-->

28 de outubro de 2015

Polícia prende suspeitos de decapitar uma pessoa em Fortaleza








A Polícia Civil agiu rapidamente e, em menos de 24 horas, esclareceu o mistério que envolveu a descoberta de uma cabeça humana jogada ao lado de um casal na comunidade das Goiabeiras, na Barra do Ceará, zona Oeste da Capital. Três pessoas foram presas e confessaram o crime. Um  quarto suspeito é procurado.

O crime foi descoberto na noite de segunda-feira (26), quando moradores das ruas Caubi e Araquém, nas Goiabeiras, se depararam com uma cabeça humana jogada ao lado de um canal, envolta em um saco plástico. A outra parte do corpo havia desaparecido.

No entanto, na manhã de ontem, o resto do cadáver foi descoberto ocultado dentro de um carrinho de reciclagem deixado abandonado e virado entre dois depósitos de lixo na Rua Aço, a poucos metros da Avenida Coronel Carvalho, a quase cinco quilômetros do local onde foi deixada a cabeça da vítima.

Presos

No andamento da investigação, a Polícia deteve o homem que havia abandonado o carrinho de mão com o restante do corpo.  Em seguida, os comparsas também foram detidos. O trio foi levado para o 7º DP (Pirambu) e identificado.  Foram identificados como Francisco Daniel Moura da  Silva,  Francisco Samuel Pereira Ferreira e Clebiana Gomes de Oliveira.

Segundo o delegado  titular do 7 º DP,  Jesuíta Barbosa Filho, o crime teria sido praticado por vingança. Francisco Daniel teria sido o autor do assassinato, esfaqueando a vítima e, em seguida, decapitando-a.  Ainda de acordo com o policial, o motivo do crime seria o fato de que, no dia anterior, a vítima agredira Daniel com uma barra de ferro por conta de um desentendimento banal entre catadores de objetos recicláveis.

Depois de esfaquear a vítima e praticar o degolamento, os três trataram de jogar a cabeça nas margens do canal entre as ruas Caubi e Araquém, e seguir com o resto do corpo que, provavelmente, seria jogado numa lixeira ou, ainda, no mangue do bairro Vila Velha.

Ainda de acordo com a Polícia, uma quarta pessoa está sendo procurada para responder pela participação no assassinato. Os três acusados foram autuados em flagrante pelo homicídio.

Quem é o morto?

Apesar de desvendar a autoria do crime, a Polícia não tem, ainda, a identificação da vítima. Segundo o delegado, familiares do morto já teriam feito o reconhecimento da cabeça e haviam revelado que o homem possuía várias tatuagens. Quando o cadáver foi encontrado na manhã de hoje, as informações da família se confirmaram. Os familiares estão sendo aguardados na sede da Perícia Forense do Ceará (Pefoce) para fazer o reconhecimento oficial do homem assassinado.



Atualizado as 07h18min com informações do Blog do Fernando Ribeiro

Homicídio à poucos intantes em Russas


Nesta quarta-feira, dia 28, por volta das 17h00min, no interior da Cadeia Pública, foi assassinado supostamente por agressão física e asfixia mecânica, o detento Reginaldo Claudino Félix, 33 anos, natural de Palhano-CE, que cumpria pena por furto e roubo. O detento havia sido transferido na mesma tarde da Cadeia Pública de Jaguaruana, em cumprimento a uma solicitação da Justiça de Jaguaruana, e pouco tempo depois de dar entrada no presídio de Russas, foi morto. Conforme informações preliminares da pericia, a vítima também apresentava vários traumatismos na região craniana. Na cela 01, onde o detento foi morto, nenhum dos demais presos fala sobre o caso, cuja as investigações ficam a cargo da Polícia Civil.

Atualizado 29/10/2015 as 11h38min com informações do 1ºBPM




Atualizado 17h23min

Grupo explode carro-forte e faz vigilantes reféns; delegado e policiais civis baleados




O delegado foi baleado de raspão no ombro e no braço, e três policias civis foram atingidos no pescoço, ombro e abdômen. 

Dois helicópteros da Ciopaer foram acionados para dar apoio à perseguição dos criminosos e levar os policiais feridos ao IJFUm grupo de homens fortementearmados explodiuum carro-forteblindado e fez dois vigilantes reféns, no início da tarde desta quarta-feira, 28, na localidade Lagoa de São Miguel (distrito de Uruquê), no limite entre os municípios de Quixadá e Quixeramobim, 206, 1 km de Fortaleza.

A Polícia chegou no local dez minutos após o ataque, e o delegado Salviano de Pádua, além de três policiais civis, foram baleados no confronto. A viatura foi atingida por cerca de 37 disparos.

Segundo Humberto Monteiro, da PM de Quixeramobim, o confronto ocorreu por volta das 12 horas, e os criminosos fugiram em três carros.

