é um erro

O ex-ministro Ciro Gomes (PDT), pré-candidato a presidência da República, se diz contrário a realização de eleição direta antes de 2018. Na sua opinião, se isso ocorrer, que seja antecipada também a renovação de todos os mandatos previstos para terminarem em dezembro do próximo ano.

Ele acredita na queda do presidente Michel Temer (PMDB), e diz quie nomes como o de Tasso Jereissati (PSDB), Nelson Jobim (PMDB), e Fernando Henrique Cardoso (PSDB), poderiam conduzir o País para uma eleição tranquila no ano seguinte.

Ciro diz que uma eleição direta, agora, como defende alas da esquerda, exigiria uma alteração na Constituição, demandaria muito tempo para o eleito tomar posse, ocasionando prejuízos para o País. “Antes do fim do ano não teríamos um novo presidente que, empossado, seis meses depois estaria diante de uma nova disputa. Sem falar que, até a posse do novo eleito para concluir o atual mandato, Temer é quem permaneceria no cargo”, pontuou.

Ceará Agora

Treze presos serram grades e fogem da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa em Fortaleza

Treze presos fugiram na manhã deste sábado (27) da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), no Bairro de Fátima, em Fortaleza. Segundo a Polícia Civil, os presos serraram as grades situada nos fundos da especializada e fugiram.

A polícia informou que nenhum profissional de segurança ficou ferido na ação e os reparos na cela danificada já foram providenciados.

Detentos deslocados

A Polícia Civil disse que 100 detentos foram deslocados para unidades prisionais do Estado. As transferências de presos ocorrem à medida que vagas são disponibilizadas pelo Poder Judiciário do Ceará.

Reuniões semanais são realizadas com representantes da instituição, Poder Judiciário e Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus) sobre o assunto.

Estes deslocamentos são feitos por meio de audiências de custódia, no caso de presos em flagrante, assim como também pelas transferências semanais que são destinadas para outros detentos.

G1 CE

PSDB e DEM querem julgamento de cassação da chapa Dilma-Temer no dia 6 de junho

O PSDB e DEM fazem parte da base que sustenta Michel Temer no Palácio do Planalto. Mas os dois partidos são contra manobras para adiar o julgamento de cassação da chapa Dilma-Temer no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), marcado para o dia 6 de junho.

Segundo O Globo, as siglas desejam “uma solução rápida para a crise política em que mergulhou o país desde que foi divulgada a delação da JBS, que tornou Temer alvo de investigação no Supremo Tribunal Federal (STF)”.

Ao jornal, o presidente do DEM, José Agripino, disse que a protelação no TSE não interessa nem ao Governo, nem ao país. “Ambos precisam de uma definição sobre a crise que estamos vivendo”.

O O relator da reforma trabalhista no Senado, Ricardo Ferraço (PSDB-ES), também ao O Globo, falou que, pesar de qualquer movimentação do governo para prolongar um desfecho, a data limite para o partido é 6 de junho.

“Temer vai trabalhar para encontrar uma estratégia jurídica para não deixar o TSE votar dia 6. Mas já há um pacto dentro do PSDB na direção de uma data limite, que é o julgamento do TSE, para ter uma construção do que será o amanhã, o dia seguinte. Se até lá isso for construído e o TSE resolver, bem. Se não, vai ficar absolutamente irreversível a saída do PSDB. A pactuação está feita”, destacou Ferraço.

Opção Tasso Jereissati ganha força e gera crise de ciúmes nos bastidores políticos

O nome do Senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) tem tomado corpo para assumir a cadeira da Presidência da República, em eleição indireta, caso Michel Temer caia.

O tucano cearense e o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso foram elogiados pelo governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, como políticos competentes e experientes para assumirem o cargo.

Por essa declaração, feita após um encontro entre Tasso, Alckmin, FHC e João Doria em São Paulo, o mundo político – leia-se PMDB, DEM e PSD – veio abaixo. A ciumeira tomou conta dos bastidores políticos.

Segundo a Folha de S. Paulo deste sábado (27), para um líder do PSD, “o encontro na quinta (25) soou como uma ‘reunião de notáveis para ditar regras’, e o partido queixou-se com FHC”.

O jornal ainda relatou que a reação do PMDB ocorreu na bancada da Câmara. “Dois deputados, que pediram reserva porque ainda apoiam formalmente Temer, afirmam que o PSDB não tem voto para querer indicar a ordem dos fatores. E ressaltaram que, na Câmara, o favorito hoje seria o presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ)”.

Entenda

Números levantados pela Folha mostram que os tucanos somam apenas 46 dos 594 possíveis eleitores, numa escolha indireta, levando em conta os 81 senadores e 513 deputados federais. “Tasso só tem apoio fechado no Senado, que concentra 13,6% dos votos no Colégio. O baixo clero, designação suprapartidária para parlamentares sem maior expressão, tem entre 60% e 70% dos votos na Câmara, e hoje seguiriam a indicação de Maia”.

