-->

2 de junho de 2016

Acidente grave nas proximidades do Sítio Canto, em Russas


Informações dão conta de um acidente (possivelmente queda de moto) ocorrido no fim da tarde desta quinta-feira, dia 02, na curva próxima ao Sítio Canto, BR-116, KM 165, em Russas. Uma vítima identificada por Zilda Nogueira de Lima, 49 anos, que foi encontrada por populares, sem vida ao lado de uma moto. Um segundo acidente ocorreu pois um motoqueiro tentou desviar do acidente e acabou colidindo com a moto do primeiro acidente. Policia esteve no local do ocorrido. A PRF também compareceu ao local para controlar trânsito no trecho da Avenida.


Líder de quadrilha de tráfico internacional de drogas é preso


Dois mandados de prisão preventiva foram cumpridos pela Polícia Federal na manhã desta quinta-feira (2) contra um homem e uma mulher, ambos suspeitos de participação em uma organização criminosa, suspeita de tráfico de drogas e lavagem de dinheiro. O homem preso é suspeito de ser o líder da organização em questão.

Enquanto isso, quatro mandados de prisão preventiva e outros três de busca e apreensão foram cumpridos em Pernambuco.

Outras cidades que tiveram mandados cumpridos, simultaneamente, foram João Pessoa, na Paraíba, e em Foz do Iguaçu, no Paraná. Cerca de 45 policiais federais estão envolvidos na operação, que foi batizada de Construtor. O nome seria referência às atividades do grupo, que lavava o dinheiro do tráfico adquirindo veículos, apartamentos, e terrenos, onde eram construídos bens imóveis para revenda.


De acordo com informações da Polícia, a Operação iniciou as investigações ainda em 2014, sob o comando da Delegacia de Repressão a Drogas, quando surgiram as suspeitas sobre um grupo que promovia a internação de cocaína na fronteira entre Brasil e Paraguai, além de utilizar a cidade de Recife como base operacional. A partir da cidade, a droga era espalhada pelo Nordeste.

Diário do Nordeste

Jovem é executado a tiros na Avenida Gonçalves, em Russas


Informações chegadas até nós, dão conta de um homicídio a bala registrado na manhã desta quinta-feira(02), na cidade de Russas. O crime aconteceu por volta das 9h45min, na Avenida Gonçalves, próximo ao mercadinho do Adalberto. A vítima foi identifica por José Roberto Gomes de Lima, 26 anos, e de acordo com populares se encontrava na calçada de uma residência, quando homens armados chegaram em uma moto de características não informadas e efetuaram vários disparos de arma de fogo contra a vítima, a maioria na região do tórax e da cabeça, o levando a óbito de imediato. Uma viatura da PM isolou o local, e uma outra patrulha segue em diligencia no intuito de identificar e prender os responsáveis pelo crime. O Rabecão e o IML também já foram acionados. Foi informado que no local foram encontradas 7 capsulas de pistola 380. Foi informado ainda que BETO já respondia por furtos, posse de armas e tráfico de drogas. 

Definidas regras para tramitação de inquéritos policiais na Comarca de Russas


O juiz Abrãao Tiago Costa, que responde pela 2ª Vara da Comarca de Russas, distante 172 km de Fortaleza, determinou que todos os inquéritos policiais deverão, primeiro, ser enviados à Secretaria da referida unidade judiciária para registro eletrônico e, em seguida, enviados ao Ministério Público do Ceará (MP/CE), independentemente de despacho judicial.

A iniciativa objetiva diminuir o número de inquéritos em tramitação e que são devolvidos à autoridade policial para conclusão de diligências requeridas pelo MP/CE.

Os inquéritos que já tiverem sido autuados pela Vara deverão tramitar diretamente entre os órgãos policiais e o Ministério Público. No caso de diligências requeridas pelo órgão ministerial, os autos serão devolvidos à autoridade policial, com fixação de prazo.

Se houver alguma representação da polícia ou do MP/CE que necessite de decisão do Judiciário, como busca e apreensão, quebra de sigilo e prisão cautelar, os autos serão encaminhados diretamente à Vara.

As determinações consideram que o magistrado deve zelar pela observância do princípio constitucional de duração razoável do processo, sendo o inquérito na maioria das vezes indispensável para o início do processo criminal.

