-->

2 de agosto de 2014

Maníaco: Pai é acusado de estrupar a própria filha de seis meses na cidade de Quixadá



O maníaco negou o crime e ainda disse que não lembrava se havia feito alguma coisa com a sua filha.
Moradores da cidade de Quixadá, no Sertão Central cearense estão revoltados com um crime consumado na noite desta quinta-feira,31, no bairro Monte Algre. Uma bebê foi vítima de estupro pelo próprio pai.
De acordo com a Polícia militar, a mãe da criança denuncia que o ex-presidiário Lúcio Djhoney Estevam de Sousa, 26 anos, estuprou a própria filha de apenas seis de vida. A genitora estava revoltada com o caso e acionou imediatamente uma equipe do Ronda do Quarteirão.
A mãe da criança afirmou em seu depoimento ao delegado titular da Delegacia Regional de Polícia Civil de Quixadá, Alexandre Ferraz, que o pai havia levado a bebê para a residência da casa da avó materna, porém, quando ela pegou a criança na manhã desta sexta-feira, 01, estava com marcas de sangue. A criança foi encaminhada para fazer exame no IML de Quixeramobim, sendo constatado o estupro.

O elemento foi levado preso por policiais do Ronda do Quarteirão e chegando na delegacia negou o crime e ainda disse que não lembrava se havia feito alguma coisa com a sua filha.
O homem vai responder por crime de estupro de vulnerável e ficará na cela vulgamente chamada de “duzentão” na Cadeia Pública de Quixadá. Essa cela é isolada apenas para estupradores.


Fonte: Revista Central