-->

3 de junho de 2016

WhatsApp mudará e terá convite para entrar em grupos

WhatsApp deve investir em recurso para facilitar entrada de novos membros em grupos de conversa

Segundo o site alemão Windows United.DE, o WhatsApp deve imitar função do Telegram, seu principal rival em um futuro próximo: o uso de convites para incluir pessoas em grupos de conversa. Ainda de acordo com a publicação, a novidade deve chegar primeiro na versão de testes do app para celulares com Windows Phone e depois em Android e iOs.

Atualmente, para um usuário da ferramenta adicionar uma pessoa em um grupo precisa adicioná-lo em sua agenda e depois depois incluí-la manualmente na conversa.

Com esse recurso, bastaria enviar um link do grupo para o futuro membro e ele poderia entrar por conta própria. O link pode ser compartilhado de qualquer forma, como por e-mail ou atráves do Facebook Messenger. O administrador do grupo poderia ainda revogar a validade do link a qualquer momento.

O Facebook, dono do WhatsApp, não se pronunciou sobre o assunto. Não há nenhuma data para o início do uso do recurso.

Diário do Nordeste

Bandidos rendem clientes e fazem assalto dentro do Bradesco de Morada Nova

Clientes que estavam na fila dos caixas, foram rendidos (Fotos: VC Repórter)

Morada Nova. Cerca de cinco homens fortemente armados invadiram a agência do Bradesco desta cidade, que fica situada na rua coronel José Ambrósio, no Centro. Segundo informações de populares, o grupo chegou ao local e recolheu o dinheiro das pessoas que estavam na fila do caixa eletrônico. Ninguém ficou ferido.

A ação ocorreu por volta de uma da tarde desta sexta-feira (3). Segundo os clientes, tudo ocorreu muito rápido. Eles esperavam na fila para realizar depósitos e saques, quando foram rendidos. Segundo informou um funcionário de uma empresa que trabalha próximo à agência, houve correria e pânico por parte de comerciantes próximos à agência.

Há informações de que funcionários do banco também teriam sido rendidos, mas ela ainda não foi confirmada. A Polícia ainda não sabe informar que armas os criminosos usavam.

Ao fim da ação, os assaltante usaram um veiculo modelo Voyage de cor branca, e fugiram pela estrada que leva ao município de Ibicuitinga.

Equipes de Polícia da cidade fazem buscas, neste momento, a fim de fechar um cerco e prender os criminosos.

A ação em Morada Nova contabiliza a o 25º ataque a banco no Estado só neste ano, por meio de explosivos, tentativas de arrombamento e ataques a carros-fortes, segundo informa o Sindicato dos Bancários do Ceará. O último foi registrado na cidade de Monsenhor Tabosa, na madrugada da última quinta-feira (2).


Ainda de acordo com dados do sindicato, contadas as saidinhas bancárias e ataques a carros fortes, foram 34 ataques em 2016 em todo o Estado.

Diário do Nordeste

Tiroteio termina com dois feridos e uma criança morta, em Aquiraz


Um tiroteio no Novo Iguape, Aquiraz, na noite de quinta-feira (02), resultou na morte de uma criança de 1 ano e 9 meses e terminou com outras duas pessoas baleadas. Segundo informações da Polícia Militar, dois homens em uma moto passaram por uma rua do bairro e realizaram vários disparos com o objetivo de matar uma pessoa que seria rival da dupla. A ação teria sido em represália à morte de um traficante da região, há cerca de um mês.

Durante o tiroteio, a criança de um 1 ano e nove meses, identificada como Analice de Oliveira, foi atingida na axila direita. Ela e os dois homens baleados, José de Sousa Alencar, de 24 anos, e Cleíson Menezes da Silva, de 18 anos, foram encaminhados ao Hospital Municipal de Aquiraz.

