-->

7 de abril de 2016

Prefeito de cidade do Rio de Janeiro oferece reajuste de R$ 0,20 aos servidores da educação


O prefeito do município de Japeri, Rio de Janeiro, Ivaldo Barbosa dos Santos, propõe aos profissionais da Educação um reajuste salarial de 0,01%, correspondendo a R$ 0,20. Os servidores estatutários de apoio e professores , que estão de greve desde 9 de março, receberam a proposta em uma audiência com o prefeito, a secretária de Educação, Roberta Bailune e com o procurador-geral do município, Humberto Motta, no dia 30 de março. As informações são do site Extra

“Esperava que o reajuste fosse um valor decente, acima da inflação e mais o acréscimo que seria uma ganho real. Além da indignação, fica a tristeza pelo descaso com que tratam a nossa profissão”, desabafou o professor Wanderson dos Santos, 28, ao Extra. A diretora do Sindicato dos Profissionais da Educação (Sepe), Catarina Rosa Araújo, disse que a proposta é a prova da “incompetência da prefeitura, que não se preocupou com profissionais nem com padecimento de estudantes da rede”.

A reivindicação dos grevistas é o reajuste de 20%, mas não poderá ser alcançado por conta da Lei 9.504, que impede o aumento acima da inflação aos funcionários públicos seis meses antes das eleições.

Segundo o presidente da Câmara, Cézar Melo (PSB), o projeto de lei que propõe o aumento vai ser votado nesta quinta-feira após encontro com o sindicato. “Ele vai passar pelas comissões. Vamos nos reunir com o Sepe para debater. Se a Câmara aprovar ou reprovar, dá no mesmo porque 0,01% não é aumento. Não tem efeito”, informou Cézar.

O procurador-geral Humberto Motta afirmou, por meio de nota, que nos últimos seis anos os professores receberam um reajuste de 103%. Além disso, acrescentou que cerca de 90% do valor repassado pelo Fundeb foram gastos com a classe e que diante a crise do País, a prefeitura não teve condições de oferecer o aumento aos servidores de acordo com o reajuste mínimo previsto em lei.

O POVO Online

Eleições 2016 – Partidos têm até dia 14 para enviar lista atualizada de filiados ao TSE


“Os 35 partidos políticos com registro no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) têm até o dia 14 de abril para encaminhar à Justiça Eleitoral, via internet, informações atualizadas sobre a relação de filiados. Os dados serão divulgados pela Corregedoria-Geral da Justiça Eleitoral (CGE), após o processamento dos dados, no dia 20 de abril.

O prazo final para o envio das listas de filiados foi estabelecido pelo Provimento nº 5/2016 da CGE. A relação atualizada deve conter a data de filiação e o número dos títulos e das seções eleitorais em que os filiados às legendas estiverem inscritos. Se a relação não é remetida nos prazos mencionados, permanece inalterada a filiação de todos os eleitores.

O artigo 19 da Lei dos Partidos Políticos (Lei nº 9.096/1995) estipula que as legendas devem encaminhar as listas de seus filiados em abril e outubro de cada ano. Os dados devem ser disponibilizados por meio do sistema Filiaweb, que permite a interação on-line com o Sistema de Filiação Partidária.

Havendo coexistência de filiações partidárias, prevalecerá a mais recente, devendo a Justiça Eleitoral determinar o cancelamento das demais.”

falecomricardotorres.blogspot.com.br

Com 252 mm, São Gonçalo do Amarante registra maior chuva do Ceará em 2016

A chuva registrada no distrito de Cágado, em São Gonçalo do Amarante, desde a madrugada desta quinta-feira, 31, é a maior do Cearáem 2016. A precipitação de 252 mm também é o maior registro do município nos últimos dez anos, conforme levantamento da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme). 

As chuvas desta madrugada são ocasionadas, principalmente, pela atuação da Zona de Convergência Intertropical no oceano. “Também tivemos a ajuda de outro fenômeno meteorológico, o Cavado de Altos Níveis, que também influencia na região”, explica o meteorologista da Funceme, Raul Fritz. 

O registro de Cágado é superior aos acúmulos registrados em São Gonçalo do Amarante desde 2006. A segunda maior chuva na cidade, nos últimos dez anos, foi registrada do dia 27 de fevereiro de 2007, quando choveu 123 mm no posto sede de São Gonçalo do Amarante. Em seguida, estão as precipitações dos dias 27 de março de 2012 (113 mm) e 30 de janeiro de 2014 (104 mm). 

