-->

1 de junho de 2016

Operação da Polícia Federal investiga desvio de R$ 50 milhões da Caixa Econômica


A Polícia Federal no Ceará deflagrou nesta quarta-feira (1º) uma operação que investiga um esquema de corrupção dentro da Caixa Econômica Federal. A investigação aponta um esquema de empréstimos fraudulentos que teriam desviado mais de R$ 50 milhões. As informações foram repassadas em coletiva no fim da manhã.

O grupo criminoso é formado, segundo a PF, por empregados públicos da instituição financeira, empresários, contadores “e pessoas físicas que figuram como sócios 'laranjas' de empresas de fachada, criadas para obtenção de empréstimos fraudulentos ou destinatárias dos recursos”, explicou o órgão policial em nota.

Ainda degundo a Polícia Federal, a organização criminosa inicialmente aliciava pessoas para integrar o quadro societário das empresas de fachada. Depois, a quadrilha criava documentos falsos para fazer os pedidos de empréstimo. 

Os investigados responderão, segundo a participação de cada um, pelos crimes de estelionato, falsidade ideológica, uso de documento falso, peculato, corrupções ativa e passiva, crime financeiro, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

O nome “Operação Caixa Preta" faz menção ao trabalho desenvolvido pela auditoria da Caixa Econômica Federal que constatou as fraudes em diversas operações de créditos relacionadas à instituição financeira através do monitoramento e controle da regularidade dos contratos de empréstimos existentes à mesma organização criminosa.

Diário do Nordeste