-->

18 de agosto de 2016

Policiais fazem doação a homem que passava fome em Canindé

Garcia, o homem do vídeo, recebeu R$ 1 mil dos policiais do 4ºBPM (Foto: Reprodução / Facebook 4ªBPM)

Canindé. Policiais do 4º Batalhão de Policiamento Militar (BPM) deste Município do Sertão Central foram autores de um ato simbólico: eles fizeram uma doação de R$ 1 mil a um homem de 52 anos que relatou em um vídeo passar fome, junto com os quatro filhos. A doação aconteceu na última quarta-feira (17). A informação foi confirmada pela corporação.

De acordo com o relações públicas do 4º BPM, major Walber Ferreira, a iniciativa partiu dos cerca de 20 homens da Força Tática de Apoio (FTA) de Canindé, que dividiram o valor entre si. A doação foi entregue pessoalmente ao homem do vídeo na tarde de quarta. Segundo major Walber, os policiais tomaram conhecimento do fato pelas redes sociais. “Ao verem o vídeo eles ficaram muito sensibilizados e como a tropa é muito unida surgiu entre eles a proposta de ajudar o homem”, contou. A boa ação foi registrada na página que o Batalhão mantém na internet e repercutiu nas redes sociais. No final da tarde desta quinta-feira (18) o vídeo passava das 158 mil visualizações.

Dificuldades

O homem do vídeo é o funcionário público Luis Garcia, 52 anos, morador do bairro Santa Clara. Ele conta que trabalha como auxiliar de serviços gerais na Prefeitura de Canindé mas desde 2010, foi acometido por uma série de problemas de saúde. O mais grave deles foi um desvio na medula óssea. “Desde esse dia que eu tive problemas e eu não tenho ninguém. Tenho quatro filhos e minha mulher, que é minhas mãos e minhas pernas”, confessou o homem.

O vídeo foi gravado na última terça-feira (16), na parte de fora da prefeitura. O homem se desesperou após saber que não havia previsão de quando receberia seus proventos. Os filhos também choram com a emoção do pai e em uma das partes mais comoventes da gravação, um deles tenta acalentar o genitor, mesmo não conseguindo conter as lágrimas. “Naquele dia eu não tinha nada pra comer e meus filhos tudo chorando com fome. Eu só tinha água no pote. Bateu um desespero que só Deus sabe como é que eu estava por dentro. Eu tenho quatros filho pequeno”.


Depois do vídeo e da postagem, a situação de Garcia está um pouco melhor. Ele tem uma sonda que precisa ser trocada a cada 15 dias. O dinheiro que ganhou dos policiais serviu para realizar a troca e comprar alimentos pras crianças. Ele conta que a população também tem começado a doar alimentos e dinheiro. “Pra quem não tinha nada como eu tinha, agora estão em situação muito melhor”. Para os policiais, a atitude mostra um outro lado da Polícia. “Qualquer evento desse que traga o sentimento de solidariedade, nos apoiamos e incentivamos. A PM tem essa parte social”.


Diário do Nordeste

Secretaria das Cidades irá duplicar avenida Irmã Maria da Graça, em Russas


O Governo do Estado do Ceará abriu licitação para a execução da obra de duplicação da avenida Irmã Maria da Graça (antiga Benjamin Constant) no município de Russas. A abertura das propostas está prevista para ocorrer no dia 30 de agosto, às 9h30, na Central de Licitações do Estado, na Procuradoria Geral do Estado. Até esta data os interessados devem encaminhar suas propostas contendo os documentos solicitados conforme edital publicado no site da Seplag (www.seplag.ce.gov.br).

A intervenção será realizada ao longo de toda a extensão da avenida Irmã Maria da Graça, que conta com 1,19 km e 35,8 m de largura. A previsão de conclusão é de oito meses após a assinatura da ordem de serviço. O valor inicial da licitação é de R$ 6.028.726,08. A obra será executada pela Secretaria das Cidades, através do Programa de Desenvolvimento Urbano de Polos Regionais, Vale do Jaguaribe/Vale do Acaraú, que atua em parceria com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

Com o objetivo de melhorar o trânsito local e os moradores do entorno, o projeto de duplicação irá contemplar pavimentação, drenagem e urbanização da avenida Irmã Maria da Graça, além de uma ciclofaixa nos dois sentidos da via, localizada na pista de saída do município.