A medida consta na Portaria nº 4/2016, publicada no Diário da Justiça dessa segunda-feira (30/04).

Diário do Nordeste

Blitz na porta de Quartel termina em confusão e prisão entre militares do Exército, agentes da AMC e policiais do BPRE


Um incidente envolvendo agentes da Autarquia Municipal de Trânsito (AMC), policiais do Batalhão de Policiamento Rodoviário estadual (BPRE) e  militares do Exército Brasileiro (EB) aconteceu na noite de ontem, em Fortaleza. A confusão se estabeleceu quando os agentes e PMs  decidiram montaram uma blitz  na Avenida Marechal Bittencourt, no bairro Dias Macedo, em frente ao portão principal do Quartel do 10º Depósito de Suprimento do Exército.

Quando os policiais militares e agentes iniciavam a blitz volante, com várias viaturas a colocação de cones sinalizadores na via, para montar o bloqueio, os soldados que estavam como sentinelas na guarda do Quartel foram até lá pedir que a blitz fosse transferida para outro trecho da avenida, já que o entorno da unidade militar é considerada área de segurança federal.

Não houve acordo. Os sentinelas do Quartel então pediram a presença de oficiais. Primeiro apareceu o oficial de dia, que tentou diálogo com os agentes e PMs, mas não teve sucesso. A confusão que se estabeleceu atraiu muitos curiosos, que passaram a usar seus celulares para filmar as cenas do incidente.

Em meio ao bate-boca, um oficial do Exército  deu voz de prisão a uma agente da AMC, identificada apenas por Jeane, que foi conduzida à força para dentro do Quartel, supostamente, por desacato à autoridade. A confusão aumentou e foi parar na delegacia de plantão na área, o 8º DP (José Walter), onde foram feitos procedimentos.

Nenhum dos órgãos ainda se manifestou oficialmente sobre o caso.


Blog do Fernando Ribeiro

Esgoto aberto causa transtorno na Lagoa do Toco, em Russas

Imagem ilustrativa

O vereador Irapuam Farias requereu à Prefeitura de Russas e Cagece que resolvam o problema de um esgoto aberto na Avenida Coronel Antônio Cordeiro, nas proximidades da Capotaria Russana, pois os moradores estão sofrendo com a fedentina e com riscos a saúde.

A ausência de tratamento de esgoto traz doenças que afetam pessoas de todas as idades, mas as crianças são as mais prejudicadas. Estas doenças são causadas principalmente por microrganismos patogênicos de origem entérica, animal ou humana, presentes em água contaminada.

Conheça algumas delas:

Febre Tifóide: Doença infecciosa que causa febre contínua, mal-estar, manchas rosadas no tronco, tosse seca, prisão de ventre e comprometimento dos tecidos linfóides.

Febre Paratifóide: É semelhante à Febre Tifóide, mas menos letal. É causada por infecção bacteriana, com apresentação de febre contínua, eventual aparecimento de manchas róseas no tronco e diarréia.

Shigeloses: Infecção bacteriana aguda no intestino grosso. Apresenta febre, náuseas e, às vezes, vômitos, cólicas e tenesmo (sensação dolorosa na bexiga ou na região anal). Em casos graves, as fezes apresentam sangue, muco e pus.

Cólera: Doença intestinal bacteriana aguda, com diarreia aquosa abundante, vômitos ocasionais, rápida desidratação, acidose, câimbras musculares e colapso respiratório, podendo levar o paciente a morte em um período de 4 à 48 horas, se não houver tratamento.  

Hepatite A: Febre, mal-estar geral, falta de apetite, náuseas e dores abdominais seguidas de icterícia. A convalescença é prolongada e a gravidade aumenta com a idade, porém há recuperação total sem sequelas.

Amebíase: Infecção causada por um protozoário parasita que atinge os intestinos. As enfermidades variam desde uma disenteria aguda e fulminante, com febre e calafrios e diarreia sanguinolenta ou mucóide (disenteria amebiana), até um mal-estar abdominal leve e diarreia com sangue e muco alternando com períodos de estremecimento ou remissão.

Giardíase: Diarreia crônica com cheiro forte, fraqueza e cólicas abdominais, graças às toxinas que libera. Gera um quadro de deficiência vitamínica e mineral e, em crianças, pode causar a morte, se não houver tratamento.