Ana Luiza morreu ao receber atendimento médico. Os dois adultos feridos foram transferidos, em estado grave, para o Instituto Doutor José Frota (IJF),  em Fortaleza. Ainda na noite de quinta-feira, equipes da Força Tática de Apoio do Ceará (FTA) da 1ª Companhia do 15º Batalhão da Polícia Militar realizaram buscas pelos suspeitos do crime.

Os dois homens acusados do atentado, um adolescente de 17 anos, e Lucas Menezes de Sousa, de 22 anos, foram detidos na Praia do Barro Preto, também em Aquiraz. A dupla foi reconhecida pelo pai da criança que morreu no tiroteio e levada para a Delegacia Metropolitana de Eusébio (DME). 

Diário do Nordeste

Dois recém-nascidos são encontrados mortos em lixão

Dois recém-nascidos foram encontrados mortos dentro de um saco, na tarde da última quinta-feira (2), em Baturité (100Km de Fortaleza). Segundo informações dos militares da 2ªCia do 4ºBPM, as crianças apresentavam sinais de violência e já estavam em estado de putrefação quando foram achadas.

O sargento Silvino, destacado em Baturité, disse que uma pessoa ligou para a PM denunciando os dois corpos abandonados em um lixão e a Polícia foi ao local checar a informação. “O lixão fica afastado da Cidade, em um lugar sem movimentação. A pessoa que ligou disse que eram fetos, porém quando os policiais chegaram lá perceberam que já eram crianças formadas. Uma delas estava em avançada decomposição”, afirmou. 

Até o momento ninguém foi preso por envolvimento com o caso. “Não encontramos testemunhas. Ninguém viu quem deixou as crianças lá, nem quando aconteceu”, afirmou o sargento. As investigações do fato ficarão a cargo da Delegacia Regional de Baturité. 

Diário do Nordeste

Presos que superlotavam as celas da delegacia de Russas são transferidos


Por ordem do secretário da Justiça e Cidadania (SEJUS), o advogado Hélio Leitão, foi assinada a transferência dos presos que superlotavam as celas da delegacia de Russas, e através da Comissão de direitos humanos da OAB, a Policia Civil conseguiu a retirada dos presos para as cadeias públicas das cidades vizinhas de Jaguaruana e Quixeré na manhã desta sexta-feira, dia 03. 

Presos transferidos para outras cidades

A situação ocorre devido o juiz Lucas Sobreira de Barros Fonseca, em respondência pela 1ª Vara da Comarca de Russas, que proibiu a entrada de novos presos na Cadeia Pública do Município no último dia 17/05, com o objetivo de controlar a entrada de detentos, manter a ordem, a segurança e o regular funcionamento do estabelecimento prisional. Que resultou na superlotação também da Delegacia Regional que vem recebendo todos os custodiados que deveriam estar no sistema penitenciário.


Governo Temer vai propor mudanças nas leis trabalhistas até o final do ano

Dyogo Oliveira, Eliseu Padilha e Torquato Jardim em coletiva ontem no Palácio do Planalto

O Governo interino de Michel Temer vai propor até o final do ano mudanças na Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT). Ontem o ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, afirmou que, apesar da sinalização, não há uma proposta pronta a ser apresentada. Ele também afirmou que a reforma da Previdência deve ser aprovada até o final de 2016.

“Se a Constituição é mudada aqui da forma que muda, por que não pode mudar a CLT?”, disse Padilha, em entrevista à agência de notícias Reuters. Ele também informou que o Governo pretende negociar com os trabalhadores e “construir alternativas”. De acordo com o ministro, algumas regras ainda dificultam a contratação de empregados.

A CLT estabeleceu a jornada de oito horas, a previsão de férias, salário mínimo, 13º salário, entre outras normas que regem até hoje os contratos de trabalho, apesar de ter sido atualizada. O ministro defende, no entanto, alternativas para se facilitar e diminuir custos da contratação de pessoal.