Segundo Fritz, as diferenças de registros nos distritos de uma mesma cidade são uma característica típica do Ceará. No posto sede de São Gonçalo do Amarante, por exemplo, choveu 131,4 mm nesta madrugada. "Principalmente em anos de estiagem, as chuvas tendem a ser irregulares. As precipitações ficam mais localizadas", afirma. 

O maior acúmulo no posto de Cágado tem relação com um aglomerado de nuvens chamadas de cumulonimbus. "É uma chuva bem pontual, as nuvens dos distritos vizinhos tiveram menos intensidade. Foram nuvens que se desenvolveram muito em cima deste distrito e nos vizinhos não se desenvolveram", completa Fritz.

Previsão 

A Funceme prevê nebulosidade variável para esta sexta-feira, 8, com chuvas no centro-norte do Ceará e possibilidade de chuva no Sul. No sábado, 9, há possibilidade de chuva em todas as regiões. 

"A chuva deve ser mais intensa em torno da faixa litorânea, enquanto há menos ocorrência de chuva para o sul do Estado", complementa Fritz.

Maiores chuvas 

Além de São Gonçalo do Amarante, registraram chuvas significativas os seguintes municípios: Paraipaba (233 mm), Trairi (217 mm), Paracuru (150 mm), Itapipoca (110.4 mm), Bela Cruz (105mm), São Luís do Curu (101 mm) e Acaraú (99.8 mm).

Em Fortaleza, a chuva de 132.6 mm registrada na madrugada do último sábado, 2, foi a maior da Capital desde 31 de março de 2014. A chuva causou transtornos e deixou desabrigadas famílias que moram em áreas de risco. A precipitação desse sábado foi menor que a "chuva do século", do dia 24 de abril de 2012, quando choveu 270,6 milímetros em Fortaleza.

O Povo Online

Homem é morto após sair de Fórum em Morada Nova; advogado é baleado


Um homem foi executado a tiros e outro ficou ferido no início da tarde desta quinta-feira, 7, em Morada Nova, 161 km de Fortaleza. Francisco Hermínio Bezerra, 37 anos, foi morto após sair do Fórum da cidade, e o advogado dele foi baleado. 

Segundo a Polícia Militar da cidade, as vítimas foram alvejadas na localidade de Alto Tiradentes. Eles foram cercados por suspeitos em dois carros, um Fox preto e um Polo prata. As testemunhas relataram que foram efetuados mais de 20 disparos contra Francisco. 

Francisco estava com o advogado Augusto Brito, que foi atingido no tornozelo e no joelho, e outra advogada, que não teve o nome divulgado e saiu ilesa. Augusto foi levado ao hospital e seu estado de saúde ainda não foi divulgado. 

De acordo com a PM, os criminosos fugiram em direção a Fortaleza. Ninguém foi preso até o momento, mas o policiamento realiza buscas na região. 

A PM também informou que Fransico Hermínio respondia na Justiça por um crime de homicídio. "Ele desferiu uma facada em um homem que foi cobrar o aluguel dele", detalhou um policial, que preferiu não se identificar. 

O POVO Online

Facção manda carta ameaçadora para Governador Camilo e para o presidente da Assembleia Legislativa

Camilo Santana e Zezinho Albuquerque receberam as cartas enviadas pelo PCC e estão ameaçados após a aprovação da lei que determina bloqueio de celulares nos presídios

O governador do Ceará, Camilo Santana (PT),  e o presidente da  Assembleia Legislativa (AL), deputado estadual  Zezinho Albuquerque (PDT), receberam cartas de uma facção criminosa em que esta faz ameaça direta aos dois  gestores sobre retaliações que o Estado pode sofrer caso mantenha em vigor a lei que determina o bloqueio de celulares nos presídios. O fato ocorreu um dia após a localização de um carro-bomba na porta da AL.

A carta está sob sigilo. Mas seu teor deve ser o mesmo de postagens feitas nas redes sociais em que bandidos que se intitulam de “O Crime no Ceará” ordenam que Santana e Zezinho revoguem imediatamente a lei dos bloqueadores, aprovada pela  Assembleia há cerca de 20 dias naquela Casa Legislativa.

