-->

26 de abril de 2018

Sabadão do brega de volta na progresso 1140

O programa sábadâo do brega está de volta no próximo dia 5 de Maio ( Sábado ) na radio progresso de  Russas, o programa vai ao ar de 8h as 10h e tem apresentação de Erivando Lima. Ainda a participação de vários personagens entre eles; Reginaldo da roça, o delegado cavalgada, o intoxicado e outros. você poderá participar do programa pelos telefones. 88 9 9321 8904 - 88 9 9648 1928 Wat zappe

Blog; Erivando Lima


24 mil ingressos vendidos antecipadamente para Ceará x Flamengo


torcida

Jogo no Castelão é válido pela 3ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro

Faltando 3 dias para a partida, cresceu ainda mais a procura de ingressos para Ceará X Flamengo, válido pela 3ª rodada do Brasileirão da Série A, no Castelão. Até o início da tarde desta quinta-feira (26), 24.363 entradas foram comercializadas, parcial informada pela Assessoria de Imprensa do Ceará às 18 horas..

A assessoria de comunicação do Vovô confirmou que não há mais ingressos disponíveis para a torcida visitante desde quarta-feira (25), quando foram vendidas cerca de 8 mil entradas, carga disponibilizada para os rubro-negros. Com cerca de 6 mil lugares indisponíveis para separação dos setores do estádio e das torcidas, o total de ingressos será de 52 mil. Como diante do São Paulo no último domingo, cerca de 10 mil sócios torcedores do Ceará foram ao estádio, a diretoria do clube considera que 41 mil ingressos estão disponíveis para a venda.

O Ceará busca a sua primeira vitória na Série A. Já o Flamengo tenta sequência de pontos, após vencer o América/MG na última rodada. O time carioca jogou na quarta-feira (25) à noite pela Taça Libertadores 2018, contra o Independente Santa Fé, na Colômbia e empatou em 0 a 0, placar que resultou em protestos da torcida no retorno para o Rio de Janeiro. 

Confira informações gerais de venda de ingressos

ACESSO TORCIDA DO CEARÁ

- Cadeira superior norte (Portões: R, P e N) e central (Portões: L e J): R$ 50,00 (inteira) e R$ 25,00 (meia)

- Cadeira inferior norte (Portões: O e M) e central (Portões: K e I): R$ 60,00 (inteira) e R$ 30,00 (meia)

- Cadeira premium (Portão A1): R$ 140,00 (inteira) e R$ 70,00 (meia)

- Cadeira especial (Portão A2): R$ 80,00 (inteira) e R$ 40,00 (meia)

ACESSO TORCIDA VISITANTE:

- Cadeira inferior sul (Portões: C e E): R$ 80,00 (inteira) e R$ 40,00 (meia)

- Cadeira superior sul (Portões: B e D): R$ 80,00 (inteira) e R$ 40,00 (meia)

GRATUIDADES:

-As gratuidades infantis são LIMITADAS para crianças com 12 anos incompletos. O responsável pelo menor deverá comparecer em uma das Lojas Oficiais (exceto a filial do Centro), portando qualquer documento que comprove a idade da criança. Além disso, o responsável deverá garantir também sua entrada para a partida. 

-As gratuidades para idosos (a partir de 60 anos) e militares também são LIMITADAS, serão entregues na sexta-feira, 27/04, a partir das 9 horas, na bilheteria B3 da Arena Castelão.

PONTOS DE VENDA:

- Loja Oficial Sou Mais, Av. Dom Luís, 500 – Shopping Aldeota, piso L1 - Aldeota;

- Loja Oficial Sou Mais, Av. Oliveira Paiva, 2797 - Shopping Granito;

- Loja Oficial Sou Mais, Rua Senador Pompeu, 1099 - Shopping Camelo 2 - Centro;

- Loja Oficial Sou Mais, Av. João Pessoa, 3532; Damas;

- Loja Oficial Sou Mais, Rua 45 – Nº63 - Ponto Shopping - Maracanaú/CE.