Informações de policiais dão conta que os veículos foram abandonados e que uma das pessoas pertencentes ao grupo que atacou o carro-forte e o carro dos policiais está provavelmente morta. O delegado Pádua - titular da Polícia Civil de Quixeramobim - e os policiais civis, dois deles identificados como Emerson Pereira e Renato Cosmo, foram encaminhados ao Intituto Doutor José Frota (IJF), em Fortaleza.

Pádua foi baleado de raspão no ombro e no braço, mas passa bem, conforme informações da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). Os três outros policiais civis foram baleados no pescoço, braço e no abdômen. Emerson foi ferido por estilhaços e, assim como Renato, está no IJF. Ambos chegaram, no decorrer da tarde, em helicópteros da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer). O delegado e o outro policial civil devem chegar ao hospital em ambulâncias."A quantia levada ainda não foi revelada. Os criminosos estavam fortemente armados, por isso foi preciso reforçar o policiamento", detalha Humberto. Foram acionados os policiais militares dos destacamentos de Boa Viagem, Senador Pompeu, Banabuiú, Choró, Ibaratema, Madalena, além de Quixadá. Os suspeitos fugiram em três veículos, um EcoSport prata, uma Hillux pata e uma L200branca, de acordo com a Polícia Rodoviária Federal.

O Povo Online


Governo investiga Claro, Oi, TIM e Telefônica Vivo por infrações ao consumidor


O Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC), órgão da Secretaria Nacional do Consumidor do Ministério da Justiça, instaurou processos administrativos contra as operadoras de telefonia Claro, Oi Telefônica, TIM Brasil Serviços e Participações e Telefônica Vivo Brasil para investigar supostas infrações ao Código de Defesa do Consumidor.

As empresas foram notificadas por meio de despachos publicados no Diário Oficial da União (DOU) desta quarta-feira, 28. Os documentos não descrevem as condutas irregulares que as operadoras teriam praticado, mas o DPDC deve divulgar ainda hoje o teor das denúncias. As empresas têm 10 dias para apresentar defesa.

ESTADÃO conteúdo


Processo contra Cunha na Câmara começa a tramitar no início de novembro


O processo contra o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), começa a tramitar no Conselho de Ética a partir do próximo dia 3. O presidente do colegiado, deputado José Carlos Araújo (PSD-BA), disse, nesta quarta-feira, 28, que o prazo para que a Mesa Diretora encaminhe a representação terminou às 19h de ontem e ele aguarda até o final do dia de hoje para receber o documento. A Mesa tem reunião marcada para o meio-dia e Cunha, que preside as discussões, já antecipou que vai pedir para que outro parlamentar assuma o comando do encontro, quando o tema for colocado em pauta.

O processo enviado para a Mesa no último dia 14 teria de ser devolvido, após três sessões ordinárias. Inicialmente, Araújo esperava começar o andamento ontem, mas como ao longo de outubro a Câmara teve diversas sessões extraordinárias, as três ordinárias só foram concluídas ontem.

No Conselho de Ética, o processo pode durar até 90 dias, mas Araújo acredita que o resultado pode sair ainda este ano. “Depende do relator. Se conseguir concluir antes, o parecer será apresentado antes. O relator tem liberdade para ouvir testemunhas, acessar documentos, ouvir entidades, bancos”, explicou.

Tão logo o processo contra Cunha seja aberto, o relator será escolhido a partir de uma lista tríplice sorteada entre os 21 integrantes do conselho, que não podem ser do mesmo estado de Cunha, nem do mesmo partido. Por esta regra, ficam excluídos o correligionário Mauro Lopes (PMDB-MG) e o conterrâneo Washington Reis (PMDB-RJ). Com relator definido, Cunha será notificado e terá dez dias para apresentar defesa.

A representação contra o presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), apresentada pelo PSOL e pela Rede, no último dia 13, foi assinada por cerca de 50 parlamentares de sete partidos (PSOL, Rede, PT, PSB, PROS, PPS e PMDB). As duas legendas defendem a cassação do mandato de Cunha por quebra de decoro parlamentar em função das denúncias de que o peemedebista, sua mulher e filha têm contas na Suíça que não foram declaradas e seriam mantidas com dinheiro fruto do pagamento de propina em contratos da Petrobras, investigados na Operação Lava Jato.

Araújo voltou a afirmar que todo o processo seguirá com isenção. “Não falo com Cunha há bastante tempo, desde que o processo começou”, garantiu, completando que o peemedebista receberá o tratamento dado a qualquer parlamentar. “É um deputado como os outros 513. Esta é uma Casa de iguais. Por um acaso ele está como presidente, mas é um deputado como outros”, afirmou.

