-->

30 de setembro de 2014

Desembargadores cearenses podem ser afastados por venda de sentenças


A corregedora do Conselho Nacional de Justiça(CNJ), ministra Nancy Aldrighi, passou toda a última semana no Ceará. Aqui, deflagrou uma operação para investigar a venda de sentenças no Tribunal de Justiça do Estado. 

De acordo com com o “Blog do Mino”, há fortes indícios contra dois desembargadores e também a participação de juízes e advogados. 

A corregedora levou para apurar essas fraudes dez juízes de Brasília. O presidente do Tribunal de Justiça do Ceará, desembargador Gerardo Brígido, declarou que sua posição é colaborar para moralizar o Judiciário do Ceará. 

Nos bastidores do CNJ é dado como certa a punição de desembargadores que agiam para beneficiar até mesmo traficantes em plantões de fins de semana.

Fonte: Blog do Mino.