-->

4 de abril de 2016

PMs ficam feridos diante da violência de torcedores após jogo do Ceará na Arena Castelão. Um dos militares foi baleado


Quatro policiais militares ficaram feridos em conseqüência de novos atos de vandalismo e violência praticados por torcedores de organizadas logo após a derrota do Ceará para o Santa Cruz (PE),  na Arena Castelão, na noite deste domingo (3).  Um dos militares foi baleado e outros três atingidos por rojões e bombas caseiras.

Um dos incidentes ocorreu logo após o término da partida em que o time alvinegro foi eliminado na Copados Campeões. Torcedores promoveram atos de violência com ataques veículos e transeuntes na Avenida deputado Paulino Rocha, nas proximidades da Favela da Cal, no Barroso I.

PMs foram mobilizados para conter o tumulto e um dos integrantes do Batalhão de Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio), acabou sendo atingido com um tiro na perna. Ele foi identificado apenas por sargento PM Gerson.

Bombas

Outros três militares foram atendidos em um hospital particular após terem sido atingidos por estilhaços de bombas caseiras e rojões quando ocorriam tumultos no entorno da Arena Castelão.

Mais uma vez, as organizadas foram as protagonistas da violência nas ruas após mais um jogo no Castelão.  Policiais dos batalhões de Policiamento de Eventos (BPE), de  Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio) e de Policiamento de Choque (BpChoque) tiveram que usar da força para conter os vândalos, utilizando granadas de gás e balas de borracha. A PM não deu informações se houve prisões nestes incidentes. 

Blog do Fernando Ribeiro