-->

21 de março de 2016

Bugueiro é indiciado por homicídio culposo por morte de criança no CE


O bugueiro Antônio Wilemar Nunes dos Santos foi indiciado por homicídio culposo, quando não há a intenção de matar, por se envolver em um acidente que matou uma criança de oito anos na Prainha, em Aquiraz, Região Metropolitana de Fortaleza. O acidente foi no mês passado.

O menino era do Recife e visitava o Ceará com a família. Ele estava com o pai, a mãe e a irmã de 12 anos, quando o buggy tombou na subida de uma duna que dá acesso ao Riacho Maceió. A criança foi levada pra o hospital, mas não resistiu aos ferimentos. Na época, o pai disse que o motorista não prestou socorro.

O Departamento de Trânsito de Aquiraz informou que o motorista estava na lista de bugueiros da associação, mas a permissão estava suspensa por falta de documentação e vistoria no carro.

Acidente com buggy

A criança de oito anos morreu na Prainha, em Aquiraz, na Grande Fortaleza. O menino visitava o Ceará com a família, que é natural do Recife e estava hospedada no Porto das Dunas, praia próxima à àrea do acidente.

Pai, mãe e uma irmã de 12 anos estavam no veículo que tombou na subida de uma duna que dá acesso ao Riacho Maceió, de acordo com o órgão de trânsito do município. O casal havia contratado o passeio e um bugueiro dirigia o veículo. O motorista, que não tinha credenciamento regular para a atividade, fugiu e o carro foi apreendido e levado para a delegacia da cidade do vizinha, Eusébio.

Além da morte da criança, três pessoas sofreram ferimentos leves. O condutor do veículo deixou o local após o acidente e não compareceu à delegacia para prestar depoimento, previsto para a tarde deste sábado.


Em entrevista à TV Verdes Mares, a mãe de Wilemar afirmou que ele estava "abalado" com o acidente, sofreu ferimento na perna esquerda e tem suspeita de fratura em uma costela. Ele recebeu atendimento no hospital da cidade. 

Do G1

Rosa Weber é nova relatora de hábeas de Lula contra decisão de Gilmar Mendes


A ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal (STF), é a nova relatora do habeas corpus impetrado pela defesa de Luiz Inácio Lula da Silva. O ex-presidente questiona decisão do ministro Gilmar Mendes da última sexta-feira, 18, que suspendeu a posse do petista na chefia da Casa Civil do governo. Rosa é uma das citadas nas conversas telefônicas do ex-presidente interceptadas pelos investigadores da Lava Jato.

O relator original, ministro Luiz Edson Fachin, se declarou suspeito de julgar o caso e reencaminhou o habeas corpus à presidência do STF. Por sorteio, Rosa foi definida nova relatora do caso.

Na ação ao Supremo, os advogados de Lula pedem para suspender o trecho da decisão de Gilmar Mendes que determinou a remessa da investigação sobre o ex-presidente de volta ao juiz Sérgio Moro, responsável pela condução da Lava Jato na Justiça Federal em Curitiba, Paraná.

Nas conversas obtidas por meio do grampo, Lula sugere ao então ministro da Casa Civil, Jaques Wagner, que converse com Dilma sobre "o negócio da Rosa Weber". A ministra foi relatora do pedido da defesa de Lula para retirar das mãos do juiz Sérgio Moro investigação sobre o ex-presidente que corria na Justiça Federal em Curitiba.

Em um dos diálogos, Lula diz: "Ô, Wagner, eu queria que você viesse agora, falar com ela, já que ela está aí, falar o negócio da Rosa Weber. Está na mão dela para decidir. Se homem não tem saco, quem sabe uma mulher corajosa possa...".

Na semana passada, o advogado-geral da União, ministro José Eduardo Cardozo, procurou os ministros - entre eles Rosa Weber - para dar explicações sobre os áudios. Ao deixar o encontro, a ministra não respondeu a questionamentos da imprensa. O gabinete de Rosa Weber não emitiu qualquer manifestação sobre os áudios.

Rosa Weber conhece o juiz Sérgio Moro desde antes do início das investigações da Petrobras. O magistrado atuou como assessor criminal do gabinete da ministra durante os desdobramentos do julgamento do mensalão. Ela rejeitou, no início do mês, o pedido da defesa do presidente para tirar o caso de Moro.