Impeachment
Ao chegar à Câmara, Cunha não falou sobre o assunto. Perguntado sobre o parecer do novo pedido de impeachment contra a presidenta Dilma Rousseff, Eduardo Cunha reafirmou que a análise ainda não foi concluída, desmentindo a manchete de alguns jornais de hoje, que divulgaram que o documento já estaria pronto. O peemedebista classificou a notícia como “fofoca”.

Um grupo de manifestantes da Aliança Nacional dos Movimentos Democráticos que estava na entrada da presidência, no Salão Verde, lançando um movimento a favor da petição apresentada pela oposição na última semana, aproveitou a passagem de Cunha para entoar gritos de guerra “Acholhe” e “Fora Dilma”.

A petição que aguarda decisão de Cunha foi assinada pelos juristas Hélio Bicudo, ex-integrante do PT, Miguel Reale Júnior, ex-ministro da Justiça no governo Fernando Henrique, Janaína Conceição Paschoal e de partidos contrários ao governo também tem o apoio de movimentos sociais.

Agência Brasil


Mulher é assassinada a pauladas

Uma mulher de 34 anos foi assassinada pelo marido a pauladas, na manhã dessa terça-feira, 27, no Sítio Aroeira, em Jaguaretama, 239,1 km de Fortaleza. Francisco Antônio Cunha Saraiva, 34, foi detido em seguida por familiares até a chegada da Polícia Militar. Ele foi autuado por feminicídio e está preso na cadeia do município. 

Segundo a Polícia Civil, o crime ocorreu por volta das 5h30min, e o corpo de Maria Leonice da Silva foi encontrado a cerca de 30 metros da residência do pai de Francisco Antônio, onde o casal estava morando. Os dois estavam juntos há dois anos e não tiveram filhos, mas Leonice era mãe de duas crianças de um relacionamento anterior. 

A agressão contra a mulher ocorreu após discussão, segundo informações colhidas pela Polícia. Quando os policiais chegaram no local, Francisco estava amarrado e foi entregue pelo pai e primo dele.

"A vítima saiu correndo nessa discussão e acabou sendo morta com golpes de pau. O depoimento dele ainda não foi colhido porque apresentou sinais de insanidade", relatou o escrivão Luís Cláudio, da Polícia Civil de Jaguaretama. 

Lei
A Lei do Feminicídio, instaurada no início do ano, transforma homicídio contra mulheres por razões de gênero em crime qualificado. Entre o ano 2000 e 2010, 43,7 mil mulheres foram assassinadas no Brasil, segundo dados da Secretaria de Políticas para as Mulheres, da Presidência da República . Mais de 40% das vítimas foram assassinadas dentro de casa, muitas pelos companheiros ou ex-companheiros.

O Povo Online

PM's destaques do RONDA são homenageados em Russas

Da esquerda para a direita: Tenente Lealdo, Sargento Uchôa, Sd Aurenir, Cb Santiago, Sd Regis, Sd Gerardo e Major Queiros


Na manhã desta quarta-feira, 28, aconteceu no Centro Vocacional Tecnológico de Russas (CVT) uma solenidade de valorização aos policiais que se destacaram nos meses de Julho, Agosto a Setembro entre os Policiais do Ronda , foram homenageados na área Operacional, os 3 melhores: 1º - Cb. Santiago, 2º - Sd. Aurenir, e 3º - Sd. Regis, quem cumpriram com maior eficiência e exatidão os seus serviços. Na área administrativa o destaque ficou para o Sd. Gerardo que recebeu muitos elogios do Tenente Lealdo, comandante do Ronda do Quarteirão em Russas pelo compromisso e trabalhos seus prestados com responsabilidade na área administrativa da Polícia. na área comutaria o Sgt. Uchôa foi o que teve seu trabalho reconhecido dentre os companheiros. Ao todo 10 policiais foram destaque e receberam certificados.

Sd. Aurenir, Cb Santiago e Sd Regis destaques Operacional
 A solenidade contou ainda com a presença do Comandante do 1ºBPM Major Jair Queiros que em um discurso breve fez questão de enaltecer o trabalho do efetivo em que está a pouco mais de 4 meses a frente, do Tenente Lealdo como foi citado logo acima e quem esteve a frente da solenidade, do Cabo da PM e Radialista Jiannino Diangeles, além de esposas e familiares dos PM's destaque, e da imprensa, com presença do Radialista Erivando Lima.

Além do reconhecimento pelo trabalho feito dos seus companheiros de trabalho, alguns dos PM's foram gratificados com brindes e honrarias por não sofrer nenhuma sanção administrativa em 5 e até dez anos em dados divulgados pelo Estado.

Ao final da Solenidade foi dada a liberdade para que alguns pudessem vir a frente fazer uso da palavra e agradecer aos demais ali presentes. Tenente Lealdo orou e todos rezaram Um Pai Nosso.