Mais informações sobre o processo de licitação pelo email ccc@pge.ce.gov.br ou pelo telefone 85 3459.6522.

Assessoria de Comunicação da Secretaria das Cidades

Após denúncia agentes descobrem 180 litros de cachaça artesanal na cadeia de Quixadá


A administração da cadeia pública deste Município do Sertão Central apreendeu, no final da tarde da última quarta-feira (17), 180 litros de cachaça artesanal. A bebida era comercializada dentro da unidade e foi descoberta após uma denúncia da mãe de um detento. O material foi apreendido e os presos se rebelaram, gerando um motim. Uma das celas ficou destruída. No final da noite, 30 detentos foram transferidos.

A bebida era fabricada a partir da fermentação de alimentos na água, que gerava um tipo de cachaça artesanal. De acordo com o diretor administrativo da cadeia de Quixadá, Mário Sérgio Soares, a bebida era fabricada na cela L1 da unidade. Dez galões de água mineral com capacidade de 20 litros, foram apreendidos. A descoberta se deu após a denúncia da mãe de um dos detentos “Descobrimos essa trama pela mãe de um dos presos que contou estar sendo ameaçada de morte pelo não pagamento da bebida”, contou Mário Sérgio. A bebida era comercializada a R$ 500 o litro e R$ 250 o meio litro, gerando um comércio irregular dentro da cadeia.

A vistoria que resultou na apreensão durou cerca de uma hora. O princípio de motim se iniciou em seguida. O diretor conta que chegou a ser ferido na canela e no braço com estilhaços de tijolo da cela onde os detentos se rebelaram. “Os presos começaram a se rebelar. Teve uma quebradeira na cela mas nós tivemos o reforço, dominamos e conseguimos tirar os presos”, afirmou o diretor. Equipes da Polícia Militar, do Batalhão de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio), da Força Tática de Apoio (FTA) e do Policiamento Ostensivo Geral (POG) reforçaram a segurança no local em em trinta minutos a situação foi controlada.

O diretor lembra que a administração da cadeia torna a unidade um exemplo de unidade carcerária no Ceará e que não será conveniente com atitudes desse tipo. “Não tem razão para arrecadar dinheiro dentro da cadeia. Aqui dentro da unidade não vamos permitir delinquência e nenhum tipo de faturamento monetário por parte dos presos. Não seremos coniventes”, frisou.

No final da noite 30 presos que participaram do motim foram transferidos para a Região Metropolitana de Fortaleza.

Diário do Nordeste

Polícia da Bahia prende um dos bandidos mais procurados do Ceará


A Polícia Militar da Bahia prendeu, na noite da última quarta-feira (17), nas proximidades do município de Barreiras, um dos homens mais procurados do Ceará, Francisco Osivaldo da Silva Sousa, 29, membro de uma quadrilha suspeita de ser responsável por cerca de 50 homicídios.

A operação contou com troca de informações entre os serviços de inteligência da polícia dos dois estados e culminou na prisão do foragido, confirmada pela Secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP-BA).

Osivaldo responde por 4 crimes de homicídio, 5 roubos, associação criminosa, porte ilegal de arma, tráfico de drogas e associação para o tráfico.

A quadrilha que Osivaldo integra atua há mais de 10 anos, principalmente na região do Vale do Jaguaribe no Ceará e em outros estados como Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Goiás e Paraná e, além de homicídios, também é acusada de ataques a instituições financeiras e tráfico de drogas.

Osivaldo, nascido no município de Russas, foi preso em 29 de janeiro de 2015 em uma operação da Polícia Civil e da Polícia Militar do Ceará, junto do comparsa Williame Huaina Diógenes Cintra, em um condomínio localizado no KM 11 da CE-065, em Maracanaú, onde viviam com suas famílias.