Previdência

As mudanças na Previdência devem ter uma proposta pronta para ser enviada ao Congresso em até 45 dias. “Se andarmos com velocidade, a meta é aprovarmos este ano e terá efeito ano que vem”, garantiu Padilha.

Ambas as reformas (trabalhista e previdenciária) insiste serão feitas de maneira conjunta com as centrais sindicais. “A ideia é aprovar as duas até o final do ano para entrar no ano novo com uma nova perspectiva”, disse.

No entanto, em todas as reuniões, os representantes dos trabalhadores insistem que não admitem atingir quem já está no mercado de trabalho. Qualquer reforma que possa ter efeito já em 2017 terá que incluir mudanças nas regras atuais, e não apenas para trabalhadores futuros. “Temos que chegar na sustentabilidade. O esforço será inversamente proporcional ao prazo em que chegará na sustentabilidade”, afirmou.

Déficit

Apesar do déficit fiscal de 170,5 bilhões de reais, Padilha se mostra otimista na mudança do cenário. A marca negativa pode ser zerada até o final de 2017 ou início de 2018.

“Se fizermos só com gestão, que é o que estamos imaginando, esse tempo pode chegar em 2018, fim de 2017. E se fizermos um imposto temporário para encurtar esse tempo? É algo que a sociedade precisa discutir. Mas o Governo não planeja tomar essa iniciativa.”

Alterações no esquema tributário, explicou o ministro, podem ser feitas pontualmente, como a questão da equalização da cobrança de ICMS pelos Estados para acabar com a guerra fiscal. Aumento de impostos, no entanto, estaria “em suspenso”.

NÚMEROS

170 bi

de reais é o déficit fiscal do Governo, que segundo Padilha deve ser zerado até 2018

O Povo Online

Camilo diz que reajuste concedidos aos servidores foi irresponsável


O governador Camilo Santana (PT) chamou de “irresponsabilidade” o reajuste dos servidores enviado ao Congresso pelo governo do presidente em exercício Michel Temer (PMDB) e aprovado na madrugada de ontem.

“Vai ser um efeito cascata nos Estados. Tem Estados que estão parcelando salários e não pagando aposentados. Um governo que se propõe a fazer redução de gastos e dar um aumento do porte que foi dado, e sem dialogar com os Estados, eu acho uma irresponsabilidade muito grande”, afirmou Camilo.


A Câmara aprovou o reajuste salarial de 14 categorias de servidores federais. Pelo menos cinco delas já haviam negociado reajuste com a presidente afastada Dilma Rousseff (PT). O pacote foi apresentado duas semanas após anúncio de rombo de R$ 170 bilhões no orçamento. O impacto total nas contas pode girar em torno de R$ 60 bilhões nos próximos quatro anos.

Junto ao pacote de bondades do governo e em meio a uma crise política, com anúncios e recuos em poucas semanas, há um movimento de Temer e do PMDB no Senado para acelerar o julgamento do impeachment.

Câmara

Embora apoiem as medidas de ajuste fiscal, deputados governistas trabalharam pela aprovação do aumento dos servidores, gerando crescimento de despesa para os próximos anos.

No Ceará, há preocupação com o reajuste do teto do funcionalismo público federal, que gera efeito cascata. “A medida (reajuste) preocupa porque aumenta o gasto de caixa de pessoal no momento difícil de arrecadação. 

Até amanhã (hoje) a gente deve finalizar um levantamento do impacto no Ceará”, disse o titular da Secretário do Planejamento e Gestão, Hugo Figueiredo. De acordo com ele, as próximas decisões serão baseadas, consequentemente, nessa nova realidade orçamentária.

Especialista em economia, o professor Ricardo Coimbra avalia que a decisão de Temer de abrir o caixa do governo neste momento de tensão por causa da Operação Lava Jato “é um mecanismo mais politico do que de zelo pelo gasto público”. 

Para o pesquisador, há contradição no discurso do Palácio do Planalto quando anuncia aumento de despesas em contexto de contenção de gastos. “O governo mostrou que tinha um rombo e, no momento seguinte, gera aumentos bem significativos para todos os níveis”, critica.

