-->

26 de março de 2014

Quadrilhas atacam 14 bancos no Ceará em apenas 3 meses




O Estado do Ceará registrou 14 ataques a bancos e caixas eletrônicos neste ano. As duas últimas ações das quadrilhas de assaltantes aconteceram ontem. A primeira foi registrada no município de Itaiçaba (a 172 Km da Capital), quando bandidos explodiram a agência do Banco do Brasil e fugiram com o dinheiro. A segunda ação criminosa ocorreu por volta das 17 horas no Bradesco situado no cruzamento das avenidas Santos Dumont e Barão de Studart, Aldeota, em Fortaleza. Ladrões tentaram arrombar caixas eletrônicos.
Em Itaiçaba, segundo a Polícia, um grupo formado por 15 homens invadiu a cidade e explodiu os caixas eletrônicos do Banco do Brasil nos primeiros minutos da madrugada de ontem. De acordo com informações do Comando de Policiamento do Interior (CPI), o bando fez uso de explosivos e deixou a agência, situada na Rua Coronel João Barbosa, totalmente danificada.
Testemunhas disseram aos policiais que os assaltantes estavam divididos em motos e em três carros, sendo uma caminhonete Toyota Hilux, um Ford K e um Volkswagen Voyage. Conforme o CPI, uma parte do grupo foi para a unidade policial que só contava com o efetivo de três PMs e a outra para a agência. Enquanto, metade da quadrilha impedia a ida dos militares para o banco, o restante do bando dinamitou os caixas eletrônicos e retirou o dinheiro.
Após a explosão, o grupo fugiu com uma quantia não informada pelo CPI. Os policiais acionaram reforços das cidades vizinhas e iniciaram as buscas pelos acusados. Até o fechamento desta edição, ninguém havia sido localizado.
No fim da tarde de ontem, ladrões tentaram violar os caixas eletrônicos do Bradesco, na Aldeota, em Fortaleza. Segundo Eduardo Tomé, delegado adjunto da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), alguns homens tentaram arrombar a porta que dá acesso à parte de trás dos caixas eletrônicos, mas fugiram quando o alarme de presença da agência disparou.
Conforme Tomé, uma equipe da segurança foi ao local, percebeu a movimentação estranha e acionou a Polícia Militar. Quando os PMs chegaram não encontraram ninguém no interior da agência, mas acharam uma mochila com ferramentas que estariam sendo usadas no arrombamento, como pé de cabra e chave de fenda.
O delegado disse que, aparentemente, nenhuma quantia havia sido levada, mas acionou a Perícia Forense do Ceará (Pefoce) para realizar levantamentos no local e descobrir se algum dos caixas foi violado. Eduardo Tomé disse ainda que solicitou ao gerente as imagens das câmeras de segurança. "Essas imagens podem nos ajudar a identificar e prender essas pessoas", disse.
No último domingo (23), um grupo de cerca de seis homens rendeu vigilantes e arrombou os caixas eletrônicos do banco Santander de dentro da Reitoria da Universidade Federal do Ceará (UFC), no bairro Benfica. As câmeras do circuito interno de segurança tiveram as lentes pichadas e tapadas com folhas de papel. A quantia levada não foi revelada pela gerência da agência.
Mortes
Segundo Pesquisa Nacional de Ataques a Bancos, o Estado do Ceará é o 4º em investidas contra agências e postos bancários resultados em morte. Conforme o levantamento, o Estado teve seis mortes durante as ações criminosas no ano de 2013 e ficou atrás somente de São Paulo, com 17 mortes, Rio de Janeiro, com 11 e Bahia com sete.
A pesquisa aponta, ainda, que dentre as regiões de todo o País que cresceram em números de ocorrências de assaltos e tentativas de roubos em agências e postos bancários, a Região Nordeste foi a que registrou maior avanço, com 43,54%, com destaques para os estados do Piauí (235,29%), do Rio Grande do Norte (203,45%) e da Paraíba (141,67%).
Nacionalmente, os números também cresceram 16,36% em 2013, chegando a 2.944 ocorrências em todo o País. 2.085 foram casos de arrombamentos, que aumentaram 18,26%. A maioria das vítimas foi atacada e morta quando deixava as agências, crime chamado de "saidinha" bancária, num total de 49% dos casos (32 mortes).
SAIBA MAIS
1) DIA 20/01 - Tejuçuoca
Arrombamento com explosão de caixa eletrônico
2) DIA 21/01 - Redenção
Arrombamento
3) DIA 23/01 - Senador Sá
Arrombamento com explosão da agência
Créditos ao Site G1.