-->

13 de fevereiro de 2020

Quixadá CE plantão policial


MORADA NOVA PRISÃO POR TRÁFICO DE  DROGAS

Dia 12/02/2020, por volta das 14:30min  a VTR 9113 que receberam informação via 190, dando conta que um menor estaria em uma rua em frente ao campo de futebol do bairro PROURB, vendendo drogas ilícitas, o denunciante deu as características e a VTR se deslocou para o local e encontraram o elemento e feito a abordagem encontraram uma balança de precisão no bolso do short do mesmo. Os policiais perguntaram ao mesmo onde estaria a droga que ele estava vendendo o mesmo respondeu que a droga estaria com uma mulher e que ao chegarem na residência avistaram 02(duas) mulheres em frente da casa e resolveram abordá-las e avistaram uma mochila dentro da casa e ao abrir encontraram um pó branco envolto em um pedaço de plástico, um aparelho celular e uma quantia de R$ 184,00( cento e oitenta e quatro reais), indagada  pelos policias que material era aquele a mesma disse que era cocaína e seria para ser vendida por uma pessoa que a mesma não conhecia; que foi apreendido 25 g de substância análoga cocaína; que foram apresentados a Delegacia de Morada Nova

Fonte; PM CE

Enel foi multada em R$ 94 milhões nos últimos sete anos no Ceará

Em 2019, a companhia foi a que recebeu o maior número de reclamações de consumidores, por meio da Arce. Os principais assuntos reclamados dizem respeito à variação de consumo; erro de leitura e falta de energia elétrica.
A distribuição adequada de energia elétrica é um serviço básico prestado ao consumidor. Porém, nos últimos anos, o serviço vem sendo alvo de constantes reclamações. Fruto das denúncias, a Enel Distribuição do Ceará (Enel) foi multada em pouco mais de R$ 94 milhões nos últimos sete anos (2013 a 2019). A Agência Reguladora do Estado do Ceará (Arce) é a responsável pela regulação, controle e fiscalização do serviço no território cearense.

O órgão é conveniado à Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), autarquia federal vinculada ao Ministério de Minas e Energia, que julga e aplica as multas. No dia 15 de janeiro deste ano, o presidente do Conselho Diretor da Arce, Hélio Winston Leitão, se reuniu, em Brasília, com o diretor-presidente do órgão federal para cobrar uma "melhora rápida e efetiva no atendimento da concessionária (Enel) no Estado".

Os principais problemas encontrados se referem aos serviços de atendimento da Enel, porém, questões pontuais também são destacadas. "Nós observamos muitas denúncias de demora no atendimento nas lojas físicas, mas, em 2019 também tivemos a questão das contas duplicadas. Ou seja, são serviços básicos que precisam melhorar", ressalta o presidente do Conselho Diretor do órgão. "Já me reuni, também, com o presidente da Enel Ceará e coloquei de uma forma muito clara que a Arce não vai mais tolerar esse desrespeito à população".

Problema recorrente

Em 2019, a Enel foi a empresa acompanhada pela Arce com maior número de reclamações de usuários, segundo o último Relatório de Solicitações de Ouvidoria do órgão. Em maio do ano passado, a companhia foi submetida a avaliações de analistas da Agência Reguladora, que solicitaram a elaboração de um plano de ações a ser executado em 2020. O acompanhamento dos resultados para avaliar se as medidas que estão sendo cumpridas será realizado até setembro deste ano. "A Aneel está trabalhando com uma nova metodologia (regulação responsiva), onde a empresa apresenta ações efetivas de melhoria do serviço. Já estamos aplicando essa nova metodologia aqui no Estado", explica Winston Leitão. "Mesmo assim, eu fui até a Aneel e levei um relatório, mostramos que, nos últimos anos, está havendo uma piora dos dois principais indicadores da qualidade de energia no Estado". Os dois fatores levantados por ele são o DEC (Duração Equivalente de Interrupção por Unidade Consumidora) e FEC (Frequência Equivalente de Interrupção por Unidade Consumidora). O primeiro indica o número de horas, em média, que um consumidor fica sem energia elétrica durante determinado período (geralmente mensal). Já o segundo, corresponde à média de vezes em que houve interrupção na residência, comércio, indústria, etc. "São indicadores que precisam estar numa certa média. Aqui estão caindo", pontua Winston Leitão.