O STF tem entendimento de que não cabe habeas corpus para derrubar decisão monocrática tomada por ministro da própria Corte. Com base nesse argumento, Fachin já rejeitou outro habeas corpus protocolado em favor de Lula. No caso, a ação foi proposta por um advogado sem relação com os defensores do ex-presidente.

Suspeição

Fachin se declarou suspeito por ser padrinho da filha de um dos advogados que assinam o habeas corpus em favor de Lula. A suspeição é prevista em lei e deve ser declarada por juízes quando há motivos de foro íntimo ou proximidade com as partes da causa que criem algum tipo de obstáculo para que o ministro analise o caso de forma imparcial.

Para dar força ao habeas corpus, o pedido da defesa de Lula é assinado também por juristas consagrados no mundo jurídico, além dos três advogados do presidente. Assinam a peça Cristiano Zanin Martins, Valeska Teixeira Zanin Martins, Roberto Teixeira, Celso Antônio Bandeira de Mello, Weida Zancaner, Fábio Konder Comparato, Pedro Serrano, Rafael Valim, Juarez Cirino dos Santos.

A nomeação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva como ministro da Casa Civil gerou uma enxurrada de ações no Supremo Tribunal Federal (STF) desde a última quinta-feira. No total, 17 ações chegaram à Corte.

Antes da posse do ex-presidente, partidos e cidadãos recorreram à Corte para tentar barrar a ida de Lula à chefia da Pasta. Desde o final de semana, no entanto, a Corte recebeu manifestações da Advocacia-Geral da União (AGU) e da defesa do petista, após liminar concedida pelo ministro Gilmar Mendes que suspendeu a posse de Lula na Casa Civil.

As ações estão nas mãos de Rosa Weber, Gilmar Mendes, Teori Zavascki e Marco Aurélio Mello.

ESTADÃO conteúdo

Cinco fogem de unidade prisional no Ceará; buraco é encontrado


Cinco presos conseguiram fugir da Unidade Prisional Agente Luciano Andrade Lima, em Itaitinga, nesse fim de semana. Nesta segunda-feira, 21, um buraco camuflado foi encontrado no teto de uma cela da penitenciária.

Conforme a Secretaria da Justiça e Cidadania do Estado (Sejus), a suspeita que é os detentos tenham saído por esse buraco e chegado à muralha do complexo.

Os internos foram identificados como Anilson Ricardo Nerys, que responde por roubo; Jeremias Ávila Frota, por tráfico de drogas; Marcos de Oliveira Silva, por roubo e estelionato; Olívio Beserra Queiroz, por tráfico de drogas; e Pastor Florencio Cabral Gimenez, por tráfico de drogas. A Polícia foi informada do ocorrido e já iniciou os procedimentos de busca e recaptura.

O POVO Online

Impedido de tomar posse, Lula atuará como ministro informal


Mesmo impedido de assumir um posto no governo, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi escalado pela presidente Dilma Rousseff para exercer informalmente a partir desta segunda-feira (21) a articulação política do Palácio do Planalto, função típica do chefe da Casa Civil.

Com um prazo exíguo de pouco mais de uma semana, o dirigente petista desembarcará em Brasília para capitanear uma estratégia que impeça o rompimento do PMDB com o governo federal.

A cúpula nacional do partido marcou para o dia 29 de março reunião para tomar uma decisão oficial sobre o assunto. Com o agravamento da crise política, sobretudo com a divulgação de gravações entre Lula e Dilma, o Palácio do Planalto reconhece que as chances de desembarque do PMDB cresceram.

Para um auxiliar presidencial, não é possível neste momento "perder tempo" esperando por uma decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) sobre a posse do petista, a qual deverá ficar apenas para depois do feriado.

O momento, segundo o auxiliar, exige uma "operação forte" e uma "ofensiva direcionada" para evitar que aumentem consideravelmente as chances de abertura do processo de impeachment de Dilma na Câmara dos Deputados.

A decisão de escalar Lula, segundo auxiliares da presidente, tem como objetivo ainda reafirmar versão de que o petista aceitou assumir a Casa Civil não para se proteger de uma eventual prisão, mas para tentar recuperar as condições de governabilidade de sua sucessora no Planalto.

Estadão Conteúdo

Roubo de veículo em Russas


Neste domingo, dia 20, por volta das 20h10min, na localidade de Bento Pereira, zona rural, foi vítima de roubo um jovem de 19 anos, natural de Russas-CE, o qual teve sua motocicleta Honda NXR 150 Bros, cor preta, de placa NRE-1872, tomada de assalto por dois indivíduos armados de revolveres, que trafegavam em uma Honda CG 125, cor vermelha, e após o roubo fugiram tomando rumo ignorado.