Ex-líder do governo Dilma, o deputado federal José Guimarães (PT) afirmou que os reajustes negociados no governo do PT estavam previstos no orçamento de 2016. 

No entanto, a despesa foi acrescida de outros pontos adicionados pela gestão interina de Temer. 

Base do governo, o deputado Danilo Forte (PSB) nega contradição. Segundo ele, o aumento no salário de servidores deve funcionar como um indutor na economia brasileira. (colaborou Eliomar de Lima)

NÚMEROS

R$ 60bi

valor previsto de impacto nas contas públicas nos próximos quatro anos

Saiba mais

Os deputados aprovaram também a Desvinculação de Receitas da União (DRU), que amplia e prorroga até 2023 o mecanismo que permite à União gastar livremente parte de sua arrecadação.

O percentual aprovado foi de 20% até 2015. O governo propôs elevá-lo para 30% até 2023.


O deputado Arnon Bezerra (PTB) defendeu a medida de Michel Temer como uma “necessidade” de governo federal.

O Povo Online

Mãe é suspeita de agredir filha de um ano e sete meses em Quixadá

Polícia investiga criança agredida pela
mãe em Quixadá, no interior
do CE (Foto: Arquivo pessoal)

Uma mãe é suspeita de agredira filha de um ano e sete meses no Bairro Campo Novo, no município de Quixadá, interior do Ceará. As marcas da agressão foram filmadas por um dos familiares, que denunciou o caso à polícia e ao Conselho Tutelar da cidade.

Nas imagens em vídeo que circulam em redes sociais é possível ver a menina chorando bastante e com manchas vermelhas nas costas. Segundo um dos familiares, a mãe havia batido diversas vezes na criança.

Uma das tias da menina, que preferiu não se identificar, diz que as agressões ocorrem frequentemente. "Ela (mãe) bate muito na criança. Elas passam dificuldades, moram só e o pai da menina está preso. Nossa família está ajudando como pode", disse.

O conselho tutelar foi chamado à casa da mulher e passou a acompanhar o caso. De acordo com a tia da criança, após a vinda dos conselheiros a mulher sumiu com a menina.

A mãe retornou com a criança nesta quinta-feira (2). Um dos conselheiros tutelares informou que a criança foi levada ao Instituto Médico Legal (IML), onde foi submetida a exames de corpo de delito.


O conselho comunicou que está prestando assistência à mãe e à menina. Um boletim de ocorrência foi registrado na Delegacia de Defesa da Mulher de Quixadá, que passou a investigar o ocorrido.

Diário do Nordeste

Camilo Santana pede a ministério nova frota da Força de Segurança

Camilo Santana e o ministro Alexandre de Moraes, em reunião em Brasília (Foto: Isaac Amorim/Ministério da Justiça)

O governador do Ceará, Camilo Santana (PT), em reunião com o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, solicitou recursos para a recuperação dos presídios no estado e mais homens da Força Nacional de Segurança. O encontro aconteceu em Brasília nesta quarta-feira (1º). Camilo pediu ainda a permanência da tropa no estado além do prazo já estimado de 15 dias.

Os pedidos estão sob análise do ministério da Justiça, segundo informou o governo estadual. Mais de 100 agentes estão no Ceará há uma semana, a pedido do governador, devido ao agravamento da situação no sistema penitenciário cearense.

Nesta quarta-feira, o secretário da Justiça e Cidadania, Hélio Leitão, declarou que 120 dias é o prazo máximo para a recuperação das unidades prisionais destruídas durante as rebeliões que ocorreram no fim de semana de 21 e 22 de maio. A informação foi repassada durante audiência pública na Assembleia Legislativa do Ceará.

Recuperação

O custo da recuperação de cada unidade é de R$ 1,5 milhão, considerando apenas a estrutura física. Neste cálculo não estão incluídos custos com vigilância eletrônica, laboratórios odontológicos e consultorios médicos, por exemplo.


