-->

18 de agosto de 2014

Ex-vereador é condenado a devolver dinheiro à Câmara de Beberibe


O ex-vereador e atual secretário de Esportes do município de Beberibe, Lucivaldo Torres Sombra  (PP), mais conhecido como Lúcio da Coelce, foi condenado por receber, indevidamente, recursos da Câmara de Vereadores do Município. A decisão foi do juiz titular da Comarca de Beberibe, Whosemberg de Morais Ferreira. 

De acordo com o processo, Lúcio da Coelce teria afirmado, durante seu mandato, que morava no distrito de Sucatinga e que precisaria de R$ 200, por cada sessão da Câmara, para gastos com deslocamento. Porém o ex-secretário nunca morou no distrito e está sendo obrigado a devolver os valores recebidos.

Além disso, Lúcio teve seus direitos políticos cassados e está impedido de firmar qualquer contrato com a Prefeitura pelos próximos cinco anos. A denúncia que levou à condenação de Lúcio foi feita pelo popular Evaldo Carvalho de Almeida.

MAIS ENVOLVIDOS

Durante a sessão que condenou o ex-vereador, o juiz Whosemberg sugeriu que a investigação fosse estendida ao vereador Eduardo Lima (PT), presidente da Câmara na época. O juiz sugeriu que o então presidente sabia que o ex-vereador não morava em Sucatinga e poderia ser acusado de ser conivente com a fraude. Eduardo Lima está sendo cotado para reassumir a presidência nas eleições deste ano. 

A produção de jornalismo do portal Ceará News 7 entrou em contato com a atual presidência da Câmara de Beberibe, que se comprometeu em enviar uma nota sobre o caso, mas não se pronunciou até a publicação desta matéria. 



Fonte: Ceará News