Menos de 3 semanas depois, o bandido fugiu da Delegacia de Capturas e Polinter (Decap). Capturado na Bahia um ano e meio depois da fuga, Osivaldo figurava na lista dos mais procurados do Ceará, ao lado de mais 15 criminosos.

Diário do Nordeste

Homens presos ao 'blindar' carros para assaltos a banco em Caucaia

As chapas de aço eram soldadas nos veículos. O objetivo seria proteger os ocupantes em eventuais confrontos durante ações criminosas ( FOTO: NAH JEREISSATI )

A Polícia Civil investiga qual a ligação de cinco homens presos em um galpão localizado na Rodovia Raimundo Pessoa de Araújo, no bairro Taquara, município de Caucaia, com quadrilhas de roubo a bancos e a empresas de segurança e de transporte de valores no Estado. Os suspeitos foram apreendidos com uma pistola de calibre Ponto 40, munições, um soldador e cinco carros que estavam recebendo placas de aço na traseira para proteger a quadrilha em eventuais ataques a instituições financeiras. O material, de acordo com a Polícia, é capaz de suportar até tiros de fuzis.

Em coletiva de imprensa realizada na manhã de ontem, o delegado adjunto da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), Eduardo Tomé, divulgou as prisões dos cinco homens e apreensões, que aconteceram, na última sexta-feira (12).

A partir das primeiras prisões, a Polícia Civil pretende chegar à quadrilha que contratou o grupo para soldar as placas nos veículos. "Outros criminosos já foram identificados pelo Setor de Inteligência da Polícia Civil", disse Tomé. O delegado afirmou que as buscas aos demais envolvidos já estão em andamento pelas equipes da Especializada.

Tomé explicou que foi por meio de denúncias que a Polícia Civil, com o apoio operacional do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate), do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque), cercou o galpão na sexta-feira. "No momento em que nós estávamos lá, foi visualizado um veículo Crossfox chegando com quatro homens no seu interior. O Gate foi tentar fazer a abordagem, houve uma tentativa de fuga, mas foram prontamente contidos pelos policiais", relatou o delegado adjunto da DRF.

A ação conjunta, envolvendo um total de 15 policiais, levou a prisão de Carlos Suderlan Dantas de Menezes, Tarcísio da Costa Pires, Leandro de Aquino Sousa e Vicente Leite Sobreira, que já tinham antecedentes criminais, além de Djair Moreira Alves, sem histórico criminal. Carlos já teve dois Termos Cincunstanciados de Ocorrência (TCOs) por uso de entorpecentes; Tarcísio respondeu por roubo qualificado; Leandro, por assalto; e Vicente, por associação criminosa e homicídio.

Os cinco suspeitos irão responder por associação criminosa armada e receptação. "A utilidade deles era preparar os veículos para os ataques a bancos", pontuou o major Daniel Lima.

Foragido

Vicente Leite Sobreira, que é foragido da Casa de Privação Provisória de Liberdade (CPPL) II, tentou ludibriar os policiais apresentando uma Carteira Nacional de Habilitação (CNH) falsa, com o nome de André Leite Sobreira. Além dos outros crimes, ele também responderá por uso de documento falso e por porte ilegal de arma de uso restrito, já que a pistola apreendida foi roubada de um policial militar no fim do ano passado. O histórico de Vicente faz a polícia acreditar que ele quem comandava o grupo.

Os carros apreendidos foram um Pajero Dakar, um Ecosport, um Renault Duster e uma van, todos resultados de roubos, e um Crossfox. No Pajero, único que já estava com a placa de aço soldada, o grupo colou um adesivo preto em todo o veículo para omitir a cor branca e dificultar a identificação pela polícia.

Os outros carros roubados estavam prontos para também receber a placa de aço, que seria colada por uma máquina soldadora utilizada em oficinas mecânicas. O delegado Eduardo Tomé informou que o uso da ferramenta para práticas criminosas é raro. "Essas chapas são confeccionadas para a proteção dos assaltantes. Prevendo um possível embate com agentes de segurança", concluiu.