Leptospirose: Ocorre com mais frequência em épocas de chuva ou alagamento, pode apresentar uma simples gripe e até complicações hepáticas e renais graves.

Inúmeras outras doenças também são causadas pela falta de tratamento de esgoto, como: poliomelite, diarreia por vírus, ancilostomíase (amarelão), ascaridíase (lombriga), teníase, cisticercose, filariose (elefantíase), esquistossomose, etc. Por isso é importante cobrar das autoridades a construção e a manutenção de redes de esgoto e seu tratamento, e a população tem de fazer a disposição correta do efluente doméstico, pois conforme foi apresentado, o saneamento básico precário atinge diretamente a saúde da população, além de causar sérios impactos ao meio ambiente.

TV Russas

Homens armados explodem banco em Monsenhor Tabosa


Uma agência bancária foi explodida na madrugada desta quinta-feira (02), em Monsenhor Tabosa, no Sertão Central do Ceará. De acordo com informações da Polícia Militar, indíviduos armados, ainda sem um número específico, adentraram na agência, mas não conseguiram levar nenhuma quantia em dinheiro.

As informações policiais são de que o objetivo dos assaltantes era acessar o cofre da agência, por meio dos explosivos. Entretanto, eles não teriam chegado a retirar o dinheiro.

Todos os envolvidos se evadiram do local. Enquanto isso, a Polícia realiza diligências no município para encontrar os suspeitos do crime. Este é o 33º ataque a bancos no Estado só neste ano, segundo informa o Sindicato dos Bancários do Ceará. O último foi registrado na cidade de Itaitinga, em uma tentativa de arrombamento. Ainda segundo relatório do Sindicato, neste ano foram registrados sete ataques na Capital e outros 26 no Interior.

Diário do Nordeste

Polícia vai indiciar ex-atleta do Ceará por estuprar e torturar namorada


O jogador de futebol Wescley Gomes, que negociava contrato com o Ceará Sporting Club, será indiciado pela polícia por crimes de tortura, estupro e lesão corporal contra sua namorada, segundo a Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) em Fortaleza, Rena Gomes. O atleta foi denunciado pela namorada, Ana Beatriz Azevedo, grávida de três meses, em 27 de maio e ainda não foi localizado pela polícia para prestar depoimento.

Conforme a delegada que investiga o caso, a polícia já emitiu notificação oficial ao jogador, que deve ser ouvido nos próximos dias. Caso não compareça à delegacia, ele pode ter a prisão preventiva decretada.

"Estamos iniciando a apuração dos fatos. A princípio, a vítima denunciou tortura, estupro e lesão corporal. Agora, estamos tentando localizar o jogador. Mas, infelizmente, ainda não conseguimos. Ela (Ana Beatriz Azevedo) narrou que estava em cárcere, muito lesionada. Apresentou testemunha dos fatos. E o inquérito policial será instaurado", informou a delegada em entrevista ao GloboEsporte.com/ce.

Foi tentado contato com Wescley para comentar o caso desde sábado (28), mas as ligações não são atendidas.

Denúncia

Ana Beatriz registrou um boletim de ocorrência na Delegacia da Mulher denunciando a agressão, ocorrida no sábado (28). A delegada Rena Gomes acrescentou que "a vítima foi submetida a exames de corpo de delito no Instituto Médico Legal (IML) que são compatíveis com lesões que ela imputa a ele".

O presidente do Ceará Sporting Club, Robinson de Castro, explicou a postura do clube em relação ao jogador, que treinava no clube, mas ainda não havia sido anunciado.

"Não conhecemos o processo, não conhecemos o caso, não somos juízes. Se alguém errou, que pague pelo que errou. Agora, preciso saber das condições que ele tem para voltar a trabalhar. Se não tiver condições, aí vamos ver as possibilidades. Se ele for culpado, não será condenado a deixar de trabalhar", afirmou Robinson de Castro.

G1/CE

Mulher é encontrada morta dentro de escritório de advocacia em Senador Pompeu


Senador Pompeu: Uma mulher de aproximadamente 40 anos foi encontrada morta dentro de um escritório de advocacia no centro da cidade. A repercussão do caso começou por volta das 18h00 da tarde desta quarta-feira, dia 01. Segundo informações de pessoas que estiveram no local a mulher identificada por Geane Magalhães Pimenta estava ensanguentada e provavelmente com sinais de asfixia, além de perfurações a faca pelo corpo. Não havia sinais de arrombamento, de acordo com testemunhas.

