-->

25 de março de 2015

Asfalto, só em promessas. De Flores à Timbaúba, a população está na lama.

Faz mais de uma década que a estrada que liga Flores à Russas passando por São João de Deus não recebe melhorias em seu pavimento.

A chuva que molha o campo e garante fartura na agricultura ou nas criações diversas, também traz prejuízos no transporte da produção rural ou no simples ato de deslocamento obrigatório para os afazeres diversos no comércio, posto de saúde, escola, entre outros.
Os moradores das comunidades de Miguel Pereira, Carpina, Macapá, passagem de Russas e todas as outras até chegar a Timbaúba de Nossa Senhora Dasdores e Pedro Ribeiro em Russas, tem como penitência nos períodos de inverno trafegar na lama seja em direção a cidade ou a sede do Distrito de Flores.


Trafegando na estrada que margeia o Rio Jaguaribe pela direita em direção ao litoral, nossa reportagem constatou que a lama,  as pedras soltas e a água sobre a estrada e as crateras submersas são responsáveis por diversos acidentes que acontecem diariamente, vitimando com escoriações principalmente idosos e crianças
O fato é que, a via que é uma das principais ligações das comunidade da várzea russana, a sede do município e a cidade de Quixeré e Limoeiro do Norte passando por Flores, a décadas não recebe um tratamento sério por parte da administração municipal. Que por sua vez fica acomodado esperando que o serviço de manutenção de estradas seja feito pelos empresários ceramistas, por trafegar em veículos grandes, que não tem obrigação sobre o serviço, mas também não atendem a comunidade.
Por Arnaldo Freitas 

fonte: TV Jaguar