-->

17 de outubro de 2015

Na estreia do técnico Lisca, Ceará enfrenta o Criciúma fora de casa


Depois de mudar de técnico, definir novo presidente e ter duas semanas para treinar, o Ceará foca em voltar a vencer na Série B. Com um jogo a menos e aproveitamento de apenas 23.8% como visitante, o Vovô faz jogos fora contra o Criciúma, hoje, às 16h30min, e Botafogo, na próxima terça-feira, para tentar ficar perto de deixar a zona de rebaixamento.

Na 17ª colocação, o Ceará não vence há cinco jogos, está a oito pontos do primeiro time fora do Z-4 - o Macaé - e tem apenas nove partidas para se salvar do rebaixamento. O Vovô tem 26 pontos em 29 partidas, sendo seis vitórias, oito empates e 15 derrotas, com um aproveitamento de 29.9%.

Situação difícil e que pode só ser aliviada com vitórias. A aposta do Alvinegro para conquistá-las está no técnico Lisca, que estreia hoje no comando do Ceará após 17 dias para preparar o time visando os três pontos no estádio Heriberto Hülse e demais jogos da Segundona.

"Tem que ser um time competitivo, com uma marcação bem definida, ser audacioso quando pegar a bola, ter as nossas pretensões ofensivas, alternância de ritmo, uma equipe com muita vontade e determinação", pediu o treinador, que já é o quinto a passar por Porangabuçu na temporada.

Lisca não mexeu muito na equipe que vinha sendo utilizada pelo ex-técnico alvinegro Marcelo Cabo e não poderá contar com três jogadores no duelo contra o Tigre. O zagueiro Thiago Carvalho, o volante Ricardo Conceição e o meia Mazola ficaram em Fortaleza para cuidar dos suas lesões. Assim, o zagueiro Carlão e o atacante Fabinho começarão atuando.

"Vou procurar fazer o máximo, de ajudar na marcação, na hora de chegar para jogar. É uma função que sou acostumado a fazer por onde passei. Jogar na ‘beirada’, acompanhar o lateral e, com a bola, chegar dentro da área", disse Fabinho.

Criciúma

O Criciúma passou por uma reformulação nos 10 dias sem jogos. Mudou diretoria, comissão técnica e dispensou sete jogadores. Agora comandado por Roberto Cavalo, que também faz sua estreia no time hoje, o Tigre vem de oito partidas sem vencer. Número que fez o time se preocupar com a zona da degola, afinal, são apenas 10 pontos de diferença para o Vovô.

O Povo Online