Red; DN


Morte de Gegê do Mangue: Polícia apreende helicóptero ligado a piloto foragido



Aeronave, usada para transportar drogas da Bolívia para São Paulo, era monitorada desde janeiro e pode ter sido utilizada pelo piloto Felipe Ramos, ligado à morte de líderes do PCC.

A Polícia Civil, de São Paulo, trabalha com a hipótese de que o dono de um helicóptero apreendido em um hangar em Arujá (SP) na última quarta, tenha envolvimento com a morte do traficante Gegê do Mangue e Fabiano Alves de Souza, o Paca, líderes do PCC, em fevereiro deste ano, na reserva indígena Lagoa Encantada, em Aquiraz.

A aeronave seria de Felipe Ramos Moraes, que segue foragido e transportou o Gegê do Mangue para o local da execução no Ceará, de acordo com o delegado Aldo Galeano, titular da Seccional de São Bernardo do Campo (SP). "Ele [Felipe] praticamente cuida das rotas e cuida da parte financeira do PCC", afirmou. Para o delegado, Felipe Ramos cresceu dentro do PCC e "de piloto acabou virando o coordenador de rotas".

Tráfico de drogas da Bolívia-São Paulo

Segundo o chefe de investigações da Delegacia de Investigação sobre Entorpecentes (Dise), de São Bernardo do Campo, Carlos César Alves, a aeronave era monitorada desde janeiro e pode ter sido utilizada por Felipe Ramos Moraes. Segundo Alves, o equipamento era utilizado por facções criminosas para transportar drogas da Bolívia para São Paulo.

Nos últimos quatro dias, o helicóptero realizou 56 horas de viagem. Nenhuma delas foi registrada no diário de bordo ou reportada à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). "A aeronave voava sem plano de voo, sem avisar a Anac, em horário de fim de semana. O típico de aeronave que transporta drogas", afirmou o chefe de investigações. De acordo com o Dise, o helicóptero também está em nome de laranja. "É realmente um esquema sofisticado e que dificilmente a polícia consegue identificar", disse Alves.

Helicóptero em nome de "laranja"

De acordo com a polícia, uma aeronave foi apreendida e três pilotos foram presos, quando se preparavam para realizar transporte de drogas em um hangar na cidade de Arujá, na Grande São Paulo. Como proprietário na Anac, aparece o nome de Fabio Pinheiro de Andrade Alvani, entretanto, segundo a própria polícia paulista, o proprietário pode ter sido usado como “laranja”, já que não possui rendimentos suficientes para comprar uma aeronave, estimada em cerca de US$ 1 milhão. 

O que havia na aeronave?

O helicóptero foi localizado dentro de uma oficina no bairro Jardim Fazenda Rincão. Dentro dele, foram encontrados vestígios de cocaína e dois tambores de gasolina que, segundo a polícia, são utilizados para aumentar a autonomia da aeronave em viagens de longa duração. O helicóptero também não tinha outros bancos além do assento do piloto e teve o GPS removido.

Três presos

Dentre os presos, está o piloto Rogério Almeida Antunes, preso também em 2013, no Espírito Santo, com mais de 400 kg de cocaína em um helicóptero da empresa do então deputado estadual de Minas Gerais Gustavo Perrela (SD). Na época, cinco pessoas foram condenadas por tráfico de drogas. A Polícia Federal concluiu que Perrella não tinha ligação com a droga. 

Além de Rogério Almeida Antunes, também foram presos Luis Paulo Mattar Pereira e Leonardo Almeida Antunes. 

Red; DN


PRF apreende 164 kg de maconha paraguaia e prende integrantes de facção



Após a apreensão, polícia identificou o local de destino da droga e também capturou os receptadores
   A Polícia Rodoviária Federal apreendeu na noite desta quarta-feira (25), no município de Pedra Branca, 164 kg de maconha vindos do Paraguai, além de R$ 2,5 mil em notas falsas. A droga e o dinheiro falsificado estavam escondidos em um compartimento falso de um veículo, onde viajavam um homem e duas mulheres naturais da capital cearense.