Outras informações de pessoas que conheciam a vítima  é de que ela era um pouco reservada, ou seja, não tinha namorado, nem marido e era muito dedicada ao trabalho. De acordo com as primeiras informações de pessoas que estavam no local, visivelmente dava para perceber as perfurações e que provavelmente a vítima pode ter sido asfixiada através de um pano, amordaçando a boca, que estava próximo ao corpo. O crime abalou a população do pequeno município, pelo fato da vítima ser bastante conhecida e pela forma brutal como aconteceu.

A polícia está aguardando os trabalhos da perícia para trazer detalhes que podem ser divulgados pela imprensa. Uma das observações e que chamam atenção dos conhecidos da vítima, é que provavelmente ela teria abrido a porta para o criminoso entrar. Outra informação que pode ajudar os policiais é que a vítima não tinha inimigos, nem vários amigos. Para fontes do Blog do Walter Lima pode ter sido uma pessoa que tinha bastante conhecimento com a secretária do escritório, já que ela abriu, a porta poderia está aberta, ou o autor tinha a chave.

O local fica em frente a Policlínica do Centro de Senador Pompeu na rua Francisco França Cambraia, entre uma churrascaria e uma escola particular. As câmeras de segurança de um dos prédios e as fotos, através da perícia podem ajudar a polícia na investigação e conclusão do caso. Para conhecedores do direito, que preferem não se identificar, há indícios de crime passional como uma das linhas de investigação. A polícia Militar esteve a todo momento no local auxiliando na preservação da cena do crime, até a chegada da perícia e IML regional. O clima na cidade é de comoção e surpresa.


Vale salientar que nos últimos meses tem reinado a paz em Senador Pompeu e esse pode ter sido um caso isolado.

Blog do Walter Lima

Homem é assassinado no interior de um bar com tiros de 12, em São João do Jaguaribe


Nesta quarta-feira, dia 01, por volta das 21h00, na localidade de Sitio Mocos, zona rural de São João do Jaguaribe-CE, ocorreu um homicídio. Sendo a vitima identificada por YAGO CHAVES SILVA, 20 anos, natural de São João do Jaguaribe-CE, residente na Rua Odete Rodrigues, centro de São João do Jaguaribe. Segundo populares, vários indivíduos encapuzados e com armas longas, chegaram ha um bar onde a vítima se encontrava, inicialmente anunciando ser um assalto, porem, passaram a efetuar disparos de calibre 12, os quais atingiram a vítima na cabeça e tórax, vindo o mesmo a óbito no local. Foi informado que a vítima era envolvido em assaltos na região. Após o crime, os executores roubaram uma moto Honda CG-150, preta, ano 2004/05, de placa HXT-9470, de uma pessoa que se encontrava no local do ocorrido. Os PM's não conseguiram colher maiores informações sobre os autores deste homicídio, segundo os populares que estavam no local não foi possível reconhecê-los, pois estavam todos encapuzados. No local do crime foram encontradas 13(treze) cápsulas de calibre 12 deflagradas. 

Com Informações do 1ºBPM

Foragido da Cadeia Pública de Morada Nova é recapturado em Russas


Nesta quarta-feira, dia 01, por volta das 16h30min, na Travessa Boanerges, 285, Russas-CE, foi capturado CLAUDIO DE BRITYO DA SILVA, natural de Morada Nova-CE, 20 anos, o qual desde janeiro de 2016 havia fugido da cadeia de Morada Nova-CE. Importante mencionar que o indivíduo tem várias passagens pela polícia, sendo assim de alta periculosidade. A Polícia Militar conduziu o indivíduo para Morada Nova-CE para os devidos procedimentos. 

Com Informações do 1ºBPM

Chassi de moto 150 TITAN tomada de assalto é localizado abandonado, em Russas

Nesta quarta-feira, dia 01, por volta das 11h30min, na localidade de Sitio Bento Pereira, zona rural de Russas-CE, foi localizado abandonado o chassi de uma motocicleta Honda 150 TITAN, de cor vermelha e placa OSK 0852, esta que teria sido roubada no dia 31/05/2016, na localidade de sitio Sargento. A Polícia Militar recolheu o chassi ao 1º BPM para os devidos procedimentos.

