-->

1 de novembro de 2016

Mulher é presa suspeita de agredir filho de apenas 7 meses

Bebê recebeu atendimentos médicos na
Unidade de saúde da região
(FOTO: Reprodução)
Um crime envolvendo mãe e filho chocou a população de Palmácia, a 74 quilômetros de Fortaleza. De acordo com a Polícia Militar, uma mulher, que não teve o nome divulgado, foi capturada nesta segunda-feira (31) por ser suspeita de agredir o próprio filho, de apenas sete meses, com uma chinela.

O caso veio a público após alguns médicos de uma unidade de saúde da região denunciarem o caso após constatarem várias marcas de agressões na criança.

Depois da identificarem a agressão física, os médicos acionaram a polícia para o posto de atendimento hospitalar, na localidade de Beira do Sol. Ao chegar ao local, os agentes de segurança viram que a criança de havia recebido atendimentos médicos, após dar entrada na unidade com um hematoma no olho. 

A mãe do bebê foi conduzida à Delegacia Municipal de Guaramiranga, a 21 km de Palmácia. Ao ser indagada, a mulher confessou ter dado um golpe com um chinelo no rosto da vítima, após o bebê ter caído de uma rede.

O Conselho Tutelar do município foi acionado para tomar as medidas pertinentes ao caso. A infratora foi autuada em flagrante no artigo 129, parágrafo 9º, do Código Penal, que consiste em lesão corporal contra ascendente.