-->

22 de fevereiro de 2017

Marcos era conselheiro da Ecoa, instituição presidida pela filha de Izolda Cela e Veveu Arruda que recebeu R$ 2 milhões em contrato sem licitação da Prefeitura de Sobral.


Por Maurício Moreira

O secretário do Trabalho e Desenvolvimento Econômico de Sobral, Marcos Villas-Bôas, acaba de renunciar ao cargo e afirmou que irá entregar todos os podres da gestão Ivo Gomes (PDT) aos investigadores do Ministério Público. "Aguentei até onde pude, porém não iria arriscar minha honra continuando numa gestão cheia de furos morais".

"Acho que ajudarei as pessoas mais voltando a escrever - coisa que havia parado nesses quase 2 meses e me faz muita falta - assim como colaborando com o Ministéio Público nas investigações que já vêm fazendo e em outras que poderão vir", ameaçou. Marcos era um dos homens de confiança de Ivo Gomes na administração.

Marcos Villas-Bôas é membro do conselho da Escola de Cultura, Comunicação, Ofícios e Artes (Ecoa), instituição presidida por Luisa Cela de Arruda Coelho, filha do ex-prefeito Veveu Arruda e da vice-governadora Izolda Cela. Ivo Gomes fechou contrato de R$ 2 milhões, sem licitação, para a Ecoa realizar o carnaval de Sobral.

Blog Erivando Lima