Durante fiscalização na altura do km 156 da BR 020, os policiais rodoviários federais abordaram um veículo Ford F250, ocupado por um homem e duas mulheres.



Os três apresentaram contradições durante a entrevista, o que despertou a desconfiança dos agentes. Durante as buscas no veículo, foram encontrados escondidos em um compartimento falso 164 kg de maconha e 50 notas falsas de R$50,00. Os suspeitos confessaram que a droga e o dinheiro foram adquiridos na cidade de Pedro Juan Caballero, cidade paraguaia que faz fronteira com o estado do Mato Grosso do Sul, e que a teria sido encomendada por um presidiário cearense ligado à facção criminosa Comando Vermelho. Os três indivíduos ainda informaram que a droga seria entregue em Fortaleza e que receberiam R$ 15 mil pelo transporte.

Os suspeitos foram conduzidos à Superintendência da Polícia Federal em Fortaleza, onde foram autuados em flagrante pelos crimes de tráfico internacional de drogas, associação para o tráfico, moeda falsa, falsificação documental e adulteração de sinal identificador veicular.
Prisão dos receptadores

Após a apreensão da maconha e do dinheiro falso, a PRF, com apoio da Polícia Federal (PF), se dirigiu para o local indicado como destino da mercadoria, no bairro Henrique Jorge, em Fortaleza. No local, foram presos os receptadores: três homens de 25 anos. Os agentes verificaram que um deles possui antecedentes criminais pelos crimes de homicídio, receptação e porte ilegal de arma de fogo.

No interior da residência, ainda foram encontradas duas carteiras de identidade falsificadas, e foi apreendido um veículo Ford Ka pertencente a um dos receptadores.

De acordo com as investigações, os homens presos pertenceriam à facção criminosa Comando Vermelho.

Red; DN


'É preciso ter cautela com a exposição das pessoas', afirma delegado-geral da Polícia Civil


Everardo Lima

Delegado Romério Almeida foi encontrado baleado em sua residência, logo após ser alvo de uma operação do MPCE e da CGD.

Logo após o delegado Romério Almeida ser encontrado baleado em sua residência, o delegado-geral da Polícia Civil no Ceará, Everardo Lima da Silva, pregou que "é preciso ter cautela com a exposição das pessoas", em entrevista ao vivo à TV Diário, durante o programa Comando 22, na tarde desta quinta-feira (26).

Romério foi afastado do cargo de titular do 34º DP (Centro), durante a deflagração da Operação Renault 34, do Ministério Público do Ceará (MPCE) e da Controladoria Geral de Disciplina (CGD), por suspeita de corrupção passiva, na última quarta-feira (25).

LEIA AINDA
. Ministério Público solicita quebra de sigilo no processo que apura corrupção no 34º DP
. Traficante teria pago R$ 3 mil para liberar carro em 34º DP
. Delegada adjunta assumirá 34º DP

"Estamos em orações para que o colega se recupere"

O delegado-geral afirmou que a divulgação do nome dos investigados em operações como essa precisa ser revista. "A forma como as operações são reveladas no meio social, um fato que envolve pessoas que tem uma reputação a zelar, é preciso rever. A Polícia Civil não defende a impunidade. É preciso ter cautela com a exposição das pessoas, do cidadão mais simples às autoridades públicas", defendeu Everardo Lima.

A entrevista foi concedida pouco tempo após o delegado-geral ver Romério Almeida no Instituto Doutor José Frota (IJF), onde está hospitalizado. Segundo ele, o delegado está consciente, orientado e movendo a cabeça. "Estamos em orações para que o colega se recupere", disse.

Visita de outros delegados

Outras autoridades policiais também compareceram à unidade de saúde, para prestar apoio a Romério Almeida, como os delegados Sérgio Pereira, Luiz Carlos Dantas, Jaime Paula de Pessoa Linhares, Marcus Vinícius Rattacaso e Pedro Viana e o comandante do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque), tenente-coronel Henrique Bezerra.


A irmã do delegado internado, a também delegada Ana Lúcia Almeida, não compareceu ao hospital, por estar muito abalada com o que aconteceu com o irmão.

