-->

23 de março de 2015

TIRO DE GUERRA, FAMILIARES E AMIGOS PRESTARAM AS ULTIMAS HOMENAGENS NO SEPULTAMENTO DO JOVEM AGENOR MACEDO

O jovem atirador Agenor de Macedo Filho, o SD Agenor, para os integrantes da tropa, havia incorporado há cerca de um mês ao Tiro de Guerra 10-006 de Limoeiro do Norte, exercício de 2015, sob o comando do Sargento Sandro Nunes e faleceu na noite de sábado 21 de março, vítima de acidente de trânsito.

O velório do atirador transcorreu por todo o domingo 22, na sede da igreja Gilliad, no centro, onde a família congregava, de onde saiu o cortejo fúnebre para o cemitério de Nossa Senhora do Carmo, em Limoeiro do Norte. 


Uma viatura do Corpo de Bombeiros Militar do grupamento municipal fez o translado do corpo do Atirador Agenor até o campo santo  para ser sepultado. Entre os familiares, amigos do dia a dia e de corporação, o clima era de dor e de pesar, antes de dá o último adeus ao jovem atirador.



Ao término da solenidade fúnebre, ainda em clima de comoção, o Sargento Sandro Nunes, do TG - Limoeiro, ao lado do Subtenente Jorge, do Tiro de Guerra da cidade de Russas fez a entrega de uma réplica da bandeira do Brasil para o casal Francisco Agenor de Macedo e Maria Irene Soares de Lima, pai e mãe de Agenor Macedo Filho, (SD Agenor).

TVJ - Nilo Leite