Ainda ontem,  Albuquerque procurou, apavorado, o Chefe do Executivo no Palácio da Abolição e também manteve contato telefônico com o secretário da Segurança Pública e Defesa Social do Estado, delegado federal Delci Teixeira, a quem pediu ajuda.

Ainda transtornado com a notícia sobre o carro-bomba deixado na porta da AL, o presidente da Casa se apressou em dizer para os jornalistas que cobrem o dia-a-dia do Legislativo Estadual que a  segurança da instituição (formada por policiais militares) não teve nenhuma falha no episódio. Ao  contrário, segundo ele. Teria agido de forma rápida e eficiente, localizando o carro-bomba antes que houve a detonação dos explosivos.

Facções criminosas

Sobre as cartas, os deputados estaduais poderão realizar, ainda nesta quarta-feira, uma sessão secreta para que todos saibam do teor  delas.  Os líderes partidários cobraram, ontem, a presença do secretário Delci Teixeira para que este venha a dar explicações sobre o que está acontecendo e se procede a informação de que facções criminosas estariam dispostas a enfrentar as forças policiais do Estado como retaliação ao bloqueio do sinal de celulares nos presídios da Grande Fortaleza.

Na semana passada, através de uma manobra regimental, a bancada governista na Assembleia não votou um requerimento em que foi solicitada a presença de Delci Teixeira na Casa para dar esclarecimentos sobre o crescimento da violência armada no estado e a presença de facções criminosas na Capital, fato negado insistentemente pelo governador, que proibiu  Delci e demais integrantes da cúpula da Segurança Pública de falar sobre o assunto.

Os governistas se retiraram do Plenário, impedindo a votação da matéria por falta de quórum.  Porém, no  mesmo dia, a Polícia Federal prendeu em Fortaleza o “número dois” na hierarquia da facção criminosa PCC. Trata-se de um irmão de Marcos William Herbas Camacho, o “Marcola”, líder da organização criminosa em todo o País. 

Blog do Fernando Ribeiro

Ex contratado da Limpex foi nomeado para o DEMUTRAN e nunca foi avisado


O militar da reserva remunerada Francisco Rodrigues Freire se deparou com a situação inusitada em sua vida, ex-contratado da empresa Limpex que prestava serviço ao Governo Municipal de Russas na área da limpeza pública, o que aconteceu até 31 de dezembro de 2015,  segundo o que ele mesmo publicou em sua conta no Facebook no ultimo dia 29 de março de 2016, mas para sua surpresa descobriu pela imprensa que exercia cargo comissionado de coordenador junto ao DEMUTRAN (Departamento Municipal de Trânsito Rodoviário), desde o dia 8 de janeiro de 2016, e que nunca foi comunicado de tal nomeação e muito menos para assumir a função, e que também nunca recebeu os vencimentos relativos ao cargo  mesmo seu nome constando na folha de pagamento nos meses de Janeiro, Fevereiro e Março, com provento de R$ 1,100,00, como foi publicado no Portal da Transparência.

falecomricardotorres.blogspot.com.br

Mototaxista não resistiu aos ferimentos e veio a óbito em Fortaleza


O mototaxista FRANCISCO DE ASSIS DOS SANTOS, de 55 anos, natural de Russas, que sofreu Latrocínio Tentado na noite desta quarta-feira(06), foi encaminhado ainda ontem para a capital cearense no intuito de receber melhores cuidados médicos, porém, o mesmo não resistiu aos ferimentos. Foi informado pela direção do hospital que uma das balas perfurou o pulmão da vitima, o seu quadro de saúde se agravou e o mesmo veio a falecer.


Nossas sinceras condolências a família desse pai de família, trabalhador, que teve sua vida ceifada por marginais.

Preso casal suspeito de roubar carro achado com explosivo

O governador Camilo Santana participou ontem da divulgação dos dados de homicídios, na sede da Secretaria da Segurança

Um casal preso em Fortaleza, na noite da última terça-feira, 5, sob suspeita de envolvimento em assaltos na Capital, pode ser o mesmo que roubou o carro Volkswagen Up, encontrado nas proximidades da Assembleia Legislativa com 48 dinamites com detonador e estopim. Caso o dono do carro reconheça o casal, os suspeitos viram peças importantes no caso de explosivos encontrados e desativados na madrugada da terça.