No total, 49 presos fugiram, 25 foram recapturados e 24 permanecem foragidos desde o início da crise. A Sejus confirmou a morte de 18 presos durante as rebeliões ocorridas nos presídios cearenses no fim de semana.

Diário do Nordeste

Dividido, Supremo adia julgamento que pode proibir as vaquejadas


Um pedido de vista (mais tempo para análise) do ministro Dias Toffoli interrompeu pela segunda vez nesta quinta-feira (2) julgamento do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre a constitucionalidade da vaquejada, tradição cultural nordestina na qual um boi é solto em uma pista e dois vaqueiros montados a cavalo tentam derrubá-lo pela calda.

O tribunal analisa uma lei do Ceará que regulamenta a vaquejada no estado. O resultado desse julgamento se aplicará somente à realização desse evento no Ceará, mas abrirá caminho para proibições em outros estados. Até está quinta, quatro ministros votaram a favor de permitir a vaquejada: Luiz Fachin, Teori Zavascki, Gilmar Mendes e Luiz Fux.

Outros quatro votaram por declarar a lei inconstitucional: Marco Aurélio Mello, Luís Roberto Barroso, Rosa Weber e Celso de Mello. Faltam os votos dos ministros Dias Toffoli, Ricardo Lewandowski e Cármen Lúcia.

Os ministros analisam uma Ação Direta de Inconstitucionalidade apresentada pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, que visa derrubar lei estadual do Ceará sob o argumento de que a vaquejada, inicialmente associada à produção agrícola, passou a ser explorada como esporte, e que laudos técnicos comprovariam danos aos animais.

Ministros contrários à vaquejada Janot diz que, no evento, os animais são enclausurados antes do momento de entrar na pista. Enquanto aguardam, são “açoitados e instigados”. O procurador alega ainda que os cavalos utilizados pelos vaqueiros podem sofrer lesões decorrentes do esforço físico.

Além disso, conforme a ação da PGR, o gesto brusco de tracionar e torcer a calda do boi, bem como o tombamento, podem causar danos aos animais. O julgamento do pedido do procurador teve início em agosto do ano passado, mas foi interrompido, naquela época, por um pedido de vista (mais tempo para analisar o caso) do ministro Luís Roberto Barroso.

Nesta quinta, Barroso trouxe seu voto ao plenário e defendeu o fim das vaquejadas. Em seu voto, ele alegou que é preciso garantir aos animais o direito de não sofrer dor. “Não tenho dúvida de que [na vaquejada] há imenso sofrimento, imensa crueldade, por simples desfastio de entretenimento”, afirmou o ministro.

'Crueldade' Barroso ponderou que a posição de vetar a vaquejada poderá provocar danos comerciais, mas destacou que se sentiria pior se permitisse a continuação da atividade. “Reconheço que é uma atividade esportiva e cultural com importante repercussão econômica em muitos estados, sobretudo na região Nordeste. Não me é indiferente este fato e lastimo o impacto que minha posição produz sobre pessoas e entidades dedicadas a essa atividade”, disse. “No entanto esse sentimento não é superior ao sentimento de garantir a continuação de uma prática que submete animais à crueldade. Uma prática de entretenimento, desportiva, comercial. Se os animais possuem algum interesse, esse interesse é de não sofrer”, completou.

O relator da ação, ministro Marco Aurélio Mello já havia votado pela inconstitucionalidade da vaquejada. Ele destacou que, de um lado, o art. 215 da Constituição Federal, garante a todos o pleno exercício dos direitos culturais. De outro, o art. 225 da Constituição, assegura a proteção ao meio ambiente.

Marco Aurélio sustentou que, embora haja princípios constitucionais conflitantes no caso, “a crueldade intrínseca à vaquejada não permite a prevalência do valor cultural como resultado desejado”.