Com Informações do 1ºBPM

18 estados estão no vermelho, Ceará está em segundo lugar


De acordo com dados divulgados na terça-feira,31, pelo Banco Central (BC), 18 dos 27 estados estão com as contas no vermelho, o que representa que gastaram mais do que arrecadaram nos últimos 12 meses encerrados em abril. 

Entre os estados que estão no vermelho, encontra-se o Ceará, em segundo lugar, que apresentou déficit de R$ 2,2 bilhões. A situação mais crítica é no Rio de Janeiro com déficit primário de R$ 4,2 bilhões. O Estado da Bahia também está na lista com R$ 1,3 bilhão. 

O levantamento também mostrou que a situação agravou-se desde o ano passado. No mesmo período em 2015, 11 unidades da federação estavam deficitárias.

Os dados foram anunciados durante  a divulgação das contas do setor público consolidado (governo central, estados, municípios e estatais) em abril. Depois de dois meses no vermelho, os números voltaram a ficar no azul e apresentaram um superávit de R$ 10,182 bilhões. No entanto, o valor é 24% menor do que 2015. Além disso, a retração do superávit dos estados e municípios foi a mais elevada, de 38% — R$ 2,6 bilhões para R$ 1,6 bilhão.

Com o cenário negativo dos governos estaduais, a equipe econômica pretende dar um alívio extra no pagamento das dívidas desses entes com a União. Inicialmente, a ideia do governo é propor um desconto entre 60% e 80% nas parcelas que são pagas todo mês ao governo federal por um período de até um ano.

Diário do Nordeste

Câmara aprova pauta-bomba de R$ 58 bi em reajustes

Deputados aprovam megapacote de reajuste para o funcionalismo federal ( Foto: Agência Câmara )

Apesar da expectativa de fechar 2016 com um rombo de R$ 170 bilhões nas contas públicas, o governo interino de Michel Temer (PMDB) e sua base na Câmara concordaram com a aprovação de um megapacote de reajuste para o funcionalismo federal –Executivo, Judiciário e Legislativo, além do Ministério Público–, com impacto de ao menos R$ 58 bilhões até 2019.

Represados na gestão de Dilma Rousseff, 15 projetos de lei que estabelecem reajuste e benefícios ao funcionalismo foram aprovados entre a noite desta quarta-feira (1º) e o início da madrugada desta quinta (2).

A de maior impacto foi o aumento do salário dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). O rendimento, que delimita o teto do funcionalismo, passou de R$ 33.763 para R$ 39.293.

O efeito cascata gerado em todo o Judiciário deverá, segundo o Ministério da Fazenda, ter um impacto de R$ 6,9 bilhões até 2019.

Entre outras propostas aprovadas, estavam concessões de reajustes para o procurador-geral da República, para os servidores da Câmara e do Senado e do Tribunal de Contas da União (TCU), além de servidores do Ministério Público da União.

Todos os projetos terão de passar pelo Senado -exceto o do reajuste dos servidores dessa Casa, que irá para sanção presidencial.

O pacote da Câmara recebeu aval público do Planejamento nesta quarta. Em nota, o ministério afirmou que os projetos "são resultado de negociações que duraram aproximadamente oito meses e terminaram na assinatura de 32 termos de acordo com as lideranças sindicais" e que, para todos eles, "já haviam sido assegurados, na Lei Orçamentária Anual de 2016, os recursos necessários".

O Planejamento afirma que o impacto para 2016 é de R$ 4,2 bilhões, o que não inclui projetos do Legislativo e do Judiciário. Para esses, diz o Planejamento, também já há recursos previstos no Orçamento de 2016.

Nos bastidores, o argumento é que o fortalecimento político de Temer com o funcionalismo, principalmente com suas cúpulas, compensa o desfalque bilionário nos cofres públicos.

DRU também deve ser apreciada 

Depois dos reajustes, os deputados apreciariam a Desvinculação de Receitas da União (DRU).

Proposta de emenda à Constituição amplia e prorroga até 2023 o mecanismo, que permite à União gastar livremente parte de sua receita.