“Nós queremos saber se este casal vai ser reconhecido como realmente quem fez o assalto no carro. E, aí sim, (saber) onde foi entregue (o carro), para quem, em que circunstâncias”, afirmou Delci Teixeira, titular da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), em entrevista coletiva na manhã de ontem. As câmeras de segurança do entorno já permitiam saber que o veículo foi estacionado por volta das 17 horas da segunda-feira, 4, no cruzamento da rua Francisco Holanda com a avenida Desembargador Moreira.

O secretário não divulgou informações sobre o casal detido para não comprometer o andamento das investigações.

Na tarde de ontem, foi apurado que as câmeras de monitoramento do entorno da Assembleia captaram o momento da chegada do veículo. Segundo a fonte ouvida, dois homens teriam saído do carro e deixado o local. Uma linha de investigação mais forte é de que os explosivos estejam vinculados a grupos que promovem ataques a agências bancárias, classificou Teixeira. Isto porque o material recolhido é o mesmo utilizado pelas quadrilhas. A polícia investiga também se há relação com algum de três roubos de dinamites em pedreiras do Ceará — em Caucaia, Maranguape e Quixeré.

Crime organizado

Nenhuma linha de investigação sobre o caso está descartada, declarou ontem o governador Camilo Santana (PT). É averiguada a possibilidade de retaliação à lei que obriga operadoras telefônicas a bloquear o sinal de celular nos presídios cearenses.

Ameaças divulgadas nas redes sociais e atribuídas ao crime organizado também serão analisadas. “Se isso é uma tentativa de intimidar o Governo ou a Secretaria de Segurança Pública, eles estão enganados”, disse Camilo ao enfatizar que as ações de combate ao crime continuarão.

O secretário Delci Teixeira se referiu ainda à prisão de Alejandro Camacho, irmão de Marcola, no último dia 30. O preso é considerado número 2 do Primeiro Comando da Capital (PCC), fundado nos presídios de São Paulo. Apesar de não descartar que há várias linhas de investigação, Teixeira disse desacreditar que facções de outros estados comandem o crime no Ceará. As entrevistas foram concedidas na sede da SSPDS, após reunião do programa Em 
Defesa da Vida.

48 dinamites estavam no carro localizado ao lado da Assembleia Legislativa

936 homicídios foram registrados no Ceará no primeiro trimestre de 2016 
Homicídios em 2016
Fortaleza.
Janeiro - 96
Fevereiro - 85
Março - 101

Região Metropolitana.
Janeiro - 84
Fevereiro - 88
Março - 86
Interior Norte.
Janeiro - 60
Fevereiro - 45
Março - 55
Interior Sul.
Janeiro - 82
Fevereiro - 79

Março - 75

O Povo Online

38 policiais indiciados por participação direta na chacina na Grande Messejana

Os nomes das vítimas da chacina foram grafitados em muro da Escola Professora Terezinha Ferreira, no Curió

A Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos de Segurança Pública e Sistema Penitenciário (CGD) indiciou 38 policiais, entre militares e civis, por participação direta na Chacina da Grande Messejana. A informação foi obtida pelo O POVO junto a fontes que participaram das investigações e falaram sob a condição de sigilo. O inquérito sobre o caso já foi concluído e será encaminhado ao Ministério Público do Estado (MPCE) na próxima segunda-feira, 11, véspera do dia em que a chacina completa cinco meses.

No dia 3 de dezembro, O POVO havia antecipado que pelo menos 35 policiais teriam protagonizado a matança, que fez 11 vítimas e deixou outras sete pessoas feridas. Já considerando o caso de agentes que teriam dado apoio, ou que não intervieram na ação criminosa, poderia chegar a 50 o total de servidores investigados. A CGD ouviu mais de 200 testemunhas.

“De fato, acreditamos que muitos outros policiais participaram da ação, mas a investigação não conseguiu chegar a todos os envolvidos, devido à dificuldade para levantar as provas. Alguns, infelizmente, não serão indiciados. Mesmo assim, é considerável o total de indiciados”, afirmou a fonte.