Diário do Nordeste

PM derruba 'barricada' e apreende fuzil na Capital


A Polícia Militar realizou uma operação na manhã de ontem, na Favela do Gueto, um dos principais pontos de venda de droga na Grande Barra do Ceará, em Fortaleza. Na ação, foram apreendidos um fuzil calibre 5.56, sete quilos de crack, um colete balístico e munição de vários calibres. Uma 'barricada' feita de tambores foi retirada da entrada da comunidade.

De acordo com o tenente-coronel Lourival Lima, comandante do 5° Batalhão de Polícia Militar (BPM), traficantes haviam colocado tambores com concreto na entrada principal da favela para evitar a presença da Polícia. "Primeiramente, realizamos a retirada de uma barreira física de concreto em tambores de 200 litros, que visava bloquear a entrada de viaturas, com guinchos fornecidos pela Secretaria Executiva Regional I (SER I). Em seguida, iniciamos abordagens em toda a área, em uma ação integrada com policiais do 5°BPM, Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque), Ronda Ostensivas com Cães (Roca-Canil), BPRaio, Força Tática de Apoio (FTA) e Serviço de Inteligência", explicou o oficial.

Durante as abordagens e buscas na favela, os policiais militares encontraram um fuzil calibre 5.56 escondido na laje do terceiro andar de uma das edificações, onde funcionava a antiga fábrica de roupas da Vilejack. Além da arma, os PMs encontraram sete quilos de crack, um colete balístico e munições de calibre 5.56, Ponto 40, 380, e 12. Todo o material foi encaminhado para o 7º DP (Pirambu).

O comandante do 5º BPM afirmou que o armamento localizado tem alto poder de fogo. "A apreensão de uma arma desse porte evita muitas mortes. O fuzil poderia ter ceifado várias vidas de nossos companheiros (policiais) e de moradores em caso de um confronto", destacou.

Em dezembro do ano passado, o traficante de drogas Lindoberto Silva de Castro, o 'Louro', preso pela Polícia Federal durante a 'Operação Cardume', informou sobre a negociação de um fuzil do mesmo calibre em depoimento da delação premiada.

Lindoberto teria negociado, no fim do ano de 2013, começo de 2014, com um traficante do Pirambu, de apelido 'Lukinha', um armamento semelhante ao apreendido ontem. A arma teria sido repassada como parte de um carregamento de 20 quilos de crack. Ficará sob responsabilidade da Polícia Civil a investigação sobre a procedência do fuzil. De acordo com o comandante do 5º BPM, a arma não tinha a numeração raspada.

Barricada

Sobre a 'barricada' de tambores na entrada da favela, o oficial informou que os obstáculos haviam sido instalados há cerca de duas semanas no local. Lima destacou a importância da operação para mostrar que não existem barreiras ou obstáculos para a PMCE. "Entramos em todo lugar, e em qualquer horário", disse o comandante do 5º BPM.


Apesar das apreensões da arma e das drogas, ninguém foi preso durante a operação da PM na favela. Conforme o oficial, alguns suspeitos foram abordados, mas com eles não foi encontrado nenhum material ilícito como drogas ou armas. Além disso, segundo o tenente-coronel, nenhuma das pessoas abordadas estava com mandados de prisão em aberto.

Diário do Nordeste

Ônibus perde controle e deixa cerca de 20 feridos em Fortaleza


Um ônibus perdeu o controle e deixou cerca de 20 pessoas feridas, conforme informou a Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC), na manhã desta quinta-feira (18), no bairro Serrinha. Sete ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) estão no local reailzando atendimento às vítimas.

Segundo usuários do transporte, o veículo teria quebrado a barra de direção. Em seguida, o motorista perdeu o controle e acabou se chocando na frente de uma residência na Rua Júlio Verne. A AMC está no local realizando o controle de tráfego da região e auxiliando no socorro dos feridos. 

