-->

29 de junho de 2014

BEBERIBE-CE TENTATIVA DE HOMICÍDIO E MARIA DA PENHA



Ontem 28 06 2014 por volta das 01h00min, segundo oPermanente e Rádio Operador de Beberibe/CE, bem como dos PM’S que atenderam a ocorrência, sendo os policiais que estavam na RD 1299, que segundo os mesmos foram acionados pelo Hospital Municipal de Beberibe/CE, informando que a pessoa de Francisco Geison de Sousa Pereira, nascido em 05/03/1989, filho de Francisco de Oliveira Pereira e Cosminda Alves de Sousa, natural de Quixadá/CE, residente no Sítio Coqueiro, S/N, Estrada dos Caetano, Beberibe/CE, (QUE ESTE TAMBÉM FOI O LOCAL DA OCORRÊNCIA), que ele teria chegado, no Hospital de Beberibe/CE, numa Moto Tipo 150 Bros de cor Preta e Placa NUB-0249, de Fortaleza/CE, ano 2011, com uma Mulher na garupa da Moto, de nome Isolina dos Santos Freire, nascida em 23/06/1974, filha de José Matias dos Santos e Francisca Soares dos Santos, moradora, também, no mesmo endereço do acusado e da ocorrência, natural de Beberibe/CE, que segundo o policial a mesma estava lesionada com um tiro na cabeça, informando que seria sua esposa, que após uma discussão ela teria tentado lhe agredir com uma faca e ele para se defender, deu-lhe um tiro de Revolver Calibre 32, na cabeça, adianto que segundo o CB PM Filho, ás 03:20 ela foi conduzida para Fortaleza em Estado Grave, para o IJF, pelo Samu, VTR AR60, composta pela Dr. Cíntia, Enfermeira Carla e Socorrista Aroldo, apresentando Hemorragia, bem como Escorrimento da Massa Cefálica, adianto ainda que segundo os PM’S  ao serem acionados pelo Hospital de Beberibe/CE, por volta das 01:00 da Manhã, ao chegar no hospital, a pessoa de Francisco Geison, não se encontrava lá, que segundo os policiais, o mesmo teria saído para informar o ocorrido aos parentes da Vítima, que segundo os policiais o fato ocorreu por volta das 09:00, mas que somente foi dar entrada no Hospital por volta das 00:45, com um ferimento a Bala na Região Temporal lado Direito (CABEÇA), com risco de Morte, que o próprio acusado foi quem socorreu a vítima para o Hospital, que após suspeitas dos PM’S e algumas indagações dos policiais, foi confessado pelo acusado, que ele teria sido o autor do fato, sendo que até então, segundo os policiais da ocorrência, ele informara aos policiais, se tratar de um assalto, que após ter confessado o crime aos PM’S o mesmo foi quem entregou a Arma utilizada no crime, se tratando de um Revolver Calibre 32, da Marca Taurus, N° 735207, com capacidade para 06 Disparos, com 05 Munições Intactas e 01 Deflagrada, que logo em seguida o mesmo foi conduzido para a DPC de Aracati, onde foi feito procedimento de I.P. de N° 323/2014, por Tentativa de Homicídio