-->

24 de março de 2020

Hospital de Sobral erra o sexo do corpo da senhora e proibiu velório


Não deixaram a gente velar o corpo da minha tia, disseram que ela tinha morrido do coração e não queriam deixar a gente abrir o caixão nem no cemitério, mas desobedecemos e abrimos”. Disse um sobrinho de dona Valneide Pereira Vasconcelos.


(Wellington Macedo)