Diário do Nordeste

Jovem tenta cometer suicídio pulando de torre de telefonia em Tabuleiro do Norte

Imagem ilustrativa

Um jovem de 21 anos tentou cometer suicídio após subir em uma torre de telefonia de na noite desta quarta-feira (17), em Tabuleiro do Norte.

Populares que residem na Rua Capitão Jose Rodrigues, próximo ao local viram o jovem subindo a torre por volta das 23h00 e acionaram a polícia.

O jovem Lucas de Oliveira do Nascimento, 21 anos, natural de Tabuleiro, subiu na torre com o intuito de cometer suicídio, alegando estar com problemas psicológicos. Foram acionados de imediato o SAMU e os BOMBEIROS, que com muito dialogo conseguiu convencer o jovem a não pular. Lucas foi encaminhado pelo SAMU ao Hospital Regional de Limoeiro do Norte.

Com Informações do 1ºBPM

Homem é preso em Icapuí acusado de espancar mulher em Mossoró


A Polícia Militar contando com apoio da Polícia Civil de Icapuí, efetuaram a prisão de um homem na manhã desta quarta-feira (17), com base na Lei Maria da Penha, em Icapuí-CE.

A polícia realizou, por volta das 10h00, a prisão de Egylio Eduardo Leite Oliveira, 37 anos, residente no Bom Jardim em Mossoró-RN. O mesmo viajava em um ônibus que vinha de Mossoró-RN no sentido Icapuí-CE, os Policiais abordaram o veículo e efetuaram a prisão do mesmo por agressão a sua parceira em Mossoró, fugindo para o Ceará em seguida.

Eduardo foi conduzido a Delegacia de Icapuí-CE, para serem realizados os procedimentos cabíveis.

Com Informações do 1ºBPM

Dois menores são apreendidos em Russas após cometer assalto em Jaguaruana


Um roubo a estabelecimento comercial foi registrado pela Policia na tarde desta quarta-feira (17), na localidade de Santa Luzia, zona rural de Jaguaruana.

A proprietária do Mercadinho São Francisco, localizado na rua José Leite de Carvalho, acionou a Policia, por volta das 15h52, informando ter ocorrido um assalto ao seu estabelecimento, e que um elemento, baixo, magro, tipo de roupa não anotada, juntamente com uma mulher de garupeira, trafegando em uma moto Honda CG 125 ano/mod 1980, cor vermelha, placa HUD-6370, teriam abordado ela e seu esposo, ameaçando com sugestos como se estivesse armado, subtraindo de ambos aproximadamente uma quantia de Cem reais em espécie, em seguida fugiram sentido à cidade de Russas.  De imediato as vitimas entraram em contato com a Polícia do destacamento de Jaguaruana que  rapidamente repassou a informação da ocorrência via rádio ao COPOM de Russas. 

Os Policiais do BP Raio rapidamente foram acionados, e na estrada do pau Branco, zona rural de Russas/CE, conseguiram prender um homem de 19 anos, e apreender uma adolescente de 17 anos, na qual estavam trafegando na motocicleta citada como a usada na pratica do assalto.

Ambos foram encaminhados a Delegacia de Russas, e em meio a depoimentos foi descoberto que uma terceira pessoa estava envolvida no assalto ao mercadinho. Foi informado aos Policiais de Jaguaruana que de imediato se dirigiram ao endereço indicado, e realizaram a apreensão de um segundo menor,  17 anos, na sua própria residência na localidade de Santa Luzia, da qual confessou a participação do assalto. Com o menor foi encontrado um simulacro de arma de fogo.

O adolescente foi conduzido a DRPC de Russas/Ce, onde se encontravam detidos os outros dois, para que fossem feitos os devidos procedimentos cabíveis, onde os dois menores de idade confessaram o assalto, e foram enquadrados pelo ato infracional referente ao artigo 157 do CPB. Já o maior de idade, foi liberado posterior seu depoimento.

Foi feita a consulta da motocicleta no sistema do SEPROCE, e não apresentava queixa de roubo contra a mesma, apenas débito de licenciamento, e que a qual  foi conduzida para o destacamento de Jaguaruana.

Com Informações do 1ºBPM