Ministros favoráveis à vaquejada Já os ministros Luiz Edson Fachin, Luiz Fux, Teori Zavascki e Gilmar Mendes defenderam que a vaquejada é uma manifestação cultural que deve ser garantida.

“É preciso despir-se de eventual visão unilateral de uma sociedade eminentemente urbana com produção e acesso a outras manifestações culturais, para se alargar o olhar e alcançar essa outra realidade. Sendo a vaquejada manifestação cultural, encontra proteção expressa na Constituição”, sustentou Fachin, ao proferir voto no ano passado.

Para o ministro, “não há razão para se proibir o evento e a competição, que reproduzem e avaliam tecnicamente atividade de captura própria de trabalho de vaqueiros e peões desenvolvidos na zona rural desse país”. “Tal atividade constitui-se modo de criar, fazer e viver da população sertaneja”, concluiu. Danos econômicos

Já Gilmar Mendes chamou a atenção para os danos econômicos que a proibição da vaquejada poderá provocar. "Estamos falando de 200 mil empregos. E a lei do Ceará visa exatamente que essa prática se dê com padrões civilizatórios", sustentou.

O ministro também comparou proibir a vaquejada à comercialização do foie gras. Para o ministro, é preciso estimular práticas que impeçam o sofrimento dos animais, mas não vetar uma manifestação cultural.

"Vamos estar colocando na clandestinidade uma prática de uma região do país que já é discriminada pelo subdesenvolvimento. Essa decisão não pode caminhar nesse sentido. A lei do Ceará faz um esforço no sentido de emprestar tratamento adequado", disse.

G1/CE

Greve dos professores estaduais completa 40 dias, mesmo ilegal

Os professores realizaram ontem novo protesto, na Secretaria da Educação, para pressionar pelo reajuste salarial da categoria ( FOTO: NATINHO RODRIGUES )

A greve dos professores da rede estadual completa hoje 40 dias. Embora o movimento tenha sido declarado ilegal pelo Tribunal de Justiça do Ceará (TJ-CE), no dia 6 de maio, os educadores mantêm a paralisação e ontem realizaram um protesto pelo reajuste salarial de 12,67% (10,67% de reposição da inflação de 2015 e 2% de ganho real). O ato ocorreu na sede da Secretaria da Educação do Estado (Seduc).

A manifestação foi programada em assembleia realizada no último dia 25. Na próxima quarta-feira (8), haverá nova assembleia geral da categoria, às 9h, no Ginásio Paulo Sarasate, conforme a assessoria de comunicação da Associação dos Professores de Estabelecimentos Oficiais Ceará (Sindicato-Apeoc).

Durante o ato, o secretário da Educação, Idilvan Alencar, recebeu uma comissão de representantes dos professores. No encontro, o titular apenas confirmou demandas já garantidas, como um pacote de investimentos de mais de R$ 140 milhões anunciado no dia 9 de maio, pelo governador Camilo Santana. A verba deve ser usada na infraestrutura das escolas (reformas e manutenção), alimentação escolar, aquisição de computadores, assim como notebooks para premiar os melhores alunos. O anúncio do reajuste deve ser feito pelo Governo do Estado neste início de junho.

Diálogo

Apesar da manutenção da greve, a Seduc informou que, das 709 escolas, mais de 400 funcionam normalmente. A Pasta declara que tem dialogado com representantes dos estudantes para acolher os pedidos em prol de melhorias na educação.

Além da paralisação dos professores, desde o dia 28 de abril, os alunos ocupam escolas por diversas regiões do Estado, sendo 42 na Capital e outras 17 no Interior. Os estudantes reivindicam melhorias como alimentação escolar, infraestrutura das escolas, equipamentos e a criação de um espaço permanente de diálogo. Os atos servem de apoio à greve dos professores.


Na próxima segunda-feira (6), conforme a Seduc, as escolas que aderiram à greve, mas voltaram às atividades, já começam a elaborar os calendários de reposição, garantindo o cumprimento dos 200 dias letivos aos quais os alunos têm direito. 