Prejuízos

A interrupção dos serviços de energia tem efeitos práticos na vida de Benito Soares, proprietário da Pousada do Luar, na comunidade de Lagoinha, em Paraipaba. "É um problema recorrente e quando chega o período de alta temporada, feriados, temos muitas quedas de energia devido ao aumento da demanda", lamenta. Segundo ele, é comum que aparelhos eletrodomésticos, como "televisores, liquidificadores, aparelhos de internet", por exemplo, sejam danificados por conta da interrupção no serviço.

"Há oito anos, tenho essa pousada e sempre acontece isso. Nós não temos uma semana com constância de energia", explica o empresário. No Réveillon deste ano, ele lembra que chegou a perder clientes pela falta do serviço. "Nós ficamos da noite do dia 30 até as 19 horas do dia 31 sem energia. Perdi R$ 1.200 só de um hóspede que foi embora, além do valor da irmã dele que ia se hospedar", reclama, ressaltando que o problema é recorrente. "Essa semana já teve uma nova interrupção". O problema vai além do prejuízo financeiro imediato. Para o proprietário, é "preciso avaliar o prejuízo moral". "Imagine se você vem, certo que vai passar o Réveillon aqui e quando chega não tem internet, não consegue dormir porque não tem ar-condicionado. As reclamações respingaram na praia de Lagoinha, na minha pousada, mesmo a culpa não sendo nossa".

A reportagem tentou contato com a Enel Distribuidora, que disse não ter recebido "informações necessárias para apurar a reclamação do cliente". A empresa esclarece, ainda, que "não tem registros de ocorrências na localidade".

Atendimento

Em 2019, mais de 10 mil usuários fizeram algum tipo de reclamação contra os serviços prestados pela Enel, segundo Relatório de Solicitações de Ouvidoria da Arce. As principais são com relação à variação de consumo; falta de energia; apresentação e entrega de fatura; cobrança indevida e erros de leitura. Em outubro, foi registrado o maior número de reclamações (1.481).

As medidas imediatas exigidas pela Arce são: aumento no quadro de atendentes dos postos; contratação de 25 estagiários em todo o Estado; aumento do horário de atendimento de 4h para 8h diárias (para algumas lojas); e abertura das lojas aos sábados, para atendimento exclusivo no segmento de recadastramento rural. Para este ano, estão previstas cinco fiscalizações, além do acompanhamento das ações em aberto. As datas serão definidas pela Agência Nacional de Energia Elétrica.

Autuações

Somente no ano passado, a Enel foi multada em R$ 6,4 milhões. O número é superior aos valores estipulados em 2018 (R$ 260 mil) e 2017 (R$ 5 milhões). Em relação ao valor aplicado em multas de 2013 a 2019, a Enel informou, em nota, que "cerca de 90% já foram encerradas e o restante está em andamento". Sobre o Plano de Resultados, exigido pela Arce, a companhia disse estar "trabalhando em ações para a melhoria dos processos e dos indicadores e será apresentado o relatório final após o fechamento do plano".
(Diário do Nordeste)

Casas a venda na cidade de Russas CE


A imagem pode conter: casa, céu, nuvem e atividades ao ar livreUm prédio onde estar construído duas casas na rua Ocion Lopes da Silveira 341, bairro Várzea Alegre, estar a venda.


Os interessados procurar a senhora Luzanira Costa no telefone 88 9 9418 9356
A imagem pode conter: céu, nuvem e atividades ao ar livre
A imagem pode conter: atividades ao ar livre
Blog; Erivando Lima


Russas CE plantão policial


ARACATI ROUBO Á PESSOAS

No centro da cidade de Aracati, duas pessoas foram vítimas de roubo, onde 02 (dois) indivíduos armados, chegaram e abordaram, vindo a subtrair 02 (dois) aparelhos celulares e a importância de R$500,00 reais, além de documentos pessoais, em seguida fugiram.

RUSSAS VEICULO INCENDIADO

Por volta 12h, na localidade de Ilhota, zona rural de Russas, uma motocicleta foi totalmente incendiada, trata-se de uma moto CG Titan 150, azul, 2008, placa HYQ-8886, onde seu proprietário reside na localidade de Barro Vermelho, zona rural de Russas, havia registro de roubo contra a referida motocicleta.

JAGUARIBE ACIDENTE DE TRÂNSITO COM VÍTIMA FATAL

Por volta das 18h50min, no Bairro Nova Brasília em Jaguaribe, aconteceu um acidente de trânsito com vítima fatal, onde um veículo não identificado atropelou um senhor de 63 anos, o qual foi socorrido para a UPA, mas não resistiu e veio a falecer. 


Fonte; PM CE