Depois da crise de ciúmes, FHC, segundo o jornal, passou a sexta-feira (26) “apagando incêndios em reuniões e telefonemas, e a ordem no PSDB é silêncio sobre as articulações”.

O PT, partido com 58 deputados, de acordo com a Folha, tende a só participar do processo indireto apoiando um nome simbólico de oposição se o candidato “para ganhar” for o ex-ministro Nelson Jobim.

Ceará News 7

Camilo demite secretário de Esporte delatado pela JBS por receber propina de R$ 500 mil

Começou a limpeza ética no Governo Camilo Santana. O vereador licenciado Gelson Ferraz, do PRB, foi demitido do cargo de secretário de Esportes. A publicação saiu no Diário Oficial do Estado, do dia 26, com a nomeação de Euler Barbosa como substituto. Euler é o principal assessor do deputado federal Ronaldo Martins, que preside o partido no Ceará.

Oficialmente, a troca de Gelson Ferraz por Euler Barbosa se dá pela vontade do ex-secretário de Esporte reassumir seu mandato na Câmara. Contudo, a verdade dessa demissão seria a disposição do governador Camilo se livrar dos secretários e auxiliares implicados na operação Lava Jato, evitando a contaminação de seu governo.

O vereador Gelson Ferraz é acusado pelos irmãos Joesley e Wesley Batista, donos da JBS, de ter recebido R$ 500 mil em propina para a sua campanha. Já o deputado Ronaldo Martins foi beneficiado com R$ 800 mil. Gelson em sua defesa alega que a doação foi articulada pela direção nacional do PRB, e ele nunca teve qualquer contato com a JBS. Esse argumento também é usado por Ronaldo. Mesmo assim, ambos serão investigados pelo Ministério Público Federal (MPF).

Confira o post no Facebook de Euler Barbosa

Operação policial captura onze acusados de crimes em Mombaça

Pasta base de cocaína, maconha, balanças de precisão, revólveres, uma pistola, três espingardas e 34 caixas de cigarros contrabandeados foram apreendidos
Uma operação policial deflagrada na madrugada de sexta-feira (26), na Cidade de Mombaça (296Km de Fortaleza) culminou na prisão de 11 pessoas suspeitas de crimes como tráfico de drogas e porte ilegal de armas.

Intitulada 'Ardroci' (armas, drogas e cigarros), a operação contou com a participação de cerca de 80 policiais civis de Orós, Lavras da Mangabeira, Senador Pompeu, Cedro, Saboeiro, Tauá, Icó e Iguatu. Foram cumpridos 17 mandados de busca e apreensão e dois de prisão.

Além de entorpecentes e armas, a Polícia reteve um macaco, que estava em posse dos criminosos. Ela estava na residência de um dos homens presos durante a operação.

De acordo com o delegado Helber Bezerra, o animal foi encaminhado ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama) da cidade de Iguatu. Cerca de 700 gramas de pasta base de cocaína, dois quilos de maconha, quatro balanças de precisão, dois revólveres, uma pistola calibre 380, três espingardas calibre 32, 34 caixas de cigarros que seriam contrabandeados foram apreendidos durante a ação e levados para a Delegacia local.

Médico é detido após agredir a mulher durante uma discussão em Sobral

O médico Francisco Ivo Vasconcelos, 61, foi detido logo após a Polícia tomar conhecimento da agressão
O médico Francisco Ivo de Vasconcelos, 61, foi autuado em flagrante na Lei Maria da Penha, na última quinta-feira (25), por agredir fisicamente a esposa, durante uma discussão, por conta de um suposto relacionamento extraconjugal que o médico mantinha. O agressor foi liberado, na sexta-feira (26), mas deve cumprir uma medida protetiva concedida à esposa e não poderá se aproximar dela.

A advogada Adriana do Vale, que representa a vítima, disse que a mulher já vinha sofrendo agressões psicológicas. Durante a última briga, teria enfrentado o marido. Logo após as agressões, ocorridas na residência do casal, em um bairro de classe média alta de Sobral, denunciou o companheiro à Delegacia de Defesa da Mulher (DMM).

Após ouvir o relato da vítima, que, conforme a Polícia Civil, apresentava hematomas nos braços e pescoço, uma equipe da Delegacia de Sobral, comandada pela delegada Adriana Savi, foi à residência do casal e prendeu o médico.

Durante seu depoimento, Ivo de Vasconcelos admitiu a briga que teve com a mulher, confirmando agressões verbais, mas negou que a tivesse machucado fisicamente. O suspeito foi transferido para a Cadeia Pública de Sobral, no mesmo dia. Na manhã de sexta-feira (26) foi solto.