Com Informações da TV Jaguar

Roubo a pessoa em Russas


Neste domingo, dia 20, por volta das 11h30min, na localidade de Passagem de Russas, zona rural, foi vítima de roubo um homem de 28 anos, natural de Limoeiro do Norte-CE, o qual foi abordado por dois indivíduos em uma motocicleta Bros de cor preta, um deles armado a revolver, que subtraíram da vítima uma quantia de R$ 200,00 (duzentos reais), carteira e um aparelho de celular, e em seguida fugiram tomando rumo ignorado.

Com Informações da TV Jaguar

Apreensão de menores infratores e recuperação de produtos roubados e furtados em Russas


Neste domingo, dia 20, por volta das 14h30min, no Sítio Macambira, zona rural, foram apreendidos três menores, todos de 17 anos, envolvidos em práticas de furtos e roubos. A polícia recuperou vários objetos provenientes das ações delituosas praticadas por eles: 01 (um) aparelho celular; 01 (uma) motocicleta Honda CG 150 Fan, cor vermelha, de placa NUQ 1785, com queixa de roubo; 02 (dois) capacetes; e 03 (três) litros de bebida alcoólica. Os Menores e o material recuperado em poder deles foram apresentados na DRPC de Russas para os procedimentos cabíveis.

Com Informações TV Jaguar

Briga entre ex-presidiários resulta em homicídio à faca em Russas


Neste domingo, dia 20, por volta das 14h50min, na Vila dos Bigodes, bairro Tabuleiro do Catavento, foi vítima de homicídio a golpes de faca Márcio Greik Silva Alves, vulgo ‘Márcio’, ex-presidiário, 34 anos, natural de Russas-CE. O suspeito do crime, identificado como Francisco Antônio De Lima , ex-presidiário, 47 anos, natural de Russas-CE, foi preso em flagrante ainda de posse da arma (faca) utilizada no homicídio, o qual foi levado à DPC de Jaguaruna-CE (plantonista), para a realização dos procedimentos cabíveis.

Informações TV Jaguar

Ladrão se apaixona por vítima, devolve celular e marca encontro com ela; acabou preso

No flagrante, momento em que
ladrão anotava celular da vítima
(Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi)
Olha só a história que aconteceu em Parnamirim, na Grande Natal, no Rio Grande do Norte, na última segunda-feira (14). Um jovem de 25 anos queria garantir o dia roubando o celular de uma mulher, mas quando olhou no olho dela veio aquele frio na barriga, aquela parada no tempo em que segundos viram horas, comum em filmes românticos.

O ladrão se apaixonou na hora, devolveu o aparelho celular e pediu o número dela, para um encontro no futuro. Como a vítima não teve o mesmo interesse carnal, tirou uma fotografia do ladrão, a qual não usou para olhar e chorar ao som de músicas como ‘Amor I Love You’. O que ela queria era entregar o suspeito aos policiais.

“Ele anunciou o assalto. Mandou eu entregar o celular e andei dois minutos, ele voltou para devolver o celular. Ele disse que tinha se comovido porque eu tinha um filho, viu as fotos do meu filho e disse que gostou muito de mim. Ficou puxando assunto, conversando comigo”, disse a vítima ao Portal G1.

Ao perceber o ponto fraco do suspeito, a mulher ligou para a polícia e marcou um encontro com o ele. O ladrão se arrumou todo, mas deu de cara com a Polícia Militar (PM). Preso, a PM constatou que o jovem tem passagens por roubo e, apenas na segunda, teria efetuado pelo menos outros cinco assaltos na região.

Do G1

Grupo é capturado após tentar fuga pelo mar na Barra do Ceará

PMs entraram no mar para capturar suspeitos

Um homem foi preso e dois adolescentes foram apreendidos após perseguição na Barra do Ceará, na tarde deste domingo, em Fortaleza. Os suspeitos estavam em um EcoSport preto roubado e tentaram fugir para dentro do mar, mas foram capturados pela Polícia Militar.

Segundo o coronel Francisco Souto, comandante de Policiamento da capital, uma equipe do Ronda Quarteirão percebeu a movimentação estranha do carro e constatou que o veículo era roubado quando os suspeitos trafegavam na avenida Leste Oeste. "A equipe então iniciou a perseguição. O grupo abandonou o veículo próximo à praia da Barra do Ceará, e os suspeitos entraram no mar. Os PMs também adentraram para pegá-los", disse.