Na última segunda-feira, 4, o governador Camilo Santana (PT) afirmou que os laudos periciais balísticos sobre o caso, solicitados à Polícia Federal, já estavam prontos e que a pretensão era que o desfecho da apuração fosse divulgado “em breve”. No dia seguinte, Camilo recebeu uma comissão de delegados da CGD, no Palácio da Abolição, ocasião em que a conclusão do inquérito foi apresentada ao chefe do Executivo estadual. A informação foi divulgada pelo secretário Delci Teixeira.

“Tivemos uma reunião ontem à noite (terça-feira) lá no Palácio da Abolição. Eu, o governador e o pessoal da CGD, todos os que estavam na investigação. A CGD já concluiu o seu trabalho”, disse o titular da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social, ontem, durante a divulgação do número de homicídios em março, na sede da SSPDS.

Denúncias

O fato de 35 policiais terem sido indiciados não significa que todos serão denunciados e terão as respectivas prisões solicitadas pelo Ministério Público. Entretanto, segundo Delci Teixeira, a tendência é que o grupo de três promotores que atuam no caso corrobore com a conclusão da CGD.

“O Ministério Público vai analisar esse trabalho e vai dizer se é aquilo ou não. Eu estava conversando com o nosso procurador-geral de Justiça (Plácido Rios) agora e me parece que a ideia dos promotores de Justiça é realmente convalidar aquilo que foi apurado por essa equipe da CGD”, confirmou o secretário, ao detalhar que, “no máximo”, dentro de duas semanas, os detalhes do inquérito da CGD devem ser divulgados.

Saiba mais

As investigações a CGD apontam que as 11 execuções foram uma “demonstração de força” dos policiais, em retaliação à morte do soldado Valterberg Chaves.

Em carros descaracterizados e com o apoio de algumas viaturas da PM, eles teriam executado as vítimas, em locais diferentes, para dar a entender que as mortes decorriam do tráfico de drogas.

Duas outras linhas de investigação chegaram a ser consideradas para o caso. Elas apontavam para mortes em decorrência da disputa de território para o tráfico.

A Polícia Federal deu apoio científico à CGD, com a realização de exames balísticos em 11 cartuchos de munições de calibre 12, 380 e ponto 40 que foram recolhidos por testemunhas e entregues à controladoria e à Polícia Civil

11 pessoas foram executadas na Grande Messejana no dia 12 de novembro de 2015 
7 pessoas ficaram feridas durante a ação criminosa 

200 testemunhas, pelo menos, foram ouvidas durante as investigações

O Povo Online

Mulheres são vítimas de violência doméstica em Jaguaruana e Jaguaribe


Nesta quarta-feira, dia 06, por volta das 11:30 foi conduzido para a DPC de Jaguaruana-CE,  FRANCISCO MATEUS DA SILVA, 21 anos, natural de Jaguaruana, devido o mesmo ter praticado violência contra uma mulher de 27 anos. A Polícia Militar conduziu ambas as partes a DPC de Jaguaruana onde o mesmo foi autuado nos artigos 140, 146 e 147 do CPB e no artigo 7 inciso I e II da Lei Maria da Penha. 

Ainda ontem, agora na cidade de Jaguaribe, por volta de 21h30min, através de denúncia via 190 foi informando que no bairro Edmar Barreira, Jaguaribe-CE, um homem armado de faca estava ameaçando de morte a sua esposa. Prontamente, a PM foi acionada via rádio e deslocou-se até o local. Chegando lá, a vítima, uma mulher de 71 anos que estava na casa, relatou aos policiais que vinha sendo ameaçada de morte pelo seu companheiro que estava embriagado e armado de faca e que este não conseguiu agredi-la pois ela não abriu a porta de casa. De pronto a composição policial realizou diligencias e encontrou sentado numa calçada próximo dali COSME MATIAS DA SILVA, de 70, e ao realizar a abordagem, encontrou com o mesmo uma faca tipo peixeira em seu poder. Após averiguação dos fatos, foi dada voz de prisão ao agressor e realizada condução do mesmo juntamente com a vítima e duas testemunhas do fato a DRPC para a realização dos procedimentos cabíveis com base na Lei 11.340/06 (Lei Maria da Penha).

