-->

18 de março de 2015

PMDB ameaça deixar governo caso Cid Gomes não deixe ministério

O PMDB informou à presidente Dilma Rousseff nesta quarta-feira (18) que deixará o governo e a base aliada caso Cid Gomes permaneça à frente do Ministério da Educação. A informação é do jornal Folha de São Paulo. 

O jornalista Gerson Camarotti, do portal G1, afirma que o ex-governador do Ceará deve entregar o cargo. A decisão teria sido externada em conversa com interlocutores. Cid alega não ter recebido solidariedade nem ter sido defendido por membros da base aliada do governo; além disso, quer cuidar mais da família.

O ministro esteve na tarde desta quarta na Câmara dos Deputados, mesmo licenciado, para participar de audiência no plenário com o intuito de prestar esclarecimentos acerca de declarações dadas por ele em Belém, no último dia 27, de que a Casa possui de 300 a 400 parlamentares que "achacam" o governo.

Fontes: Diário do Nordeste