"Os dois adolescentes e o adulto foram capturados no mar. Quando eles foram detidos apareceram várias vítimas que foram assaltadas por eles", informou o Coronel Willamar Galvão, comandante de Área Integrada de Segurança 1 (AIS 1). 

Um helicóptero da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer) foi acionado para dar apoio à perseguição, por volta das 14 horas. O relações-públicas do Ciopar, tenente-coronel Marcus Costa, informou que os PMs conseguiram um bote inflável, e toda a abordagem foi monitorada pelo ar. 

O trio, que também é suspeito de assaltos nos bairros Centro, Jacarecanga e Farias Brito, foi encaminhado à Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA). O adulto, identificado como Gledson da Silva, 23 anos, deverá ser levado depois para o 7° Distrito Policial, no bairro Farias Brito. A ocorrência foi finalizada por volta das 16 horas.

Souto explicou que o proprietário do EcoSport havia registrado queixa de roubo do veículo há dias.
Os suspeitos foram levado à DCA

Detento é encontrado morto em unidade prisional de Itaitinga


Um detento foi encontrado morto na madrugada deste domingo, 20, na Unidade Prisional Agente Luciano Andrade Lima (CPPL I), em Itaitinga, 27 km de Fortaleza. A Perícia constatou sinais de lesão corporal, mas a confirmação aguarda o resultado do laudo cadavérico, conforme a Secretaria da Justiça e Cidadania do Estado (Sejus). 

O corpo de Leidio dos Santos Ferreira, 35 anos, foi encontrado por volta das 4h30min, quando os detentos Pavilhão 1 começaram a bater as grades.

Ele foi levado para a enfermaria, mas ainda segundo a Sejus, já estava morto. Leidio respondia pelos crimes de roubo e latrocínio e estava na unidade desde o último mês de dezembro.

O POVO Online

Latrocínios representam 1,96% dos homicídios registrados no Ceará


O Ceará registrou 13.473 assassinatos desde 2013, quando as estatísticas de mortes passaram a ser divulgadas como Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs). Deste total, 264 casos se deram durante assaltos. São os chamados latrocínios, os roubos seguidos de morte. O número representa 1,96% do universo de CVLIs, que incluem ainda os homicídios e as lesões corporais seguidas de morte. Mas, apesar da disparidade significativa entre a somatória dos casos, especialistas afirmam que, entre os crimes citados, são os latrocínios que geram o maior impacto na sensação de segurança.

Isso explicaria o esvaziamento da praça Engenheiro Pedro Felipe Borges, conhecida como praça Oficina do Senhor, no Cocó, após o roubo seguido de morte que vitimou o juiz aposentado Edvalson Florêncio Marques Batista, 77, no último dia 8. Justificaria também o medo que as pessoas adquiriram de transitar pela Via Expressa, em Fortaleza, que tem histórico de ações semelhantes. Foi lá que o jornalista do O POVO Valdemar Menezes, 70, sofreu uma tentativa de latrocínio, no dia 5.

A teoria resumiria ainda o porquê de, mesmo após uma sequência de redução nos crimes dessa modalidade, nos três últimos anos, a sensação de insegurança não diminuiu. Em 2015, foram 65 roubos seguidos de morte no Estado, conforme a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). Com relação a 2013, houve queda de 45%. Mas, a cada nova ocorrência, o medo suplanta as estatísticas e remonta a percepção de que “poderia ter sido com qualquer um”. Deste janeiro último, 16 latrocínios foram registrados.

“Embora o número seja baixo, comparado ao CVLI geral, esse tipo de crime muito nos preocupa, uma vez que as pessoas que morrem são, realmente, vítimas da violência. Sem generalizar, obviamente, mas nos homicídios e lesões, de certa forma, as pessoas mortas se envolveram em situações que levaram a esse resultado”, analisa o coronel Lauro Prado, secretário adjunto da SSPDS.

Percepções

Para o coronel, a influência na sensação de segurança pelos latrocínios se dá pelo “histórico de vida” das vítimas. “Quando morre alguém numa comunidade, muitas vezes, o comentário é ‘menos um’. Isso porque grande parte das mortes decorre de tráfico de drogas. E isso também nos preocupa”, frisou, apontando que há, também, preconceitos na percepção.