Com Informações do 1º BPM

Mulher de 70 anos comete suicídio em Alto Santo


Nesta quarta-feira, dia 06, por volta das 14h00, na Rua Anderson Bessa, bairro Pão de Açúcar, Alto Santo-CE, foi encontrada sem vida, Após haver praticado suicídio por enforcamento, utilizando uma corda amarrada a um armador de rede, pelo sobrinho, a Sra. RITA GUABIRABA SOBRINHO, 70 anos, natural de Alto Santo-CE. Segundo o sobrinho no momento do ocorrido ela estava só em casa. Informou ainda, que a vítima tinha problemas de depressão. Foi informado o fato a equipe de policiais militares, que compareceu ao local.  Os quais adotaram as devidas providências necessárias. 

Com Informações do 1º BPM

Lesão corporal a bala em Tabuleiro do Norte


Nesta quarta-feira, dia 06, por volta das 11h10, foi informado a USI de Tabuleiro do Norte-CE, através do 190, que na Rua João Gerônimo da Costa Lima, Bairro, Água Santa, em Tabuleiro do Norte-CE, havia ocorrido alguns disparos de arma de fogo, vindo atingir um homem de 29 anos, natural de Tabuleiro do Norte-Ce, residente no endereço a cima citado. Segundo informações repassadas pela esposa da vitima, o fato teria ocorrido dentro da residência da vitima, no endereço acima citado. Pois no momento do fato um individuo de características não anotadas, teria adentrado e efetuado os disparos, que atingiram o rosto e a perna do mesmo. Apos o fato o atirador teria se evadido do local tomando rumo ignorado. A vitima foi socorrida para o hospital local por populares, e em seguida transferido para o Hospital regional de Limoeiro do Norte-CE.  Apos tomar conhecimento do fato a equipe da PM, juntamente com a viatura da Policia Civil compareceram ao local e encontram-se realizando diligências com intuito de colher informações sobre a motivação, bem como quem possa haver tentado contra a vida dessa vitima. 

Com Informações do 1ºBPM

Mototaxista sofre tentativa de latrocínio em Russas


Na noite desta quarta-feira, dia 06, por volta das 22h00, no bairro aeroporto, Russas-CE, foi vítima de latrocínio um mototaxista de 55 anos, que transitava no local acima citado com sua motocicleta (características não anotadas) quando foi surpreendido por dois homens em uma moto Bros de cor branca, estes que tentaram roubar a vítima acima citada, tendo esta sido lesionada nas costas com 05 disparos de arma de fogo e 01 no braço esquerdo. Importante se faz mencionar que a vítima não responde a qualquer processo judicial. A Polícia Militar compareceu ao local, acionou o SAMU para socorro da vítima, esta que foi encaminhada para a capital cearense no intuito de receber melhores cuidados médicos. Diligências continuam no sentido de identificar e prender os autores do delito. 

Com Informações do 1º BPM

Enem Online proposto por Cid Gomes deve ser adotado pelo Ministério da Educação


“O Ministério da Educação fará simulados nacionais para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) pela internet. O primeiro será no dia 30 de abril. Os simulados fazem parte da chamada Hora do Enem. Trata-se de uma plataforma online de estudos e de programas de TV. A Hora do Enem é voltada para os 2,2 milhões de estudantes no terceiro ano do ensino médio.

A plataforma começou a ser acessada nessa terça-feira. Para participar, o estudante, seja de escola pública ou privada, precisa fazer um cadastro. Além dos simulados, a plataforma oferece aulas e exercícios. Cada estudante recebe um plano individual de estudos de acordo com os objetivos no exame.

O programa é baseado no projeto Geekie Games, desenvolvido desde 2013. “Quando você se cadastra, pode escolher o seu objetivo, o curso que quer fazer. O computador calcula quanto tempo você precisa estudar. O estudante recebe o plano de estudo individualizado com quais aulas precisa assistir e exercícios que precisa fazer”, explica o ministro Aloizio Mercadante (Educação).

As aulas serão disponibilizadas online, em plataforma denominada Mecflix, “Já fizemos estudos, duas horas e meia de estudos por dia na plataforma melhora em media 30% o desempenho no Enem. Estudem, estudem. E quando estiverem cansados estudem mais um pouco, que não faltam condições”, aconselhou o ministro.

Pelos menos quatro simulados nacionais serão feitos até a data do Enem. Haverá provas nos dias 30 de abril, 25 de junho, 13 de agosto e 8 e 9 de outubro. Os últimos exames serão no mesmo formato da prova e terá dois dias de duração. Não haverá simulado da redação.