Red; DN



ARACATI. PRISÃO POR POSSE DE ARMA DE FOGO E CONSUMO DE ENTORPECENTES –

Ontem dia  25/04/2018, por volta das 15 h 30 min, a composição do Raio 01, com o apoio da VTR039 oi acionada via telefone 190, onde na comunidade do Córrego dos Rodrigues (zona rural de Aracati), estaria uma pessoa em atitude suspeita e que em sua residência havia um movimento grande de pessoas, que as composições se deslocaram até ao local para averiguação e conseguiram abordar o suspeito de nome: DENILDON BATISTA BARBOSA, residente no mesmo distrito, S/N; que foi realizado vistoria em sua residência  e foi encontrado uma espingarda cal.36, oxidado, sem marca especifica e sete (7) gramas de maconha e duas balanças de precisão. O mesmo recebeu voz de prisão e conduzido para Delegacia de Aracati e apresentado para autoridade competente. I

Blog Erivando Lima


ARACATI. ACHADO DE CADAVER –


Hoje dia 25/04/2018, por volta das 07 h 30 min, após informação via 190 por populares, que haviam encontrado um corpo boiando sob a ponte Rio Tanque Salgado, que a composição da CP 1632 ), foi até ao local confirmar o fato. Compareceu também a composição do corpo de bombeiro A senhora Osmarina, familiar da vitima compareceu ao local e confirmou sendo seu irmão: ELIZEU PINHEIRO GARCIA, morador da Rua Salgado Filho, Bairro Várzea da Matriz; o qual havia saído no dia de ontem para pescar e não voltou para casa. A policia Civil, através do inspetor Salviano, acionou a pericia e rabecão. Por volta das 11 h 30 min compareceu no local o perito  na viatura de placa OCF-7773 e o rabecão nº 7064 r. 

Blog;


A uma semana do julgamento da restrição do foro no STF, Temer se reúne com Gilmar Mendes

O presidente Michel Temer se reuniu na noite desta terça-feira (24), no Palácio do Jaburu, com o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF). A conversa, que não consta na agenda oficial do presidente, começou por volta das 21h30 e terminou cerca de 23h.

O encontro ocorre uma semana antes da retomada do julgamento no Supremo que discute a restrição do foro privilegiado a políticos. O julgamento foi marcado pela ministra Cármen Lúcia, presidente da Corte, para 2 de maio.

Já existe na corte maioria a favor da restrição do foro.

Além do voto do ministro Dias Toffoli, que pediu vista (mais tempo para analisar o caso) no ano passado, ainda faltam votar os ministros Gilmar Mendes e Ricardo Lewandowski – que também podem pedir vista se quiserem.

Nos bastidores, o ministro Gilmar tem defendido que o julgamento na semana que vem esclareça o que de fato vai ficar valendo com a restrição do foro, o alcance da decisão, para quais autoridades e também quais medidas estarão permitidas (exemplo: buscas no Congresso). Para o ministro, a restrição do foro cria um "regime híbrido".

O blog procurou o Gilmar Mendes e o Planalto para saber o que foi tratado na conversa de ontem.

O ministro confirmou o encontro, mas negou que tenham tratado do julgamento do foro. Ele afirmou que foi discutir a proposta de semipresidencialismo com Temer. Gilmar convidou o presidente para uma entrevista sobre o tema no Instituto Brasiliense de Direito Privado (IDP), escola da qual o ministro é sócio.

A agenda do ministro Gilmar Mendes não foi disponibilizada no site do STF. A última atualização da agenda do ministro foi no dia 20 de abril.

O Planalto ainda não respondeu.

Temer e políticos aliados têm demonstrado, nos bastidores, preocupação com a votação no STF. O senador Aécio Neves, que virou réu na semana passada, no STF, também se reuniu com Temer ontem. O tucano tem foro privilegiado e, por isso, foi julgado na corte. Nesta manhã, Temer recebeu o presidente do Senado, Eunicio Oliveira.