Em seu relatório, o deputado Laudívio Carvalho (SD-MG) manteve a proposta de Dilma de ampliar a desvinculação dos atuais 20% para 30% das receitas relativas às contribuições sociais até 2023. Carvalho estendeu a DRU, porém, a Estados e municípios.

A DRU tem de ser aprovada em plenário em dois turnos. Depois, vai ao Senado.

Diário do Nordeste

Reformas de penitenciárias no Ceará irão durar até 120 dias e custarão R$ 1,5 milhão aos cofres do Estado cada unidade

Titular da Secretaria da Justiça e Cidadania (Sejus), Hélio Leitão, diz que obras estão aceleradas

A reforma dos presídios da Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), destruídos após rebeliões ocorridas após a proibição de visitas aos presos, durante a greve dos agentes penitenciários, no último dia 21, devem durar 120 dias e custarão R$ 1,5 milhão aos cofres do Estado cada unidade. De acordo com o titular da Secretaria da Justiça e Cidadania (Sejus), Hélio Leitão, as reformas das unidades estão em ritmo acelerado e já poderão receber presos a partir da próxima semana.

"Estamos em aceleração das reformas. Dei o prazo de 120 dias para (a reforma) de todas as unidades. Acredito que, na semana que vem, já poderemos assimilar presos novamente. Mas o momento inspira preocupação", afirmou o secretário.

Leitão esteve, junto com o titular da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), Delci Teixeira, ontem, na Assembleia Legislativa do Estado do Ceará (Alce), atendendo a convite dos deputados.

O encontro durou mais de cinco horas e os secretários responderam perguntas e provocações dos parlamentares cearenses.

Falando acerca da superlotação dos presídios do Estado, o secretário da Justiça indicou que trabalha com ações de humanização.

"O excedente prisional, que é uma realidade no Ceará e no Brasil inteiro, é a mãe de todos os problemas. Acaba por comprometer a política penitenciária. Então, a primeira política de humanização e transformação do sistema é a política de redução do excedente prisional. Esse é o grande esforço, seja com iniciativas como audiência de custodia e mutirões, seja como uma grande articulação em curso entre os diversos poderes e instituições afeitas à questão", disse.

Delci Teixeira considerou válida a discussão com os parlamentares, uma vez que foram fornecidos dados e informações que eram solicitados. "O mais importante é essa disposição de dialogar. E os deputados, que são representantes da população, terem as explicações, os dados , para que possam discutir o que ocorreu e está ocorrendo conosco na Segurança Pública e no Sistema Prisional".

Abandono

Entretanto, o secretário da segurança pública reclamou que nem todos os deputados ficaram até o fim da sessão, concluída pouco antes das 18h. Ao término do encontro, somente sete deputados permaneciam no plenário, escutando as respostas dos secretários para as perguntas feitas por eles e pelos colegas que optaram por se ausentar.


"O que a mim chama a atenção, é que tivemos pelo menos cinco horas e meia de perguntas, debate, e algumas opiniões contrárias ao nosso trabalho. Tudo tem que ser respeitado e respeitamos isso, mas é uma pena que se fazem algumas perguntas, todo mundo ouvindo, e na hora da resposta o sujeito vai embora. Isso eu lamento. Deveriam ficar para ouvir a resposta, já que fizeram questionamentos", disse.

Diário do Nordeste

13 presos por fraude de R$ 50 milhões na Caixa Econômica em Fortaleza


Mais de R$ 50 milhões foram desviados, em forma de empréstimos irregulares, em duas agências da Caixa Econômica Federal (CEF), em Fortaleza. O esquema milionário foi descoberto pela Polícia Federal (PF) e envolveu, pelo menos durante um intervalo de dois anos, 15 pessoas, entre elas, dois gerentes de agências bancárias, empresários, contadores e sócios 'laranjas' de empresas de fachada, criadas somente para a obtenção dos empréstimos fraudulentos, de acordo com a PF. Ontem, 13 pessoas foram presas por ordem judicial e 23 mandados de busca e apreensão foram cumpridos na deflagração da 'Operação Caixa Preta'. Dois empresários estavam ainda foragidos, até o fechamento desta edição, segundo a Polícia. Um dos gerentes, já havia sido preso ano passado, na deflagração da 'Operação Fidúcia', que também consistia em empréstimos fraudulentos concedidos pela CEF.