Além do acesso pela internet, a Hora do Enem veiculará diariamente, às 18 horas, aulas nos canais públicos, comunitários e universitários na televisão em todo o país. Nos finais de semana, haverá reprise dos programas. A intenção é possibilitar o acesso daqueles estudantes que não possuem conexão com a internet.

Outra iniciativa para possibilitar o acesso será disponibilizar computadores nas universidades, institutos federais e algumas instituições privadas. Os estudantes que quiserem usar esses terminais, precisam se inscrever no site da Hora do Enem entre 11 e 15 de abril.

Enem Online

Segundo o Mercadante, a Hora do Enem servirá como teste para tornar o Enem online. A proposta foi apresentada pela primeira vez no ano passado pelo então ministro da Educação, Cid Gomes. Aplicar a prova pelo computador serviria para economizar e possibilitaria que o exame fosse feito mais de uma vez por ano.

falecomricardotorres.blogspot.com.br

Relator dá prosseguimento ao processo de Impeachment de Dilma Rousseff

O relator do processo do impeachment, deputado Jovair Arantes (PTB-GO) começa a ler seu voto, após quatro horas de leitura de seu relatório, sob fortes protestos dos deputados pró-impeachment

O relator do pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff na Câmara dos Deputados, deputado Jovair Arantes (PTB-GO), deverá ler em instantes o texto de quase 130 páginas sobre o processo. Arantes deve anunciar hoje se acata a admissibilidade do pedido de abertura de processo de impeachment. O presidente da comissão especial que analisa o pedido, Rogério Rosso, inicia a sessão neste momento, com uma hora de atraso.

Líderes partidários e o presidente da comissão especial, Rogério Rosso (PSD-DF), fecharam acordo, horas antes da apresentação do parecer de Arantes, para abertura de inscrições às 14h para os parlamentares que vão querer se manifestar. O objetivo é tentar calcular o tempo necessário para que todo o trabalho da comissão seja concluído até as 19h da próxima segunda-feira, 11, incluindo a possibilidade de estender os debates pelo final de semana.

Pelo Regimento Interno da Casa, cada um dos 130 integrantes da comissão (65 titulares e 65 suplentes) tem direito a se pronunciar por 15 minutos e deputados que não são membros do colegiado podem se inscrever para falar por 10 minutos. Se o andamento ultrapassar o prazo de cinco sessões plenárias, depois da entrega da defesa de Dilma, poderá abrir brecha para contestações na Justiça.

A expectativa é que a base aliada do governo apresente um pedido de vista após a leitura do parecer, com prazo de duas sessões legislativas. Se isto for feito, as discussões sobre o parecer só seriam retomadas na sexta-feira, 8, em uma nova reunião da comissão que, a princípio, está marcada para 15h.

Pedido de impeachment

O pedido de impeachment  de Dilma foi apresentado pelos advogados Hélio Bicudo, Miguel Reale Junior e Janaína Paschoal, que acusam Dilma de cometer crime de responsabilidade pelo atraso nos repasses a bancos públicos para cumprir metas do orçamento, conhecidos como pedaladas fiscais. Nos argumentos, os advogados ainda citam a edição de decretos suplementares que, segundo eles, aumentaram gastos do governo federal sem autorização do Congresso.

Há dois dias, o advogado-geral da União, José Eduardo Cardozo, entregou a defesa de Dilma e teve mais de uma hora para falar sobre os pontos incluídos na peça de quase 200 páginas. Cardozo disse que não há fundamento jurídico para um processo de impeachment e assegurou que não houve aumento de gastos com os decretos suplementares.

Governistas vêm sinalizando que vão recorrer à Justiça para questionar diversos procedimentos na condução dos trabalhos da comissão que analisa o processo. Um dos questionamentos refere-se aos depoimentos tomados, antes da entrega da defesa da presidenta, de dois dos autores do pedido e do ministro da Fazenda, Nelson Barbosa, e do professor de Direito Tributário da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) Ricardo Lodi Ribeiro. Caso seja levado à Justiça, o processo ficará parado até uma decisão do Supremo Tribunal Federal (STF).