Diário do Nordeste

Quadrilha é presa por furto, receptação e porte ilegal de arma de fogo, em Beberibe


Nesta quinta-feira, dia 02, por volta das 09h20min, A PM recebeu informações que uma quadrilha composta por cinco indivíduos, vinham praticando diversos furtos e arrombamentos em vários bairros da cidade de Beberibe e que todos residiam no Bairro Sítio Lucas, sendo eles conhecidos por; “BAMBAM”, “BETIM”, “VALTIM”, “MÁRIO” e “MANIM”; e que  tais infratores utilizavam um carro e duas motocicletas para praticar tais crimes. Imediatamente os PM's foram ao local para verificar as informações recebidas. Que ao chegar lá, constataram a veracidade do fato, seguidamente, localizaram e prenderam quatro dos cincos indivíduos denunciados, sendo eles: VANDAVID DA SILVA BATISTA, vulgo “BAMBAM”, 19 anos, natural de Fortaleza-CE, residente em Beberibe; MARIO DA SILVA FALCÃO, 19 anos natural de Beberibe-CE, residente em Beberibe; JOSÉ JOSELI BEZERRA DA SILVA, vulgo “MANIM”, 20 anos natural de Fortaleza-CE, residente em Beberibe; esses foram autuados em flagrante delito por furto; e por último VALTO NEY SALES DOS SANTOS, vulgo: “VALTIM”, 23 anos natural de Fortaleza-CE, residente em Beberibe; que foi autuado em flagrante nos Art. 180 do CPB e Art. 12 do Estatuto do Desarmamento, pois com ele foi apreendido um revólver de marca Taurus, calibre 38 Special, de acabamento oxidado e Nº1141358, com três munições calibre 38 intactas e vários objetos furtados, que estavam no interior de sua residência. 

Diante dos fatos, todos foram conduzidos a Delegacia de Local de Beberibe, onde foram apresentados à Autoridade Policial competente; juntamente com os seguintes objetos apreendidos: 01 barco veleiro artesanal de madeira, 02 aparadores de grama, 01 televisor 20”, 01 maleta para ferramentas, 01 filtro para piscina, 01 bomba d’água, 01 máquina esmeril, 01 empacotadeira elétrica, 01 extensão elétrica, 01 Serra industrial, 01 conversor digital, 01 Notebook, 06 aparelhos celular de marca Nokia, 01 celular de marca LG, 03 celulares brancos de marca Samsung, 01 celular branco de marca Nokia, 02 jogos infantis, 02 ventiladores, 01 aparelho DVD, 01 recipiente plástico contendo talheres, 01 conjunto de copos de vidro, 02 baldes plásticos contendo produtos alimentícios e roupas de cama e cerca de 290,00 (duzentos e noventa) reais em dinheiro. Além de tais objetos também foram apreendidos os seguintes veículos; um GM Celta de cor prata e placas; ARI-5056, c/chave da ignição e uma motocicleta Honda TITAN de cor preta e placa; HWZ-6655, s/chave de ignição. Foi informado que algumas vítimas dos referidos furtos compareceram a Delegacia Local de Beberibe. Tais vítimas prestaram depoimentos e reconheceram vários objetos furtados, como seus. Todas as informações contidas nesse relatório foram fornecidas pelos Policiais envolvidos na ocorrência.

Com Informações do 1ºBPM

Homem é assassinado na porta de casa, em Limoeiro do Norte


Nesta quinta-feira, dia 02, por volta das 08h20min, foi vítima de homicídio à bala a pessoa de Leôncio Matias de Sousa, 30 anos, o mesmo encontrava-se em frente a sua residência, quando dois elementos em uma motocicleta de características não anotadas chegaram e efetuaram vários disparos contra o mesmo, que veio a óbito no local, a PM foi ao local e adotou todas as providências legais.


Com Informações do 1ºBPM