-->

5 de outubro de 2017

Crianças morrem após segurança incendiar creche na manhã desta quinta



Pelo menos cinco crianças e uma professora morreram em incêndio em uma creche no município de Janaúba, norte de Minas Gerais, na manhã desta quinta-feira, 5. A Prefeitura da cidade afirma que aproximadamente 40 pessoas foram encaminhadas a dois hospitais. Conforme informações preliminares, o fogo foi ateado por um segurança da instituição. 

O soldado identificado apenas como Moraes, do Corpo de Bombeiros, afirma que o segurança foi internado e está em estado grave. 

O funcionário teria entrado na creche, de mochila, fora do horário de expediente afirmando que distribuiria sorvete para as crianças. Ao entrar em uma das salas, tirou um galão de gasolina da mochila e ateou fogo. O segurança e a professora também foram atingidos.

Uma fonte de um dos hospitais ouvida pelo O POVO Online, que não quis se identificar, afirmou que o segurança teria cometido um ato de revolta após saber que seria demitido. A Prefeitura não confirma a informação.

A Prefeitura afirma ainda que toda a equipe médica do município está envolvida. Eles foram convocados para prestar apoio no Hospital Regional de Janaúba, que ficou lotado com a chegada das vítimas e não tinha gente suficiente para atender. Outras vítimas foram encaminhadas ao Hospital Fundajan.

O prefeito Carlos Isaildon Mendes declarou luto oficial de três dias. Ele está reunido com secretários de Saúde do município e do estado, promotores, Corpo de Bombeiros e Polícias Civil e Militar. 

Segundo o soldado identificado como Anderson, da Polícia Militar de Janaúba, o segurança ateou fogo apenas em uma das salas. A Corpo de Bombeiros chegou a tempo do fogo não se espalhar. 

O Povo
Postado por Blog Vale em Notícias às 13:33