-->

7 de junho de 2014

Servidores do Detran presos em Boa Viagem acusados de fraudar CNH Popular


O funcionário de uma auto escola e dois servidores do Departamento Nacional de Trânsito (Detran-Ce) foram presos em flagrante nesta sexta-feira (6) em Boa Viagem, acusados de crime de corrupção passiva e associação criminosa. Denúncias anônimas informavam que servidores do órgão estariam recebendo dinheiro para aprovar candidatos inscritos no programa CNH Popular do Governo do Estado.
Em posse das informações e características dos acusados, policiais militares compareceram ao local indicado e abordaram Jorgivan Barbosa de Sousa, funcionário de uma auto escola de Senador Pompeu. Ele foi flagrado com a quantia de R$ 2.632,00 e ao ser interrogado na Delegacia de Policia Civil confessou ao delegado Gregório Neto que "oferecia aos candidatos do lado de fora ajuda no teste", pois um funcionário do Detran-Ce cobrava a quantia de R$ 500,00 para auxiliar no momento do exame.
Em seguida foi localizado Paulo Roberto Pereira Adriano, motorista terceirizado do Detran, que também confessou sua participação na prática delituosa. A polícia realizou então vistoria no hotel onde o Paulo Roberto estava hospedado, e em uma bolsa foi encontrada a quantia de R$ 11.850,00 em espécie, e outra com R$ 8.000,00, que disse pertencer à seu pai, Francisco Pereira Adriano, funcionário do Detran-CE.
O servidor foi localizado no local da aplicação das provas e conduzido à Delegacia de Polícia. Francisco Pereira confessou que o dinheiro era de "ajudas" que dava aos candidatos na hora das provas, e que recebia a quantia de R$ 500,00.As provas marcadas para a tarde desta sexta-feira foram canceladas.
O portal Ceará News 7 entrou em contato com a assessoria de imprensa do Detran-CE em Fortaleza, mas as ligações não foram atendidas.
CNH POPULAR
O Programa Popular de Formação, Educação, Qualificação e Habitação Profissional de Condutores de Veículos Automotores (CNH Popular), foi lançado pelo Governo do Estado em janeiro de 2009. O objetivo é possibilitar o acesso das pessoas de baixo poder aquisitivo, gratuitamente, à obtenção da primeira Carteira Nacional de Habilitação.

Fonte: Ceará News 7