-->

26 de dezembro de 2015

Quatro náufragos recebem alta de UPA; grupo passou cinco dias à deriva


Quatro dos oito náufragos resgatados por uma embarcação cearense receberam alta da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Praia do Futuro, na tarde desta sexta-feira, 25. Os outros dois pescadores que foram pata a UPA aguardam transferência, enquanto que o restante do grupo está internado no Hospital Geral de Fortaleza (HGF). Eles ficaram à deriva por cinco dias, segundo a Capitania dos Portos. 

Segundo a assessoria de imprensa do HGF, os dois pescadores internados lá estão desidratados, mas o estado de saúde de ambos é estável. Eles dois não têm previsão de alta, ainda conforme a unidade.

Na UPA, chegaram seis náufragos por volta das 21 horas de quinta-feira, 24. Os dois pescadores que ainda estão na unidade precisam ser transferidos para tratar uma infecção de pele, informou a assessoria da UPA.

A embarcação Rei Artur, em que os pescadores resgatados estavam, saiu de Natal (RN) e naufragou perto da ilha de Fernando de Noronha. Eles ficaram cinco dias perdidos até serem encontrados, depois que a tripulação de um navio mercante avisou sobre a necessidade de resgate. 

O grupo foi resgatado pela embarcação cearense Rio Praça, que chegou no Porto do Mucuripe na noite de quinta-feira, 24, véspera de Natal. A Capitania dos Portos informou que uma investigação será aberta para apurar as causas do naufrágio. 


O POVO Online