Fonte; G1.com


Traficante pagou R$ 3 mil para liberar carro


Image-0-Artigo-2392441-1

Segundo a investigação, metade do dinheiro seria para o advogado e o resto para o delegado do 34º DP (Centro)

O titular do 34º DP (Centro), da Polícia Civil, Romério Almeida, foi afastado do cargo, ontem, por suspeita de ter favorecido um traficante de drogas. O delegado, um advogado e um detento foram alvos da "Operação Renault 34", deflagrada pelo Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), por meio do Núcleo de Investigação Criminal (Nuinc), com a Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos de Segurança Pública e Sistema Penitenciário do Estado (CGD).

> Delegada adjunta assumirá 34º DP

A reportagem apurou que a investigação flagrou, através de interceptações telefônicas autorizadas pela Justiça estadual, um suposto esquema criminoso envolvendo o delegado, o advogado Hélio Nogueira Bernadino e o seu cliente Anderson Rodrigues da Costa. O advogado e o traficante foram flagrados, na conversa, negociando a liberação de um veículo Renault Logan, que estava apreendido no pátio do 34º DP. Anderson pagaria R$ 1.500 para o advogado e R$ 1.500 para o delegado.

A conversa pelo telefone se deu em 27 de janeiro de 2016. O veículo tinha sido apreendido no dia anterior. A Coordenadoria de Inteligência (Coin) da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) descobriu, também através de interceptações telefônicas realizadas com ordens judiciais, que Anderson da Costa, suspeito de integrar uma facção criminosa, ia realizar uma entrega de entorpecentes nas proximidades da Avenida Duque de Caxias, no Centro da Capital. Uma equipe da Polícia Militar foi acionada para a ocorrência, onde foi recebida com tiros e revidou. O traficante conseguiu fugir, mas deixou o Logan para trás e os policiais realizaram a apreensão do automóvel, junto com documentos pessoais, aparelhos celulares e certa quantia em dinheiro.

Anderson procurou o advogado Hélio Bernardino para conseguir a liberação do carro. O advogado disse que resolveria o problema com o pagamento de uma quantia em dinheiro. Logo no dia seguinte, 28 de janeiro de 2016, o veículo e os outros bens foram restituídos pelo 34º DP.

Inquérito

A investigação ainda detectou que o Boletim de Ocorrência (B.O.) registrado pelos PMs pela troca de tiros com um suspeito não resultou na abertura de Inquérito Policial.

Somente após o Núcleo de Investigação Criminal questionar o fato, o delegado Romério Almeida instaurou o procedimento, em 20 de outubro de 2017, mais de um ano e meio após a ocorrência. Diante dos indícios, o MPCE requereu ordens de busca e apreensão na residência e no gabinete do delegado, localizados nos bairros Aldeota e Centro, respectivamente; no domicílio do advogado, na Jacarecanga; e na cela onde se encontra o preso, na Unidade Prisional Desembargador Francisco Adalberto Barros de Oliveira Leal, conhecida como 'Carrapicho', no Município de Caucaia.

O órgão investigador ainda solicitou o afastamento de Romério do seu cargo público, por 60 dias, por suspeita de cometer o crime de corrupção passiva. Os outros dois homens são investigados por corrupção ativa. Os mandados foram autorizados pelo juiz da 8ª Vara Criminal de Fortaleza, Henrique Jorge Granja de Castro, no último dia 23 de março, e cumpridos, na manhã de ontem.

Responsável pela defesa do delegado, a assessoria jurídica da Associação dos Delegados de Polícia Civil do Estado do Ceará (Adepol), representada pelos advogados Leandro Vasques e Afonso Belarmino, afirmou que "os fatos sob apuração já foram esclarecidos pelo Dr. Romério Almeida perante o Ministério Público". "Os diálogos entre o advogado e o seu cliente, captados por interceptação telefônica, não permitem de forma alguma a conclusão de que o delegado recebeu qualquer valor. Entendemos se tratar de um ruído de comunicação ou um contorcionismo interpretativo nesse sentido", explicou.

Red; DN