Sessão na Câmara dos Deputados

O deputado Assis Carvalho (PT-PI) se referiu a comissão especial como "comissão do golpe" e disse que independentemente da posição do relator, os deputados contrários ao impeachment venceria no debate. "Os golpistas se encontram desesprados porque sabem que não tem base de casssar uma presidente que recebeu 54 milhões de votos".

O deputado Paulo Foletto (PSB-ES) disse que a Saúde perdeu a condição "de prevendenção e de saúde básica". "Com Dilma ou sem Dilma esse País vai ter um novo mote de Governo a partir da votação do impeachment. Vamos sair desse nó econômico que a presidente incompetente trouxe para a nação", afirmou. "No PT tem bons lados, principalmente no Espírito Santo, mas é claro que nao é o PT que está governando, da presidente Dilma, que afundou a nação".

O deputado Bohn Gass (PT-RS) define o comportamento do presidente da Câmara Eduardo Cunha como "modus operandi de um golpista". "De um lado Eduardo Cunha, precisa ser julgado. Do outro, presidente Dilma, sem crimes. A comissão de Ética está sendo manobrada há meses para que não tenha a responsabilização do afastamento do Eduardo Cunha. Manobra é modus operandi de um golpista. Aí vem um defensor da presidente e coloca todos os argumentos que não tem um crime de responsabilidade qualquer contra a presidente Dilma".

Leitura do relatório 

Jovair Arantes (PTB-GO) começou a introdução do documento por volta das 15h55min. "Relembro que o objetivo da Comissão é apenas de analisar a admissibilidade da denúncia em seus aspectos técnicos. Não é o momento de dizer se a presidente cometeu ou não crime de responsabilidade ou se a denúncia procede. Em caso positivo, essa competência é do senado federal, instância julgadora".

Às 16 horas, a sessão foi

Diretores de hospitais do Estado entregam cargos em protesto contra secretário de Saúde


Foram entregues nesta quarta-feira, 6, sete cargos das diretorias dos Hospitais de Messejana (do Coração) e Geral de Fortaleza (HGF). O grupo de diretores argumenta que a saída ocorre devido à centralização na administração das unidades por parte da Secretaria Estadual da Saúde (Sesa). Eles ainda afirmam que perderam autonomia administrativa das decisões na gestão dos dois centros hospitalares.

Sobre a saída dos sete diretores, a Sesa se limitou a dizer, por meio de nota, que “entende que em todo processo de inovações há adaptações ou inconformidades”. O órgão também afirmou que os hospitais da rede passaram a se dedicar à gestão da assistência. 

"A parte administrativa deixou de ser feita pelos hospitais e passou a ser centralizada na Superintendência de Apoio à Rede de Unidades (SRU) unicamente com o objetivo de priorizar e qualificar o atendimento aos pacientes", disse a Secretaria.

O POVO Online

Policial civil e suspeito de assalto morrem em troca de tiros

Um policial civil lotado no 5º Distrito Policial morreu depois de ter sido baleado durante uma tentativa de assalto, por volta das 21h30min desta quarta-feira, 6, na avenida Desembargador Gonzaga, na Cidade dos Funcionários. Ele reagiu à abordagem criminosa e chegou a balear um dos assaltantes envolvidos na ação, que acabou morrendo no local. O inspetor foi socorrido ao Hospital da Unimed, mas não resistiu aos ferimentos. 

O inspetor morto na ocorrência é Alisson Mendonça. Segundo informações preliminares, o inspetor saía de um restaurante, quando foi abordado por dois homens armados em uma motocicleta, na avenida Desembargador Gonzaga.

Alisson reagiu e deu início a uma troca de tiros, na qual acabou atingido, de acordo com informações do comandante da área da ocorrência, tenente-coronel Falcão, do 16º Batalhão de Polícia Militar (BPM). Um dos assaltantes foi baleado e morreu no local, enquanto o comparsa fugiu na motocicleta. 

Conforme o tenente-coronel Falcão, duas armas foram apreendidas na ocorrência: uma pistola .40, que pertence ao policial civil, e uma pistola calibre 380 usada pelo suspeito. A Polícia realiza buscas para encontrar o segundo homem envolvido na ação.

De acordo com o inspetor Gomes, do 5º DP, Alisson estava há quatro anos na Polícia Civil. "Era uma boa pessoa, tranquila, calma", comentou o policial, companheiro de trabalho de Alisson.

O Povo Online