-->

22 de dezembro de 2015

Greve dos médicos peritos do INSS atinge seu 108º dia


Completando, nesta terça-feira, 108 dias a greve dos médicos peritos do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS). Segundo o vice-presidente da associação nacional da categoria, o cearense Samuel Abranques, a ordem agora é procurar o novo ministro do Planejamento, Valdir Simão, para tentar abrir um canal de negociação.

Os médicos peritos do INSS reivindicam principalmente a redução da jornada de trabalho de 40 para 20 horas semanais. De acordo com Abranques, mesmo com 30% de pessoal na ativa, como manda a lei de greve, há um acumulo da ordem de 1,2 milhão de processos de aposentadorias e licenças.

Samuel Abranques encontra-se em Brasília para, com demais membros da diretoria da Associação Nacional dos Médicos Peritos do INSS, tentar uma audiência no Ministério do Planejamento.

O Povo Online