O médico já foi condenado, em 2010, pelo Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) ao pagamento de indenização à família de Damião Ximenes Lopes, portador de transtornos mentais, que morreu nas dependências da Casa de Repouso Guararapes, de Sobral, em 1999. A família de Damião disse que ele morreu em decorrência de maus tratos. O rapaz foi encontrado pela mãe, com as mãos amarradas para trás, defecado, urinado, sangrando no rosto e aos prantos.

Comissão Interamericana

A Comissão Interamericana de Direitos Humanos recomendou ao Estado brasileiro a realização de investigação dos fatos, bem como reparar a família de Damião com indenização. No ano de 2006, a mesma Comissão proferiu sentença em que declarou a violação do Estado brasileiro aos direitos à vida e à integridade pessoal de Damião.

O advogado do médico Ivo Vasconcelos atendeu a ligação da reportagem e disse que iria falar com o cliente dele. No entanto, não foi mais encontrado.

Diário do Nordeste

Segundo suspeito de ter matado universitário é preso em Maranguape

Ronald Viana de Lima, 21, foi encontrado
na residência da sua irmã, no bairro
Planalto Cajueiro
Um segundo suspeito de ter participado da morte do universitário João Pontes Oliveira Neto, 24, foi preso, na manhã da última sexta-feira (26). Ronald Viana de Lima, 21, foi encontrado na residência da sua irmã, no bairro Planalto Cajueiro, em Maranguape. Na sexta-feira (19), um adolescente de 16 anos já havia sido detido sob a suspeita de envolvimento no caso.

Conforme o major Carlos Leandro Ribeiro, a prisão de Ronald Lima se deu em uma ação conjunta das Polícias Civil e Militar. O suspeito foi capturado em cumprimento de um mandado de prisão por crimes anteriores.

"A casa estava trancada e tinha todo uma estrutura para fuga com matagal em volta. Cercamos, mas ele não quis abrir. Tentou fugir por uma janela dos fundos e viu que já tinha equipe lá fora, retornou e abriu a porta", revelou o oficial.

Segundo a Polícia Militar, Ronald nega que tenha atirado no universitário. Com ele foram encontrados alguns celulares, provavelmente, provenientes de roubos e sacos plásticos que serviriam para embalar drogas

No último dia 3 de maio, João Neto estava na calçada da casa da sua namorada, na Rua Capitão Manoel Bandeira, em companhia de um homem identificado apenas como 'Lucas'.

Conforme investigações preliminares, 'Lucas' seria o alvo dos disparos. No entanto, ele conseguiu fugir para dentro da residência e o universitário foi atingido durante o tiroteio.

"Eles foram para matar um desafeto. Mataram outro por pura maldade. Quando dispararam já sabiam que estavam matando a pessoa errada. Só não sabiam que era um universitário, alguém que não tinha relação com a gangue rival", aponta o major Ribeiro.

Diário do Nordeste

Padrasto espanca bebê de 10 meses até a morte no interior do Ceará

O acusado(a esquerda) foi autuado na delegacia plantonista por homicídio qualificado. O corpo de Gabriela Aparecida foi encaminhado de Lavras da Mangabeira para ser necropsiado na Pefoce de Iguatu - Foto: Reprodução
Um crime chocou a população de Lavras da Mangabeira e região no início da noite de sexta-feira (26), no Centro da cidade.

O servente de pedreiro Iarley Mendonça de Souza, de 32 anos, natural de Cajazeiras (PB), matou a pequena Gabriela Aparecida Duarte da Silva, de 10 meses, por meio de espancamento. 

Após a violência, o acusado entregou Gabriela agonizando nas mãos da tia, Ana Rita Gomes Duarte, de 30 anos, e fugiu, sendo preso em seguida.

A bebê foi socorrida às pressas para o hospital, mas não resistiu à gravidade da violência.

O acusado foi conduzido à Delegacia Regional de Polícia Civil de Iguatu, onde foi autuado pelo delegado plantonista Ariel Alves de Freitas por homicídio qualificado. O suspeito encontra-se em uma cadeia da região Centro-Sul, por medida de segurança.

Suposto surto e crueldade

Segundo o que foi apurado pela polícia, Iarley Mendonça estava tendo um romance com a mãe da criança, Magnolia Gomes dos Santos, há cerca de 3 meses.

O pai biológico da bebê, Fabrício da Silva Lima, confessou em depoimento ao delegado Ariel Alves que estaria sendo ameçado de morte pelo atual amante de sua ex-companheira.

Iarley Souza, em depoimento ao delegado, falou que teria surtado e a criança caído no chão, batendo com a cabeça, o que não vai de encontro à versão de populares, que disseram que ele estava arremessando a bebê contra uma parede da rua Padre Raimundo Augusto.

O servente de pedreiro confessou ainda ter mordido a mandíbula da criança, barriga e os dedos. O corpo de Gabriela Aparecida foi encaminhado de Lavras da Mangabeira para ser necropsiado na Pefoce de Iguatu.

A mãe da criança é deficiente visual e será ouvida nos próximos dias pela polícia.

Diário do Nordeste