De acordo com o coordenador do Grupo de Repressão a Crimes Cibernéticos da Polícia Federal, delegado Gilson Mapurunga da Costa, que comandou a operação, o grupo foi descoberto após auditoria da própria CEF, que identificou irregularidades em 14 contratos. Com o desenrolar das investigações, o número chegou a 409 documentos supostamente fraudados.

"O trabalho desenvolvido pela auditoria da Caixa Econômica, por meio de monitoramento e controle da regularidade dos contratos de empréstimos existentes, constatou fraudes em diversas operações de créditos relacionadas à mesma organização criminosa. Chegaram a nós 14 contratos fraudulentos, sem o contrato de origem. Nas apurações, o número chegou a 409".

Conforme a Polícia Federal, o grupo criminoso operava através de 'pirâmide' para obter os recursos indevidos. O delegado que comandou a operação explicou que havia várias empresas de propriedade de um mesmo empresário, embora utilizassem os nomes de 'laranjas'. Os empréstimos eram feitos e usados uns para pagar os outros. Contudo, o de maior valor acabava escolhido para ser embolsado, sem ter nenhuma parcela paga.

"Alguns valores eram sacados ou transferidos para as outras empresas, de fachada. Na maioria, eram empréstimos de capital de giro", afirmou.

O delegado indicou que as fraudes eram "grosseiras" e o volume de concessões chamou a atenção dos auditores. A 32ª Vara da Justiça Federal expediu 38 mandados, sendo 15 de prisão temporária e 23 de busca e apreensão. Destes mandados, dois de prisão, contra empresários, não foram cumpridos. Dos de busca e apreensão, um foi cumprido em Recife, com apoio da PF do Estado de Pernambuco. Ao todo 110 policiais participaram dos trabalhos, na manhã de ontem. Além disso, bens móveis e contas bancárias de 151 pessoas físicas e jurídicas foram bloqueados pela Justiça.

Ao todo, 114 empresas estão sendo investigadas pela Polícia Federal. Destas, segundo Mapurunga, "de 80% a 90% são de fachada". A maioria das empresas são do ramo de construção civil, existindo ainda algumas que dizem ser voltadas para serviços de tecnologia ou até de aluguel de veículos.

As apurações dos federais tiveram início no mês de julho do ano de 2014. Os documentos estudados pelos policiais são do início do ano de 2012 até meados do ano de 2014. As agências Náutico e Francisco Sá, da Caixa, em Fortaleza, foram os alvos das investigações.

Funcionários

Um gerente de cada unidade foi preso. Conforme a PF, ambos já foram afastados e um deles, demitido. Este, que trabalhava na agência Náutico, já havia sido, inclusive, preso em março do ano passado, na deflagração da 'Operação Fidúcia'. Ele havia concedido, conforme as apurações, empréstimos fraudulentos a um outro grupo de empresários, utilizando também documentação falsa.

Para os policiais federais, ficou evidenciada a prática de crime de peculato. Segundo o delegado Gilson Mapurunga, além de conceder os empréstimos para os empresários, os gerentes ainda cediam valores para parentes. Desta forma, os próprios funcionários tomavam para si uma parte dos valores.

Os suspeitos investigados responderão, na medida de suas participações, pelos crimes de estelionato, falsidade ideológica, uso de documento falso, peculato, corrupções ativa e passiva, crime financeiro, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

Teia milionária

Os empréstimos concedidos a pessoas físicas e jurídicas nas agências da Caixa Econômica Federal já foram notícia em março do ano passado. Naquela ocasião, quando foi deflagrada a 'Operação Fidúcia', 56 mandados judiciais foram cumpridos, resultando na prisão de 17 pessoas. Conforme a PF informou, havia a alienação das garantias dos empréstimos. Contudo, tais garantias eram fraudulentas ou inexistentes.

A estimativa da Polícia era que aquele primeiro grupo tivesse desviado entre R$ 20 e R$ 100 milhões em empréstimos, durante um período de aproximadamente um ano e meio.

Veículos de luxo, dólares, apartamentos em áreas nobres e até um avião foram apreendidos pelos federais. Os empresários investigados também abriam empresas fictícias de construção civil para obtenção dos empréstimos, com apoio de servidores da Caixa. O dinheiro foi lavado na compra dos bens luxuosos. Contas bancárias no exterior também serviram ao esquema.

Diário do Nordeste