Coordenador do Laboratório de Estudos da Conflitualidade e da Violência (Covio) da Universidade Estadual do Ceará (Uece), Geovani Jacó avalia que o chamado “histórico das vítimas” é baseado em um “repertório moral”, que interfere diretamente na percepção que as pessoas têm dos crimes e, principalmente, das vítimas. Isso faz com que o homicídio seja encarado com ambiguidade.

“O fato de as maiores vítimas dos homicídios serem jovens, pobres, da periferia e muitas vezes envolvidos com o tráfico de drogas mobiliza dispositivos classificatórios, que são meramente morais.

Apontam os jovens como sujeitos perigosos, enquadrados na sujeição criminal e, portanto, predispostos a serem mortos. Isso não repercute no imaginário social porque essa morte, perversamente, é até desejada no esquema de assepsia social”, lamenta.

13.473 assassinatos foram registrados no Ceará desde 2013

264 destas vítimas foram mortas durante assaltos

Saiba mais

Para o sociólogo Marcos Silva, professor da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab), os latrocínios interferem na sensação de segurança também pelas características do crime, que, muitas vezes, se dão de forma banal, cruel ou decorrem de reações de defesa provocadas por uma descrença no sistema de segurança.

“Uma vida humana ser tirada por conta do bem material gera clamor. Afeta muito mais a parte da população que detém bens e valores. Foge aos parâmetros do comum criados para os homicídios, que são seletivos. Provoca efeitos colaterais diferentes. E por mais que os homicídios sejam elevados, uma parte da população não é afetada diretamente”, afirmou Marcos, que é também pesquisador do Laboratório de Estudos da Violência (LEV) da Universidade Federal do Ceará (UFC).

A Capital concentrou a grande maioria dos casos de latrocínio. Entre as Áreas Integradas de Segurança (AISs), a que mais registrou ocorrências foi a AIS-5, encabeçada pela Parangaba, com 31 casos. Este ano, porém, nenhum caso foi registrado na área.


A AIS-12 aparece em 2º lugar, com 25 ocorrências. Puxada por Sobral, a região já registrou três casos desde janeiro. Já as AISs 1 e 2, lideradas pelo Centro e pelo Conjunto Ceará, na Capital, registraram, 23 latrocínios cada. O coronel Lauro Prado afirmou que a SSPDS atua na prevenção dos crimes com ações ostensivas e apreensão de armas. “Recolhemos cerca de 20 armas por dia no Estado”, disse.

O Povo Online

Adail Carneiro participou da solenidade de entrega de cartas de crédito para implantação de sistemas de abastecimento d´água em Quixadá

No último sábado, dia 19, dia de São José, padroeiro do Ceará, o Deputado Adail Carneiro participou junto ao Governador Camilo Santana da entrega de 172 cartas de crédito para a implantação de sistemas de abastecimentos de água em Quixadá. O investimento será de R$ 77.939.322,80 e irá beneficiar 15.320 famílias de 65 cidades.

Foram assinadas também ordens de serviço de 28 sistemas de abastecimento de água e 2.262 módulos sanitários, além de cartas de crédito que vão beneficiar 6.382 famílias, com investimento de R$ 47.346.064,04. Também foram entregues 61 projetos produtivos aptos para convênios de execução.

Os municípios atendidos pelo pacote anunciado em Quixadá são: Acaraú, Alto Santo, Arneiroz, Aracati, Ararendá, Amontada, Aracoiaba, Bela Cruz, Banabuiú, Boa Viagem, Baturité, Beberibe, Camocim, Caucaia, Crateús, Cruz, Canindé, Capistrano, Cascavel, Catarina, Choró, Deputado Irapuan Pinheiro, Granja, General Sampaio, Guaraciaba do Norte, Guaiúba, Independência, Icapuí, Ipu, Ipueiras, Itapipoca, Itapiúna, Itatira, Ibicuitinga, Itarema, Jaguaribe, Jaguaruana, Limoeiro do Norte, Marco, Madalena, Maranguape, Mombaça, Morada Nova, Morrinhos, Mulungu, Milhã, Novo Oriente, Ocara, Pentecoste, Pedra Branca, Palmácia, Paramoti, Poranga, Potiretama, Parambu, Quixadá, Quixeramobim, Quiterianópolis, Quixeré, Reriutaba, Redenção, Russas, Sobral, Santa Quitéria, Solonópole, Santana do Acaraú, São Luiz do Curu, São Benedito, Tauá, Tabuleiro do Norte, Trairi, Tianguá, Uruoca, Ubajara, Varjota, Viçosa do Ceará.

Ascom